Ir para conteúdo

Candicea

Membros
  • Total de itens

    27
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que Candicea postou

  1. Gabriella, Obrigada pela resposta! Ajudou muito sim. Já comprei os tickets dos trem! Eu queria saber se você gostou dos serviços da Peruvian Highland Travel. Obrigada mais uma vez.
  2. Gabriella, Muito bom realmente o seu relato, mas aqui ainda vão algumas perguntas: Estou agora buscando as empresas de turismo indicadas pra já sair do Brasil com todos os pacotes fechados. Vi que você indicou a Peruvian Highland Travel. Você fechou todos os seus pacotes com eles? Inclusive a Maras e Moray? Estou pensando em fazer um tour privado apenas com meu marido pra conhecermos tudo com mais calma e não ter essa agonia que você comentou em passarem por tudo correndo. Por isso queria fechar todos os passeios antes. Vou te mostrar minha programação pra você poder me dizer se assim funciona. Por favor: 1º. Dia 06/11/2010 - sábado Brasília-Cuzco 13:50H Pernoite: Cuzco Conhecer um pedacinho de Cuzco 2º. Dia 07/11/2010 - domingo Cuzco – ruínas próximas Pernoite: Cuzco Sacsayhuaman, Qenqo, Puca pucara, Ollantaytambo, Tambomachay 3º. Dia 08/11/2010 - segunda Manhã – Maras y Moray Tarde – conhecer Cuzco Dia 09/11/2010 - terça Cuzco – Valle Sagrado – Trem às 16h de Ollanta para Águas Calientes Pernoite: Águas Calientes 4º. Dia 10/11/2010 05:00 h Machu Picchu – Retorno no trem às 17h para Cuzco Pernoite: Cuzco 5º. Dia 11/11/2010 Cuzco-Brasília 15:30h Obrigada Candice
  3. Candicea

    Mendoza

    Miranda, Na Ruca Malen comprei os vinhos a 42 Pesos, na Familia Zuccardi a 35 Pesos. Comprei apenas rótulos que não são vendidos no Brasil. Você encontra vinhos de todosss os preços, mas no geral são bem baratos. Vinhos desses aqui no Brasil nem saberia dizer os preços! Comentando sobre o que Mi_GR falou sobre sair com vinhos de Mendoza: É superrrrrrrrrrrrr tranquilo! Peguei o voo de volta pela LAN pra Santiago e minha bagagem de mão foi uma caixa com 6 vinhos! Eles me disseram que a caixa de vinho pode passar sim em cima, foi tranquilo! Nem parecia voo internacional Muitoooo bom! rs
  4. Candicea

    Mendoza

    Olá, vamos as respostas. Demorei, mas cheguei! rs 1)Creio que o aluguel ficou a 230 pesos, não me recordo bem. Mas fizemos assim: pegamos o carro umas 12h da manhã de um dia. Era pra devolver no outro dia as 12h, mas entregamos somente às 17h e pagamos 5 horas extras (30 pesos argentinos cada hora extra). Então fizemos os dois dias de vinícola apenas com "uma diária" do carro. Pra nós ficou mais econômico por conta que a última vinícola do últimos dia saímos as 15:30 e deu tempo entregar o carro. Se passasse de 6h, já seria outra diária. 2)Sim, é necessário fazer a reserva pq o lugar é bem pequeno. Acho que ao todo não tem mais que 20 mesas, por aí!!! 3)Fomos de Santiago a Mendoza pela LAN. Apenas meia hora de voo e estávamos lá! Tinhamos pouco tempo, por isso fomos de avião. Comprei a passagem naquele esquema de comprar pelo chile como se estivesse no Chile, (24,50 U$ cada passagem) e foi superrr tranquilo. Ninguem me pediu comprovante de residência no país.
  5. Candicea

