Ir para conteúdo

Cinthia_Re

Membros
  • Total de itens

    40
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. Na época que viajei, entrei e saí por Londres (pela British Airways!), mas incluí na passagem uma conexão com Roma na volta (foi o melhor preço que encontrei na época...compensou até mais do que incluir um vôo por alguma companhia Low Cost na volta). O trajeto foi Londres, Amsterdan, Bruxelas, Paris, Veneza, Florença, Pisa, Roma, Londres. Concordo com a Vanessa quando diz que vôos com conexões as vezes são mais baratos, mas também são um pouco cansativos...perde-se tempo nos aeroportos etc etc...mas no meu caso, como foi só na volta, além de sair mais barato, não tirou o pique durante a viagem. Abç
  2. Lá vai a dica: me hospedei no Stayokay Vondelpark e achei muito bom...bem localizado em frente ao belo Vondelpark, seguro, limpo, e o café da manhã era bárbaro...bem superior à maioria dos hostels. Voltaria com certeza! Abraços
  3. Já que tem a facilidade de ter uma prima em Roma, tente voar low-cost (easyjet, ryanair, vueling) de Paris para Roma, e siga depois de trem para Florença, Pisa e Veneza (poderia comprar um Eurail Italia Pass 3 dias por exemplo para fazer o trajeto sem precisar saber quantos dias ficará em cada cidade). De Veneza vc poderia seguir (de avião...já que de trem acho um pouco cansativo) para Praga, e na sequencia ir para Berlim e Amsterdan (aí pesquise trem e avião para saber o que compensa mais). De Amsterdan volte para Paris de trem rápido da Thalys e de Paris voe para Londres. São apenas algumas sugestões para iniciar um roteiro....mas o mais importante é definir melhor quantos dias pretende ficar em cada lugar. Sei que não quer engessar muito o roteiro, mas as vezes é mais barato garantir os aéreos, trens e até hospedagem antecipadamente.
  4. Não gosto muito de comentar sobre gastos, pois isso depende muito do gosto de cada pessoa. Se eu dissesse que gastei 16000 o casal por exemplo, posso afirmar que conheço casais que gastaram quase a metade para fazer o mesmo trajeto. É realmente muito relativo, pois está relacionado até ao nível de regalias que cada um está disposto ter, mas como sugestão, faça uma planilha no excel (tem dica de planilha de custos no guia do mochileiro de 1a viagem aqui no site) e vá relacionando todos os custos que vc deverá ter (faça com os valores atuais mesmo...os preços até lá terão um pouco de alteração, mas já dá pra ter uma boa base). Como vc tem tempo de sobra, pode conseguir ótimas promoções de passagens aéreas ida e volta (o que é um dos custos mais altos de toda viagem). No final da planilha se os custos estiverem em excesso, pense (com muitíssima dor no coração) em talvez cortar Londres (que infelizmente é uma cidade cara, afinal lá se usa libras e não euros) e incluir outra cidade da itália, ou tipo Bruges (na Bélgica) que é caminho entre Amsterdam e Paris.
  5. Eu e meu marido ficamos 21 dias na Europa e fiz um roteiro parecido com o seu...entrei por Londres (tinha receio da emigração, então preferi passar logo de cara e eliminar esse stress), voei pela Easyjet até Amsterdam, depois peguei um trem da Thalys até Bruxelas, de lá segui com o trem da Thalys até Paris (trem rápido...bom demais...), voei pela Vueling até Veneza e de lá seguimos de trem com o Eurail pass pela Itália (Florença, Pisa e Roma). Lógico que é um pouco corrido...mas se vcs tem força de vontade e conseguirem o máximo de informaçãoes possíveis, dá pra fazer tranquilo (ex: ao descer numa cidade eu já sabia o roteiro que teria de fazer de metro até o hostel...qual linha pegar....como me deslocar até o aeroporto, estação de trem, etc ... já sabia os passeios e museus que me interessavam e uma noção do que iria visitar). Os trens noturmos parecem uma boa opção, mas algumas pessoas dizem que é um pouco desconfortável caso seu vagão esteja cheio...que toda hora entram no vagão para pedir os documentos etc...mas eu não posso confirmar, pois apenas viajei durante o dia. A dica da comida é forrar bem no café da manhã e intercalar restaurantes e lanches (qdo gastavamos um pouco mais num dia, no outro apelávamos para um Mc Donnalds...rs...o que não mata ninguém na minha opinião...rs) PS: dica de Hostel em Amsterdan - Stayokay Amsterdam Vondelpark - super café da manhã, bem localizado, seguro, limpo, staff atencioso e praticamente dentro do Vondelpark (onde os holandeses se encontram no final da tarde para comer, bater papo etc....pena que os brasileiros não tenham esse costume delicioso...)
