Ir para conteúdo

cheilanoe

Colaboradores
  • Total de itens

    27
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre cheilanoe

  • Data de Nascimento 04-06-1982

Outras informações

  1. Olha Ines, até onde sei as botas da Nômade são muito boas sim, valeria a pena. Agora com relação a amaciar na trip... hummmm... o que eu vou te dizer né? Não seria a resposta mais usual. Não faça isso pra não correr o risco de ter problemas numa trip bacana assim, mas por outro lado te conto uma experiência minha: há alguns (muitos) anos fui fazer um trabalho de 3 dias numa mata. Não tive alternativa senão ir com a bota nova (uma HiTec na época, nenhum dia de uso) e após 3 dias inteiros caminhando, entrando e saindo do rio infinitas vezes, afundando o pé na lama, tropeçando em galhos... resultado: ótimo! Não tive absolutamente nenhum problema, nenhuma bolha, aperto, desconforto, nada! Mas talvez isso seja uma exceção à regra. O ideal seria não arriscar. Quantos dias vc teria pra amaciar a sua lá antes da trilha? Sobre "contar com a sorte" pra achar seu número lá é realmente um tiro no escuro, se vc tiver um "plano B" caso não ache seu número lá, tudo bem (mas ainda vai ter a questão 'amaciar'), agora se vc só tiver seu tênis como opção, aí vai ser mais complicado. Sem chance de comprar bota com número diferente do seu, pois aí sim vai ter um problemão. Vc pretende comprar na Tatoo em La Paz? Uma dica pra proteger os pés que eu após muitos anos relutando, testei, foi a de usar uma meia fina (parecida com meia social masculina, sabe?) e outra meia grossa por cima. Ajudou pra caramba. Vale a pena no caso de trilha de vários dias.
  2. Olá Ines, deixa eu me intrometer aqui na conversa, pra talvez ajudar, sobre a bota impermeável te digo, eu fiz Trilha Inca com uma não impermeável e peguei um temporal dos deuses Resultado: fiquei com os pés (e praticamente todo o resto) completamente ensopados (e no dia seguinte também pq não deu tempo de secar ). Aí te digo: é imprescindível uma bota impermeável? Não. Até porque eu (e meus pés) estamos aqui vivos e inteiros. Massss se você tiver a intenção de comprar uma bota boa e tem um $$ separado já, indicaria sim a impermeável . Ainda não comprei a minha porque não achei "aquela", mas me virei muito bem com a minha permeável pelas trilhas, deserto de sal, montanha, neve, patagônia... enfim, vai da sua disponibilidade. Amaciar sim, sempre, indispensável. E outro item que considero absolutamente indispensável é uma jaqueta impermeável, essa sim pode salvar a pátria na hora do aperto. :'> Espero ter ajudado um pokito, boa sorte, abração.
  3. Olá Fabricia, bem, minha viagem foi em agosto/setembro de 2010 e, obviamente os valores estão desatualizados para uma viagem hoje, mas talvez ajude pra ter uma noção de alguns passeios e outras cositas :'> . Se quiser dá uma espiada http://cheilanoe.blogspot.com.br/2010/11/principais-despesas.html (sugiro abrir o arquivo e depois clicar com o botão direito e salvar o arquivo no computador para poder aumentar o zoom e conseguir visualizar as infos). Também vou esperar o post do Marcossodré pra ver qual a previsão. Abs e boa sorte!