    Mendoza

    Pra tentar contribuir também, vou falar resumidamente da minha ida à Mendoza. Primeiro dia Chegamos ao fim da tarde, então fomos fechar o passeio da Alta Montanha pra o outro dia. Fui a umas três ou quatro agências e, como o preço de todas era muito parecido, fechei na agência recomendada aqui (Campo Base), mas foi uma decepção. Falarei o motivo a seguir: Segundo dia Bem cedo (7:30h) o ônibus nos pegou no hotel e seguimos para o passeio. Realmente é muito bom e vale à pena. É o dia inteiro e você vê paisagens lindas. Eu queria ir por Villavicencio, mas por conta da neve, a estrada estava fechada. A guia era bem simpática, mas o ônibus era muito, muito velho. Eu não recomendo contratar esse passeio no Campo Base porque o ônibus era velho ao ponto de se tornar inseguro, no retorno ele quebrou duas vezes. Então, como o preço oferecido era o mesmo, ou apenas 20 pesos argentinos mais caro em outras, vale a pena pegar uma empresa melhor. Os ônibus ou vans das outras empresas eram novos! Vou colocar as fotos pra vocês terem noção. Terceiro dia – Vinicolas Quarto dia – Vinicolas Quinto dia - Conhecemos as praças e o parque San Martín. Retornamos à Santiago. Alugamos o carro na Auto Mendoza (http://www.automendoza.com), eles foram bem atenciosos e o preço foi o melhor que achamos. E a seguir, o ônibus utilizado pelo Campo Base para o passeio na Alta Montanha.
  6. Candicea

    Mendoza

    Família Zuccardi. Ruca Malen
  7. Candicea

    Mendoza

    Thiago, Como já tinha falado anteriormente, as vinícolas em Mendoza são locadas por região. Então o interessante é que você visite vinícolas de uma mesma região em um único dia. (Pra saber se essas são na mesma região, olha nos sites os endereços – as regiões são Luján de Cuyo, Maipu e Uco). Para as vinícolas, você tem duas opções: 1- Visitar o máximo de vinícolas que desejar em um único dia, fazendo apenas as degustações simples. 2- Fazer o almoço degustação. Como eu fui com meu marido e queria tranqüilidade, optei pela degustação com o almoço e, pra mim, acertei na escolha. Nas vinícolas que fui primeiro conheci a produção e depois seguimos pra degustação e almoço. O legal é que os vários pratos (lindos e deliciosos) são feitos com os vinhos da casa e você come cada um deles com um vinho especifico pra o prato, a harmonização é perfeita! Se você quiser, pode ir a outras vinícolas antes e depois do almoço. Eu não agüentaria, saí rindo à toa. Kkkkkkkkkkkkkk Fui à Familia Zuccardi e à Ruca Malen. Entre as duas, prefiro a Ruca Malen. A Zuccardi se aproxima mais de um restaurante, mas não deixa de ser espetacular. Mas se eu tivesse de escolher uma delas pra ir novamente, seria a Ruca Malen. Os pratos na Ruca Malen foram perfeitos, o atendimento brilhante, o lugar incrível e o vinho, hum.... comprei uma caixa. Recomendo d+. Eu tinha pesquisado que a melhor opção para visitá-las seria pegar um Remis e que o valor seria de 250 pesos argentinos. Quando entrei em contato com eles, esse valor é para ir a apenas uma vinícola e, a cada vinícola que você adicionar- dependendo da distancia entre elas - você acrescenta de 80 a 100 pesos argentinos. Então sairia muito caro! Como éramos quatro pessoas, resolvemos locar um carro. No mapa que você pega da cidade tem a localização de todas elas e foi fácil de achar. É simples, pega o endereço certinho nos sites das bodegas que quer ir e olha no Google.
  8. Candicea

    Mendoza

    Everrttoonn e Fenrique, Mas esse preço que vocês pegaram inclui a ida em Villavicencio? Se sim, o preço está ótimo! E nossa, vou ficar de olho nesse site pra saber se terá neve em Penitentes quando estarei em Mendoza. Obrigada! Se não tiver neve, será mais um dia de muito vinho! hihihihih
  9. Candicea

