Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

JRBALTA

Membros
  • Total de itens

    12
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Outras informações

  • Lugares que já visitei
    Argentina - Portugal - Espanha - Itália - Holanda - Inglaterra - França
  • Próximo Destino
    Buenos Aires (pela 3ª vez) antes do fim de 2012.
  1. Brunnoml, cadê vc? Seu relato está ótimo. Estou esperando ansioso a continuação. Estive com minha esposa, filho e mãe na Europa em abril/maio de 2012 e fizemos 30 dias de viagem. Estou planejando a próxima para agosto/setembro de 2015. Entre outras cidades, Madrid está no roteiro e por isso gostaria de ler sua experiência por lá. Qual o hotel que vcs ficaram? Recomenda? Forte abraço.
  2. Fala Luciano, realmente sua trip será muito semelhante a minha e você tem razão, Londres é uma cidade muito cara, mas posso garantir qua vale a pena... Porque não vai pra Amsterdam? A cidade é tudo de bom e tudo aquilo que falam mesmo. Sobre o Eurobus, eu achei que valeu a pena por que chegamos cedo em Lisboa e usamos o ticket do Aerobus no restante do dia. E o uso é simples, quando você entra no ônibus ou no elétrico é só apresentar pro motorista e mante-lo com você para apresentar para o fiscal caso ele apareça. Já já vou continuar o relato. Fique a vontade para perguntar o que quiser... OK? Abraços, João Ricardo
  3. [t1]AGORA O RELATO DA VIAGEM:[/t1] [t3]São Paulo 16/abril[/t3] Embarcamos no aeroporto de Guarulhos as 15:40hrs no voo TP0082 com destino Lisboa. [t3]Lisboa – 17/abril[/t3] Depois de um voo com 10 horas de duração, chegamos a Lisboa as 5:40hrs da manhã e era hora de passar o 1º frio na barriga: A Imigração!!! Aguardamos por cerca de 1 hora pelo temido momento e qual foi o resultado? Passamos todos juntos pelo guichê, entregamos nossos passaportes e após 3 simples perguntas: “Qual o nome do hotel”? “Quantos dias ficarão em Lisboa”? e “Qual é o próximo destino”? Recebemos no nosso passaporte o aguardado carimbo e saímos felizes e sorridentes. Agora era o momento de achar o ponto do AeroBus e mais simples impossível: fica bem na saída do desembarque e tem um ponto exclusivo. Como ainda eram 6:45hrs, tivemos que esperar chegar o primeiro ônibus do dia e isso foi as 07:15hrs. Compramos os bilhetes no próprio ônibus (€ 14 no total) e talvez alguns perguntem: Porque não foram de taxi? A resposta é simples: O Aerobus deixou a gente praticamente na porta do hotel (HF Garden) na Praça Marques de Pombal e depois disso usamos este do bilhete do Aerobus para pegar os ônibus, os elétricos de Lisboa e o elevador de Santa Justa (que custa € 5) durante 24 horas (menos o metrô) e isso para quem está chegando e conhecendo o sistema de transportes da cidade é ótimo. Esse foi o motivo do Aerobus ao invés do taxi. Veja ao fundo onde fica o ponto do Aerobus. Fizemos as reservas do hotel pelo Booking.com no dia 17 de janeiro de 2012 sem pagamento adiantado e no dia 14 de abril foi descontado do meu cartão de crédito usado na reserva o valor de 1 diária. Quando chegamos ao hotel a reserva estava confirmada. Deixamos as malas no depósito de bagagens (pois o check-in seria depois das 14 horas) e saímos para conhecer Lisboa. Informamo-nos próximo ao hotel qual ônibus pegaríamos para o centro e por volta das 9 horas da manhã já estávamos caminhando na Praça dos Restauradores. Em seguida fomos para a Praça do Rossio e notamos que aos poucos o comércio ia levantando as portas. Que delicia ir caminhando pelas ruas que você tanto planejou. Na rua Áurea paramos na “Casa Chineza” para tomar algo quente, pois eatava muito frio. Recomendo esse café, tem algumas mesas no fundo e um bom atendimento. Dali seguimos para conhecer as ruas ao redor e fomos em seguida para o elevador de Santa Justa. Graças ao ticket do Aerobus usamos o elevador sem custo adicional. Aguardando para subir no elevador de Santa