Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

fuskinhalr

Membros
  • Total de itens

    28
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Outras informações

  • Próximo Destino
    Colombia - Panamá (San Blás) - Aruba - Curaçao
  1. fuskinhalr

    Cartagena de ìndias em junho de 2013

    Fala Marcelo !!! Estarei em Cartagena entre os dias 09 e dia 14 de Junho !!! Vai estar eu e mais dois amigos !!! Vamos combinar alguma coisa por lá !!! Abraços !!!!
  2. Parabens pelo seu relato Carla...estarei indo agora em Junho e ja peguei bastante dicas por aqui !!! Estive no Panama no ano passado, e realmente a hora que falamos que somos brasileiros eles adoram....rs...Mas como nao fui para San Blas vou aproveitar agora e vou conhecer esse paraiso que todos falam !!!!
  3. Parabens pelo seu relato Carla...estarei indo agora em Junho e ja peguei bastante dicas por aqui !!! Estive no Panama no ano passado, e realmente a hora que falamos que somos brasileiros eles adoram....rs...Mas como nao fui para San Blas vou aproveitar agora e vou conhecer esse paraiso que todos falam !!!!
  4. fuskinhalr

    San Blas - Perguntas e Respostas

    Obrigado pela dica Michel !!! Ano passado eu já não consegui ir em minha estada pelo Panamá, agora este ano, como vou fazer escala por lá, quero incluir os dias necessários para curtir San Blas, acho que vou ficar pelo menos 3 dias de acordo com a sua dica...se eu tivesse certeza que conseguiria voltar a tarde, ótimo, mas não quero correr o risco também !!! Valeuuuuu !!!!
  5. fuskinhalr

    San Blas - Perguntas e Respostas

    Galera mochileira !!! Vou estar de passagem pelo Panamá na minha próxima viagem e tenho uma dúvida em relação a San Blas que é um destino que não fui no meu ultimo mochilão mas nesse faço questão de visitar !!! Bem, vamos a dúvida !!! Pretendo ir logo pela manhã para San Blas, ficar mais um dia inteiro na ilha e no outro voltar no fim da tarde, tem como ??? Ou o transporte de volta para a Cidade do Panamá é todos pela manhã ???? Se for o caso de transporte somente pela manhã de volta, 2 noites e um dia inteiro neste paraíso é o suficiente.... Alguém me ajuda..rs... Obrigado galera !!!
  6. Eu gastei em torno disso...6 mil...como eu disse, nao passei vontade de nada, so que fui em uma epoca que o dolar estava 1.80.....mas sinceramente acho que vc consegue sim, e o principal, vc nao vai se arrepender, te aconselhoba fazer esta trip...e se tiver alguma duvida estou a disposição.... Abracos e boa viagem
  7. Valeu Bruno !!! Se você for tenho certeza que não vai se arrepender !!! Ibravin, não sei como é o clima em Setembro naquela região, eu tive sorte e peguei a maior parte do tempo com céu azul, mas a região, principalmente na Costa Rica e Guatemala costuma chover muito !!! Por isso dá uma pesquisada e verifica qual é a melhor época para viajar para aquele paraíso !!! Em relação aos gastos, com 100 dólares diários você vive muito bem, alguns países são muito baratos, como a Nicarágua, mas em compensação na Costa Rica tudo é muito caro, Guatemala e Panamá achei os gastos médio !!!! Qualquer dúvida só falar !!!
  8. Paulera !!! Mais um relato espetacular, está de parabéns !!! Deu vontade agora de conhecer estes dois países !!!! Depois de eu ter me inspirado no seu relato para América Central e não ter me arrependido de nada, acho que posso ir que tenho certeza que vai ser muito legal !!!! Qualquer coisa volto a te perguntar novamente...rs... !!! Abraços !!!!
  9. Valeu Paulera !!! A trip só deu certo graças a sua dica por aqui !!! Realmente valeu a pena a viagem !!!
  10. Valeu galera !!! Thyagolm, um dia eu vou voltar só para ir nestes dois lugares...rs...San Blás com certeza eu volto !!! Até agora penso em como não fui pra lá !!!
