Ir para conteúdo

gms

Membros
  • Total de itens

    33
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

1 Neutra

Bio

  • Ocupação
    técnica em enfermagem do IFPE

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. gms

    Mochila... Qual comprar?

    Volto ao fórum em busca de informações e opiniões sobre mochilas. Tenho uma Crampon Tech 48 que tem uma qualidade que considerei muito boa para o preço que paguei e fiz duas trilhas com ela mas o problema é que ela aguenta muito peso e como todos sabem, se tem espaço na mochila, sempre arrumamos alguma coisa que achamos útil levar. Pois bem, nas duas trilhas que fiz, a mochila passou beirou os 8 quilos e isso é demais para mim que estou na casa dos 50kg e como eu simplesmente não conseguia achar o que jogar fora para diminuir o peso, a solução pareceu trocar de mochila para uma menor.
  2. Interessante. Subi nessa pedra uma vez e preciso voltar lá novamente para encarar as outras trilhas, mas essa que você mencionou parece ser bem descolada do resto e parece ser bem mais longo também, talvez uma duas ou três vezes mais longo. Duas coisas. Primeiro, tem alguma instrução mais precisa sobre como chegar no começo da trilha? Qual ônibus pegar da rodoviária, o ponto onde começa a trilha, esse tipo de informação? Segundo, acho que compartilhar o link do mapa facilita a visualização (e a navegação) de todos. Para isso você precisa estar logado e salvar o mapa. Pelo seu post ded
  3. gms

