Ir para conteúdo

AneVM

Membros
  • Total de itens

    21
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre AneVM

  • Data de Nascimento Abril 30

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Nossa que bacana! Vários relatos, todos satisfeitos! Ainda não consegui voltar lá, são muitos lugares pra conhecer...rs Mas super indico pra todos que conheço!
  2. Olá Bebella27, tem hostel lá sim. Taí o link: Itacaré Hostel (http://www.itacarehostel.com/) o hostel é excelente e como era baixa temporada estava bem vazio. Tem camping, mas não tenho o contato, fica mais ou menos em frente ao Tio Gu creperia de repente pegando o tel de lá eles passam o contato do camping. Boa sorte!
  3. Terra boa! Tb fiz um relato sobre minha viagem lá, quem se interessar é só procurar pelo tópico: Itacaré, pra quem é louco por praia e/ou pelo meu nome. Fiquei 10 dias lá em fevereiro do ano passado. Devo voltar em janeiro do ano que vem. Abs.
  4. Que bom quegostaram. Penso em voltar em janeiro que eh qdo fica mais agitado. Bjobjo
  5. Olá! Fui a Europa em abril e na minha opinião, vc deve reservar no mínimo 5 dias para Paris, se puder 7, melhor. Não conheço Dublin, mas já li a respeito e pelo que li, acho 4 dias muito. Vá sabendo que essa coisa de ficar indo de um canto pra outro em curto espaço de tempo é cansativo demais, eu fiz assim e decidi que a próxima ficarei mais tempo nos lugares, mas acaba que a gente quer aproveitar pra conhecer todos né?rs Boa sorte!
  6. Olá! Nao sei qual seu foco na viagem e também o gosto pode ser diferente. Estive em abril na europa, dos lugares que você escolheu só não fui a amsterdan e londres. Se o pique para conhecer as coisas for como o meu, acho que 2 dias inteiros dá pra conhecer Lisboa tranquilamente. Assim como 2 diaws inteiros para conhecer MAdrid, infelizmente tive um problema em Barcelona e não tive muito tempo pra conhecer, porém não sei se demandaria mais de 3 dias. Veneza 1 dia basta. EU reservaria mais dias para Paris, fiz 4 dias e meio e me arrependi, faria no mínimo 1 semana, lá tem muitas atraçoes. Meu vôo foi de veneza à Paris pela lufthansa, não consegui pelas cias low coast, entao comprei multiplos trechos pra sair mais em conta. A ryan air é cheia de regrinhas que é bom ler com calma antes, principalmente quem é chegado numas comprinhas ou em muita bagagem. Espero ter ajudado.
  7. Olá, se a viagem for no final de outubro dá pra eu ir. Me add [email protected]
  8. Oi pessoal, estive ausente porque finalmente fiz meu mochilão pela Europa e agora est6ou voltando à normalidade. Vou ver se consigo contato de guias aqui pra passar. Abs
  9. Salve o forró de Itaúnas!! O festival é o melhor, muita praia durante o dia e muito forró e gente bonita durante a noite! =) Abs, Ane.
  10. Que luxo morar perto de Itacaré!! Acho que volto lá em fevereiro... veremos. Ane.
  11. Olá! Estou querendo conhecer o méxico e depois ir para as praias, playa del carmen, cozumel...etc Se alguém tiver pensando em algo parecido, tenho disponibilidade para dezembro e janeiro. Abraço!
  12. Pessoal, uma amiga e eu fomos à Itacaré em fevereiro deste ano e ficamos 10 dias, gostaria então de relatar nossa viagem e dar dicas. Saímos do Rio num vôo para o Aeroporto de Ilhéus (o mais próximo) o vôo foi tranquilo, fez escala em Campinas, então demorou um pouco mais, porém fomos cedinho, as 9 já estávamos em Ilheus. Chegando lá tratamos de pensar numa maneira de ir até Itacaré, as pousadas oferecem translado, mas pra variar com preços altos e eu desconfiada achei melhor deixar pra ver na hora qual seria a melhor opção. Na hora de pegar as malas vi um casal que esperava além da bagagem, uma prancha, logo desconfiei que iam pra Itacaré, pois lá é point de surfistas. Observei um pouco mais e logo vi que o rapaz foi até um taxista para negociar a viagem, me aproximei da menina e perguntei se ia pra Itacaré, confirmado! Beleza! Taxi rachado pra 4, beeem mais em conta. 25,00 por cabeça. A experiência com o taxi não foi legal, o cara correu muito e passamos muito susto, não sei como indicar para minimizar este risco, então preparem-se!rs Chegando em Itacaré, tem a rua principal, chamada Pituba onde se concentra o comércio e boa parte das pousadas, fica também os barezinhos mais badalados da noite, na minha opinião o melhor lugar pra ficar, embora em Itacaré seja tudo bem pertinho. Chegamos na pousada, ficamos na Lanai (pagamos 80,00 a diária quarto simples, ventilador de teto e café da manhã), o dono é um Argentino casado com uma Baiana e moram alí mesmo, na pousada, o café da manhã é bom, mas confesso que do 4º dia em diante já tava enjoada da mesma coisa, todo dia!rs Então, tirando os meses de dezembro e janeiro que lá fica muito cheio, vale a pena chegar lá e escolher onde ficar ou então só reservar pros primeiros dias e depois decidir se mantém, aí vai de cada um. Na secura por praia tratamos de colocar o biquini e ir pra uma das praias próximas, a mais "badalada" Tiririca, pelo caminho vc já fica desnumbrada, pois passa pela praia do Rezende. As águas lá são rasas e mornas, em TODAS