  11. Nunca tinha passado pela minha cabeça conhecer a América Central algum dia, mas depois de conversas com amigos, vendo fotos e tudo mais, comecei a planejar o meu mochilão para um paraíso pouco explorado por nós brasileiros. Combinei com mais um amigo e fizemos todo o planejamento necessário para aproveitar ao máximo, tive que excluir alguns lugares do roteiro, como Belize e San Blás (Panamá), mas como não sei quando iria ter oportunidade de voltar, tive que fazer escolhas e tudo saindo dentro do esperado. Comprei as passagens para o Panamá e retorno de Cancun, efetuei reserva em um hotel de Cancun pela decolar e sabia que não podia atrasar em nada o meu roteiro. Economizei bastante, mas também não deixei de fazer nada do que gostaria, principalmente em relação a balada. Espero que gostem do roteiro e fiquem a vontade para perguntar e tirar qualquer dúvida. 03/03/2012 – São Paulo – Panamá City Saímos de São Paulo com destino a Panama City para iniciar a longa trip pela América Central, pegamos um vôo às 05:45 da manhã pela Copa Air e chegamos no Panamá as 10:30, hora local. O desembarque foi tranquilo e a imigração também. Pegamos um taxi dentro do aeroporto mesmo, dividimos com duas argentinas e fomos direto para o Casco Viejo, vimos anteriormente que teria várias hospedagens à disposição. Não tínhamos reserva em nenhum hostel, e através das dicas a intenção era ir até o Lunas Castle, chegando não tinha habitação privada e optamos em não ficar hospedado ali, conseguimos uma hospedagem privada com banheiro no Hotel Casco Antiguo por 19 dólares por pessoa, fechamos uma noite somente porque no outro dia já iríamos partir para Bocas de Toro. À tarde fomos ao Albrook Mall, aquele lugar é o paraíso para compras e um dia não foi suficiente..rs...compramos a passagem para Almirante para o dia seguinte e a noite fomos para a Calle Uruguay , muitas baladas e bares, a noite panameña é simplesmente demais e eles adoram o povo brasileiro. 04/04/2012 – Panamá City Depois de uma ótima noitada, acordamos cedo para aproveitar ao máximo o dia, fomos ao Canal do Panamá, o lugar é fantástico, uma engenharia incrível e tivemos a sorte de ver um navio passando no exato momento que estávamos lá, ficamos cerca de 4 horas no canal e depois fomos dar uma volta no Casco Viejo, a primeira impressão é que não existia segurança no local, mas depois de andarmos bastante vimos que existia muitos policiais nas ruas e eles estão investindo alto no turismo. Voltamos ao hotel, pegamos nossas coisas e fomos até o terminal deixar as mochilas e matar à tarde no shopping. As 21hspegamos o bus para Almirante (sempre compram a passagem antes, porque se deixar para comprar na hora com certeza não vai encontrar disponibilidade ). 05/04/2012 – Bocas Del Toro Chegamos em Almirante as 5 da manhã, e ali já pegamos um Ferry para ir a Bocas, no Ferry conhecemos um cara gente boa, da Copeguitour e indicou um ótimo hostel, Cayo Zapattilas e fomos pra lá, a idéia era fazer logo pela manhã algum passeio, mas estava chovendo muito e deixamos para a tarde, onde fomos para Isla Red Frogs, muito bonito o lugar e deu para aproveitar, pena que o tempo não ajudou muito e o primeiro dia não deu para ver a verdadeira cor do mar caribeño. A noite saímos para uma balada chamada Barco Hundido, essa noitada também foi espetacular, aproveitamos muito e conhecemos gente do mundo inteiro, inclusive um casal de brasileiros. A cidade de Bocas é totalmente turística, pessoas do mundo inteiro frequentam aquele lugar. 06/04/2012 – Bocas Del Toro Acordamos as 08:30 e as 09:00 já tínhamos passeio agendado para Isla Zapattilas, Cayo Corales e Baia de Delfines. Abastecemos a cooler com cerveja e fomos para o passeio, que durou o dia inteiro, fizemos snorkel, vimos os golfinhos e aproveitamos muito, a Isla Zapatilas foi o melhor lugar, estava chovendo para chegar até lá e o barco parecia que ia virar, um conselho é sempre pegar os lugares na parte de trás do barco, na frente parece uma montaria em touro bravo. Este passeio durou o dia inteiro, chegamos de volta em Bocas era as 18hs, cansados da noite anterior e do dia que passamos, resolvemos ficar mais tranquilo, mas não conseguimos, como era a última noite em Bocas, queríamos aproveitar mais um pouco. A vontade era ficar mais um pouco em Bocas, só andando pelas ruas, conhecendo as pessoas e mais um pouco de sua cultura, mas como nosso roteiro estava planejado, resolvemos não correr o risco de perder um dia logo no inicio da viagem. 