Ir para conteúdo

leomeira

Membros
  • Total de itens

    37
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que leomeira postou

  1. hlira, obrigado mais uma vez!! Agora este percurso da viagem está mais claro pra mim. Acho que vou deixar cafayete de fora e curtir mais purma e salta mesmo!
  2. Para esclarecer, o Paso de Jama é o acesso entre SPA e Purma utilizando a Ruta 27 (CL) e Ruta 52 (AR), certo? Pelo que encontrei de informações o Paso Sico (Ruta 23 e 51) não é muito utilizado, confere? O ideal (Paso Jama), seria, portanto: - SPA - 'Ruta 27(CL)' - aduana - 'Ruta 52 (AR)' - Purmamarca - Ruta 9 - Salta - Ruta 68 - Cafayete ??? Suelih, vc encontrou bastante postos de combustível neste roteiro? Diesel é comum? Obrigado!! Leo
  3. Suelih, excelentes dicas, muito obrigado! Anotei tudo por aqui e vou levar em consideração a demora nas aduanas e dificuldades de alguns acessos! As reservas de hotéis possuem cancelamento gratuito, vou adaptar o roteiro durante a viagem. Quando retornar conto como foi!
  4. Opa legal. Vou anotar os nomes. Eu até queria alugar um carro em Cusco e descer a interoceanica até Puerto Maldonado pra conhecer, mas o tempo era curto. O cambão nunca me pediram, mas consta como equipamento obrigatório para circular na Argentina. E também por precaução, vai que precisa ser rebocado hehe. Eu comprei em Puerto Iguazu, em uma casa de repuestos. Paguei cerca de 25 reais. Como você virá do Chile, vc pode comprar em Jujuy ou Salta. É um cabo de aço igual ao desse blog: http://oldersbahnvolks.blogspot.com.br/2012/11/home-made-cambao.html Ou ainda pode tentar comprar aqui ou mandar fazer. Precisando de alguma informação é só perguntar. abs Maravilha, obrigado pela dica. Vou procurar o cambão ali por Jujuy! Hoje o carro foi pro pátio/cegonha, quando eu retornar da viagem posto um relato aqui informando se deu certo! Abs
  5. hlirajunior, Ajudou muito já, colega! Obrigado! Então, sobre o transporte, a empresa contratada é de SP (Leal Carreto e Carretos), eles fazem mudanças, fretes, cargas, etc. Esta empresa terceirizou o frete pra uma tal de Camila Transportes, ambas foram bem sugeridas por pessoas do ramo, pelo que pesquisei. O processo é pátio a pátio ou porta a porta (buscam em casa e levam até um endereço). No meu caso, contratei pátio a pátio. Amanhã cedo deixaremos o carro em Biguaçú e a previsão de chegada (com folga) é ali pro dia 15 a 18 de junho em Rio Branco, num pátio também, próximo ao aeroporto (toda capital tem um pátio deste onde várias transportadoras prestam serviço). Custo R$ 2.400,00, seguro Allianz, eles pedem uns 20 dias pra envio. Se der certo depois eu conto aqui! Dúvida: li um pouco do seu relato, muito bom por sinal, e vi a história do cambão. Já tive em Mendoza, Bariloche e Chile de carro e nunca pediram isto, até tentei achar pra comprar mas não consegui por lá. Vc comprou? Pagou quanto? É uma barra de metal/aço ou é tipo aquelas fitas com trava de reboque? Abs Leo
