Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Rosa Paixão

Membros
  • Total de itens

    17
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Outras informações

  • Lugares que já visitei
    Lima/Cusco/MaPi/Puno/La Paz/Sta. Cruz/
  • Próximo Destino
    Chile - Santiago/Atacama
  1. excelente relato! O museum pass dá pra todas as entradas? inclusive Versalhes? o ingresso pra torre, vc comprou aqui ou em Paris? qual o site? o museum pass você comprou onde também?
  2. Rosa Paixão

    relato Paris: um passeio pelo Quartier Latin

    quanto tempo pra fazer esse passeio?
  3. Oi gente, li todos os posts, tô querendo uma opinião de vcs que já foram, será que com 1 semana eu consigo fazer tudo? tipo, as ilhas, dá pra ir no bate e volta no mesmo dia? tem como ficar fixo em Belém e fazer os passeios de dia e voltar pra Belém?
  4. Rosa Paixão

    Belém

    Gente, tô pensando em ir pra Belém em meio de maio, e gostaria de saber se é viável por causa das chuvas, e também qual o tempo rasoável pra ficar na cidade, conhecer as ilhas, os atrativos principais.
  5. Rosa Paixão

    Ilha do Mel

    Pra quem vai de trem por Curitiba, tem como ir e voltar? dá pra fazer um passeio bate e volta?
  6. Rosa Paixão

    Roteiro de viagem 5 dias no Rio de Janeiro !!!!

    Oi pessoas, queria algumas dicas sobre as trilhas na floresta da tijuca, é tranquilo? digo, tem que levar algum equipamento, ou dá pra ir de bermuda e camiseta mesmo? Gostaria também de uma dica sobre visitação á favelas? tem alguma que dá pra ir de boa? uma colega disse que pegou um motoboy na porta da rocinha e subiu o morro... mas isso foi na época da pacificação, vcs sabem se ainda tá de boa? da pra ir? valeu
  7. Rosa Paixão

    relato Jalapão

    Fasile, muito bom o seu depoimento, mas realmente eu achei barato o seu pacote, sempre que pesquisei coisas lá e tudo foi tão caro, esse valor incluiu tudo? até o transfer de Palmas? Passa os contatos desses guias e dessa empresa. Qual a melhor época pra ir pra lá?
  8. Rosa Paixão

    Fernando de Noronha

    O e-mail, [email protected] é esse mesmo, se não conseguir liga no cel dele. 81 96784921 e 81 8694 0540. A dica da Perla também é muito útil... se proteger do sol sempre!
  9. Rosa Paixão

    relato Minha visão de Fernando de Noronha

    É isso aí Dani... excelentes ponderações e depoimento. Cara, quando a gente vai voltar lá de novo?
  10. Rosa Paixão