07/04/2012 – Bocas Del Toro – La Fortuna (Costa Rica) Saimos de Bocas logo no primeiro Ferry as 06:00hs, depois pegamos um taxi até a fronteira com a Costa Rica, tivemos que esperar uma hora para abrir a fronteira do outro lado, devido ao fuso horário, foi tudo muito tranquilo e próximo dali pegamos o primeiro bus para San José, logo as 08:45 da manhã. Chegamos em San José as 13:30 e não tinha mais ônibus direto para La Fortuna, que era o nosso destino final, então resolvemos ir até o Terminal da King Quality e garantir a passagem da Nicarágua para Guatemala, tem um bus que sai as 2 da manhã, e como é muito concorrido, compramos com alguns dias de antecedência. Próximo deste terminal tem um outro terminal e pegamos um bus até Quesada, sai de hora em hora, mais 3 horas de viagem e depois de Quesada a La Fortuna mais 1 hora, chegamos em Fortuna as 07 da noite, conseguimos uma hospedagem por 10 dólares, quarto e banho privado e de frente para o vulcão. Fomos dar uma volta pela cidade, estava muito vazia devido a crise americana, mas já descobrimos o que deveríamos fazer na cidade. 08/03/2012 – La Fortuna (Costa Rica) Acordamos cedo e fomos até uma agência para fecharmos os passeios, fechamos logo o Canopyng mais o passeio pelo vulcão por 80 dólares tudo. Fizemos o canopy pela manhã, muito show, compramos o cd com fotos e vídeo, mais 20 dólares e a tarde fomos fazer o tour guiado pelo vulcão Arenal, é um parque muito bonito e o guia (chamado Manfred) um cara que conhecia tudo e mais um pouco, este passeio valeu muito a pena, no final fomos nos banhar nas águas termais próximo ao vulcão. A noite fomos jantar e tínhamos decidido de ir embora no outro dia para a Nicarágua, assim ganharíamos mais um dia na viagem. 09/03/2012 – La Fortuna – Frontera (Costa Rica) Como o nosso roteiro de saída da Costa Rica estava planejado para irmos de manhã e somente no outro dia, aqui saiu um pouco fora do planejado. Acordei pela manhã e fui atrás de informações alternativas para chegar até a fronteira, e todos disseram que era bem tranquilo, mas só passava um ônibus as 15hs em El Tanque. Arrumamos as nossas coisas e pegamos uma taxi até El Tanque, as 15hs o ônibus passou e rumamos até a fronteira, a nossa ideia era dormir na Costa Rica e no outro dia atravessarmos a fronteira e informações era que tinha hospedagem, depois de 5hs de ônibus de linha por estradas de terra, chegamos ao destino e aqui foi o nosso maior susto. Quando estávamos descendo do ônibus, o motorista perguntou onde iríamos e dizemos que procuraríamos uma hospedagem, ele disse que não tinha nada ali e era muito perigoso, nisso tinha uma pessoa do lado de fora dizendo que nos levaria até a hospedagem e o motorista insistiu dizendo que era um golpe. Ele nos levou até uma vila próximo dali e disse que o único lugar para dormir disponível era uma casa de uma senhora muito mal encarada e que não era para a gente tentar a atravessar a fronteira a noite. Esta senhora, vendo nosso desespero e preocupação, teve a cara de pau de cobrar 20 dólares por pessoa por um quarto sem banheiro, cheio de pulgas e fezes de rato, dissemos que este valor estava alto, ela olhou para a nossa cara e disse, ou pagam ou perdem tudo na fronteira, ficamos sem opção, dormimos com fome e com alguns goles de tequila. **** Dica importante : Nunca tentem atravessar a fronteira da Costa Rica com a Nicarágua a noite, é muito perigoso e é uma terra sem lei. 10/03/2012 – Fronteira – Ilha Ometepe (NIC) Depois do susto no dia anterior, a única coisa que queríamos era ir embora o quanto antes, acordamos as 6 da manhã e fomos direto para a fronteira, a pé em meio aos caminhões, chegando lá veio um rapaz dizendo que nos auxiliaria com todo o tramite, vimos sua