  6. Obrigado Suelih! Vou explorar um pouco a sua bondade!! hehe A ideia da viagem é mais ou menos o seguinte, vamos em dois casais e mandaremos um carro (hilux sw4) por 'cegonha' de Floripa até Rio Branco, no Acre. Dia 20/jun vamos de avião pra RB, pegamos o carro e vamos descendo (Peru, Chile e Argentina). Como já conhecemos de Santiago pra baixo no Chile e Mendoza pra baixo na Argentina, voltaremos por SPA e Salta... 20/06 Floripa -> Rio Branco AC (avião) 21/06 Rio Branco -> Puerto Maldonado 22/06 Puerto Maldonado -> Aguas Calientes (direto, sem parar em Cusco, fazendo um pouco do vale - pisac - e deixando o carro em Ollanta) 23/06 MP (Huayna + MP) -> Cusco 24/06 Cusco (Inti Raymi) 25/06 Cusco -> Puno 26/06 Puno/Copa 27/06 Puno -> Arequipa (deixei de fora a ideia de chivay, por enquanto) 28/06 Arequipa -> Iquique 29/06 Iquique -> San Pedro de Atacama 30/06 San Pedro de Atacama 01/07 San Pedro de Atacama 02/07 San Pedro de Atacama -> Salta (Arg) 03/07 Salta (vale a pena ir até cafayete?) 04/07 Salta -> Corrientes 05/07 Corrientes -> Chapecó 06/07 Chapecó -> Floripa Dúvidas gerais: - Estacionamento em Ollanta? Além deste pátio que vc citou, do restaurante, vc lembra de ter visto algum estacionamento fechado perto da estação de trem? Ou mais opções para deixar o carro durante estas 24hs que esteramos em AC/MP...? - Na ida pra AC, sobre o vale sagrado, pensamos em parar em Pisac e no sítio de Ollanta, apenas. Na volta, Moray e Chinchero, talvez. Boa ideia? - Vale a pena, estando em Puno, dar um pulo pra passar o dia em Copa? - Vc saberia dizer quais atrativos merecem uma parada estratégica entre SPA e Salta? E estando em Salta, vale a pena ir a Cafayete? Nossa intenção ali é conhecer os bons vinhos da região e curtir as paisagens (garganta del diablo e tal)... Muito obrigado por qualquer ajuda!! Abs Leo
  7. Pessoal, vou pra MP/Puno/SPA em junho, de carro, dois casais, saindo pelo Acre. Penso em ir de carro de P. Maldonado direto para Ollantay, deixar o carro lá, pegar o trem pra já dormir em Aguas Calientes. No outro dia, faço MP e desço pra Ollantay, pego o carro e vou pra Cusco (Inti Raymi) seguir a trip. Quem conhece lá, acha viável a ideia? Será que rola um estacionamento fechado em Ollantay pra deixar malas no carro, etc? Obrigado!
  8. Olá Suelih, excelente trip essa de 2011, hein? Uma dúvida, vocês deixaram o carro em Cusco e fizeram o Vale e MP de agencia/trem, ou foram de carro pelo Vale até Ollantaytambo 'por conta'? E uma dica, penso em ir de P. Maldonado (iremos pelo Acre) direto para Ollantay (já fazendo parte do Vale Sagrado), deixo o carro lá e vamos para Aguas Calientes, no dia seguinte pegamos o carro em Ollantay e volto para Cusco, seguindo a viagem. Nosso foco é Machu Picchu, Titicaca e Atacama! Outra, tendo que escolher entre pernoitar em Arequipa ou em Chivay, qual sugeres? Obrigado!