  4. Olá Rosângela, puxa nesse quesito (Acre) não sei absolutamente nada sorry. Mas se precisar de outras infos, conte comigo Abraços
  5. Legauuuuu Se tiver coragem (muita ) experimente também o cuí. É um prato típico deles e é um... porquinho da índia! Eu até experimentei um pedacinho, mas não desceu... Chicha morada tem que tomar, é bárbaro! Chá de coca nem se fale, vai ser todo dia em todo lugar Carne de lhama e alpaca tb vai ser comum e são boas. Se lembrar de mais iguarias vou te avisando... tamo aí! Abraço
  6. Olá Rosângela! Entendi a situação, só fiquei mesmo preocupada se vcs conseguirão aproveitar bem os lugares. Sobre Copacabana eu fiquei bem pouco, optei por ficar na Isla del Sol (vc vai de barco até ela, uns 20min) que é f-a-n-t-á-s-t-i-c-a! Eu recomendo a todos ir pra lá. Cheguei logo depois do almoço e fiquei até o dia seguinte. Há a opção de fazer a trilha de um lado a outro da ilha (se vc gostar das caminhadas e tal), leva aproximadamente 3 a 4 horas. Como vc está não deve ter muito tempo, sugiro passar um dia entre Copa e Ilha do Sol, tipow chega de manhã cedo, curte um pouco Copa (não sei quais as opções por lá, só fiz refeições) e vai pra Ilha do Sol, faz a trilha (ou fica passeando por ali, sobe pra ter aquela visão fantástica do Titicaca), volta pra Copa e segue o roteiro. Se tiver oportunidade coma a truta do Titicaca, é um clássico e uma delícia. Se decidir fazer a trilha, vá com pouco peso (deve haver lugares pra deixar o mochilão), mas não deixe de levar água, protetor solar, óculos de sol, boné, sanduíche e chocolate (que é sempre bom) :'> Qquer coisa tamo aí!! Abraços
  7. Olá M.Hoffman! Entonce... antes de eu viajar vi relatos de que a travessia na ilha levaria 3 a 4 horas de um lado ao outro (e não ida e volta, hehe). Quem decide percorrer a ilha e não vai ficar hospedado nela, geralmente pega um barco no lado norte e vem caminhando até o lado sul, pra não fazer ida e volta e perder as pernas no caminho Agora sobre a mochila... hummm... eu posso te dizer que é praticamente certo que em Copacabana existam lugares pra guardar as mochilas. Não sei onde e tal pq não precisei, mas com certeza absoluta há muitas pessoas nessa mesma situação e alguma mente brilhante já deve estar ganhando um dindin guardando as mochilas. Mas não posso te garantir, o que posso te garantir é que fazer essa trilha com o mochilão nas costas seria um castigo . Mas acho que vc não devia se preocupar com isso, qquer coisa vai num hostel, hotel ou coisa parecida e veja se eles guardam a mochila. Certamente há essa opção. E na sua mochila de ataque não esqueça: água, protetor solar, óculos de sol, boné, sanduíche e chocolate (que é sempre bom) Acho que dá pra ir com roupa leve por baixo, pq como vai estar caminhando deve esquentar. Eu fiquei de camiseta por lá. Mas se tiver oportunidade não deixe de provar a truta do titicaca, é um clássico e uma delícia! :'> Qquer coisa tamo aí!
  8. Olá Rosângela!!! Para voltar de Machu Picchu a opção é ir de bus até Águas Calientes e de lá pegar um trem para Ollantaytambo. De lá há várias empresas oferecendo transporte até Cusco. Eu comprei com uma agência e aí em Ollanta já tinha um cidadão esperando com uma plaquinha para pegar o bus até Cusco. Duas coisas eu te digo: fazer Copacabana/iha do sol/ilha da lua/Puno/ Cusco em 1 dia é provavelmente impossível, além de ser um pecado . Copacabana e a Ilha do Sol já são um tour pra um dia cheio (e bem corrido). Em Puno, considere fazer as Ilhas Flutuantes (meio encenação pra turista ver, mas ainda vale) e só elas já levam um período (manhã ou tarde). Outra coisinha é Cusco. Não deixe só um dia pra Cusco, a cidade é maravilhosa e há muita coisa pra aproveitar. Já que vc vai fazer uma viagem consideravelmente longa, curta bem o lugar. Eu