Ir para conteúdo

alexadi

Membros
  • Total de itens

    26
  • Registro em

  • Última visita

Conquistas de alexadi

Novo Membro

Novo Membro (1/14)

0

Reputação

  1. olá pode me enviar a planilha? pretendo ir em maio deste ano... obrigada
  2. Um dos restaurantes que tem o Barreado prato típico da região, tem também uma banana flambada deliciosa...
  3. Nando Em Berlim você pode visitar o Campo de Concentração, Memorial e Museu de Sachsenhausen o acesso é bem fácil, eu fui e é bem interessante. Tomar o S-Bahn 1 até Oranienburg (não confundir com a estação de metrô Oranienburg). Leva cerca de 45 minutos. De lá o ônibus 804 até a parada Gedenkstätte, ou siga à pé. Aberto de ter/dom 15/out-14/mar 8h30-16h30, e 15/mar-14/out até as 18h. Entrada gratuita. Este campo de concentração fica nos arredores de Berlim, em Sachsenhausen, aldeia a 3km ao norte de Oranienburg, e serviu de prisão para cidadãos vindos de 18 nações diferentes. A construção iniciou-se em 1936 e começou a funcionar como prisão política para os oponentes ao nazismo, a maioria deles comunistas. A partir de 1938 -após a Noite dos Cristais-, chegaram os judeus e somente a primeira leva contava 6.000 berlinenses. Estima-se que 200 mil prisioneiros morreram aqui, incluindo soldados soviéticos, gays e milhares de cidadãos de outras nacionalidades. Sachsenhausen era também escola de treinamento para guardas que seguiriam para outros campos de concentração na Europa. Hoje o local funciona como um museu, exibindo a história do campo com fotos e textos dentro das infames cabanas.
  4. Eu uso o meu tablet xing ling em viagens, acho muito útil, além dos guias offline (achei vários para android), gravo todas as informações que vou precisar em pdf, assim tenho a minha internet offline, além disso é um ótimo passatempo enquanto espera avião/trem e útil para fazer backup das fotos. Quem quiser eu passo o site que comprei, é bem mais barato que aqui no Brasil.
  5. vc ficará em hotel ou albergue? se ficar em hotel, veja o cityguesthouse, é longe das atrações, mas próximo ao metro.
  6. não sei se você costuma fazer isso, mas eu anoto tudo que gastei no dia, e na saraiva agora tem um diário de viagem muito fofo http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/605353/diario-para-viagem-com-80-folhas/?ID=BD2E1AFC7DA081113003B1070
  7. Na ILha de Capri eu não fui, não deu tempo... mas acho que é legal
  8. Eu fui em todos os lugares de trem, a maioria das atrações são todas próximas a estação de trem, a cidade de Como é bem legal e é mais barato do que Lugano, então, se quiser eu mando foto das duas cidades: Lugano e Como. O meu roteiro em Florença foi o seguinte: 1o. dia passeio pelos pontos principais (cheguei depois das 13:00hs), 2o dia passeios pelos pontos principais que faltaram 3o dia: Pisa, Lucca e Viaregio, 4o dia: fui para Veneza (2 horas de viagem). Já que esta em Lua de Mel, não deixe de levar um cadeado e colocar na ponte Vecchio, procure a respeito, eu vi muitas pessoas colocando cadeados, acho que é uma tradição, na cidade tem vários lugares para conhecer, tem um museu de história natural que custa 6,00 euros a entrada e eu achei que valeu a pena, é muito interessante. Em geral, a comida eu achei caro e além disso você só acha pizza e massa, tem uma rede chamada spizzico que tem uns menus e custam +- 7,00, em outros lugares uma massa custa de 10 a 15 euros. Os relógios da swatch custam a metade do preço que custam aqui no Brasil, malas em Roma você encontra perto da estação de trem e é bem mais barato que aqui. Em Florença, se preferir compre os bilhetes do ônibus sightseeing, por 10 euros você faz um passeio de 1 hora (sem sair do ônibus) ou 20 euros por 2 dias, ai você sai e entra a hora que quiser, tem esses ônibus em outras cidades, se quiser poupar pernas... Para compras no freeshop é interessante fazer a reserva no site, você chega lá e esta tudo separado, atendimento preferencial, nem pega fila para pagar, eu adorei, a fila kilometrica e eu passei na frente de todo mundo . Se gostar de roupas esporticas, vá até a Decathlon em Milão ou Roma, é muito mais barato que aqui.