  9. Galera, ficarei 5 dias em Roma em outubro e pretendo dar uma esticada até Napoles e região em um desses dias (bate-volta). O trem Es Av está caro (45 euros o trecho), como estaremos em duas pessoas, estou cogitando locar um carro em Roma para fazer essa trip. O problema é que teríamos que voltar pra Roma no mesmo dia, então, pergunto: Alguém já fez essa viagem (Roma - Napoles/Pompeia ou Capri ou Sorrento - Roma) num bate-volta desses de carro? Valeu a pena ou é melhor ir de trem-bala mesmo? Abs Leo
  10. leomeira

    Pompeia

    Olá pessoal, estarei em Roma entre 03 e 08 de outubro e pretendo fazer um bate-volta de Roma - Napoli (Pompei) - Roma. Ainda estou definindo se vou a Capri/Pompei (só fazendo as baldeações em Napoli) ou se fico durante o dia em Napoli e vou à Pompei, acho que as três num só dia é inviável, e como meu hotel em Roma já está pago terei que voltar no mesmo dia! Minha dúvida é a seguinte, o trem (ES AV) de Termini para a Estação Central de Napoli - que é mais rápido - custa 45 euros o trecho, como estaremos em casal, teremos um custo de 180 euros para ir a Napoli e volta para Roma no mesmo dia, achei caro! Então, porque não alugar um carro? Alguém já fez esse bate-volta de carro alugado? - Já possuo a PID. Encontrei carros para alugar por 50 euros em Roma, estimo mais uns 50 a 80 euros de custos (entre combustível e pedágios). Sem contar que indo de carro poderia 'pular' Napoli (trânsito caótico) e ir direto para Pompei e depois Sorrento/Capri. Acham viável? Enfim, se alguém tiver qualquer dica, agradeço! Abs Leo
  11. Outra boa opção, sobretudo se estiver com duas ou mais pessoas para o passeio, é alugar um carro. Sai perto de 50 libras a diária. http://www.autoeurope.com http://www.sixt.com http://www.ealuguerdecarros.pt Abs Leo
  12. Oi vanessinha, pergunto o mesmo que a walkiemelo. Como foi o trâmite para pagar 18 libras para a Mdm Tussaud + London Eye? Usou o OysterCard pra ter o desconto? Parabéns pela trip! Abs Leo
  13. Olá amigos, pra contribuir com o fórum – que sempre tanto nos ajuda – posto o relato da minha última viagem. Eu e minha namorada estivemos no Uruguai (Montevidéu, Punta e Colônia) e Argentina (BsAs) entre 19 e 27 de julho. Como já relatei de outra viagem, eu sou geógrafo e músico e ela gastrônoma/enóloga, portanto, podemos dizer que foi uma viagem “eno-gastronômica-paisagística-musicada”. Muito vinho, muita carne, muito frio, muitas fotos, muita “pernada”, muita música e muito amor! *Floripa / Buenos Aires / Montevidéu Saímos de Floripa/SC no dia 19/7 no primeiro vôo, as 4h20, para BsAs. Chegando no Ezeiza pegamos um Remis da Tienda Leon rumo ao Porto do Buquebus, onde embarcamos para Montevidéu (nosso destino final neste primeiro dia). Depois de três horas no barco (Silvia Ana, direto) chegamos à capital do Uruguai e pegamos um taxi até o hotel (Sur Hotel, recomendo). Chegamos por volta das 11hs, saímos para almoçar (chivitos) e voltamos ao hotel para fazer o check-in perto das 14hs. Como estávamos cansados da viagem, só demos uma volta pela av. 18 de Julio, passamos num mercado para comprar vinhos e voltamos pro hotel. Depois de descansar um pouco, saimos para jantar no Rara Avis, o restaurante anexo ao Teatro Solis. Adoramos, super recomendado! Lá conhecemos, talvez, o melhor vinho da viagem "Família Deicas - Prelúdio (2005)" um blend de Tannat e outras uvas, muito equilibrado. Depois do jantar voltamos pro hotel de taxi. *Montevidéu No dia seguinte (20/7) Saímos a caminhar pelo centro histórico de Montevidéu, conhecendo seus pontos turísticos, as praças, o Palácio Salvo, Catedral, Puerta de la Ciudadela, entre outros, até o Mercado do Porto - onde almoçamos uma parrillada no "El Palenque". Depois do almoço pegamos um taxi até o Terminal