    relato Minha visão de Fernando de Noronha

    Bom pessoas, antes de ir pra Noronha eu vim aqui e pesquisei, retirei todas as informações que precisei, chegou minha vez de dar as minhas... Fomos em agosto dia 17 a dia 24 de agosto de 2011. Uma época perfeita! Vou fazer um depoimento bem completo com todas as informações e dicas, sobre os 7 dias que passamos lá. Mas de cara já adianto que tem muita coisa aqui no fórum que aconteceu bem diferente do que pensávamos... A primeira coisa que eu digo, pois isso é um dos primeiros passos que fizemos pra nossa viagem, foi nos informarmos sobre tudo, melhor época, melhor temporada, melhores lugares, o que levar e o que fazer. Isso fez com que aproveitemos muito mais o tempo em Noronha. Pelo que nos informamos no Mochileiros, e quando chegamos lá também, conversamos com os guias e locais e obtivemos muitas informações. De agosto a novembro é a melhor época pra fazer apnéia, mergulho e flutuação, o mar de dentro - onde se formam as piscinas naturais e se tem visualização de mais animais e vida marinha, está calmo, de dezembro a março, o mar fica agitadíssimo, as ondas ficam maiores que 3 metros, tempo bom pra quem gosta de surfar. Depois de decidido a data, ao comprar a passagem escolhi na quarta que é o dia mais barato da semana pra comprar passagens, mas isso vai ser de acordo com o seu tempo, IMPORTANTÍSSIMO: quando for escolher a poltrona, escolha do lado esquerdo, o mais próximo da frente, ou que não fique ao lado da asa, o piloto faz um sobrevôo sobre a ilha toda, circulando ela todinha, e do lado direito, não dá pra ver nada. Deu a maior dó das pessoas que estavam na direita, tentando sentir a mesma emoção que a nossa. Na volta, nem vale tanto a pena, pois não tem o tur, e o lado do sol fica na direita, então nós escolhemos ficar na esquerda tanto na ida quanto na volta. O preço das coisas lá não são esses absurdos todos não, pra quem é acostumado com custo de vida de Rio- Zona sul, BSB, Salvador, e nós em MCZ, não estranhamos muita coisa não... Quando me informei sobre lá, tudo o que vi é que com dinheiro era mais barato, na verdade eles colocam um preço mais alto pra ter uma margem de desconto, vale a pena chorar em tudo, levamos tudo em dinheiro, mas na verdade, gastamos apenas a metade do que levamos em dinheiro, o resto foi tudo em cartão. Vale levar um dinheiro extra para o caso de uma necessidade. Lá tem o Santander e a Loteria da Caixa, que funciona bem. Internet só se for de jegue... fraquinha, e lenta... muito lenta... rssss Leve muito protetor solar, muito repelente de preferência o em creme, pois ele protege mais, tem muito mosquito lá, leve também inseticida pro quarto, ajuda muito. Comida leve apenas lanche, tipo barra de cereal, gatorade, chocolate, essas porcarias que a gente gosta de comer nas horas erradas... muitas pousadas não tem café da manhã, então eu levei muitos ades e todinhos e também suco, mas dá pra comprar tudo na ilha, mais caro mas dá. Na padaria da vila dos remédios tem pão Frances fresquinho toda a manhã. Água a gente comprou lá. Todos, na maioria dos casos, exploram o máximo que eles puderem, não tem nada de graça ou gracinha pra turista não, até no barco do acqua-sub quase tive que implorar pra eles me emprestarem um salva-vidas. Se puder levar os seus equipamentos leve, quanto menos puder depender das coisas de lá melhor. Os guias mentem que vão ver muitas coisas, o lance da câmera fotográfica pra tirar foto debaixo dágua, é maior conversa fiada, tiram umas poucas e depois somem. Na hora de fazer a apnéia, se não tiver com alguém responsável, vc fica sozinha no mar. Eles simplesmente somem... então já fiquem preparados para agüentar má-vontade e preguiça deles. Nem os equipamentos da gente que eles mesmo alugam, eles levam, ocorreu quando a gente foi descer a escada do Sancho, minha amiga jogou escada a baixo o equipamento dela, pq o guia não teve a mínima atenção de carregar pra ela. Quando chegamos no aeroporto, nossa pousada não tinha transfer, NÃO CAIA NA CONVERSA DOS TAXISTAS!, eles caem em cima falando um monte de coisa, que leva uma meia hora pra chegar na vila, cobram um absurdo, disseram até o disparate que não tinha ônibus pra vila, foi engraçado que no mesmo instante um outro rapaz gritou, o ônibus... Chegamos na quarta lá pelas 16:30, deu pra chegar na pousada, deixar as coisas e dar um role na vila e procurar informações sobre os passeios e o que tinha pra fazer. Fomos nas empresas de mergulho ver como funcionava, e na Noronha dives 3619 1112, a Lica deu muitas dicas boas do que fazer na ilha, e até indicou um