  6. Não entendi bem quantos dias vc pretende ficar na Europa...você está descontando o tempo de deslocamento entre uma cidade e outra (praticamente 1/2 dia), a viagem de ida e volta, e informando apenas os dias inteiros??? ou está tudo englobado no roteiro??? Favor especificar melhor para que possamos te ajudar. A idéia de custos e bem relativa...mas comece a pensar em euros, que é a moeda que vc vai usar lá. Tirando o valor da passagem de ida e volta, calcula-se mais ou menos uns 60 euros por pessoa por dia (veja bem...entre alimentação, hospedagem, passeios, metro etc....sem regalias e souvenirs praticamente) Só aí vc já vai ter uma idéia melhor dos custos para o casal....(lógico que isso pode variar - para mais ou para menos - dependendo do nível de regalias de cada um...mas em geral não dá pra tirar muito não) Quanto ao transporte, o metro e os ônibus dentro das cidades são ótimos. Para se deslocar entre as cidades o trem é ótima opção, mas pesquise bem, pois a Europa tem muitas companhias aéreas com voos low fare (tipo Gol e Azul) que muitas vezes compensam (Ryanair, Easyjet, Vueling etc)...principalmente quando as viagens de trem excederiam umas 4 horas, o que ficaria muito cansativo...elas normalmente são a melhor opção nestes casos. Quanto aos hostels...pesquise hostels com opções de quartos privativos (a maioria deles tem essa opção, inclusive com banheiro privativo...tem um nível ótimo e normalmente são mais baratos que os hotéis econômicos) mas se atente à localização deles, dando preferência aos que estão próximos das atrações e estações de metrô...o que gera uma grande economia e evita a utilização de taxis (geralmente muuuuito caros).
  7. Rafael...fique tranquilo...sua trip vai ser longa e do meu ponto de vista vc terá tempo suficiente em cada cidade (apesar de eu nao conhecer todas). Como o roteiro já está definido, entre em cada cidade específica e pesquise os passeios que se adequam a seu gosto, mas primeiro veja as dicas de albergues (não perca tempo em reservar os albergues, pois os melhores se esgotam mais rapidamente...creio que deveria ser seu primeiro passo agora). Algumas dicas: - Usei o Eurail pass na Itália e gostei muito, mas não vi diferenças grandes de preços se tivesse comprado as passagens na hora. - Veneza dá pra conhecer em um dia (-vaporetto até a Ilha de Murano; -Praça de São Marcos:basílica e campanário; Ponte Rialto; Museu Guggenheim; Igreja de San Giorgio Maggiore;passeio de gôndola pelos canais...se sobrar grana, pois é caríssimo...etc) - Tome por base de estadia Florença (que tem mais coisas para fazer a noite) e tire uma tarde apenas para conhecer Pisa (de trem é rapidinho...pois praticamente só tem a Torre e o Batistero pra ver...nada mais...) - Prepare-se para andar muito em Roma...é uma cidade maravilhosa...eu preferia quase nem pegar metro nem ônibus...todo canto tem uma igreja, uma praça...a cidade respira história. - Em Paris compensa comprar o Paris Pass (comprei o meu no balcão de informaçoes turísticas), pois além do passe do metrô, tbém dá direito a entrada em diversos pontos turísticos, mas fique atento a horários, pois as atrações mais visitadas acabam sempre tendo fila então o passe não adianta muito se for em horários de pico-então acorde cedo! - Londres, assim como Paris, tem um metrô incrível, que te deixa na porta das principais atrações turísticas...faça um roteiro tentando englobar os principais pontos turísticos próximos em um mesmo dia...para não perder tempo de ter que retornar a um ponto da cidade (esta dica vale para todas as cidades que vc for conhecer...lógico) São só algumas poucas dicas....ganhe tempo usando a ferramenta de busca do site, e vc conseguirá definir melhor as atraçoes a visitar. Abraço
  8. Também gostei do seu roteiro, mas eu já programaria os 4 dias restantes (comece aumentando 2 dias em Barcelona). Concordo com o Alessandro em conhecer Bruxelas rapidamente...1 dia basta (não tem muito além da Grand Place, Atomium etc) e aproveitar para conhecer a belíssima Brugges. Pense bem se quer mesmo passar pelos Alpes indo de Milão a Paris (dizem mesmo que a paisagem é lindíssima, mas a viagem não é tão curtinha assim...são mais de 6 horas). Viagens de trem com mais de 4 horas costumam ser bem cansativas e por isso a preferência pelos voos low-cost.