Justa. Ao descer do elevador na parte superior, vire para a esquerda e suba os degraus que dá acesso ao miradouro. Depois curta o visual desse miradouro, admire... ... Castelo de São Jorge ao fundo... ...a Praça do Rossio... ...e as ruinas da Igreja do Carmo. Descemos do miradouro e fomos em direção a passarela, onde fica a parte da frente da Igreja do Carmo, não entramos, apenas curtimos a fachada. Descemos pela calçada do Sacramento e paramos na Fnac Chiado (na verdade é um pequeno shopping). Olhamos algumas vitrines, usamos o banheiro e descemos por dentro do shopping e saímos na rua do Ouro. Caminhamos pela rua Augusta e saímos na Praça do Comércio... Arco da Rua Augusta. Monumento e Estátua de D. José I na Praça do Comércio. Essa região estava passando por uma grande reforma nas ruas, trilhos dos elétricos e tudo está um pouco bagunçado, mas nada que atrapalhasse o passeio. Finalmente o sol apareceu e então ficamos um pouco sentados no antigo porto que fica em frente à Praça do Comércio que acabou de ser reformado e curtimos um pouco do gigante Rio Tejo aos nossos pés literalmente... Aproveitamos e curtimos também um homem alimentando os pássaros. Depois voltamos pela Rua Augusta e aproveitamos para comprar os nossos "Lisboa Card" no guichê de Informações Turísticas, tinha uma pequena e rápida fila. A menina que atendia estava um pouco atrapalhada (tive a impressão de que era o primeiro dia dela ali) mas nos atendeu com muita simpatia. Compramos por €31,50 / adulto e €17,50 / criança. Decidimos validar o Lisboa Card somente no dia seguinte quando realmente começaríamos os passeios aos castelos, monumentos e museus... Para os meios de transportes continuamos usando o ticket do Aerobus. Aconselho muito comprar o Lisboa Card, pois você ficará a vontade para pegar quantos ônibus, elétricos e metrôs que quiser e isso vai acontecer muito, pois o serviço de transportes de Lisboa é bem organizada e atende bem toda a cidade, principalmente o metrô, é fácil de entender e você acaba usando muito, pelo menos foi assim no nosso caso, para qualquer lado pegávamos algum transporte. Os ônibus são modernos e novos e nos pontos tem vários painéis mostrando os itinerários dos ônibus. Recomendo!!! Já estávamos cansados e com fome, por isso resolvemos voltar para o hotel, chegando lá nossos quartos não estavam prontos ainda (estavam limpando), então pedimos sugestões para restaurantes e prontamente o funcionário sugeriu o restaurante "Relicário" que fica na mesma calçada e apenas um pouco mais para cima na rua. Restaurante pequeno e aconchegante, com atendimento simpático do Sr. Domingos (acho que era o dono do lugar) e pratos fartos e gostosos. Bebemos também cerveja e a conta ficou em €49 no total. Após mais de 10 horas de viagem, passar pela imigração, os passeios e agora a cerveja, o resultado não podia ser outro: cansaço geral, voltamos para o hotel e finalmente entramos nos quartos e capotamos literalmente até o inicio da noite. Nosso quarto. Hotel Fênix Garden. Por volta das 21 horas saímos para jantar e fomos num restaurante indicado previamente: "Cervejaria Trindade". Restaurante excelente, fomos bem atendidos pelo garçom que nos indicou um bom e saboroso bacalhau e que não tentou nos empurrar pratos e quantidades desnecessárias. Alem disso, bebemos um ótimo vinho e por fim saboreamos uma saborosa sobremesa com café. O total da conta? €70,00. O restaurante é grande e bem típico português com azulejos azuis nas paredes. Recomendo esse restaurante!!! Combinação Perfeita. Família curtindo o momento e... ...Um bom vinho e bacalhau ao forno!!! Saímos de lá e já passava da meia-noite, mas ainda tinha bastante movimento nas ruas, caminhamos até a Praça do Rossio e notamos que não haviam mais ônibus circulando e resolvemos pegar um táxi de volta para o hotel, a corrida deu €5. Estava acabando nosso primeiro dia no Velho Continente.