    Mendoza

    Quanto aos passeios, peguei os preços com a Pared Sur - Necochea 543 Tel 0261-4253501 [email protected] www.paredsur.tur.ar Bodegas--$60 por persona. Alta Montaña x Villa--$170 Traslado a Penitentes ida y vuelta--$85 (centro de Ski) Espero ter ajudado
  10. Eu reservei o almoço na: - Ruca Malen Menú fijo de cinco pasos en el que se pueden disfrutar cinco vinos distintos, todos los días, incluyendo domingos y feriados. El valor de la visita y menú-degustación es de $180 pesos por persona (se puede pagar con efectivo o tarjeta Visa, Mastercard o American Express). - Familia Zuccardi Menú Regional: consiste en el tradicional asado y ensaladas criollas acompañado por panes y empanadas cocinados en horno de barro a la vista y un exquisito postre regional. Incluye vinos Santa Julia Varietal y Reserva. Almuerzo por persona: - $150 E também existe a opção da - Cavas Wine Lodge ARG$ 140 por persona aproximadamente (entrada+plato principal+postre) sin vino. Então tem como você programar mais uma ou duas bodegas pra antes e depois do almoço.
  11. Miranda Thiago, Nesse meio tempo achei um monte de informação e vou te passar. Sobre os vinhos, a maioria das informações retirei de: http://www.viajenaviagem.com/2010/04/uma-degustacao-em-mendoza Há três regiões de vinícolas/bodegas em Mendoza: Luján de Cuyo e Maipú, nos arredores da cidade, e Uco mais distante, onde estão as novas superbodegas com capital estrangeiro. É bom organizar cada expedição dentro de uma única zona. Algumas bodegas (recomendadas pelo bar de vinhos Vines of Mendoza) e outras que li nos demais comentários: - La rural -Trapiche (tomar o malbec 97) O ideal seria mesclar tipos diversos de vinícolas: Rutine, um clássica, grande e onde fica o museu do vinho. Lopez, outra tradicional, que usa tonéis grandes e a Carmelo Patti, pequena. • Luján de Cuyo: - Catena Zapata (0261/413-1100, [email protected]); -Pulenta (0261/155-076426, [email protected]); - El Lagar Carmelo Patti (0261/498-1379); - Decero (0261/524-4748, [email protected]); Para almoçar: Ruca Malen (0261/562-8357) e Cavas Wine Lodge (0261/410-6927). • Maipú: Para almoçar: - Tempus Alba (261/481-3501, [email protected]) Aproveite para marcar uma visita ao Almacén del Sur, produtor orgânico de embutidos e geléias finíssimos (0261/410-6597; [email protected]). - Família Zuccardi (Casa Del Visitante) Rua Provincial 33 Km7,5 Tel 261 441 0000 - Há também o Museo Nacional del Vino y la Vendimia. Ozamis 914, Maipú T: (0261) 497-5255 Martes a sábado de 10 a 19, domingos y feriados de 10 a 13 • Uco: - Salentein (02622/42-9500, [email protected]); - Monteviejo(02622/42-2054, [email protected]); - La Azul (02622/42-3593,[email protected]). Para almoçar: Salentein (02622/42-9500, [email protected]). Por conta própria: marque visitas nas vinícolas com antecedência e alugue um remis (carros com motoristas). Não vale a pena alugar carro: você vai beber demais e a sinalização às vinícolas é inexistente. • Algumas empresas de remises: Brisas (0261/430-0225), Prestige (0261/440-1440), Rumbos (0261/422-2211). Preços a partir de 250 pesos por dia.
  12. Gente, então é tranquilo alugar um carro e ir dirigindo pelas bodegas no meio do mês de agosto? O que vocês sugerem? Ah, detalhe, lá tem "Lei seca"? eheehehehehe Quais bodegas são imperdíveis??? Valeu pelas dicas gente, tou ansiosa por essa viagem!(
  13. Lisiane, Oie, adorei as suas dicas, mas tenho algumas perguntas a fazer. ãã2::'> Estamos indo em um grupo de quatro pessoas e pela primeira vez faremos aula de esquí. Minha mãe ficará apenas na plateia (ela não tem joelho pra isso, rs) então estou indecisa se é melhor ir a Valle Nevado ou el Colorado. Qual dessas duas opções seria melhor pra deixar a minha mãe e irmão o mais confortáveis possível enquanto tentamos esquiar? Qual das duas estações é a mais bonita pra que eles possam andar e passear? Obrigada
  14. Ah, e quanto à minha reclamação sobre as passagens da LAN consegui resolver. Abri processo de reclamação, liguei várias vezes e sempre tinha que explicar tudo o que aconteceu a cada um dos atendentes. Por fim, interessa mesmo conversar com o pessoal da Executiva Lan.com (como se fossem os gerentes). Consegui remarcar o meu vôo e nem precisei pagar diferença tarifária. O importante que descobri é: como eles possuem escritório no Brasil, você pode entrar com processo contra à empresa na justiça.
  15. Leo Ramalho, Você foi a Viña e Valpo de carro em que época do ano? Indo no início de agosto terei problemas para dirigir ainda por haver neve? Qual empresa você alugou o carro e quanto pagou? Obrigada! Candice
  16. Pessoal, estou indo à Mendoza em Agosto e estou em dúvida sobre inserir mais um dia ou não para a cidade. Nos dias que deixei para Mendoza, minha programação está assim: 1 Dia: Deslocamento Santiago/Mendoza de avião - metade do dia para conhecer a cidade 2 Dia: Mendoza - dia para as vinícolas 3 Dia: Mendoza – passeio em Alta Montaña 4 Dia: Mendoza - alguma montanha de esquí 5 Dia: Não sei se aqui retorno à Santiago ou se vou conhecer alguma coisa perto de Mendoza. Considerando que tenho dois dias inteiros pra ainda conhecer Santiago (somente Santigo, Viña e Valpo já terei ido). 6 Dia: Santiago 7 Dia: Santiago 8 Dia: Retorno ao Brasil Então, troco um dia em Santiago por mais um em Mendoza e arredores? Teria alguma coisa muito mais interessante alí por perto pra conhecer?? Obrigadaa!!
  17. Candicea