    Barraca para um

    Bom, eu não tenho grandes experiências com barracas, tanto que ainda estou na minha primeira, mas a Falcon 2 parece ser uma das melhores opções do "nível mais baixo" das barracas sabe? Para iniciar pode ser uma boa opção, já que ela é barata (dá para encontrar por menos de R$120 em promoções) e é auto-portante (aspecto interessante para iniciantes já que não precisa se preocupar com tipo de terreno para montar a barraca), além de ser bem fácil de montar. Ela não tem o avanço (embora diga que tenha, é uma coisa bem desprezível mesmo), mas o espaço interno para uma pessoa é bem considerável.
  4. Eu já tinha noção da presença de elementos tóxicos nas latas (motivo pelo qual não se deve comprar qualquer alimento enlatado caso a lata esteja amassada), mas não sabia que eram tão voláteis com a temperatura. Isso me trouxe uma dúvida: e quando cozinhamos a lata de leite condensado para fazer doce de leite? Isso não geraria calor o suficiente para volatilizar os elementos da lata tornando o seu conteúdo (doce de leite) nocivo? Até onde eu saiba não tem problema fazer isso, tanto que se tivesse eu provavelmente não estaria aqui perguntando, já que na minha vida eu comi bastante leite condens
  5. Grato pela resposta, mas a dúvida sobre o fato de ser um produto usado continua em pé. Se o fiscal arbitra um valor qualquer que eu considere abusivo, como posso contestar se o produto é usado? Suponhamos que o fiscal decida que o produto vale R$500 e boa. Sendo usado, como posso contestar que ele vale R$250, por exemplo? No site da receita tem um adendo para o caso de haver presentes mas não para produtos de segunda mão. Outra dúvida, para que seja transportado pelo serviço postal, que tipo de entrega deve ser? Seria o USPS?
  6. Caros usuários do fórum. Estou ainda numa empreitada por uma barraca e optei por importar uma por diversos motivos mas a insegurança que fica é de o produto ser barrado e taxado (o que, mesmo assim, vai fazer com que o preço fique abaixo do preço que encontrei aqui no país). Agora a minha dúvida é a seguinte: como pretendo comprar pelo EBay, o pacote seria de pessoa física para pessoa física mas o vendedor, lá, declara o valor. É possível que seja declarado como um produto usado e, por isso, um valor mais baixo do que a do mercado? Assim, se for taxado, a porcentagem recairia sobre o valor
  7. Ah, Pedra Grande, um lugar bacana para um bate-volta. Mas me diz uma coisa sobre a volta Jorge. Por acaso a "discreta picada no capim q serpenteando rochas mais embaixo atraves dos arbustos e alto capinzal" que vocês tomaram é uma que se encontra à esquerda da quarta foto (como eu não sei os nomes das pedras eu vou pelas fotos mesmo)? Melhor dizendo, a partir do ponto da quarta foto, seguindo em frente até quase o pé da pedra onde o pessoal usa como rampa de vôo e virando à esquerda? Pergunto porque da vez que eu fui eu vi essa entrada (no local onde mencionei), adentrei um pouco mas como
  8. É, como eu sou pobre eu compro dos EUA. Corro o risco de, por R$200, comprar uma barraca mais leve do que a Mini Pack (meio quilo a menos por R$150 a menos), mas estou com receio por causa da qualidade das varetas (que praticamente 50% das opiniões citaram) e da condensação que mencionaram. Eu tinha dado uma passada no tópico das barracas levíssimas mas as que eu vi estão muito além do meu orçamento. US$200 ou mais fora o frete que deve ficar em US$50 também. Se for taxado, o custo do frete entra junto e ferra ainda mais e de US$250 passa para US$400, dando uns R$720, muito além dos R$320 qu
  9. Sei que essa seção é meio parada mas vamos lá ver se consigo alguma opinião. Estou caçando uma barraca solo para trekking e estou procurando uma que seja leve e compacta. Como nunca tive uma barraca na vida e sou completamente leigo no assunto eu acabei levando mais em conta o preço e o peso apenas, embora tenha noção de que tamanho interno, capacidade de aguentar chuva, ventilação entre outros sejam importantes. Pretendo usá-la na região do estado de São Paulo e talvez em arredores próximos em qualquer época do ano. De qualquer forma, vendo as várias opções aqui e ali fiquei em dúvida ent
  10. Vontade eu tenho, só tem que ver quando (a faculdade anda apertando bastante a minha vida agora, tanto que eu deveria estar estudando). E se tiver que fazer em dois dias, tenho que arranjar uma barraca e uma mochila cargueira, mas vontade eu realmente tenho. A fiscalização continua do mesmo jeito?
  11. Eis que venho para relatar mais uma aventura de um dia. Novamente deixo explícito que infelizmente não há fotos pois não possuo máquina fotográfica e meu celular tira fotos de qualidade deplorável, mas nesse andatrilhos não houve muitas coisas para se ver então a máquina não fez tanta falta assim. Vamos ao relato. Essa aventura de um dia era para ter um destino diferente. Na verdade a idéia inicial era ir de Cascata (distrito de Poços de Caldas que fica na divisa entre SP e MG) e seguir a linha do trem sentido sul até cair em Águas da Prata e, dependendo da possibilidade, continuar at
  12. Eis aqui um relato rápido com informações específicas de horários e valores para facilitar um pouco a vida de alguém que, por ventura, esteja na mesma situação que eu (querendo ir para Extrema a partir de Campinas via transporte coletivo). Primeiro farei um breve relato da trilha e depois passarei com maiores detalhes as informações sobre transporte. Infelizmente não tenho fotos pela ausência de uma máquina fotográfica decente. Saimos de Campinas às 6:30 e chegamos em Extrema perto das 10:00 e com as informações colhidas vimos que realmente seria impossível subir até a Pedra do Cume começa
  13. Bacana o relato. Foz do Iguaçu é um lugar que parece valer muito a pena ir. Vendo os gastos, ir de ônibus de SP até Foz do Iguaçu vai dar cerca de R$130 por pessoa se não me engano, totalizando cerca de R$260 ida e volta. Pode até valer a pena ir de carro caso consiga rachar os gastos (baseado no seu relato) com mais duas pessoas mas, dependendo, ir de ônibus pode ser uma opção interessante também, afinal, não é necessário ficar preocupado com ficar acordado, dirigir ou saber o caminho. Isso vai de cada um, claro, só uma opção a ser ponderada. Como é o sistema de transporte público lá
  14. Ah sim, eu vi esse vídeo que você fez Raffa. Devo dizer que ele foi um dos motivadores para eu querer ir até lá. Vamos ver se eu consigo ir agora. Pelo que vi, o preço da pousada Alma de Pedra é meio salgado não? Embora no site só tinha o preço para quarto de casal...e não parece que a cidade oferece muitas outras opções de estadia além dessa pousada e uma outra que eu encontrei mas não tinha preço de quartos no site, acho que vou acabar ligando lá para descobrir.
  15. Fantástico, dá para chegar lá bem fácil então. Pego um ônibus para Bragança Paulista e depois pego um para Pedra Bela. O que pega é o horário de volta e Pedra Bela, que parece não ter muitas opções. Bom, vou ver se consigo ir lá esse fim de semana e vejo o que acontece, na pior das hipóteses eu fico uma noite por lá e volto no dia seguinte, que mal tem, além de buraco um pouco maior no bolso né? Muito obrigado pela ajuda!
×
×
  • Criar Novo...