Rodoviário Tres Cruces, onde compramos passagens da COT para Punta Del Este pro dia seguinte (custa cerca de 16 reais o trecho). Saindo da Rodoviária, fomos a pé até o Estádio Centenário, onde conhecemos o museu do futebol, visita ao gramado, etc. Depois dali, pegamos outro taxi até o Shopping Punta Carretas para conhecer a região. Tomamos um café por ali, demos umas voltas e logo voltamos de para o hotel, passando pela Rambla - muito bonita. Gostamos de Montevidéu, a cidade tem seu charme! *Punta Del Este Quinta-feira, dia 21, cedinho, partimos para o Terminal Tres Cruces e pegamos o bus para Punta! Chegando lá, já era quase meio-dia, compramos um city tour, demos umas voltas por perto da rodoviária e saímos para almoçar. O City Tour estava marcado para as 14hs, com algum atraso chegou o micro-onibus e partimos para visitar Punta (no roteiro: La Mano, Farol, Puente Ondulada, "Beverly Hills" e Casa Pueblo). Foi na Casa Pueblo onde vimos o entardecer e o pôr-do-sol (em meio à algumas nuvens), ouvindo uma gravação do poema "O Sol" do anfitrião "Carlos Paez Vilaró". Esta casa é também um hotel e um museu, e tem muita história pra se contar por lá. Findado o passeio, ainda jantamos em Punta e pegamos o bus (lotado) à Montevidéu, para um descanso merecido (e com muito vinho!). *Colônia Del Sacramento / Buenos Aires Na sexta já era hora de nos despedirmos de Montevidéu, fomos para Tres Cruces, compramos o ticket pro Buquebus (só de Colônia para BsAs) e pegamos o bus para Colônia (pela COT), ainda pela manhã. Chegando lá deixamos as malas numa salinha vigiada da rodoviária (por algo em torno de 5 reais) e rodamos pelo centro histórico de Colônia. Muito legal essa parte da cidade, valeu a pena conhecer, me lembrou bastante alguns 'cantos' de Floripa, onde a cultura portuguesa/açoriana ainda se faz presente, sobretudo, na arquitetura. Almoçamos por lá e umas 15hs partimos pro porto do Buquebus onde embarcaríamos para BsAs. Por sorte (mas não sei porque) nossas passagens eram primeira classe (rolou até um espumante) e, confortavelmente, fomos para Buenos Aires. Com direito à visita no free-shop do barco e tudo mais. Já em BsAS, tocamos pro hotel (Gran Hotel Argentino, na 9 de Julio, recomendo!), na primeira noite ficamos num quarto regular (é da ala dos renovados, mas os antigos são melhores). No dia seguinte pedi pra mudar e fui pra um quarto de fumantes - foi a melhor troca que já fiz, o quarto era enorme, com uma ante-sala, sem barulhos, banheiro espaçoso (quarto 627, se não me falha a memória), enfim. *Buenos Aires Dia 23/7, compramos ingressos pro City Tour portenho e fomos até o Caminito, a partir daí foi a via sacra. Caminito, Museu de Cera, La Boca, La Bombonera... Caminhada até a Plaza Lavalle, mais uma esticada até o Puerto Madero.Cansaço batendo nas pernas, mas valeu! Como já tínhamos beliscado umas empanadas em La Boca, só fomos almoçar no Galerias Pacífico, na Florida. Dali mais uma caminhada até a Plaza de Mayo, Casa Rosada, Cabildo, Catedral... Hotel! Nem preciso comentar que tinham mais brasileiros que portenhos nessas regiões turísticas (fim de julho, férias por aqui). No domingão (24/7) era dia de feira! Sim, a tradicional Feira de San Telmo. Saímos a pé do hotel e no cruzamento com a Belgrano adentramos na calle La Defensa. Completamente lotada, pudemos contemplar toda a parafernália que compõe essa cerimônia de todo domingo. Almoçamos por ali num bar e compramos uns vinhos numa loja especializada. Depois dali aproveitamos a validade dos tickets do citybus (péssimo investimento) pra fazer a volta lá por Recoleta e Palermo. Estava um frio de rachar! Mas tá valendo! Descemos no ponto final, fomos pro hotel e depois fomos jantar no TGF (Thank God It’s Friday) de Puerto Madero. Cerveja e