  4. Olá Renata, bem bacana o seu relato, estive em Barcelona com minha esposa, filho e mãe e também curtimos muito... Foi uma viagem de 30 dias no total com 7 cidades visitadas em 6 países e simplesmente maravilhosa. Parabéns pelo relato. Abraços. João Ricardo.
  5. Fala Lucas, muito legal o seu relato, estou gostando muito pois fico lembrando da minha primeira vez na Europa que foi agora entre abril e maio desse ano. Também estou escrevendo meu relato e tenho uma dúvida: como você faz pra colocar o relato no dois lados da foto? Ficou muito bom e foi bem criativo... Parabéns! Abraços, João Ricardo
  6. Fala João, muito legal o seu relato, cada coisa que leio da sua viagem eu me lembro das 2 viagens que fiz com a minha esposa em 2010 e 2011. E esse ano novamente iremos para lá entre agosto e setembro, mas dessa vez com nosso filho (11anos) e minha irmã e meu cunhado. Estou aguardando restante do relato. Abraços. João Ricardo.
  7. Fala Rafael, esse restaurante que vocês comeram uns petiscos e beberam cerveja fica na La Rambla e se chama "American Soda" não é? Em abril desse ano nós comemos paella e bebemos uma cervejinha nele e pelo jeito foi na mesma mesa, dá uma olhada... Abraços, valeu pelo relato...
  8. Boa noite fnobrega, eu sei exatamente como a ansiedade está e confesso que essa é uma das melhores sensações que pode existir, a expectativa de viagem é a melhor parte. Quanto a sua dúvida sobre a imigração, eu levei uma pasta daquelas de catalogo com todas as minhas reservas de hotel e bilhetes de passagens impressos na ordem de uso, mas na imigração em Lisboa o fiscal não pediu nada, apenas fez 3 perguntas: O nome do hotel em que ficaríamos, quantos dias ficariamos em Portugal e o próximo destino. Respondi tudo e o passaporte foi carimbado. Estávamos em 4 pessoas (eu, minha esposa, filho e minha mãe) e passamos todos juntos pela imigração. Quanto a língua, eu falo muito pouco inglês e mesmo assim dá pra se virar legal, em alguns lugares que eu não entendia em inglês, as pessoas (garçom, atendentes no hotel, etc) se esforçavam para me ajudar tentando um portunhol e isso aconteceu algumas vezes. Pode ir de boa, vai dar tudo certo e precisando pode perguntar, OK? Abraços, João Ricardo
  9. Viajantes, Não encontrei melhor forma de agradecer pela ajuda prestada por todos do mochileiros.com do que relatar meus 30 dias na Europa e em especial gostaria de agradecer o Fernando Mello desse forum (http://www.mochileiros.com/member/Fernando%20Mello/) pela sua experiência relatada que foi de muita ajuda. Essa foi minha primeira vez no Velho Continente e o máximo que eu tinha viajado no aspecto "Internacional" foi para Buenos Aires (Argentina). Minha companhia para essa viagem fantástica foi minha esposa, nosso filho (11 anos) e minha mãe. Somos moradores de São Paulo (Capital) e a decisão que iriamos viajar aconteceu no dia 11 de Setembro de 2010, isso mesmo, tudo começou em Setembro de 2010 depois de uma festa de casamento aonde descobrimos que a lua-de-Mel dos noivos seria em Paris. A pergunta era: "Se todos viajam para a Europa, porque eu não posso"? Mas como a grana estava curta, decidimos que a viagem seria no nosso aniversário de casamento em Maio de 2012, concordo, a data estava muito longe, mas raciocine comigo, um dia essa data chegaria e realmente chegou... Chega de conversa e vamos relatar a viagem: A galera ansiosa pelo começo da aventura... ROTEIRO: O roteiro final foi todo feito por mim, mas foi muito difícil decidir quais seriam