  9. Fiz o seguinte roteiro de 20 dias pela europa: Londres (3 dias e 1/2), Amsterdan (3), Bruxelas(1), Paris(4), Veneza (1 e 1/2), Florença (2), Pisa(1/2) e Roma (4). Berlin e Praga também estão nos meus planos futuros de viagem...são cidades maravilhosas...mas seria interessante definir melhor se vc vai conhecer a Europa ocidental ou central, porque os dois em apenas 20 dias é um pouco difícil devido aos deslocamentos. Lembre-se que nas cidades grandes (tipo Barcelona) e principais capitais é necessário pelo menos uns 4 dias para conhece-las bem...e ainda assim muitas vezes é pouco!! Foque nas cidades de maior interesse (Ex:se for mesmo querer fazer Roma-Berlim, eu tiraria Barcelona) e deixe as outras para uma próxima viagem ....afinal....quem não quer voltar pra Europa????
  10. Sei que quer conhecer o máximo de cidades/lugares possíveis, mas cuidado para não ficar com uma sensação de que perdeu alguma coisa, afinal gasta-se um tempo grande entre os deslocamentos. Posso te dizer que em um dia inteiro dá pra "conhecer" Veneza sim, incluindo até uma visitinha à Ilha de Murano logo pela manhã, mas 1 dia e meio para Paris e para Berlim é realmente muuuuuuuito pouco em cidades que tem tanto para ver. Leia os tópicos sobre cada cidade que pretende visitar e descobrirá o que é realmente do seu interesse, assim poderá adequar melhor o seu roteiro. Abraço
  11. Eu sempre prefiro levar um pouco de cada coisa (Cartão de crédito/VTM ou cartão de débito/dinheiro em espécie), assim não corro o risco de, por exemplo, ter um problema no cartão e arruinar toda viagem. O cambio é bom (pode levar reais mesmo que é valorizado, e vc nao perde fazendo 2 cambios e alguns lugares ofereceram um descontinho se pagasse em espécie...o que ajuda no orçamento). Acabo sempre pagando um pouco com cada um...de acordo com a necessidade, já que o cartão tbém é bem aceito e o cambio tbem é bom. Para compras, eu preferi Buenos Aires, apesar de compras não ter sido meu foco na viagem...
  12. Olá Anderson Você pode aproveitar o sábado para visitar o cemitério da recoleta e a feira da recoleta em frente ao cemitério todos os sábados. Ah...e não deixe de provar o sorvete de dulce de leche do Freddo....realmente imperdível....rs
  13. O aeroparque tem casa de cambio, porém o cambio é ruim. Por exemplo: em junho estava pagando 1,79, contra 2,07 nas casas de cambio do centro. Sugiro que vc troque apenas o suficiente para pagar o taxi até o hotel, e algum outro gasto que terá a noite....e (caso vá ficar em buenos aires) deixe para trocar o restante nas casas de cambio da corrientes ou nas travessas da florida, onde o cambio é bem melhor.
  14. Alguns helps: Hardcore - para acompanhar a cotacao do peso argentino x real lá na argentina, acesse o http://www.dolarhoy.com que mostra as melhores cotações para compra e venda nas principais casas de cambio de buenos aires. Darcia - 1 - É meio corrido, mas Circuito Chico dá pra fazer em meio dia e Villa Angostura a tarde. O trajeto de carro é tranquilo e bem sinalizado em ambos. 3-Roupas de neve tem várias lojas...é só rodar um pouco que vc acha de 25 pesos a 60 pesos o kit completo, mas se atente para a qualidade e impermeabilidade das roupas. Quanto mais dias alugar, mais barato fica. Ex de lojas: Mandala, Taos etc. 5 - O passeio Noite Nórdica dizem que é maravilhoso...mas só se vc quiser se dar a esse "luxo", pois vai desembolsar cerca de 500-600 pesos por pessoa. 6 - Se não quiser esquiar acesse http://www.catedralaltapatagonia.com/invierno/tarifas_peatones_2010.php para ver as tarifas. Vc sobe os meios de elevacao exclusivos para pedestres (peatones) e aprecia a vista de catedral, toma um lanche lá em cima etc. O preço dos trineos vc tbem encontra no site do catedral. e Esquibunda...é só alugar a pranchinha que o povo faz por todo lado...rsrsrs Felipe2young - Os transfers de um aeroporto para outro são por conta propria, inclusive as malas...no periodo de julho, muitas companhias fazem voos diretos para o aeroparque...o que evita os transfers....pesquise nas companhias aereas. Pela pequena diferença de preço....acredito que não compensa perder um dia inteiro e cansativo e ir de ônibus para Bariloche...só se vc achar uma diferença muito maior que compense o cansaço. Veja o topico sobre hospedagem em Bariloche que vc vai achar varias dicas de hostels e hoteis economicos. Seria bom fechar passagens e hospedagem, com pelo menos uns 4 meses de antecedência. E seu orçamento está super bom para ficar 8 dias, mas tudo sempre depende do nível de regalias e dos passeios que vcs pretendem fazer.
×
×
  • Criar Novo...