Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

MGazzoni

Membros de Honra
  • Total de itens

    67
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre MGazzoni

  • Data de Nascimento 12-05-1979

Outras informações

  • Lugares que já visitei
    Itália (2 anos trabalhando em Verona)- , França, Inglaterra, Eslovênia, San Marino, Argentina, Uruguai ,Chile, Peru, Bolívia, USA, Paraguai.
  • Ocupação
    Hommer Simpson (operador Subestação)
  1. Gente.... jan e fev é realmente complicado ir para lá...então, aos que puderem, programem para outra época, não adianta tentar o velho "jeitinho brasileiro" e tentar ir para lá agora (ou nos próximos 15...20 dias).. o melhor é reprogramar mesmo... lembramos também, as meia estações (primavera...outono) tudo por lá é mais tranquilo, chove bem menos, temperaturas mais agradáveis, e o principal....td mais barato...então, quem puder se programar para ABRIL..MAIO...e melhor ainda SET ou OUT...com certeza terá uma trip mais "aproveitável".... A aventura tá em dar td certo tb...
  2. Amigo As informações são somente que o pessoal (geral) está relativamente isolado, e o governo está com helicópteros e vários funcionários trabalhando tanto para liberar a estrada de ferro de Ollanta até Águas Calientes, como para atender os turistas (água, alimentos e retirada do local). Na verdade, essa preocupação de hoje será mais uma história para contar no futuro. Claro que assusta, mas acho que não há motivos para preocupações maiores, até pq realmente a comunicação lá não deve estar das melhores no momento. Abraço
  3. Reforçando, preços para casal 120 e triplo 155 pesos...(calculando rápido, em real a metade desse valor). Isso no Uruguay e no da frente, Gran Hotel España... Ali perto, a pé mesmo, se conseguem vários por preços equivalentes...tem o Turista, Alcazar... Fiquei uma noite no Hostel Portal del Sur desta vez...faltava ele, mas não sei se dei azar, cheguei cansado com o buquebus das 21:30 e...uma banda tocou no último andar (sim, tem um bar) até lá pelas 3 e meia da madruga...imagina a bateria na cabeça da gente que estava no andar de baixo... O milhouse como li nas conversas e já pude comprovar por outras 3 vezes é ótimo como Albergue, ou seja, vc solteiro e querendo agito... outro que NÂO recomendo, a não ser se vc pegar os quartos mais caros (260 pesos, mais que o Ibis) é o majestic.
  4. galera nesta última ida peguei cartão do alcazar..e de mais uns 10, visitei todos para ver...olhei quartos..vou ver e coloco aqui, mas se não me falha a memória não tem site nem mail não... o Hotel Uruguay eu gosto, fiquei 3 vezes..mas de certeza não tem contato por mail, tem que ser na hora mesmo...mas é um ótimo custo benefício como o amigo Adriano comentou.. inté
  5. gente... tem um hotel que fiquei 3 vezes já...não tem contato por mail, mas chegando sempre consegue... é o Hotel Uruguay, na Tacuari (pertinho do milhouse), na av de mayo, uma rua antes da 18 de julio a esquerda média de 15 dólares por pessoa...mas banheiro show, roupa de cama, tv a cabo, aquecedor/ar...sem bagunça... mas tem que ver na hora que chegar lá...e ha 15 dias atrás lá tava bem cheio... se nao tiver, na frente tem o Espanha se não me engano..tb dá pra arriscar, mas nunca fiquei nele...
  6. sempre fico no www.surhotel.com muito show, localização, é hotel mesmo mas não é caro, limpinho..roupas de cama sempre sendo trocadas....
  7. detalhe para as cuecas penduradas na cordinha da cortina no outro lado do corredor..
  8. hj é bom pra dar rizada...mas na hora mesmo é phodegas... em puno consegui comprar um sanduba e a passagens..nao sei o que me deu que antes de perder o cartão saquei 80 dolares..nunca sacava tanto de uma vez, foi a sorte...deu pra pegar busao até la paz..depois sta cruz...depois assuncion..e depois ciudad del leste (destaque para um ônibus 1976 quebrado no meio do chaco paraguaio e uns 43 graus no meio da poeira, 4 dias sem banho, policiais me tirando do ônibus as 3 da matina e me cobrando documentos, sem identificação e com escopetas na mão, dizendo que tava td errado..e pra pegar minha mochila)...acho que pelo meu "estado" viram que dali não iam conseguir nada...
  9. po, galera, voces estao rindo da desgraça alheia né!!!1 x 0 pra voces... o lance é que fui roubado em Arequipa-PER, fiquei sem grana, documentos, cartao de credito, ítens de higiene pessoal, maq fotografica, etc.. ah, e o principal, meu caderninho com todas as minhas anotçoes e meu diario de bordo pra escrever um relato para o mochileiros.com só sobraram uns míseros dólares que foram exatamente a conta para eu voltar pro brasil alem da passagem de aviao. tive que entrar na bolivia ilegal, pois meu aviao saia de la paz. só que na época teve uma greve do setor aereo em toda a bolivia, ai só sobrou uma unica vaga em um voo que saia de Santa Cruz de la Sierra pra São Paulo. peguei um busão (pau de arara) e viajei 23 horas pra Santa Cruz. No aeroporto a interpol queria me prender porque eu tinha entrado ilegal na Bolivia, nao tinha documento nenhum (só um boletim de ocorrencia da policia peruana e uma carta do consulado brasileiro), arrumei uma confusao no