diria que o tour do Vale Sagrado é obrigatório :'> . E aí se quiser tb tem City Tour, Maras e Moray e a cidade em si, que é uma graça. Pelo seu roteiro vc está indo pela Bolívia só por causa do Trem da Morte, é isso? Se for, eu deixaria pra uma próxima. Aí vc faz a Bolívia toda que tb é um show!! Dê uma estudada no seu roteiro pq senão vc vai acabar gastando mais tempo dentro de ônibus sacudindo pra lá e pra cá do que curtindo os lugares em si. Considere fazer só essa parte do Peru nessa viagem e deixar a Bolívia pra uma próxima Qquer coisa é só perguntar! Abs,
  9. Olásss! Bem, só posso dizer boa sorte pra essa questão dos ingressos de MP. A boa notícia é que isso faz parte da trip, imprevistos e situações inusitadas dão um tempero... Eu tive que mudar todo o roteiro da viagem porque quando estava chegando em Sta.Cruz pra ir à Potosí uma guerrilha fechou toda a região, turistas ficaram presos, ninguém entrava nem saía Masss tudo acabou bem no final Sobre a questão em Copacabana, eu fiquei na dúvida se vc estava se referindo à Ilha do Sol. Se sim, posso ajudar, se for só sobre Copa não conheço mto não tá. A Isla del Sol é sim um lugar absolutamente fantástico. Qdo cheguei em Copa fui direto de barco pra lá (vc compra o ingresso na saída do bus, pq já vem alguém te oferecer). Passei frio no barco mas alguém me emprestou um tapa orelhas, ahuahauahua. Na chegada à ilha é cobrado uma taxa. Eu não sabia desse "detalhe" e achei que as mulheres que estavam quase atacando as pessoas que desciam do barco estavam só querendo tomar dinheiro.. Me desvencilhei delas e só depois soube q o pagamento era devido. Mas enfim, cheguei logo depois do almoço e passei uma noite na ilha no Hostel Puerta del Sol. Ele fica beeeeeem lá no alto da ilha (prepare as pernas), mas foi a melhor coisa que fiz. Neste primeiro dia só fiquei na varanda do quarto relaxando e aguardando o pôr do sol (lindo ) e comi (obrigatório) uma truta do Titicaca. No dia seguinte poderíamos ir caminhando até o lado sul da ilha onde estão as Ruínas do Santuário, mas como não teríamos tempo suficiente por causa da programação, acabamos excedendo o orçamento e contratamos um barco para dar a volta toda na ilha. Ele parou no lado sul, descemos, passeamos por ali e depois voltamos ao lado norte para pegar outro barco para voltar à Copacabana. Mas se vc tiver mais tempo (no mínimo umas 4 horas), água e um bom lanche faça a trilha caminhando mesmo, deve valer mto a pena. Eu teria feito se não fosse a falta de tempo. Resumindo: Isla del Sol é parada obrigatória!
  10. Visitar MP duas vezes? Hummm... olha, eu visitaria mais outras 10 vezes, mas tipow ir 2 dias seguidos lá não acho que seria necessário. Como eu havia feito a trilha inca, não subi o Huaynapicchu, mas mesmo subindo não acho que você precise de 2 dias pra explorar M.P. Eu fiquei do começo da manhã até umas 15h da tarde e te garanto: vi cada canto daquele lugar! A não ser que vc tenha uma super paixão ou queira fazer um estudo mais aprofundado, não diria necessário 2 dias não. Se tiver dias sobrando, sugiro passear na região, explorar melhor as cidadezinhas (onde o plantio ainda é feito com carro de boi e tudo é bastante tradicional) Tamo aí!!
  11. Acho ótimo, faz bem. Menos espaço ocupado! :'> Já ouvi falar neles, mas sinceramente não sei nada a respeito. Não tenho nenhum deles e sobrevivi à Patagônia, hehehe, mas se for bacana compra mesmo. Acho que seria bom vc pensar com cuidado nessa opção, se ela realmente não comprometer os passeios que vc quer fazer é valido. Caso contrário, a economia do dindin pode virar um "não devia ter feito" . Eu só passei por Sta Cruz pq o Trem da Morte parou lá, mas a cidade em si não é lá grande coisa. Fique o tempo necessário somente. Valeu M.Hoffman, qquer coisa tamo aí!
