Ir para conteúdo

patithess

Membros
  • Total de itens

    5
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que patithess postou

  1. Murillus, obrigada pelas informações. Percebi que o mais tranquilo é voltar para Fortaleza e de lá, partir para Mundaú, Lagoinha e Flecheiras. Gostaria de passar uma noite nessa região e aproveitar as praias. Vou me organizar para fazer esse tour de Lagoinha durante a semana. Vou seguir os conselhos do Adriano Kein (fiquei um pouco assustada com tanto lixo). Tenho ótimas lembranças das praias do Ceará, pois quando lá estive (alguns bons anos atrás), as praias estavam desertas. Isso é o que eu procuro, sossego e belezas naturais. Muito obrigada pelas dicas.
  2. Adriano Klein, foi ótimo eu ter lido seu depoimento sobre Lagoinha. Infelizmente quando estamos pesquisando e planejando as viagens pelos sites, geralmente só mostram o lado bom, por isso, sempre pesquiso aqui no mochileiros para saber o lado real dos passeios. Falam muito bem Lagoinha e caso eu realmente resolva conhecer, vou me programar para ir durante a semana. Meu foco nessa viagem é conhecer Jericoacoara e como quero aproveitar um pouco mais a viagem (férias), comecei a procurar sobre outras praias. Já conheço o litoral leste do Ceará, menos Ponta Grossa (talvez eu vá). Obrigada pelas dicas, foram muito úteis para o sucesso da minha viagem
  3. Adriano Klein, foi ótimo eu ter lido seu depoimento sobre Lagoinha. Infelizmente quando estamos pesquisando e planejando as viagens pelos sites, geralmente só mostram o lado bom, por isso, sempre pesquiso aqui no mochileiros para saber o lado real dos passeios. Falam muito bem Lagoinha e caso eu realmente resolva conhecer, vou me programar para ir durante a semana. Meu foco nessa viagem é conhecer Jericoacoara e como quero aproveitar um pouco mais a viagem (férias), comecei a procurar sobre outras praias. Já conheço o litoral leste do Ceará, menos Ponta Grossa (talvez eu vá). Obrigada pelas dicas, foram muito úteis para o sucesso da minha viagem.
  4. Bom dia. Estou planejando uma viagem para Fortaleza em outubro 2012. Vou para Jericoacoara e também Mundaú e Lagoinha. Minha dúvida é: posso ficar em Lagoinha ou Mundaú quando eu estiver retornando de Jericoacoara (em direção a Fortaleza), ou preciso retornar a Fortaleza e partir para Lagoinha e Mundaú? Obrigada
  5. Olá amigos Estou aqui primeiro para agradecer profundamente a todos os relatos dos mochileiros e por todas as valiosas informações. OBRIGADA!!! Segundo para relatar a viagem maravilhosa que eu e meu marido Ricardo, fizemos em setembro/2010. Vou me esforçar para passar o que realmente é importante. ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Geral: Nossa viagem começou dia 07/09/2010 e terminou dia 01/10/2010 e nosso roteiro foi o seguinte: São Paulo --> Lima Lima --> Ica (Huacachina) Ica --> Paracas (Ilhas Ballestas) Paracas --> Lima Lima --> Cusco Cusco --> Puno Puno --> Copacabana (Ilha do sol) Copacabana --> La Paz La Paz --> Uyuni Uyuni --> San Pedro de Atacama San Pedro de Atacama --> Antofagasta Antofagasta --> Santiago Santiago --> São Paulo Quando eu me referir à hospedagem, será quarto matrimonial com banheiro Privado. Em relação à moeda: sls --> soles (moeda peruana) Bls --> bolivianos ( moeda boliviana) Usd --> dolares 1 sol equivale aproximadamente R$ 0,65 1 Boliviano equivale aproximadamente R$ 0,25 1.000 pesos chilenos equivale aproximadamente R$ 4,00 Atenção: Os preços dos passeios e ingressos, os são valores individuais. Hotel, alimentação e táxi o preço é para o casal. ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Dia 1 - 07/09/2010 – Chegamos em Lima O que acho importante em Lima:  Localização do Hotel;  Trânsito;  Táxi; Quando chegamos em Lima, achamos mais seguro pegar um táxi no aeroporto. O motorista foi ótimo e foi um verdadeiro guia turístico até nos deixar no hotel. Os peruanos são muito simpáticos e os taxistas falam bastante. O valor da corrida foi determinado antes de entrar no carro . Os taxistas sempre negociam e as vezes o valor cai para a metade. Fizemos uma reserva em um hotel no bairro de Miraflores, pois vimos isso em vários relatos. O hotel que escolhemos (pela internet) foi Hostal Porta . Escolhemos pela ótima localização pois é próximo ao mar e ao Shopping Larcomar. Miraflores é um bairro limpo, bonito e aparentemente mais seguro. No hotel , tivemos apenas um problema com chuveiro, mas no outro dia eles nos trocaram de quarto. Hotel com café da manhã simples, mas ok. O Hotel aceita cartão de crédito, embora as taxas não sejam boas. Para quem fica hospedado em Miraflores o melhor meio de transporte é o táxi , principalmente se você estiver em grupo, pois é muito barato. Lembrar sempre de negociar o preço antes com o taxista. Neste primeiro dia não fizemos muitas coisas, pois chegamos no meio da tarde. Fomos andar um pouco olhando para o Pacífico. Tem muitos lugares legais para tirar fotos. Parece que Lima fica na beira de um precipício então você tem uma bela paisagem do mar. Adorei caminhar por ali. Fomos ao Shopping Larcomar e por lá comemos, pois o que não falta são bons restaurantes. Minha primeira impressão de Lima foi muito boa, achei o povo simpático e a cidade bacana. Problema todas as cidades tem e um deles é o trânsito louco. Como praticamente não tem semáforos, os motoristas buzinam o tempo todo. É importante Ter atenção ao atravessar uma rua em Lima. Valores do dia: Táxi aeroporto: 45 sls Diária do Hotel: USD 35 Hotel: http://www.hostalporta.com ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Dia 2 - 08/09/2010 – Lima Este dia foi cultural, pois resolvemos ir a Plaza de armas, ao Museu arqueológico e ao Museu do Ouro. A Plaza de armas é tipo tradicional com prédios do governo e religiosos. Além dos prédios serem muito bonitos e históricos, parece que por ali bate o coração da cidade. Na praça pode-se trocar dinheiro. É legalizado e os funcionários ficam com um colete (acho que amarelo ou verde...rs), e ficam policiais junto com eles. Trocamos dinheiro dessa forma, pois tem uma boa cotação e não cobram as taxas que geralmente as agências cobram. A praça fica um pouco longe de Miraflores, 20min de taxi. Os dois Museus são muito interessantes, porém o do Ouro fica bastante afastado. Para quem gosta de história, o arqueológico é mais interessante. Dentro do museu do Ouro, tem uma loja de souvenir, bem cara, que tem degustação de café e chocolate. O café peruano é muito bom, na verdade toda comida peruana é muito boa. Para conhecer o museu arqueológico, se gasta pelo menos 2horas e o museu do ouro mais 2horas também. Valeu a pena conhecer os dois museus. Após o tour cultural, fomos ao Larcomar pois encontramos lá um loja com ótimos preços de roupas para frio. À noite saímos para jantar e comemos um peixe maravilhoso. Valores: Museu arqueológico: 12 sls Museu do Ouro: 33 sls Táxi de Miraflores até o museu arqueológico: 10 sls Táxi do museu arqueológico até Plaza de Armas: 20 sls Táxi do centro até o museu do Ouro: 25 sls Táxi do museu do Ouro até Miraflores: 30 sls Jantar no Larcomar (2 peixes + um refrigerante): 68 sls ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Dia 3 - 09/09/2010 – Ica Neste dia acordamos cedo, pois iríamos para Ica. Nosso objetivo por lá, era conhecer um Oásis chamado Huacachina . Existem duas empresas que fazem esse percurso de Lima para Ica, uma é a Cruz del Sur e a outra é a Soyus. A cruz del sur é bem cara e por isso fomos de Soyus. Muitas pessoas falam mal dessa empresa, porque o ônibus faz muitas paradas e realmente é verdade, mas a viagem foi super tranquila e o preço é