guia. No porto tem o cat, não fomos lá pq não sabíamos da existência dele. No último dia é que descobrimos. Não caia na conversa do primeiro que conversar. Pesquise muito. Se for fazer o ilha tur, procure informações com o maior número de pessoas e guias possíveis, e veja qual é o melhor. Se for aventureiro, alugue o bug e faça vc mesmo. Ou uma empresa de turismo que faça em grupos. Quando a gente alugou o bug, fizemos a ilha duas vezes. Fizemos o ilha tur com um guia, mas não valeu a pena, pq com a gente no bug, fizemos do nosso jeito, e foi bem melhor. A ilha é bem sinalizada, dá pra fazer legal toda ela sem guia, exceto algumas trilhas e o Atalaia. Uma dica, veja como funciona o ilhatur, veja os locais, os roteiros, e monte vc mesmo o seu. Fizemos a trilha longa do atalaia, se tiver um pouco de disposição pra uma caminhada, vale a pena... foi um dos lugares mais bonitos da ilha. Tem várias trilhas que dependem da época e do tempo pra fazer. Se vc não sabe nadar, não se preocupe, dá pra fazer apnéia com calma e aproveitar tudo, basta usar direitinho o equipamento de mergulho e confiar no guia, eu indico o Daniel Pegaleve (81) 9678 4921 ou (81) 8694 0540 o e-mail dele é [email protected] - agenda antes de ir pra Noronha com ele, assim vc pode fazer todos os passeios com ele. Um cara jóia, tem que ver que atenção... ele te puxa por uma bóia, e depois te segura pela mão... eu fiz duas vezes o mergulho com ele, a galera que tava comigo também. Ele também aluga moto e outras opções, faz outras trilhas tb. Se vc marcar com ele, diz que foi os dois casais de minas que indicaram ele pra vc. Tem coisas imperdíveis: Para nós a Longa do Atalaia, valeu d+ a pena. Na Atalaia curta, tem que ver a hora, pq as vezes tem muita alga e não da pra ver nada. Leve o equipamento de mergulho e salva-vidas – te dá conforto e tranqüilidade. A palestra no tamar do Léo, nas sextas as 8 da noite, é IMPERDÍVEL, deveria ser obrigatória para todos, pois o nosso comportamento em relação aos animais e mergulhos mudou muito. Sueste – apnéia onde mais vimos animais... as tartarugas ficam pertinho de vc, os tubarões nadam abaixo da sua barriga... nem se preocupam com a sua presença. Eu faria lá todo o dia se pudesse. Só pra nadar com as tartarugas. Verifique no tamar qual o dia e praia que os biólogos irão a busca de tartarugas pra fazer mapeamento delas, dá pra vc acompanhar todo o processo. Quando a gente foi, isso ocorreu na praia do Boldró. Por do sol em vários lugares possíveis, no forte da vila dos remédios, no forte do boldró, na praia do Sancho... tudo lindo! No passeio do barco vc tem uma noção geral da ilha, e dá pra ver o que mais de agrada. No ilhatur a mesma coisa... vale a pena os dois. Se não for alugar o bug, se preocupe não, o busú passa de meia em meia hora. O resto, deixo por sua conta descobrir. Vc vai escolher o melhor local, e fazer o seu próprio relato de viagem... Apenas fique esperto com muitas promessas e papo de guia. Alguns preços: Bug – Baixa temporada encontra de até R$90,00 por dia – Coloca 30,00 de gasolina por dia que dá. Moto: R$70,00 – baixa temporada Restaurantes: Na Vila dos Remédios: Flamboyant- de dia é self-sevice a noite a lacarte - 42,90 - comida muito boa Ousadia - 39,90 – São Miguel – Caro. Do Bill - na primeira rua depois da creche sobe a direita, R$26,00 por pessoa Jacaré fica ao lado do bco Sant 15,00 e come à vont. - mas tem que chegar cedo, bem cedo, se não fica com resto. Cantinho da Paz - ao lado da lotérica e do Ousadia - da D. Holanda e sua filha Bia, fazem uma massa de pastel delíciosa, com recheios super caprichados, o de carne é o melhor. Tudo lá é bom e gostoso, a tapioca tb é muito boa, faz caldos muito saborosos, ela sempre dá uma provinha pra gente antes. O atendimento delas é muito bom. O que custa mais caro lá é R$ 6.00. Açaí da vila - Da Raquel, em frente a pracinha da vila dos Remédios onde tem feirinha de sábado, na parte de baixo. Atendimento bom, açaí bom e o creme de cupuaçú bom. Preço bom No museu do tubarão o bolo de brigadeiro que eles vendem lá é mara! R$ 7,00 o pedaço. Pizzaria namoita – indo em direção a vila dos trinta, na BR - pizza grande e gostosa – 38,00 reais. Pousadas: tem muitas na vila do trinta, mas o melhor lugar pra ficar é na vila dos remédios - a suíte pro casal fica entre R$ 120,00 e 140,00. Iris: (81)36191320 Rosélia 81 3619-1671 MALIBU 081 36190174/ 081 87444757 Dos Golfinhos - não tem o telefone Tem várias na vila dos remédios mas não fique na casa da MARIA DE GOUVEIA Qualquer outra dúvida, entre em contato comigo no e-mail [email protected]
  11. Rosa Paixão