carne, muita! Depois vinho no hotel... Nesse dia bati os olhos na loja da Harley em Puerto Madero e decidi (por conta) que voltaríamos ali pra eu sonhar/babar um pouco. Segunda-feira (25/7) passeamos pela Corrientes, Córdoba (Florida, compras na Falabella), querendo conhecer os outlets e tudo mais que tivesse por esta região. Acabamos no Shopping Abasto, depois passamos pelo Teatro Colon, Cervantes, Plaza de Los Tribunales, uma esticada ao Congresso. Nesse passeio vi o prédio mais bonito de BsAs, na minha opinião, o “Palácio de Las Águas Corrientes” (Museu do Patrimônio Histórico, fica na Córdoba). Depois da “pernada”, voltamos pro hotel, reservamos um show de tango (no Sabor a Tango) e partimos pra lá com um transfer contratado junto ao jantar. Comida razoável, vinho ruim (incluído no jantar), péssimo atendimento, ótimo show. Tivemos sorte de ficar numa das mesas mais próximas do palco. Foi-nos sugerido conhecer o show do “Torquato Tasso” (La Defensa), meio que um bar com show ao vivo de tango, entrada barata, paga o que consumir e o local é tido como o berço do tango portenho – algo bem tradicional. Não conhecemos pois os shows eram só de quarta a sábado (ficamos sabendo tarde demais). Na terça (26/7) já estávamos cheios de dores, mas faz parte da aventura! Pegamos um táxi e fomos pro cemitério de Recoleta começar nosso percurso. Almoçamos no Hard Rock Café, depois rolou Museu de Belas Artes, Flor Metálica, Malba, Jardim Japonês, Botânico, Shopping Alto Palermo, sorvete da Freddo, promoções, ainda esticamos uma visita na livraria El Ateneo da Santa Fé (lotada!). E voltamos pro hotel, de lá pegamos um táxi pra região de Las Canitas (perto do hipódromo, eu esperava mais da região!) e jantamos no Jackie-O. Quarta (27) era nosso último dia por lá, mas nosso vôo só saia a noite. Fizemos o checkout no hotel, deixamos as malas na recepção e fomos passear pela região da calle Honduras (muito legal, com várias lojas, bares e outlets). Depois fomos almoçar no Siga La Vaca (Puerto Madero), muita carne e um vinho ruim (incluído no preço). Dali fomos pra loja da Harley (a-rá, eu não tinha esquecido!), mal paramos na frente da loja com uma câmera e o funcionário abriu a porta nos convidando pra entrar, subir na moto, etc... Ganhei o dia! Dali caminhamos pela avenida de Mayo, tomamos um café no London City e voltamos pro hotel pra esperar o Remis que nos levaria pro aeroporto. Depois de muita fila pra chegar no Ezeiza, ficamos sabendo que o vulcão havia voltado a expelir fumaça e vários vôos anteriores tinham sido cancelados. Moral da história, nosso vôo atrasou quase uma hora e veio lotado pra cá! Antes disso, compramos vários bons vinhos no (mega) freeshop e "home, sweet, home"! That’s all, folks! Qualquer dúvida, estamos aí! Abraços Leo
  14. Oi Marcella, parabéns pelo relato! Super trip! Sobre o TravelCard que vc comprou para usar o 2x1: mesmo ele sendo de um só dia vc conseguiu usar o 2x1 por mais de um dia? O TravelCard não precisa estar 'válido' para usar o 2x1? Sabe se o OysterCard também serve pro 2x1? Obrigado! Leo
  15. Galera, dúvida sobre os vários "pass". *Paris Pass (mesma empresa que faz o London Pass) / 2 dias = 99 euros/pax +50 atrações (exceto Torre Eiffel) e transporte (metro, bus, RER) nas zonas 1 a 3. http://www.parispass.com *Museum Pass / 2 dias = 35 euros/pax Museus e poucas atrações. http://www.parismuseumpass.com *Paris Visite / 2 dias = 15 euros/pax Transporte nas zonas 1 a 3. http://www.ratp.fr/en/ratp/c_21894/paris-visite Tem ainda o: Carnet 10 tickets (aprox. 