identificação e arriscamos, no decorrer ele nos informou que trabalhava por conta e pareceu ser bem confiável, graças a Deus correu tudo bem, ele nos levou até um taxi e fomos até São Jorge onde pegamos uma balsa até a ilha, chegamos por volta das 11 da manhã. Procuramos uma hospedagem e conseguimos uma com quarto privado e banheiro, por 5 dólares, o nome era casa familiar, descansamos, tomamos um banho e alugamos uma bicicleta, onde fomos até a Punta Jesus Maria, curtimos um pouco e a noite fomos andar pela vila da ilha e pegar algumas informações para o outro dia. 11/03/2012 – Ilha Ometepe (NIC) Alugamos um quadriciclo e fomos explorar a ilha de acordo com os relatos aqui no mochileiros, fomos na Playa de Santo Domingo, e depois aos Ojos d´agua. Aproveitamos muito o dia e no final ainda passamos de novo pela Punta Jesus Maria tomar mais algumas Vitorias e algumas Toña. Os ojos d´agua é de uma beleza incrível, valeu a pena a indicação do pessoal, também fomos até a reserva de Charco Verde, andamos pelo parque, mas nada comparável aos Ojos d´agua. Resolvemos que no outro dia estaríamos de novo na estrada. 12/03/2012 – Ilha Ometepe – Granada – Manágua (NIC) Neste dia pegamos a balsa até São Jorge e lá dividimos um taxi com mais dois americanos até Granada, almoçamos, demos uma volta pela cidade, gostaríamos de ficar mais um dia em Granada, mas tínhamos passagem comprada logo no outro dia de madrugada saindo de Managua, então não tivemos escolha e fomos para Manágua, pegamos um hostel ao lado do terminal da King Quality, pagamos 17 dólares e depois vimos que compensou muito, porque conhecemos pessoas que pegaram taxi na madrugada e pagaram muito caro, devido ao horário não ter muita disponibilidade. Fomos até o shopping e dormimos cedo, porque no outro dia a viagem iria ser longa 13/03/2012 – Manágua (NIC) – Guatemala City / Antígua (GUA) A King Quality é a única empresa que faz o trecho Managua/Guatemala em um único dia, e como queríamos ganhar tempo na viagem, optamos por esta empresa, onde tínhamos comprado passagem anteriormente em San José (Costa Rica). O bus saiu as 02:30 de Managua, e a viagem foi muito confortável, todas as fronteiras foram bem tranqüilas, mas ouvi falar que se você atravessar por conta, pode haver muitos transtornos. O ônibus faz uma escala em San Salvador, onde chegamos por volta das 12:00hs, as 15:00 saimos com destino a Guatemala City e até Burger King ofereceram no bus. Chegamos em Guatemala City as 20:00hs, e não tinha mais ônibus para Antigua, conhecemos um casal dinamarquês e dividimos um taxi até o nosso destino. Pagamos 30 dólares para os 4 passageiros. Chegamos em Antigua e não tínhamos reserva, fomos atrás de hostels e todos lotado, conseguimos um hotel onde passaríamos a noite e no outro dia com mais calma procuraríamos outra opção. Fomos conhecer a noite de Antigua, muito animada por sinal. Aproveitamos bem este dia apesar do cansaço. 14/03/2012 – Antígua (GUA) – Vulcão Pacaya Logo pela manhã já tínhamos combinado de ir até as agencias de turismo e fechar todos os passeios, após fecharmos o Vulcão Pacaya e o Lago Atitlan, fomos conhecer a cidade de Antigua durante o dia. Esta cidade é simplesmente fantástica, mantendo todas as suas construções antigas e restauradas, claro que algumas ainda estão em fase de restauração, mas é uma volta no tempo quando caminhamos por estas ruas. Para vocês terem ideia, se quiserem encontrar algo precisa olhar para as plaquinhas, porque não existe fachada na frente dos comércios. Voltamos para o hotel, pegamos nossas coisas e fomos até outro albergue, com banheiro privado também. A tarde a van nos pegou e fomos para o vulcão Pacaya, a cerca de 1 hora de Antigua. Chegamos e uma coisa que recomendo, leve bastante água, a subida é muito cansativa, levando cerca de 1hr de caminhada, mas todo o esforço vale a pena, apesar de não ter mais lavas, a vista é fantástica e a história de tudo aquilo também é inesquecível, o por do sol foi um dos mais bonitos da viagem. No cair da noite voltamos para Antigua, apesar do cansaço fomos para alguns barzinhos, mas voltamos logo porque no outro dia sairíamos as 5 da manhã para o lago Atitlan. 