Ir para conteúdo

Marcelo Manente

Membros
  • Total de itens

    543
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    13

Marcelo Manente venceu a última vez em Agosto 4

Marcelo Manente tinha o conteúdo mais apreciado!

4 Seguidores

Sobre Marcelo Manente

  • Data de Nascimento 08-06-1965

Bio

  • Ocupação
    Professor de Língua Portuguesa

Outras informações

Últimos Visitantes

5.080 visualizações

Conquistas de Marcelo Manente

Pilar da Comunidade

Pilar da Comunidade (8/14)

  • Incentivador
  • Uma semana de Mochileiros.com
  • Um mês de Mochileiros.com
  •  Um ano de Mochileiros.com
  • Muito Popular

Distintivos Recentes

227

Reputação

1

Community Answers

  1. A abertura chilena por enquanto está meio fechada. kkkkk. Tem que fazer quarentena de 5 dias em um hotel. Mas pode ser que até novembro mude isso. Requisitos de entrada ao Chile para estrangeiros até 31 de outubro de 2021 PCR negativo obtido 72 horas antes do envio. Em voos com escala, é considerado desde o último embarque. Registro completo de vacinação, que deve ser validado antes de entrar no Chile em mevacuno.gob.cl para obter o passe de mobilidade, que será ativado após o confinamento obrigatório. As vacinas devem ser aprovadas pelo Instituto Chileno de Saúde Pública (ISP), pela Organização Mundial da Saúde (OMS), pela Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos ou pela European Medicines Agency (EMA). Preencha eletronicamente o formulário “Declaração para Viajantes” até 48 horas antes do embarque, no qual deve fornecer as informações de contato, histórico de saúde e sobre a sua viagem. Este formulário entregará um código QR como meio de verificação, que pode ser obtido em www.c19.cl Quem entra no Chile deve permanecer em isolamento obrigatório por 5 dias. O isolamento obrigatório deve ser realizado no endereço, hotel ou residência declarada. Ter um seguro médico com cobertura mínima de US $30.000 que inclui cobertura de qualquer despesa causada pela Covid-19. Durante os primeiros 14 dias após a entrada no país, um formulário de acompanhamento será aplicado a cada pessoa, que será enviado por e-mail diariamente. Entregar a tempo é uma obrigação.
  2. Encontrei essa informação no facebook para quem estiver a fim de fazer um mochilão na Carretera Austral No Chile. Espero que ajude alguém:4
  3. Viajei para o Peru com um Renault Symbol em 12/2017 a 01/2018. Por experiência própria, só ande por estradas de terra por lá se tiver 4x4. Eu atolei e tive ajuda de um colega que foi de Jeep Cherokee 4x4. As estradas asfaltadas são muito boas. NUNCA, JAMAIS entre na Bolívia sem fazer a declaração jurada de entrada de seu carro. Sem esse documento vc poderá ter seu carro apreendido e leiloado lá. Ou seja, vc perde seu carro. Como eu entrei na Bolívia na volta de minha viagem ao Peru eu percorri de norte para sul até salar de Uyuni. Como falei, as estradas asfaltadas são ótimas, as de terra precárias. No caminho entre Desaguadero e Uyuni Só andei por estradas asfaltadas. Sempre que pagar um pedágio guarde o tiquet pois vão te pedir mais adiante e se tiver jogado fora terá que pagar um valor maior. Levei sorte eu acho e não fomos incomodados por policiais corruptos, mas já li vários relatos desse inconveniente por lá. Na saída da Bolivia optei por ir de Uyuni ao Chile por uma estrada que termina em Calama, Chile. São 215 km de terra até a fronteira com o Chile que se for depois da chuva tem um trilho no meio que vc se possível não deve sair pois ao lado da estrada é um sabão. Neste trecho a aduana fecha as 12:30: e reabre as 15 h. Depois da fronteira só asfalto.
  4. Haaaa, E quando fui a San Pedro de Atacama fiz câmbio na rua Toconao. Lá tem várias casas de câmbio. Tem que ver qual esta pagando melhor. E é fácil retirar dinheiro nos caixas automáticos, é só usar a opção para estrangeiros.
  5. No Chile eu não usei o WU. Fiz câmbio no shopping da zona franca de Punta Arenas.
  6. Não acho que funciona como uma carteira é mais como se fosse uma conta que vc abre a cada depósito. Ai vc saca um depósito num dia e pode sacar o outro em outra data. Por exemplo vc fez 3 envios de 500 reais cada, ai vc resgata um num dia com o numero fornecido. Em outro dia vc saca o outro e assim sucessivamente. Mas vc tem que resgatar o valor total de cada um dos envios. Vc não pode pegar metade de um envio de 500 Reais por exemplo. Usei o W.U. na viagem que fiz até Ushuaia em 12/2019 a 01/2020. Na época não havia prazo para vc pegar o dinheiro, tanto que só fui resgatar no quinto dia de viagem. Uma coisa que eu percebi é que é melhor fazer vários envios diferentes de valores como 500 reais por vez. As lojas correspondentes da empresa não são bancos e um valor alto fica difícil de resgatar se não for na loja própria da W.U.