  9. Oi, de Florença dá para você ir em um dia para 3 cidades: Pisa/Lucca e Viareggio (praia). Siga as recomendações e não se hospede em Veneza, é muito caro, tente Veneza Mestre ou Lido (praia - não se compara as do Brasil claro, mas é bem curioso, lá você compra um "banho", chega-se lá de vaporetto), use o vaporetto número 10 para fazer uma volta quase que completa. De Veneza também dá para ir a Trieste, uma cidade legal. Em Florença me hospedei no B&B Peterson http://www.bedinflorence.it/home.htm, é bem próximo a estação de trem (dá para ir a pé), mas é um B&B, então avise a hora que chegará e o estranho é que ficamos com as chaves, não há recepção, mas o quarto era grande e confortável, fiquei em um com banheiro, mas acho que tem a opção de banheiro compartilhado que é mais barato, o café da manhã é bem simples e é deixado no quarto todos os dias. De Roma não deixei de ir a Pompeia e visitar o Vesuvio, é muito legal. Como sugestão, porque não tira um dia de Roma e outro de Florença para ficar em Milão, aproveitar e ir até o Lago de Como e a Lugano (Suiça). Eu fiz um roteiro parecido com o seu em junho/2010, então as informações estão bem "frescas", se tiver mais dúvidas é só me falar, inclusive o preço das coisas , malas, óculos e relógios são bem mais baratos que aqui no Brasil.
  10. Oi O Ibis Milão é excelente, tem até tv lcd no quarto, o café da manhã custa a parte 8,50 euros (eu acho caro, mas quem come bastante vale a pena), mas não faça a reserva em cima da hora, porque em vez de pagar 50 euros, pagará 90 euros, em Roma acho que não vale a pena o Ibis ele fica muito distante. veja este blog http://eduardozardini.blogspot.com/2008/05/como-pegar-um-trem-na-itlia.html, isso me ajudou muito para comprar os bilhetes, e nunca esqueça de validar os bilhetes, eu validava tudo, mesmo quando não precisava. Se for a Lugano, compre ida e volta em Milão que é mais barato, eu deixei para comprar a volta em Lugano e custou uns 4 euros a mais, na Suiça o dinheiro é o franco suiço, mas não se preocupe que em todo lugar eles aceitam o euro, se preferir tem uma casa de câmbio na estação. No site da trenitalia você consegue ver os horários dos trens.
  11. Estando em Roma, reserve um dia para visitar Pompei e o Vesúvio, eu coloquei em outro post como ir até lá, eu fiquei hospedada no City Guest House, é um pouco afastado das atrações, mas muito perto do metro, pelo custo (60 euros a diária) achei excelente, os outros dias acho que você terá muita coisa para fazer em Roma mesmo. Eu fiquei hospedada em Veneza, tem gente que adora e tem gente que detesta, é o tipo de lugar que você tem que ir para ver se gosta ou não, mas não se hospede lá é muito caro, veja em Veneza Mestre, eu me hospedei em Veneza mesmo e não acho que valeu a pena, pegue o vaporeto número 10, ele é o que dá uma volta bem grande pela ilha, então você terá uma boa ideia, se ficar mais dias, não deixe de ir a Lido (praia e também é uma boa opção de hospedagem além de bem mais barato que Veneza), Murano e Burano também é bonito, tem também uma cidade chamada Trieste e dá para ir de Veneza, se não me engano 1 hora de trem. Em Milão eu fiquei hospedada no Ibis, tem um bem próximo a estação de trem e reservado com antecedência custou 50 euros a diária. De Milão dá para ir a Como e a Lugano (Suiça) 1 dia para cada cidade, as duas cidades são bem parecidas e muito charmosas, também vale a pena a visita. Em Milão, no metro cuidado com os guardadores de máquininha de comprar bilhetes, eles roubam seu troco na cara dura. Em Roma e em Milão você compra bilhetes de metro para o dia inteiro, vale a pena. Se precisar de mais informações me vale
  12. Se for a Napoles não deixe de ir ao Vesuvio, a subida é cansativa, mas vale a pena, Pompéia também vale a visita, estive lá em junho/2010. De Roma você pega um trem até Napóles, chegando em Nápoles pega o metro ou trem local (não sei se aquilo é trem ou metro), desce na estação de Pompéia, visita a cidade, depois pega um ônibus que fica bem em frente a estação e ele te leva até o Vesúvio (a subida é cansativa, mas vale a pena), volta até a estação pega novamente o metro, desce em Nápoles (aproveite e experimente a pizza napolitana). Se sair bem cedo de Roma, dá tempo de ainda dar uma volta na Baia de Napoles (para agilizar, pode pegar aqueles ônibus vermelhos). Se quiser mais dicas é só falar...
×
×
  • Criar Novo...