os países e as cidades visitadas. Minha esposa queria conhecer Lisboa e passear de gondola em Veneza, meu filho queria visitar o Camp Nou e eu queria passear no London Eye em Londres de qualquer jeito. E agora??? Depois de pesquisar muitas cidades, ver os pontos turísticos, comentários e localização, fechamos com o seguinte roteiro: 16/abril - São Paulo - Lisboa 17/abril - Lisboa 18/abril - Lisboa 19/abril - Lisboa 20/abril - Lisboa - Barcelona 21/abril - Barcelona 22/abril - Barcelona 23/abril - Barcelona - Roma 24/abril - Roma 25/abril - Roma 26/abril - Roma 27/abril - Roma - Veneza 28/abril - Veneza 29/abril - Veneza 30/abril - Veneza - Amsterdam 01/maio - Amsterdam 02/maio - Amsterdam 03/maio - Amsterdam - Londres 04/maio - Londres 05/maio - Londres 06/maio - Londres 07/maio - Londres 08/maio - Londres - Paris 09/maio - Paris 10/maio - Paris 11/maio - Paris 12/maio - Paris 13/maio - Paris 14/maio - Paris 15/maio - Paris - Campinas PASSAGENS E AVALIAÇÕES: A primeira compra que eu fiz foram as passagens de ida e volta. Desde o inicio eu tinha decidido que queria viajar de TAP, pois tinha muito receio de fazer a imigração num país em que a língua não fosse o português. Com isso decidido, ficou mais fácil fazer a pesquisa. As demais passagens foram compradas conforme eu achava promoções, e a decisão se iriamos de trem ou avião foi baseado no preço e no tempo de viagem. Abaixo vou colocar a data da compra, a empresa, o trecho, o valor por pessoa e a minha avaliação: Reserva: 06/fevereiro/2012 - Viagem: 16/abril/2012 - TAP - São Paulo / Lisboa - Paris / Campinas - R$ 1.786,95 Na minha avaliação é uma ótima companhia aérea. Realizei a compra no dia 06/fevereiro e quase um mês depois no dia 03/março realizei a reserva de lugares ligando no SAC (0800 727 2347). O atendimento foi feito por atendentes de Portugal e vou confessar: É difícil de entender o português deles, ainda mais por telefone. A reserva foi feita com os lugares que eu queria. DICA 1: No site http://www.seatguru.com você coloca a companhia que irá voar, o trecho e a data do voo e eles informam qual o avião que será usado e a configuração dos assentos, e com essas informações fica mais fácil reservar os lugares. Depois disso é só entrar no site da TAP e entrar na opção "Consultar Reserva" e veja se realmente os lugares foram marcados. No meu caso, a atualização foi na hora. Realizei o check-in um dia antes pela internet e o lugares reservados foram respeitados. Chegamos no aeroporto de Guarulhos com 3 horas de antecedência e a fila no balcão da TAP já estava grande, no entanto, assim que entramos na fila apareceu um funcionário e perguntou se havíamos feito o check-in pela internet e como havíamos feito ele nos encaminhou para uma outra fila que estava completamente vazia . A funcionária foi simpática e rapidamente nos entregou os cartões de embarque. O embarque foi no horário e ao embarcarmos já havia nas poltronas uma embalagem com uma manta e um travesseiro. Os fones de ouvido foram entregues posteriormente. A refeição (jantar) foi servido depois de 2 horas que decolamos e como opção havia Massa (macarrão) e Peixe (perguntei qual era o peixe e a aeromoça não soube me dizer ) mas o importante é que estava tudo muito gostoso. As opções de bebidas eram: água, sucos, refrigerantes, cerveja e vinhos tinto e verde. Após a refeição passavam oferecendo água, café e chá e também era possível servir-se na parte de trás da aeronave. O entretenimento a bordo estava funcionando e foi possível