11 euros) - pergunta: compra-se em qualquer estação de metro? É na máquina ou guichê? Navigo Decouverte (orange) - seg a dom (transporte) Bom, estou indo pra lá em setembro (6 dias) com minha namorada e diante dessas várias opções fiquei confuso sobre qual o melhor custo x benefício. Como pretendemos fazer os principais pontos turísticos em 2 ou 3 dias, depois ir ao Vale do Loire (carro alugado) e depois ficar caminhando por Paris, optaremos por um desses passes (ou um combinado deles) para dois dias. Vale frisar que, geralmente, prefiro ir caminhando do que andar de metro, portando devo usar o metro no máximo duas vezes por dia, até porque meu hotel fica no bairro 8, região central. Estou achando que o mais válido pro meu caso é comprar o Carnet com 10 tickets e o Museum Pass (35 + 11)OU o Paris Pass (99 euros, mais caro porém com mais regalias, inclusive o City Bus e o Palácio de Versailles - além de quase todas as atrações pagas da cidade). Alguém já comprou o Paris Pass (não o museum) e se arrependeu?! Qualquer dica é bem-vinda! Obrigado Leo Meira
  16. Estive em BsAs agora em julho e assisti ao show de Tango e jantar no "Sabor a Tango". Foi um bom custo x benefício. O que dizer? O show é ótimo, uma verdadeira peça teatral. Mas o atendimento é péssimo! Poucos garçons e muita correria, você precisa abstrair isso e curtir o show. Pelo preço acho que valeu, custou 280 pesos arg por pessoa. Inclui um jantar (entrada, prato principal, sobremesa e uma garrafa de vinho/água) mais o show e traslados até o hotel. A dica 'quente' de um sommelier portenho é o "Centro Cultural Torquato Tasso" na La Defensa (rua da feira de San Telmo) atrás da Plaza Lavalle. Lá, de quarta a sábado, rola o tradicional tango argentino. O local é um bar, grupos de dança e turistas corajosos dançam durante o show e você paga algo como 30 pesos para entrar e paga o que consumir (comidas, bebidas). Não pude ir lá pois descobri o local num domingo e não ficaria até quarta, mas teria ido se soubesse antes! Se alguém já foi, relate para nós! Abs Leo
  17. Deixando o fator verão de lado, em que Punta fica cheia de opções turísticas e noturnas. No inverno, vale a pena passar um dia por lá (mesmo que seja um bate-volta de Montevidéu). Faça um city-tour e conheça "La Mano", "Puente Ondulada" e "Casa Pueblo" (com direito ao por do sol no Rio De La Plata). Outras atrações do tour são o bairro de luxo (meio Beverly Hills), as Rambias e algumas casas famosas (Zidane, RayBan, etc). Abs Leo
  18. A dica de Colônia, para quem não estiver passando uma semana lá, é passar um dia ou meio período na cidade histórica 'perneando' pelas ruelas de colonização portuguesa! Por ali é possível bater várias fotos, passear, tomar um vinho ou comer frutos do mar pelos bares espalhados na cidadela. Vale a visita! Sobretudo se estiver em trânsito entre Montevideo/Buenos Aires. Abs Leo
  19. Recomendo muito um jantar no Rara Avis (restaurante anexo ao Teatro Solis). Lá tomei o melhor vinho que já conheci "Família Deicas - Prelúdio" um Tannat (blend) inesquecível e super equilibrado! Abs Leo
  20. Oi J.Afonso desculpa a demora na resposta.. Loquei o carro ainda pela internet antes da viagem e o peguei em Santiago no Aeroporto - entreguei lá também. Foi com a www.transbetel.cl ([email protected]). Peguei um Corsa Sedan 2010 1.6, correu tudo bem! Era uma sugestão aqui do Fórum e valeu a pena, bons preços! Vc faz o pagamento na retirada do carro e precisa ter um cartão de crédito internacional com limite de pelo menos 1000 usd como caução. Abs Leo
