Ir para conteúdo

jafeth

Membros
  • Total de itens

    4
  • Registro em

  • Última visita

Sobre jafeth

  • Data de Nascimento 06-12-1984

Conquistas de jafeth

Novo Membro

Novo Membro (1/14)

0

Reputação

  1. http://lista.mercadolivre.com.br/colchonete-yoga Segue o link do colchonete..... Muita Luz Jafeth
  2. Dá uma olhada neste link do mercado livre.... http://esportes.mercadolivre.com.br/camping/isolante-t%C3%A9rmico Caso não consiga abrir, procure por isolante térmico. O isolante é super bom se você vai fazer uma viagem e não quer levar peso, pois um colchão inflável é um pouco mais pesado. O colchão tem a vantagem de ser mais confortável, mas é um tanto chato encher todos os dias. Se tu for usar somente o saco de dormir, isolante é básico, pois a temperatura do solo baixa muito durante a noite. Caso você queira ver como é um isolante, procure alguma loja de artigos esportivos (luvas de boxe, mochilas e tal), pois sempre tem nestes lugares. O isolante tem em média 0,5 mm de espessura, portanto não é dos mais confortáveis. Se tu não quiser encher o colchão todos os dias mas quer um pouquinho de conforto, opte pelo trio: isolante térmico + colchonete para yoga (abaixo tem um link com um modelo para que tu possa se basear) + saco de dormir. Para o saco de dormir, opte pelos modelos que abrem completamente (tem o modelo sarcófago que é mais indicado para locais onde o frio é muito intenso), pois neste modelo que se abre todo, você pode usar como cobertor, unir dois e fazer um saco de dormir para casal. Forte abraço. Jafeth
  3. Fala brother, Estarei com minha esposa em La Paz em janeiro e vamos fazer os mesmos caminhos que você. Já estou na Bolívia (Cochabamba) e devemos sair daqui por volta de 27 ou 28 de dezembro, seguindo para La Paz. Me manda seu e-mail para trocarmos informações. Forte abraço. Jafeth
  4. Em Cochabamba é interessante ficar uns dois dias pelo menos. Uma boa dica para passeio é o Cristo de La Concordia, muito lindo e apenas Bs$ 8 por pessoa. Se quiser pode subir e descer andando e assim não tem custo. Pessoalmente recomendo subir de teleférico e descer andando. A vibe do lugar é maravilhosa e a visão da cidade linda. Depois temos La Cancha, um "centro comercial" gigntesco, próximo ao centro da cidade. Se você quer comprar artesanias da Bolívia com o melhor preço possível, La Cancha é o lugar. Mas lembre-se sempre de pexinxar. Gringo em La Cancha é um prato cheio para ser passado para trás. Em La Cancha (que fica a duas quadras do terminal de bus), tome muito cuidado (como nas redondesas do terminal) com ladrões. E eles andam muito bem vestidos e geralmente em bando. Em La Cancha também prepare seu estômago para vivências inesquecíveis... Para mim que sou vegetariano, comer algo lá é impossível. A parte onde fica o restaurante é horrível, e mesmo sabendo que o conceito de higiene na Bolívia não existe, passei mal só de estar no local. Uma boa é dar uma volta nos entornos de La Cancha, pois também há muito comércio com preços excelentes. Se você quer algo mais tranquilo para dormir, procure um hotel mais próximo das praças Colón ou 14 de septiembre, pois são as mais belas e de mais fácil locomoção para qualquer lado de bus. Em frente a praça 14 de septiembre tem um espaço para atendimento a turistas, muito maneiro, o pessoal é super educado e lhe dão boas dicas. Com relação a nomes e valores de hotéis, se alguém tiver interesse posso dar uma olhada. Como estou hospedado na casa de amigos, não faço a mínima idéia de valores. Para quem está procurando uma opção com um custo mais baixo (mas que não deixa de ser boa também), em Cochabamba tem muitos alojamientos, uma boa pedida se você apenas quer usar um espaço somente para dormir e tomar banho. Cochabamba tem igrejas muito lindas, mas quase sempre estão fechadas. Para conseguir ver alguma, tem que ser no horário das celebrações. As praças (que são muitas) são todas lindas, para quem gosta de verde. Quand estiver aqui não deixe de provar a empanada picante e o suco de chicha morada (o milho roxo típico daqui). Para quem não gosta ou não pode comer molhos apimentados, tome muito cuidado, tudo (principalmente) em Cochabamba tem muita pimenta. Sempre que for comer algo pergunte se é picante e se tem locoto, que é a pimenta que mais se utiliza aqui. Não se engane pelo tamanho, essa pimentinha é pior que a malageta. Aproveite também para conhecer também Tunari, que fica numa cidade acerca de Cochabamba (Quillacolo). Para chegar lá pode ser de trufi, pegando uma linha que vá até a Plaza Bolivar, centro Quillacolo, depois caminhe cerca de três quadras até a calle Santa Cruz, e pegue outro trufi que vá até Marquina, um vilarejo de Quillacolo. Usando este trufi você terá que caminhar cerca de 5 Km até o topo do morro, que é lindo. Ou pode ir até seu ponto final, onde vai encontrar um parque com águas termais. Este parque é mais para quem curte lugares energéticos e tal. O visu do caminho é lindo também. Para quem apenas quer olhar somente os pontos turísticos, há um bus turístico que sai todos os dias as 10:00 e as 14:00 (como tudo na Bolívia nem sempre é pontual e muitas vezes se houver poucas pessoas o ônibus simplesmente não sai). O único lugar que se pode embarcar neste ônibus é na Plaza 14 de Septiembre. Não se pode parar para descer em lugar algum, somente passa em frente dos pontos turísticos. O passeio leva cerca de 2:30 hs. Em Quillacolo há também um parque aquático muito bom, não consigo lembrar o nome agora. para chegar nele é só pegar o mesmo trufi que vai até Marquina e descer próximo a placa que indica onde começa Marquina. Próximo a Plaza Colón há muita variedade para se comer com preços excelentes. Tenha sempre em mente que na Bolívia o conceito de higiene é zero, até mesmo em locais que aparentem ser "limpos".
×
×
  • Criar Novo...