assistir alguns filmes e ouvir músicas. O café da Manhã foi servido faltando 1 hora para chegarmos ao nosso destino e era uma lanche de frios e uma salada de frutas. Chegamos exatamente no horário em Lisboa. O responsável pela nossa ida para Europa... Reserva: 07/fevereiro/2012 - Viagem: 20/abril/2012 - TAP - Lisboa / Barcelona - R$ 133,00 Dessa vez não fiz o check-in pela internet e mesmo assim o processo no aeroporto foi tranquilo. Chegamos com 2:30 de antecedência e despachamos as malas com tranqüilidade. DICA 2: Compre antes da viagem uma balança digital própria para pesar malas (custa uns R$ 50,00 pela internet) e evite surpresas desagradáveis na hora do check-in, no aeroporto da Portela em Lisboa haviam muitos passageiros revirando as malas para adequarem o peso das malas e evitar as pesadas taxas de excesso. Mais uma vez os lugares reservados antecipadamente foram respeitados, mas quando entramos na aeronave havia uma mulher com duas crianças nos nossos lugares e o voo estava lotadinho, rapidamente o comissário se envolveu e resolveu o problema (encaminhou a senhora e suas crianças para os lugares corretos, na verdade ela sentou propositalmente no nosso lugar porque não queria sentar separado das crianças, mas eu também estava com uma criança). O vôo foi tranquilo e foi servido apenas barra de cereais, refrigerante e água. Vamos para Barcelona??? Taxiando rumo à Barcelona Reserva: 19/fevereiro/2012 - Viagem: 23/abril/2012 - VUELING - Barcelona / Roma - € 39,99 (+ € 12,00 mala 20kg + € 9,50 taxa pagto. c/ cartão de crédito) = € 54,36 p/ pessoa Check-in realizado na hora e sem stress pois a fila estava mínima e fomos rapidamente atendidos. Mais uma vez havia passageiros arrumando as malas por causa do peso. DICA 3: Tente chegar cedo no aeroporto El Prat, pois ele é enorme e com muitos balcões de check-in e achar o balcão correto leva tempo. Além disso, chegue cedo para curtir o El Prat pois ele é muito lindo e a área dos portões de embarque é cheio de lojas diversas, duty-free, cafés e inclusive a loja oficial do Barcelona F.C. Mais uma vez o embarque foi no horário e o vôo tranquilo. Nesse vôo os lanches e bebidas são vendidos a bordo e o pagamento pode ser em dinheiro ou cartão de crédito, não sei a qualidade dos lanches, mas os preços são bem salgados... Em Roma (Fiumicino) utilizamos o ônibus para chegar no desembarque Reserva: 17/março/2012 - Viagem: 27/abril/2012 - Trenitalia - Roma / Veneza - € 60,80 Com certeza uma das melhores formas de se viajar pela Europa. No terminal de trens de Roma o "Termini" não existe catracas e nem check-in, você leva o seu bilhete já impresso previamente e só tem o trabalho de olhar nos painéis em que plataforma o trem irá parar, entrar no vagão certo, guardar seus malas no porta-bagagens e procurar seu lugar, simples assim, não tem nenhum funcionário conferindo seu bilhete, isso só aconteceu quando o trem já estava em movimento, um fiscal apareceu e pediu as passagens. Viajamos na 2ª classe do FRECCIARGENTO e a viagem foi extremamente confortável, sem solavancos e barulho. O trem é novo e com um vagão-restaurante e também banheiros. O trajeto entre Roma e Veneza durou 3:30hrs e descer em Veneza foi tão simples como em Roma. Totalmente sem stress, sem medo de excesso de peso nas malas e irritação no portão de embarque. Aguardando a chegada do trem... As plataformas ficam logo ali atrás... FRECCIARGENTO Reserva: 05/março/2012 - Viagem: 30/abril/2012 - TRANSAVIA - Veneza / Roma - € 85,00 (+ € 15,00 