  12. Olá Renato, vou tentar ajudar com o q vivenciei por lá, ok? Humm, sobre a carteira de estudante não sei te dizer, mas com certeza compre a entrada com antecedência pra não se apertar. Tente contato com alguma agência pra ver a questão, mas na dúvida eu não arriscaria, compraria inteira de uma vez. Valle Sagrado é imperdível e vc não pode deixar de fazer, eu tenho os valores do ano que fiz (2010), certamente estão desatualizados mas colocando uma inflação em cima, rsrs, dá pra ter uma ideia. Paguei 20 soles. Mas não esqueça do Boleto turístico, sem ele vc não entra em vários lugares, portanto não tem choro nem vela, o negócio é comprar e pronto, em 2010 estava 130 soles (!) Sobre as Salineiras Maras, fiz o seguinte: tem um tour que faz Salineiras Maras e Sitio Arqueológico Moray :'> , eu adorei, foi ótimo o tour, saímos de manhã e chegamos em Cuzco às 15h. Na época valor 25 soles + 3 soles de entrada. Não fiquei lá, mas achei sua ideia de locais menos turísticos ótima! Em Puno há as Ilhas Flutuantes de Uros, fiz esse passeio e fui à Ilha Taquile. Taquile eu diria desnecessária pra quem tem pouco tempo e as Ilhas Flutuantes são interessantes, masss atualmente está tudo mais parecido com uma encenação pra turista ver, do que com o original e tradicional da cultura local. Independente disso, foi bacana pra conhecer. Agora Copacabana é imperdível. Se vc puder fique na Ilha do Sol, eu passei uma noite lá num hostel láááá no topo da ilha e foi fantástico. A visão do Titicaca é maravilhosa, fiquei apaixonada. Fiz o downhill com a agência El Solario e fui muito bem atendida e os equipamentos eram de qualidade (importantíssimo!!! não desconsidere esse aviso, pois, rsrs, eu levei um capote daqueles de cinema, fui de cara no chão e só não tive dentes voando pra todos os lados e acabei com a viagem, pq o capacete protegeu). Fique atento a essa questão pois algumas agências podem ter um preço bem mais atrativo, mas aí a segurança.... hummm... tem que verificar. Sugestão em La Paz: tiwanaco, paragliding e escalada no Huayna Potosi, fiz os 3 e foi 10! Tudo depende do tempo que vc vai ter! Triste rotina em Floripa?? Deve tá zuando né... rsrs, quem me dera ter uma rotina em Floripa!!! Bom, não sei se mais ajudei ou atrapalhei com meus preços desatualizados, mas se precisar de outras infos é só perguntar! Valeu!!
  13. Olá M.Hoffman, bem não sou nenhuma expert em roupas/eqtos, mas posso ajudar com o q vivenciei A Tatoo (Av. Illampu 828) é, sem dúvida, uma loja ótima pra comprar :'> . Eu comprei algumas coisas lá, entre elas duas blusas térmicas, calça (não era impermeável, devia ter optado pela impermeável ) e luvas (tb não eram impermeáveis mas não senti falta). O material posso comprovar que é de excelente qualidade, usei muito lá e em outras viagens e tenho tudo até hoje em ótimas condições, cor, costuras e tecidos muito bons. O detalhe da Tatoo é que a loja tem os preços muito mais altos que as demais lojas, claro, qualidade tem lá seu valor. Acho que sua linha de raciocínio está correta em optar por comprar "Calça Impermeável Corta Vento (Respirável), Anorak Impermeável Corta Vento (Respirável) e Luva Fleece Impermeável" lá. As outras roupas é bem tranquilo, pode comprar em outros lugares sim (mas se achar uma térmica na Tatoo com preço bom, recomendadíssimo). Com relação à mochila eu comprei lá em La Paz uma Doite M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-A . Se não me engano ela é exatamente 70+15 e já joguei muito essa bendita pra lá e pra cá e continua firme e forte. Comprei na mesma rua da Tatoo, Rua Illampu, mas não lembro a loja, entrei, olhei, pedi o preço, chorei, ele baixou, chorei mais, ele baixou mais um pouquinho e fui embora sem comprar. Rodei todas as lojas por ali e acabei voltando e comprando lá. Não sei te dizer os nomes das lojas, comprei um tênis (Nike comum de caminhada q tb tenho até hoje) na FairPlay (http://www.fairplay.com.bo/fairplay2/Default.aspx). Mas no geral vale o q vc já disse: prestar atenção aos detalhes, costuras, zíperes e fazer o teste do estica e puxa (escondidinho, rsrs) pra ver se não arrebenta na primeira. Com relação aos preços aí vem a boa notícia: a Bolívia é o paraíso pra comprar . A gente se sente rico lá, rsrsrs, é que o câmbio é muito favorável e quando eu fui bastava olhar o preço deles e 1/4 do valor seria o equivalente em real (tipow: 100 bolivianos = 25 reais). Então acho que com seu dindin vc consegue comprar tudo lá sim, mas pra vc já ter uma ideia dá uma pesquisada no site da tatoo, eles têm os preços de tudo lá http://bo.tatoo.ws/catalog?id=2. Com o câmbio de agora vc já consegue saber +/- qto vai precisar. É isso, se precisar de qquer outra coisa é só avisar!