    Fernando de Noronha

    Bom pessoas, antes de ir pra Noronha eu vim aqui e pesquisei, retirei todas as informações que precisei, chegou minha vez de dar as minhas... Fomos em agosto dia 17 a dia 24 de agosto de 2011. Uma época perfeita! Vou fazer um depoimento bem completo com todas as informações e dicas, sobre os 7 dias que passamos lá. Mas de cara já adianto que tem muita coisa aqui no fórum que aconteceu bem diferente do que pensávamos... A primeira coisa que eu digo, pois isso é um dos primeiros passos que fizemos pra nossa viagem, foi nos informarmos sobre tudo, melhor época, melhor temporada, melhores lugares, o que levar e o que fazer. Isso fez com que aproveitemos muito mais o tempo em Noronha. Pelo que nos informamos no Mochileiros, e quando chegamos lá também, conversamos com os guias e locais e obtivemos muitas informações. De agosto a novembro é a melhor época pra fazer apnéia, mergulho e flutuação, o mar de dentro - onde se formam as piscinas naturais e se tem visualização de mais animais e vida marinha, está calmo, de dezembro a março, o mar fica agitadíssimo, as ondas ficam maiores que 3 metros, tempo bom pra quem gosta de surfar. Depois de decidido a data, ao comprar a passagem escolhi na quarta que é o dia mais barato da semana pra comprar passagens, mas isso vai ser de acordo com o seu tempo, IMPORTANTÍSSIMO: quando for escolher a poltrona, escolha do lado esquerdo, o mais próximo da frente, ou que não fique ao lado da asa, o piloto faz um sobrevôo sobre a ilha toda, circulando ela todinha, e do lado direito, não dá pra ver nada. Deu a maior dó das pessoas que estavam na direita, tentando sentir a mesma emoção que a nossa. Na volta, nem vale tanto a pena, pois não tem o tur, e o lado do sol fica na direita, então nós escolhemos ficar na esquerda tanto na ida quanto na volta. O preço das coisas lá não são esses absurdos todos não, pra quem é acostumado com custo de vida de Rio- Zona sul, BSB, Salvador, e nós em MCZ, não estranhamos muita coisa não... Quando me informei sobre lá, tudo o que vi é que com dinheiro era mais barato, na verdade eles colocam um preço mais alto pra ter uma margem de desconto, vale a pena chorar em tudo, levamos tudo em dinheiro, mas na verdade, gastamos apenas a metade do que levamos em dinheiro, o resto foi tudo em cartão. Vale levar um dinheiro extra para o caso de uma necessidade. Lá tem o Santander e a Loteria da Caixa, que funciona bem. Internet só se for de jegue... fraquinha, e lenta... muito lenta... rssss Leve muito protetor solar, muito repelente de preferência o em creme, pois ele protege mais, tem muito mosquito lá, leve também inseticida pro quarto, ajuda muito. Comida leve apenas lanche, tipo barra de cereal, gatorade, chocolate, essas porcarias que a gente gosta de comer nas horas erradas... muitas pousadas não tem café da manhã, então eu levei muitos ades e todinhos e também suco, mas dá pra comprar tudo na ilha, mais caro mas dá. Na padaria da vila dos remédios tem pão Frances fresquinho toda a manhã. Água a gente comprou lá. Todos, na maioria dos casos, exploram o máximo que eles puderem, não tem nada de graça ou gracinha pra turista não, até no barco do acqua-sub quase tive que implorar pra eles me emprestarem um salva-vidas. Se puder levar os seus equipamentos leve, quanto menos puder depender das coisas de lá melhor. Os guias mentem que vão ver muitas coisas, o lance da câmera fotográfica pra tirar foto debaixo dágua, é maior conversa fiada, tiram umas poucas e depois somem. Na hora de fazer a apnéia, se não tiver com alguém responsável, vc fica sozinha no mar. Eles simplesmente somem... então já fiquem preparados para agüentar má-vontade e preguiça deles. Nem os equipamentos da gente que eles mesmo alugam, eles levam, ocorreu quando a gente foi descer a escada do Sancho, minha amiga jogou escada a baixo o equipamento dela, pq o guia não teve a mínima atenção de carregar pra ela. Quando chegamos no aeroporto, nossa pousada não tinha transfer, NÃO CAIA NA CONVERSA DOS TAXISTAS!, eles caem em cima falando um monte de coisa, que leva uma meia hora pra chegar na vila, cobram um absurdo, disseram até o disparate que não tinha ônibus pra vila, foi engraçado que no mesmo instante um outro rapaz gritou, o ônibus... Chegamos na quarta lá pelas 16:30, deu pra chegar na pousada, deixar as coisas e dar um role na vila e procurar informações sobre os passeios e o que tinha pra fazer. Fomos nas empresas de mergulho ver como funcionava, e na Noronha dives 3619 1112, a Lica deu muitas dicas boas do que fazer na ilha, e até indicou um guia. No porto