    Esqui no Chile

    Ah, esse é o link do ski em Cajón del Maipo. O nome da estação é Centro de Ski Lagunilla. http://www.cajondelmaipo.com/lagunillas_centro_de_ski.php http://www.skilagunillas.cl/
  18. Candicea

    Esqui no Chile

    Andre558 Você tem mais informações sobre "Cajon del Maipo"? Fui buscar nos sites mais informações e parece ser bem interessante. http://www.cajondelmaipo.com E pelo que vi, fica a 45 km de Santiago. Alguém conhece? Já foi? O que acham??
  19. Rafahen, Geralmente os vôos para Santiago (que é mais próximo a Mendoza) são mais baratos. Depois você pode pegar um ônibus até Mendoza. Mas aí você tem que ver o que seria o seu custo benefício por considerar o tempo que você vai "perder" se deslocando via terrestre. Aconselho você a entrar nos sites das empresas aéreas e simular quanto fica cada trecho no período que você deseja. Só comparando mesmo...
  20. [Vitória Régia] [Passeio pelos igarapés]
  21. - Como já mencionado, a cidade não tem tanta coisa interessante para ser ver, porém é imperdível ir ao Teatro Amazonas (visita guiada por R$10,00); - Ir ao Mercado Municipal --> Lá tem alguns artesanatos e comidas típicas; - Os passeios na selva são os melhores: fazer o encontro das águas; ver as vitórias régias; comer em algum restaurante flutuante; entrar nos igarapés; se tiver tempo, ir a uma aldeia indígena; ver os golfinhos. Todo brasileiro tinha de conhecer esse lugar tão lindo! Fiquei impressionada com o tanto de gringo na cidade e como os preços de tudo têm como referência eles = tudo caro.
  22. Candicea

    Mendoza

    Pessoal, caso alguém precise, esse link abaixo é do mapa da Cidade de Mendoza. http://www.argentinaesmendoza.com.ar/imagenes/mapa.jpg
×
×
  • Criar Novo...