15/03/2012 – Antigua – Lago Atitlan As 5hs da manhã a Van passou pegar a gente no hostel e fomos conhecer o Lago Atitlan, fechamos este passeio com guia, custou 20 dólares a mais, mas recomendo, porque o lago é muito bonito e com a explicação de toda a história fica melhor ainda. São duas horas e meia até o lago e de lá pegamos um barco para percorrer as cidades que ficam em sua volta. Este passeio durou o dia todo, passamos por vários vilarejos e conhecer um pouco da cultura de cada lugar foi muito aproveitável. O lago Atitlan é rodeado por 12 cidades, cada uma com o nome de um dos apóstolos, e também por 3 vulcões. A cor d´agua é linda e este lago é considerado um dos mais belos do mundo. Se eu tivesse mais alguns dias de viagem com certeza ficaria mais alguns dias nesse lugar. Uma observação, quando forem fechar este passeio, exigem um transporte decente, fomos de um Shuttle muito velho e os assentos estavam caindo aos pedaços, foi difícil a volta e toda hora pedíamos para o motorista parar poder descansar um pouco. Chegamos em Antigua cansados novamente, mas mesmo assim fomos aproveitar mais um pouquinho da noite nesta cidade. 16/03/2012 – Antigua – Semuc Champey Último dia em Antigua, resolvemos acordar cedo e caminhar mais um pouco pela cidade, pois o nosso transporte para Semuc Champey iria sair as 14:30. Fomos no mercado de artesanato, muita coisa legal e também fomos passear pelas construções antigas. As 14:30 estavamos pronto para encarar mais 7 horas de viagem, só que um problema fez com que o nosso shuttle atrasasse, resumindo, saímos as 16:30 e chegamos muito tarde em Lanquin, por volta das 11 da noite, ali pegamos um “pau de arara” até Semuc Champey, onde tínhamos reservado hospedagem, mais uma hora em meio a escuridão e frio, e chegamos a nossa hospedagem, na porta do parque de Semuc Champey 17/03/2012 – Semuc Champey Como ficamos no hostel El Portal, estávamos a 100 metros da portaria do parque nacional de Semuc Champey, simplesmente o lugar mais bonito de toda a viagem, a beleza deste lugar é incomparável, fazendo com que o esforço e sofrimento do dia anterior tenha sido válido. Indico a ficar neste hostal, porque você pode aproveitar o parque das 8 até o seu fechamento as 18hs, se ficar em Lanquin terá que pegar um transporte extra e encarar mais 1 hora de viagem, fazendo com que o tempo no parque seja curto !!!! Só de se banhar nas águas cristalinas vale a pena. Não tem muito o que falar deste lugar, só vendo as imagens mesmo. A noite no hostel fechamos todo o transporte para o dia seguinte até flores, onde encararíamos mais 9 horas de viagem, mas agora com as energias renovadas. 18/03/2012 – Semuc Champey – Flores O transporte para Lanquin e depois Flores iria sair as 7 da manhã, de novo uma hora em pau de arara até Lanquin e depois chegou a Van que nos levaria até Flores, esse foi o pior dia da viagem em termos de tranporte, não sei o que aconteceu mas eles venderam mais lugares do que realmente existia, resumindo, a viagem de 9 horas foi feita dentro de uma lata de sardinha, não tínhamos escolha, brigamos, discutimos, mas não tínhamos outra opção, então resolvemos encarar. Chegamos em Flores e já fechamos o passeio para Tikal com guia e também a saída para o México. A ilha de Flores é um bom lugar para se hospedar, muitos turistas e uma cidade agradável, ficamos em um hostal com vista para o lago e por um preço muito bacana. 19/03/2012 – Flores – Tikal Tikal era um dos lugares que mais me empolgou a fazer a viagem pela América Central, me fascinava cada vez mais conhecer uma das maiores civilizações de mundo antigo. O passeio para Tikal começou as 5 horas da manhã, saindo do hostel em Flores, mais ou menos 1 hora depois estávamos na entrada do parque. O parque fica localizado no meio da selva de Peten, e o ideal é ir cedo porque esquenta cada vez mais conforme o decorrer do dia. Neste passeio também optamos pela presença de um guia, e não me arrependo de nada, paga-se um pouco a mais, mas vale a pena. Muitas pessoas que eu tinha conhecido no decorrer da Guatemala estava em Tikal no mesmo dia e eles estavam sem guia, é muito bonito olhar as ruínas, mas sem saber o significado e a história de cada uma não tem a mesma graça. Andamos bastante, tiramos fotos, subimos em alguns templos que ainda são permitidos e as 2hs da tarde estávamos voltando para Flores, não é necessário mais que este tempo, de 4 a 6 horas no parque é suficiente. Aproveitamos para descansar e curtir um pouco mais a cidade de Flores, porque no outro dia atravessaríamos a fronteira com o México, e também seria um longo dia até Palenque. 