mala 20kg) = € 100,00 p/ pessoa Partimos de Veneza pelo Aeroporto Treviso e ele é bem distante de Veneza (+/- 1 hora de viagem). Aeroporto bem pequeno, tem uma loja de café na área de chegadas e mais nada. Assim que apareceu a informação do voo no monitor já mostrava que iria atrasar 50 minutos. Fizemos tranquilamente o check-in e entramos para os portões de embarque e lá já mostrava que atrasaria 1:20hrs e realmente foi assim. O aeroporto não tem aquelas passarelas para embarque direto no avião e temos que ir de ônibus até o avião. A bordo os lanches são vendidos e pode ser pago com Cartão de crédito e em dinheiro. O voo foi muito rápido e tranquilo. Num certo momento foi possível ver os Alpes Suíços. Para variar a chegada em Londres (Gatwick) foi com tempo fechado, frio e chuva... Os alpe suíços... Reserva: 30/março/2012 – Viagem: 08/maio/2012 – EUROSTAR – Londres/ Paris - R$ 234,75 p/ pessoa O embarque foi na estação King's Cross St. Pancras e o acesso até ela é tranquila por metrô. Quando chegamos tivemos que aguardar uns 10 minutos para liberarem as catracas para os passageiros dessa viagem. A passagem pelas catracas se faz com o bilhete previamente impresso e você usa o código QR que tem no papel e a catraca é liberada. Caso você não tenha o bilhete impresso, é necessário passar nos guichês e informar sua reserva para a emissão do cartão de embarque. Diferente de Roma, além das catracas, também tem a passagem pelo raio-x e em seguida tem o balcão de imigração “Francesa”, nesse momento eles já te dão a permissão para sua entrada na França e não foi feito nenhum tipo de pergunta pelos policiais da imigração. Também não teve no passaporte o carimbo de saída do Reino Unido. Essa viagem foi nos mesmos moldes da viagem entre Roma e Veneza, a saber, informam no monitor a plataforma de embarque e então você entra, coloca as malas no porta-bagagens, encontra o seu lugar e pronto. A partida foi exatamente no horário. O trem é muito confortável, não é tão novo como o trem Frecciargento e não tem monitor para acompanhar a localização e principalmente a velocidade, mas posso garantir que ele é bem rápido, realmente é um trem-bala. A travessia sob o Canal da Mancha dura uns 20 minutos... Curtindo a viagem no Eurostar Logo mais começo o relato de Lisboa... Aguardem!!!
  10. Olá Fernando, usei muito seu 1º relato para a minha 1º Eurotrip e eu acho que sem querer acabamos nos cruzando por algum lugar de Lisboa, pois minha viagem teve inicio no dia 16 de abril em São Paulo e chegamos em Lisboa no dia 17 de abril e ficamos em Lisboa até o dia 20 de abril e eu ví que vocês estavam lá nesses dias. Muitos dos seus relatos e dicas foram usados por nós e agora comecei a ler sua 2ª Trip, parabens pelos relatos. Estou ensaiando para começar a relatar aqui minha Trip de 30 dias pela Europa. Abraços.
  11. Boa tarde Polux3000, tudo bem? Farei minha primeira Eurotrip entre 16/abril e 17/maio desse ano com minha esposa, filho e mãe. No momento a minha maior preocupação é a imigração em Londres pelo fato de falar muito pouco o inglês, somente o básicão e pelo que lí sobre a sua viagem você também fala bem pouco inglês, então a pergunta é: Como você se virou na imigração em Londres? Obrigado e forte abraço.
  12. Parabéns Sérgio pelo seu relato, estou curtindo muito, pois em Abril/202 farei 30 dias de Europa com minha esposa e filho, e as suas dicas vão ajudar muito com certeza em nossa estada em Roma e Veneza!!! Aguardo ansioso o restante do relato. Abraços...
×