  7. Ha, como disse o colega acima os carros deverão contratar um seguro Carta Verde para a Argentina. A seguro Protegês de São Borja pode indicar uma agência que faz o carta verde pela Argentina e que fica muito mais em conta que se fizer pelas seguradoras do Brasil. facebook.com/corretorasegurosproteges/about/?ref=page_internal O Chile tem o seguro SOAPEX que vc pode pagar pela internet. https://www.soapex.com/pt-br/index.php/o-que-e-o-soapex/
  8. Olá Sabrina, Tenho um pouco de experiência de viagens de carro. Fiz 5 viagens pela Argentina, Chile, Bolívia, Peru e Uruguai. Em todas as viagens passei pela Argentina e Chile. Primeira coisa a saber: de preferência os veículos deverão estar no nome dos viajantes pois caso sejam financiados terão de pedir uma permissão da financiadora para essa viagem. O carro deve ter extintor de incêndio (dentro da validadde), dois triângulos, Um cambão ou cabo de reboque de aço de 2 m no mínimo (dizem que não é necessário, mas isso pode te ajudar em caso de quebra em um lugar mais isolado). No Chile é obrigatório carregar um colete reflexivo para usar quando se está trocando pneus ou alguma pane. Na Argentina é proibido engate de reboque fixo, só pode aqueles que vc pode sacar a ponta. Além disso é proibido quebra mato e não pode nada que ultrapasse 5 cm do para-choques. É lenda que vc tenha de levar uma mortalha para cobrir um corpo de alguém que tenha falecido na estrada. TEM QUE ANDAR de faróis acesos em todas as estradas. Na Argentina, principalmente na ruta 14 que vai para Buenos Aires os guardas costumam inventar histórias para pegar propina. Principalmente naqueles que ficam embaixo dos viadutos, se vir isso de longe saia a direita antes do viaduto e retorne para a 14 depois dele pela alça de saída adiante. Sempre viaje com um Seguro de saúde para viajantes. Principalmente na atual situação, apesar que vcs vão só em 2023. Para as fronteiras de Paraguai, Uruguai, Argentina, Chile, Bolívia e Perú vc pode passar apena com o seu RG, mas ele tem que ter até 10 anos de emissão. Se for mais antigo não passa. O melhor mesmo é o passaporte, geralmente demora menos com ele para passar. Atualmente é melhor levar reais pois a cotação do real paralelo está em 33 pesos por real. Até 2023 não sei como estará. Existem duas maneiras de se trocar real por peso na Argentina: 1ª com cambistas e a 2ª enviando com o aplicativo Western Union. 1ª - Nas cidades de fronteira perto das aduanas Argentinas sempre tem pessoas vendendo pesos. Já comprei diversas vezes e valores grandes de até 3 mil reais e nunca tive uma nota falsa sequer. Geralmente a troca em casas de câmbio oficiais é bem menos vantajosa sendo de 30 a 50% menos que com cambistas. 2ª - O aplicativo Western Union. Com ele vc deposita para vc mesmo no Brasil e recebe nas diversas agências e correspondentes da W.U. na Argentina. Inclusive o Correio Argentino é correspondente da W.U. Quando vc estiver na Argentina vc escolhe a cidade a receber e resgata o seu dinheiro já convertido em pesos. Esse aplicativo tem um câmbio quase tão vantajoso quanto os arbolitos (cambistas). Indico que vc faça pequenos envios ao invés de uma grande quantia de uma só vez. Por vezes os correspondentes podem não ter o montante e ainda é meio perigoso vc ficar rodando por ai com uma quantia muito grande de dinheiro. No Chile é mais complicada a compra de pesos chilenos. Em São Pedro de Atacama tem muitas lojinhas que fazem câmbio em uma rua que cruza a calle Caracoles que é o centro da pequena cidade. Qualquer outra dúvida é só perguntar. E entrando no meu perfil dá para ver os relatos das minhas 5 viagens na parte de viagens de carro: relatos.
  9. Ola Anderson. Fiz a viagem até Cuzco e Ollantaitambo de onde sai os mtrens para Machu picchu em 2017/18 em 28 dias com um Renault Symbol 1,6 16v. Atolei duas vezes, mas estava com um apoio com carro 4x4. De uma olhada no meu relato:
  10. Com 90 dias vc pode fazer a Carretera toda. Vc entraria por paso Roballos, Bajo Caracoles, Ia Até Cochrane e dormiria lá (Indico o Hostal Central, simples e barato). De Cochrane a Villa O'Higgins o caminho é belíssimo e tem uma balsa gratuita, Entre essas duas cidades tem a Caleta Tortel, um desvio de 20 km que vale a pena. A vila não tem ruas, os carros ficam na entrada. Só se percorre a vila sobre palafitas, quilômetros de palafitas. Mas se estiver chovendo acho que não vale a pena. Voltando para o norte depois de Cochrane tem Puerto Rio Tranquilo com o passeio de barco das Capillas de Marmol (capelas de mármore). Imperdível e acho que mesmo com chuva, mas se o lago estiver revolto ai não dá. Seguindo adiante entre a última Vila que falei e a Cidade de Coihaique não tem muitas atrações, mas a beleza do caminho é um espetáculo a parte. Depois de Coihaique tem um trecho bem ruim de estrada em uma descida de serra de terra travadíssima no meio de uma floresta parecida com a nossa serra do mar. No caminho tem a trilha do bosque encantado, se não me engano, dizem ser encantadora (kkk), mas estava fechada quando fui. Na cidade de Puyuhuapi Tem duas atrações O parque Queulat onde tem o Ventisquero Colgante (geleira pendurada) e lá eu recomendo a trilha de 3,3 km que te leva mais perto e tem um visual incrível, porém se chover ou estiver com muita neblina (comum por lá) faça a trilha curta. A 2ª atração são as termas que tem na cidade, uma na entrada da cidade a 20 mil pesos por pessoa e outra que fica num Lodge e tem de ir de barco. Esse 2º termas eu nem sei o preço, entretanto deve ser uma fábula de caro. Depois de Puerto Puyuhuapi tem um trecho de terra curto e depois quase só asfalto até Chaiten, lá tem o PArque Pumalin que é gigante, tem termas, trlha para boca de um vulcão, trilhas de cachoeiras e etc. Em Chaiten tem que pegar um ferry para seguir em frente. Você tem duas opções. Uma pega um ferry ali na cidade mesmo e vai direto a Puerto Mont, outra que eu recomendo vc pega uma estrada por dentro do parque que te leva a Catela Gonzalo e lá vc pega um ferry de 30 m e depois 10 km de terra e depois mais um ferry de umas 3 a 4 h até Hornopiren de onde vc vai de carro até Purto Mont no início da Carretera Austral. Dali vc tem a opção de conhecer a Isla Chiloé, com ferry tbm. Ou começa a subida para Santiago sabendo que no caminho tem a região dos lagos chilena com dezenas deles, cachoeiras, termas e parques sempre a direita da ruta panamericana nº 5. Desculpe o textão. Me empolguei. kkkkk Veja meu relato da minha expedição pela carretera:
  11. Sinceramente não sei, acho que talvez tenha algo de Punta Arenas ou Porvenir no Chile. Acredito que de Ushuaia não tenha pois acho que os argentinos não gostam de promover o turismo da verdadeira cidade mais ao sul do mundo. Este post no Mochileiros fala algo.
  12. Olha, Baseado nessa experiência eu diria que a máxima km de cada dia deve ser de 700 a 800, mas somente até se chegar nos destinos desejados, dai pra frente pode ser bem menor e geralmente é. Gostaria de ter um dia a mais Na região da península Valdez pois logo abaixo tem a pinguineira Punta Tombo Que eu não conheci. 3 dias em Ushuaia são o suficiente, até pq no verão os dias anoitecem as 22:30 h. Punta Arenas é bacana e sua zona franca interessante, mas os preços não são tão bons assim. No parque Torres del Paine gostaria de ter ficado 2 dias para fazer alguma trilha mais longa, talvez a da base das torres, mas teria de melhorar a minha forma física. kkk El calafate dá para conhecer em 2 dias. FAz um tour de barco num dia e no outro um treking no gelo e visita a geleira Perito Moreno. Eu me arrependi de não fazer o treking. Os passeios de barco tem o Rios de Hielo, mais curto e barato, e os outros eu não lembro o nome, mas são mais longos e caros. A diferença é que um deles para perto do glaciar Spegazini por alguns minutos e outro tem um almoço no mesmo lugar. Mas todos eles fazem o mesmo roteiro então vai do gosto. Gostaria de ter ido a El Chalten, mas devido aos atrasos tive de cortar. A carretera Austral vale a pena, se vc tem 90 dias fazer ela inteira. Mas eu sugiro que entre pelo Paso Roballos que fica em Bajo Caracoles (tem a Cuevva de las MAnos ali, pinturas ruprestes) e vá até o fi dela em Villa O'Higgins. No caminho tem a vola de Caleta Tortel, um lugar quase todo construido em cima de palafitas. Quando estiver voltando na carretera, vá até Chile Chico e volte pela mesma estrada. Este caminho é maravilhoso. Outra hora te falo o resto. Um abraço.
  13. SIm, eu sei. Coloquei a data apenas para fazer a simulação, não para ir nesta época. hehehe
×
×
  • Criar Novo...