  14. Olá M.Hoffman, então, não sei te dizer absolutamente nada sobre a escalada de 4 dias e 3 noites, sorry, massss não sei se há alguma diferença no quesito "ataque ao cume", porque no meu caso nós passamos o primeiro dia em treinamento (como usar os equipamentos, fazendo pequenas subidas no gelo) e dormimos no refúgio base. No segundo fomos até o o segundo refúgio, tínhamos que dormir às 18h da tarde (quem dorme esse horário??? ) e à meia noite acordamos pra subida pro cume :'> . Em 4 dias não sei o que de diferente eles poderiam fazer, talvez seja um dia a mais de treinamento (e passeio?) pelo 1º refúgio. Digo isso pois até onde me lembro eles não tinham nenhum outro acampamento intermediário e, portanto, o esforço seria o mesmo nesses mesmos dias... Massss isso é o que eu estou imaginando, acho que seria bom vc confirmar com a agência antes pra não contratar achando que é uma coisa, e ser outra. Mas fique tranquilo, acho que com esse treinamento iron man que vc tá fazendo aí, vai subir e descer a montanha dando risada... Não acho que será necessário 4 dias pra vc não, se eu (q na época não fazia natação e nunca surfei na vida) dei conta, vc vai tirar de letra. :'> Uma coisa que me orientaram a fazer enquanto eu corria antes da viagem foi respirar fundo (na corrida) e ir soltando a respiração o mais lentamente possível, pra fazer os pulmões trabalharem bem. Não sei, mas acho que ajudou. Td que precisar é só perguntar, tamo aí pra isso e adooooro falar sobre essas coisas!
  15. Olá M.Hoffman, foi exatamente essa a agência. O valor do passeio (na época, final de 2010) paguei U$140,00 pelos 3 dias. Uma pechincha se for pensar que incluem transporte, hospedagem, alimentação, guia e roupas (como vc havia perguntado). A agência forneceu kit completo pra escalada e, a não ser que vc tenha um arsenal de escalada contigo, será extremamente necessário. Eu usei as minhas roupas e as da agência (eles forneceram: calça e jaqueta impermeáveis, botina de escalada e todos os equipamentos pra escalar). Sem dúvida a roupa deles foi de grande valia, mesmo eu tendo roupas impermeáveis, o material deles tb é ótimo e a escalada não é brinquedo: me joguei na neve algumas vezes de exaustão. Não sei se vc é acostumado, mas eu me julgava com um considerável preparo físico e quase joguei a toalha. Aliás, o relato do guia é de que a maioria dos brasileiros que tenta não consegue atingir o cume porque passa mal (altitude) ou não aguenta a subida mesmo. Mas o negócio é persistir e meter a cara. Fui, superei todos os limites físicos que podia e... cheguei lá! Hoje me recordo com um carinho gigantesco dessa aventura. Foi um sufoco e a maior delícia! A underwear térmica que eu falo (juro q não sei se é esse o nome usual) é uma blusa tipo fleece, sabe? Que a gente usa por baixo das outras blusas, mas ela é bem quente, mais quente que uma underwear 'normal'. Passei calor com ela em algumas situações, mas lá na montanha ela foi ótima. Que legal que vc está pensando em subir tb, vc vai amar, é um show, foi minha primeira experiência e lá se chega aos 6.088m de altitude, memorável! Qquer dúvida é só perguntar, ok? Abs
×
×
  • Criar Novo...