excelente. A viagem durou aproximadamente 5 horas. Chegamos em Ica e pegamos um táxi para Huacachina, que fica muito próximo ao centro de Ica. Huacachina é um lugar muito diferente e você percebe que está entrando em um deserto e fica cercado de areia por todos lados. Chegamos no hotel que já tínhamos reservado pela internet , que por sinal foi ótimo e saímos para conhecer o oásis. O nosso objetivo era conhecer o deserto e para isso, fechamos um passeio ( o hotel faz o passeio). O passeio é para quem gosta de adrenalina, eu fiquei bastante tensa, mas é a única maneira de conhecer aquele local tão maravilhoso, por isso eu recomendo. Foi lindo demais. A paisagem é encantadora e estava um dia lindo. Vimos o por do sol no deserto ( uma dica é fazer o passeio no horário que você possa assistir o por do sol no deserto) e esse passeio foi um dos pontos fortes da viagem. Voltamos para o Hotel e por lá jantamos ( tem um bom restaurante nesse hotel) e depois saímos para fechar o passeio para as Ilhas Ballestas, pois o passeio pelo hotel, estava um pouco caro, por isso resolvemos fechar com outra agência quase ao lado do hotel (olhando para o hotel, a esquerda). Valores: Táxi para terminal da Soyus: 12 sls Passagem para Ica: 28 sls Centro de Ica para Huacachina: 4 sls Hotel em Huacachina: 135 sls Passeio para o deserto: 45 sls Ingresso para entrar no deserto: 7,20 sls Hotel: http://www.elhuacachinero.com ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Dia 4 - 10/09/2010 – Ica --> Lima Acordamos bem cedo para irmos para Paracas e de lá para Ilhas Ballestas. Esse passeio, por ser no mar, só sai de manhã, por causa da maré . O primeiro barco sai às 8:00 e outro às 10:00. De Ica à Paracas demoramos aproximadamente 1 hora de carro, por isso optamos por ir com pacote já que seria muito difícil chegar as 8h indo de ônibus. Você pode também optar por dormir em Paracas pois já estaria pertinho e pronto para fazer o passeio. Optamos por dormir em Huacachina e ir com pacote para podermos aproveitar um pouco mais o Oásis, fora que não tem muitos ônibus de Ica para Paracas, fica uns 30min mais para o mar a partir da estrada que vai de Pisco a Ica. Saímos às 06:30 do hotel e chegamos tranquilos em Paracas +- 7:30h. O passeio de barco para as Ilhas Ballestas é lindo, um verdadeiro santuário da natureza. Nunca vi tantos pássaros juntos. Eu recomendo. Após o passeio, pegamos um táxi dali para terminal de ônibus da Soyus, que fica em Pisco, pois tem vários horários para Lima, demorou +-20min. Foi super tranquilo e logo que chegamos em Pisco, estava saindo um ônibus para Lima. A viagem de volta para Lima foi tranquila, mas dá um pouco de tristeza, pois essa região do Peru foi atingida por um grande terremoto a alguns anos atrás . A paisagem (infelizmente) não foi muito bonita. Chegamos em Lima no meio da tarde e voltamos para o hotel Porta em Miraflores. À noite resolvemos ir ao Parque das águas. O parque tem uma série de fontes associadas à uma bela iluminação e músicas que transformam as fontes em um verdadeiro espetáculo. O local é lindo e eu fiquei totalmente hipnotizada. Recomendo o passeio. O espetáculo só acontece à noite e acho que não abre às terças (não tenho tanta certeza se é segunda ou terça). Valores: Passeio para Ilhas Ballestas: 55 sls (transfer e barco) Entrada no parque (cobram uma taxa antes de você entrar no barco): 1 sol Táxi para Pisco: 20 sls Ônibus Pisco  Lima: 15 sls Táxi do terminal ônibus  hotel: 12 sls Táxi do hotel  parque das águas: 8 sls Entrada no parque das águas  4 sls ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Dia 5 - 11/09/2010 – Lima Este dia foi super tranquilo, nosso último dia em Lima. Como já tínhamos feito o que queríamos em Lima, resolvemos descansar um pouco pela manhã . Mais tarde fomos ao mercado indígena, tentar