  21. Oi bijarano, sim, se você subir de carro, van, etc.. até a estação de esqui, caminhará 1km (mais ou menos) até o cume do vulcão. Essa foto que postei é do meio do caminho. Já tinha caminhado 500m (parei o carro na estação de esqui) e faltavam uns 500m até o cume. Tem sim essa caminhada que é desde a base, 5 horas e tal. Mas preferi não encará-la! Quanto à grana. Se você tiver conta em banco com cartão de crédito internacional e débito VisaElectron ou Maestro (mastercard) sugiro que você saque pela RedBanc direto na sua conta débito, no Chile - tem caixa eletrônico em qualquer canto por lá (centro das cidades). Confirma isso com teu banco. Foi a melhor cotação que consegui - sacar direto na minha conta à débito com VisaElectron! É cobrado uma taxa de 2.500 pesos chilenos (cerca de 5 dólares) por transação. Para garantir, se for levar grana, sugiro que leve em dólares e troque por pesos no Chile! Trocar reais lá não é bom negócio, assim como comprar pesos aqui no Brasil. Abs Leo
  22. Oi Danusa, tudo bem e você? Se sua viagem pretendida for durante o inverno destas regiões, você verá neve tanto em Bariloche quanto no Chile (principalmente, de Santiago pra baixo na região da Cordilheira). A temporada de esqui (muita neve) tem seu ponto alto durante o mês de agosto e dentre tantas opções para ver neve no Chile, você poderá conhecer Farellones, Valle Nevado (próximas à Santiago), mais ao sul tem a estação de Chillan e, ainda mais ao sul, as belas paisagens da região dos lagos com vários vulcões e muita neve (com destaque pra Pucon, cidade turística que me lembra Bariloche, e o vulcão Villarica coberto de neve). Uma boa opção é rodar o Chile de carro, de Santiago até a região de Puerto Varas - para apreciar neve, gastronomia, vinhos e os encantos da região! Já em Bariloche, você também terá neve, lindas paisagens, pistas de esqui, cerros, boa gastronomia, muitos brasileiros ("brasiloche") e diversão - em uma única cidade, vai rodar menos - seria uma opção pra uma trip mais econômica, talvez. Sugiro que você explore o mapa dessas regiões e tente traçar um roteiro que lhe interesse mais. Sendo no inverno, sobretudo em agosto, não terás problemas em encontrar neve nestas regiões! Boa viagem! Leo
  23. leomeira

    Viagem ao Chile

    Olá amigo, quando estive em Santiago fiquei no Hotel Montecarlo (www.hotelmontecarlo.cl). Fica bem no Centro, perto de tudo e custou 72 usd a diária de habitação superior p/ casal (com café, tv, AC, calefação, estacionamento, etc). Sobre o transfer não sei lhe informar! Boa trip! Abs Leo
  24. Bem legal seu roteiro e bem distribuído, na minha opinião! Só deixaria mais tempo pra Santiago, caso você pretenda conhecer a cidade! Se precisar cortar algo pra ficar mais em Santiago, eu sugeriria tirar P. Varas do roteiro! Passei em Chillan no verão e não gostei, mas o auge por lá é no inverno mesmo! Se você estiver indo no inverno e quiser esquiar e curtir águas termais é uma ótima cidade, caso contrário vai pro sul e seja feliz com as paisagens, passeios, vulcões - sobretudo em Pucon e Bariloche! Abs Leo
  25. Oi hlirajunior, foi super tranquilo cruzar as fronteiras (P. Varas/Bariloche e Mendoza/Santiago)! Como eu fui do Chile pra Argentina precisei 'comprar' (da locadora) a permissão p/ rodar na Argentina - isto fica retido na Aduana quando você ingressa na Argentina (você troca pelo Visa que permanece com você até voltar pro Chile). A permissão nada mais é do que um documento onde o dono do carro (locadora) autoriza você a circular por lá, com autenticações em cartório, etc - tem que pedir isso com antecedência pra locadora e custa meio caro, o preço varia pra cada locadora. O seguro do carro era pra toda América Latina então não tive problemas com isso, mas precisei apresentá-lo em todas as aduanas, peça cópias pra locadora. Então, basicamente, se você for com um carro alugado do Chile p/ Argentina, só precisa de: CNH, Passaporte, Permissão p/ Argentina, Seguro do carro (Chile/Argentina, pelo menos), dois triângulos, encosto de cabeça em todos os bancos do carro (frente e trás) e luzes acesas o tempo todo! Sobre ir de carro (brasileiro) pra lá, não sei como funciona exatamente! Abs Leo
×
×
  • Criar Novo...