aeroporto, fiquei tao puto com o agente que quase sai na pancadaria com ele. ai me liberaram. cheguei em SP, meu dinheiro so dava pra comprar uma passagem pra Rib Preto, casa da minha namorada. Pra minha casa nao dava.! nesses 3 dias, desde arequipa ate Ribeirao preto, o que eu tava menos preocupado era se eu tava fedendo ou nao! hehehe mas valeu a experiencia.!! cara...tb fui roubado em arequipa...abriram minha mochila e levaram minha carteira..por sorte o cartão e os dólares tavam na pochete, que apesar de acharem brega...ajuda muito nas viagens... pra ajudar, em puno perdi o cartão de crédito..aí sim o bicho pegou...quem acompanhou a volta no mochileiros viu o perrengue que foi voltar de sta cruz para foz do iguaçu via Assuncion..cara...pior furada da minha vida... mas é isso, hj é mais uma historia para contar ao por do sol..
  10. www.hosteriapajaroazul.com.ar muito show, no km 10,5 , café da manha feito por elas no dia..td quentinho, muito bom.
  11. blz...escreve aí mesmo o que acha... só para comparação para quem quiser, aqui tem um de Buenos Aires do ano passado...pra comparar preços abraçosViagem Buenos Aires 2007.pdf Relatório Final Bariloche.pdf Relatório Final Bariloche.pdf
  12. valeu léo tem o arquivo completo com as fotos para baixar no final também, em PDF..... quem quiser, se tiver na região de floripa, trouxe quilos de mapas, folders, etc....para emprestar para quem for para aquela área... abraço
  13. Amigos Segue em anexo relatório da última mochilada pela Argentina, específicamente Buenos Aires e Bariloche, com custos, fotos, passeios. Qualquer dúvida, estamos aí amigos... abraçosRelatório Final Bariloche.pdf Relatório Final Bariloche.pdf
  14. Para competir com o La Estacion, para quem conhece...em Arequipa, em um trem dormitório... 02/09/2008 - 14h37 'Avião-hotel' é inaugurado dentro de jumbo na Suécia CLAUDIA VAREJÃO WALLIN De Estocolmo para a BBC Brasil BBC No alto, o primeiro avião-hotel do mundo; em seguida, desenhos mostram como será o interior Será inaugurado em dezembro, na Suécia, o primeiro avião-hotel do mundo, criado para funcionar em terra firme dentro de um Boeing 747, o famoso Jumbo. Batizado de Jumbo Hostel, o avião já está posicionado na entrada do aeroporto internacional de Arlanda, em Estocolmo. O hotel terá 25 quartos, incluindo uma suíte de luxo localizada no cockpit do jato, com visão panorâmica do tráfego aéreo em Arlanda. No total, o Jumbo Hostel acomodará 85 pessoas, com três camas em cada quarto. O avião que abriga o hotel é um Boeing modelo 747-200, construído em 1976. O jato estava parado no aeroporto de Arlanda desde 2002, quando a companhia aérea Transjet foi à falência. Reforma Ao ouvir falar do Jumbo abandonado, o empresário sueco Oscar Diös, dono de uma rede de pequenos hotéis, não hesitou em arrematar o jato para expandir o seu negócio. "Felizmente, fui o primeiro a ter a idéia de transformar aviões em hotéis e, agora, pretendo levar o conceito do Jumbo Hostel a outros países", disse à BBC Brasil o empresário sueco. Para ser transformado em hotel, o Jumbo passou por uma ampla reforma. Os 450 assentos foram arrancados. O avião ganhou uma decoração moderna, mas alguns itens originais, como no cockpit, foram preservados. Os quartos têm cerca de seis metros quadrados de área e altura de três metros. Os mais luxuosos estão situados na parte superior do avião. Todos estão equipados com telas de TV planas, nas quais também será possível checar os horários de partida de todos os vôos. Do Jumbo Hostel, serão apenas cerca dez minutos a pé até os pontos de check-in do aeroporto. "É a alternativa perfeita para aqueles que precisam pegar o avião de manhã cedo e não querem acordar de madrugada", diz Oscar Diös. "Arlanda é também um ponto central para a visita a várias atrações turísticas da Suécia, como o Hotel do Gelo", destaca. Todo o avião oferece acesso sem fio à Internet. Banheiros e chuveiros estão situados nos corredores. Na parte superior do avião, é possível ter suítes com dependências privadas. Preços Segundo o empresário sueco, os preços serão de cerca de US$ 50 por pessoa. Um quarto com três camas custará, portanto, US$ 150. Mas também será possível fazer reservas individuais para uma cama (como no sistema dos albergues para a juventude). A suíte localizada no cockpit do avião deverá custar em torno de US$ 300. E, para interessados, será possível também reservar toda a parte superior do Jumbo (a antiga primeira classe) por cerca de US$ 500. "Ainda estamos finalizando os detalhes da decoração, mas estas são as estimativas de preços", disse o empresário. Quem quiser poderá reservar até todo o avião para festas particulares, mas Diös prefere não revelar o preço. O empresário sueco observa ainda que o Jumbo Hostel não será simplesmente um hotel: o avião estará aberto a visitantes, que poderão inclusive experimentar a sensação vertiginosa de caminhar na asa de um Boeing 747. O próximo passo do empresário será identificar novas oportunidades para a criação de uma cadeia Jumbo Hostel de aviões-hotel. "Se alguém tiver um avião abandonado no Brasil, me avise", concluiu Diös.
×
×
  • Criar Novo...