encontrar algumas lembrancinhas. São várias ruas com muitos mercados onde irá encontrar lojas com todo tipo de artesanato. Fomos andando e foi um bonito passeio passando pela praça Kennedy, onde tem restaurantes, hotéis e muitos artistas na calçada da praça. Se você quiser comprar alguma lembrança do Peru compre neste lugar pois tem muita variedade, os preços são bons e tem coisas lindas e bem feitas. Não comprei o que queria, pois achei que fosse encontrar em Cusco e me arrependi. Para mim, foi o melhor lugar para comprar uma lembrancinha do Peru. À tarde, fomos na orla do pacífico, na parte “baixa da cidade”. Andamos um pouco pelo calçadão e vimos um lindo por do sol no Pacífico. Tiramos fotos lindas. ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Dia 6 - 12/09/2010 – Cusco Dia muito importante da viagem, pois fomos para Cusco . Resolvemos ir de avião pela Star Peru, já havia comprado as passagens pela internet. Saímos bem cedo do hotel e fomos para o aeroporto. O vôo atrasou uma hora, pois a empresa esperta, colocou dois vôos em um só. Como os aviões não encheram, eles economizaram dessa forma . Tínhamos assentos marcados, na hora, nos trocaram e fui no último assento e o Ricardo nos primeiros . Reclamamos mais nada adiantou, pois o vôo lotou. Para minha alegria, fui na janela e o visual é fantástico, pois passamos bem pertinho da cordilheira. Chegamos em Cusco e o hotel que reservamos, Pirwa, fez a cortesia de nos pegar no aeroporto. O hotel tem uma ótima localização e preço razoável. Reservamos pela internet mas o pagamento é feito no local e o melhor e pagar com dolar (moeda) já que no cartão tem acréscimo e se pagar com soles, a conversão não é boa!. Tem quatro Pirwas em Cusco, escolhemos o Bed and Breakfast, na Rua suíça. Essa rua fica colada na Praça de armas de Cusco , a localização é perfeita. Os funcionários do hotel são super simpáticos e responderam a todas as nossas dúvidas , mas o hotel é bem simples e o café da manhã é servido no outro hotel pirwa da praça de armas a uns 100m. Logo que chegamos fomos à uma agência para saber sobre o boleto turístico. Existem dois tipos de boleto: um para “todas” as atrações e outros que dão direito a apenas ao vale sagrado, mais informações em http://www.cosituc.gov.pe . Compramos o geral, mas ele não dá direito à entrar me KoriKancha e nem na catedral de Cusco. Como o dia estava lindo e “ainda” não tínhamos sentido nada em relação ao altitude, resolvemos fazer o City Tour com uma agencia. Fizemos o passeio na parte da tarde, +- as 2h, e eu recomendo . Os lugares são afastados sendo um muito difícil fazer o mesmo a pé. Acho legal ir com uma agencia por causa do guia e facilidade para conhecer os locais mas, é bom pechinchar. Gostei muito do Korikancha, o templo do sol. Na verdade todo o City tour foi muito interessante. O Saqsayhuaman, é fantástico e deu vontade de ficar lá a tarde toda. Infelizmente no início da noite comecei a sentir os efeitos da altitude . Náuseas bem fortes e indisposição. Enquanto estive na altitude , não pude comer muito, pois sempre sentia náuseas, cheguei até a emagrecer. Deixava para comer à noite, pois não faria mais esforço. O chá de coca funciona mesmo. Parece que é bem digestivo mas o gosto não é bom, parece com chá verde. No hotel tem o chá à vontade. Fora a digestão, a altitude não provocou mais estragos e fiquei bem. Como não me senti bem à noite, ficamos quietos no hotel. Valores: Táxi Hotel até aeroporto de Lima: 45 sls (contratamos no dia anterior pois saímos do hotel 05:00) Passagem aérea Star Peru: USD 109,00 Taxa de embarque no aeroporto: 20 sls Boleto turístico: 130 sls City tour: 15 sls Ingresso Korikancha: 10 sls Diária hotel Pirwa: Usd 25,00 Hotel Pirwa: http://www.pirwahostelscusco.com Star Peru: http://www.starperu.com
×
×
  • Criar Novo...