as praias, mas os surfistas conseguem pegar onda e adoram(não entendo do assunto). Tiramos algumas fotos e aproveitamos o fim de tarde lá, tem um bar nessa praia chamado MAHALO que é bem legal, muito estiloso. Puxei assunto com 2 mineiras que estavam ao lado que logo me informaram que a noite tava muito devagar e tava mesmo, voltamos pra pousada, descansamos um pouco, a noitinha o comércio abre, lojinhas de artesanato, restaurantes e bares e a gente percebeu que as mineiras estavam certas, não havia nada pra fazer (era terça feira, tudo bem, a gente entende). Voltamos pra pousada depois de comer um crepe no Tio Gu creperia (indico, muito legal, atendimento muito bom). Os dias que se seguiram fomos conhecendo as outras praias. Praia da Concha fica no centro também, água mais escura, sem ondas, vários quiosques tentando atrair você. Engenhoca - precisa de carro pra chegar até um determinado ponto e de lá pega-se uma trilha, sempre tem grupos com guia então você segue um, lá tem agência pra alugar carro, não aluguei, neste dia pegamos carona com o mesmo casal que alugou e rachamos a despesa. Neste mesmo dia que você vai a engenhoca dá pra ir à praia do Havaizinho Nestas praias não há muito o que fazer a menos que você seja surfista!rs Não tem muita área de sompra e a areia fica quente, ou seja, não é um lugar pra passar o dia, tem 1 ou 2 barraquinhas vendendo água de coco e cocada, isso lá se encontra muito...rs Fomos à praia da Ribeira, dá pra ir a pé e para a cessá-la vc passa por uma espécie de riozinho, nada demais, nesta praia as ondas são mais fortes, mas tem um restaurante simples com espreguiçadeiras e área de sombra, dá pra ficar tranquilo, mas nesse dia começou a chover. Isso! Em Itacaré choveu um bocado, porém são chuvas rápidas e fortes. Toda noite tem atração em bares como Favela, Jungle e Café Brasil, especialistas em drinks onde a moçada fica, porém a cidade estava um pouco vazia, quando vai se aproximando o fim de semana chega mais gente de cidades vizinhas e rola uma organização de uma boate chamada dedo de moça que é bem legal, lá tem muuuito gringo (normal), mas de todos os lugares que possam imaginar. Num outro dia pagamos um passeio pra Itacarezinho (van + guia) saiu por 40 reais por pessoa,mas o roteiro entra engenhoca, havaizinho e Itacarezinho (sim fomos lá de novo), a praia de Itacarezinho tem um restaurante, bem grande e bem estruturado, mas é monopólio! Neste passeio, para chegar nesses lugares sempre fazíamos trilhas, não são muito complicadas não, mas tem que ter disposição. No final da tarde você está de volta ao centro e descansa um pouco antes de ir pra noite, terça, quinta, sábado e domingo, tem forró de 9 à 0h, no Mar e Mel e foi lá que a gente fez bastante amizade, pela assiduidade (rs), nos dias que seguiam já estávamos cumprimentando várias pessoas pelas ruas...rs Fizemos outro passeio com guia (que já tava nosso amigo) até Jeribucaçu, antes disso eles levam numa cachoeira bem legal, acho que esse passeio saiu por 35 (apesar de ser amigo, era funcionário de agencia...rs). Foi o passeio mais cansativo e mais legal entre os que tem que fazer trilha, Jeribucaçu é linda, também tem um rio que se encontra com o mar, mas esse rio fica com uma cor que eu não sei explicar, só indo lá ver, mas tem um grande problema: o passeio é de um dia inteiro e na praia NÃO TEM BANHEIRO disponível!!! Imagina o perrengue?rs Então, se for até lá vai ser uma boa oportunidade pra fazer dieta...rs Mas vale o sacrifíciozinho. Conhecemos um outro casal e mais um Japa, todos de São Paulo e ao invés de pagar 70 por cabeça pra fazer passeio à Maraú (cidade vizinha com praias muito lindas tb), fomos no carro do japa e rachamos, foi um dia muito agradável, passamos por Maraú e Barra grande, vale a pena passar uns 2 dias lá se puder. Pra finalizar fizemos a trilha até a prainha, a essa altura (9o. dia) já estávamos "locais", nada de guia fomos sozinhas, a trilha é traks, a prainha é linda, tem um barzinho lá que faz queijinho e vende bebidas. Além do mais você sempre encontra os grupos com guia no caminho. Lá todo mundo indica ir com guia (claro, vamos incentivar a economia local), mas se vc for desenrolado, dá pra economizar mais. Bom, espero ter ajudado, fui falando o que lembrei, se tiverem dúvidas eu respondo. No geral, Itacaré é lindo demais, mas dá pra fazer tudo tranks em 7 dias (se o tempo ajudar), acho que ir de casal deve ser mais perfeito ainda, mas se for solteiro os nativos de lá são gente boníssima e se vc tiver boa vontade se integra logo e ainda sai dançando forró que é uma beleza!rs Se vc ama praia, é o lugar. A música que se ouve lá, além do forrozim estilo pé de serra, é reggae e o samba rock. Dizem que dezembro e janeiro é badaladíssimo, bom pra ver e ser visto. Pretendo voltar lá e super indico! Ah! Na volta pegamos busão 12 reais, mas não deixa no aeroporto, tem que pegar um taxi, porém saia com tempo hábil, Ilheus tem uma ponte só q liga 2 lados da cidade, creio que basta atropelarem um cachorro na ponte, que dá engarrafamento na certa!rs Ane.
×
×
  • Criar Novo...