tem o cat, não fomos lá pq não sabíamos da existência dele. No último dia é que descobrimos. Não caia na conversa do primeiro que conversar. Pesquise muito. Se for fazer o ilha tur, procure informações com o maior número de pessoas e guias possíveis, e veja qual é o melhor. Se for aventureiro, alugue o bug e faça vc mesmo. Ou uma empresa de turismo que faça em grupos. Quando a gente alugou o bug, fizemos a ilha duas vezes. Fizemos o ilha tur com um guia, mas não valeu a pena, pq com a gente no bug, fizemos do nosso jeito, e foi bem melhor. A ilha é bem sinalizada, dá pra fazer legal toda ela sem guia, exceto algumas trilhas e o Atalaia. Uma dica, veja como funciona o ilhatur, veja os locais, os roteiros, e monte vc mesmo o seu. Fizemos a trilha longa do atalaia, se tiver um pouco de disposição pra uma caminhada, vale a pena... foi um dos lugares mais bonitos da ilha. Tem várias trilhas que dependem da época e do tempo pra fazer. Se vc não sabe nadar, não se preocupe, dá pra fazer apnéia com calma e aproveitar tudo, basta usar direitinho o equipamento de mergulho e confiar no guia, eu indico o Daniel Pegaleve (81) 9678 4921 ou (81) 8694 0540 o e-mail dele é [email protected] - agenda antes de ir pra Noronha com ele, assim vc pode fazer todos os passeios com ele. Um cara jóia, tem que ver que atenção... ele te puxa por uma bóia, e depois te segura pela mão... eu fiz duas vezes o mergulho com ele, a galera que tava comigo também. Ele também aluga moto e outras opções, faz outras trilhas tb. Se vc marcar com ele, diz que foi os dois casais de minas que indicaram ele pra vc. Tem coisas imperdíveis: Para nós a Longa do Atalaia, valeu d+ a pena. Na Atalaia curta, tem que ver a hora, pq as vezes tem muita alga e não da pra ver nada. Leve o equipamento de mergulho e salva-vidas – te dá conforto e tranqüilidade. A palestra no tamar do Léo, nas sextas as 8 da noite, é IMPERDÍVEL, deveria ser obrigatória para todos, pois o nosso comportamento em relação aos animais e mergulhos mudou muito. Sueste – apnéia onde mais vimos animais... as tartarugas ficam pertinho de vc, os tubarões nadam abaixo da sua barriga... nem se preocupam com a sua presença. Eu faria lá todo o dia se pudesse. Só pra nadar com as tartarugas. Verifique no tamar qual o dia e praia que os biólogos irão a busca de tartarugas pra fazer mapeamento delas, dá pra vc acompanhar todo o processo. Quando a gente foi, isso ocorreu na praia do Boldró. Por do sol em vários lugares possíveis, no porto da vila dos remédios, no porto do boldró, na praia do Sancho... tudo lindo! No passeio do barco vc tem uma noção geral da ilha, e dá pra ver o que mais de agrada. No ilhatur a mesma coisa... vale a pena os dois. Se não for alugar o bug, se preocupe não, o busú passa de meia em meia hora. O resto, deixo por sua conta descobrir. Vc vai escolher o melhor local, e fazer o seu próprio relato de viagem... Apenas fique esperto com muitas promessas e papo de guia. Alguns preços: Bug – Baixa temporada encontra de até R$90,00 por dia – Coloca 30,00 de gasolina por dia que dá. Moto: R$70,00 – baixa temporada Restaurantes: Na Vila dos Remédios: Flamboyant- de dia é self-sevice a noite a lacarte - 42,90 - comida muito boa Ousadia - 39,90 – São Miguel – Caro. Do Bill - na primeira rua depois da creche sobe a direita, R$26,00 por pessoa Jacaré fica ao lado do bco Sant 15,00 e come à vont. - mas tem que chegar cedo, bem cedo, se não fica com resto. Cantinho da Paz - ao lado da lotérica e do Ousadia - da D. Holanda e sua filha Bia, fazem uma massa de pastel delíciosa, com recheios super caprichados, o de carne é o melhor. Tudo lá é bom e gostoso, a tapioca tb é muito boa, faz caldos muito saborosos, ela sempre dá uma provinha pra gente antes. O atendimento delas é muito bom. O que custa mais caro lá é R$ 6.00. Açaí da vila - Da Raquel, em frente a pracinha da vila dos Remédios onde tem feirinha de sábado, na parte de baixo. Atendimento bom, açaí bom e o creme de cupuaçú bom. Preço bom No museu do tubarão o bolo de brigadeiro que eles vendem lá é mara! R$ 7,00 o pedaço. Pizzaria namoita – indo em direção a vila dos trinta, na BR - pizza grande e gostosa – 38,00 reais. Pousadas: tem muitas na vila do trinta, mas o melhor lugar pra ficar é na vila dos remédios - a suíte pro casal fica entre R$ 120,00 e 140,00. Iris: (81)36191320 Rosélia 81 3619-1671 MALIBU 081 36190174/ 081 87444757 Dos Golfinhos - não tem o telefone Tem várias na vila dos remédios mas não fique na casa da MARIA DE GOUVEIA Qualquer outra dúvida, entre em contato comigo no e-mail [email protected]
  12. Rosa Paixão

    Fernando de Noronha

    maiza marcia: Quando você for fazer o acqua-sub pede para os caras te emprestarem um colete salva-vidas, vc vai se sentir mais segura. Se vc puder ir primeiro no Sueste, e fazer o primeiro mergulho, que na verdade não é mergulho e sim uma flutuação, vc vai ver que é tranquilo, principalmente se vc for com o Daniel Pegaleve (81) 9678 4921 ou (81) 8694 0540 o e-mail dele é [email protected] - agenda antes de ir pra Noronha com ele, assim vc pode fazer todos os passeios com ele. Um cara jóia, tem que ver que atenção... ele te puxa por uma bóia, e depois te segura pela mão... eu fiz duas vezes o mergulho com ele, a galera que tava comigo também. Ele também aluga moto e outras opções, faz outras trilhas tb. Se vc marcar com ele, diz que foi os dois casais de minas que indicaram ele pra vc.
  13. Rosa Paixão

    Fernando de Noronha

    maiza marcia: Pode ir sem medo de ser feliz... quando for no Sueste, procure o guia Daniel, um baixinho moreno, ele é super gente boa, tinha eu e mais um colega que estávamos com medo, ele deu super segurança pra gente.
  14. Rosa Paixão

    Fernando de Noronha

    Se quiser escrever suas dúvidas pelo e-mail, eu abro mais lá do que aqui, e como vou fazer uma cirurgia quinta, até semana que vem não vou vir por aqui. [email protected]
  15. Rosa Paixão

    Fernando de Noronha

    Outra coisa que foi muito importante e a dica valeu ouro foi escolher o lugar no lado esquerdo do avião na ida... o tour que o piloto faz já vale a viagem... de tirar o folêgo e de me deixar com lágrimas nos olhos... OBRIGADA PESSOAS!
×