20/03/2012 – Flores – Palenque (Méx) Infelizmente a Guatemala iria ficar para trás, se eu pudesse ficaria mais alguns dias nesse país, e um gostinho de quero mais ficou. Mais um dia que acordamos muito cedo, a Van passou nos pegar no hostel as 6hs da manhã para a travessia até o México. Optamos por fechar todo este trajeto também por uma agencia, devido aos relatos e também devido ao que passamos na fronteira com a Nicaragua, não estávamos querendo arriscar e sim fazer tudo com segurança. Acho que a escolha foi acertada, o posto fronteiriço foi tranquilo e também quando chegamos ao rio já tinha um barco nos esperando, mais uma hora de barco e estávamos em território mexicano, passamos pela fronteira, e pegamos uma Van até Palenque. Na saída tem uma pessoa cobrando pedágio de estrangeiros, fingi que não era comigo, mas não teve jeito, enquanto não pagava não poderíamos sair. Neste trajeto existe muitas barricadas, fomos parados 3 vezes para revistar a mala e as mochilas, disseram que é por causa do tráfico de drogas. Chegamos em Palenque as 14hs, fomos na rodoviária e compramos a passagem para Mérida, o ônibus sairia somente as 21hs. Cansados fomos procurar uma hospedagem na proximidade, para tomar banho e descansar, conseguimos uma próxima pelo valor de 15 dólares para duas pessoas, era a única opção e como estávamos exaustos não pensamos duas vezes. A 21hs o ônibus saiu com destino a Mérida. 21/03/2012 – Palenque – Mérida – Cancun Chegamos em Mérida as 6hs da manhã, o ônibus foi muito confortável e deu para dormir a viagem inteira, tomamos um café no terminal e já compramos a passagem para Chichen Itza as 7hs da manhã, de Mérida a Chichen Itza é mais ou menos 1:15hs. A nossa intenção era chegar em Chichen e comprar a passagem para a Cancun, e de acordo com os relatos, verificamos que umas 5hs dentro do parque era suficiente, então compramos as passagens com destino a Cancun para as 14:30. Conhecer mais uma maravilha do mundo moderno me empolgava bastante e quando eu cheguei até estranhei, tinha muita, mas muita gente, achei que era normal mas não, descobri que no dia 21/03 era o equinócio, e um dos dias mais importante da civilização Maia, e isso iria acontecer por volta das 16:00hs. Fiquei muito chateado porque já tinha passagem comprada e não quis pensar muito nisso. Fui aproveitar e conhecer as ruínas, tudo muito bonito e tudo muito para turista ver. Não me entusiasmei tanto igual a Tikal, mas mesmo assim valeu a pena, acho que um pouco disso foi por causa do guia que contratamos no parque, o cara não falava nada com nada e isso tornou o passeio junto ao guia um pouco entendiante. Tudo em Chichen é muito caro, menos as lembrancinhas que além de ser baratas também é de muito má qualidade, comprei uma réplica da pirâmide e não durou meia hora...rs.. Saímos de Chichen e fomos para Cancun, mais 4hs de viagem e chegamos ao nosso destino final da viagem, onde iríamos aproveitar e descansar um pouco, porque teríamos mais nove dias pelas frente. Fizemos o Check in no hotel reservado (Sotavento, reserva antecipada pela decolar à R$ 88,00 para duas pessoas), e fomos conhecer a noite de Cancun e o Spring Break. 22/03/2012 – Cancun – Isja de Mujeres Acordamos cedo e pegamos um ferry até Isla de Mujeres, 25 dólares ida e volta !!!! Chegando lá algugamos um carrinho de golf e ficamos por conta, só curtindo uma praia e passeando pela ilha....gostei muito do lugar, bem descolado e com muita gente bonita. Pegamos o último ferry de volta para Cancun e a noite mais baladas...rs.. 23/03/2012 – Cancun Aqui tiramos o dia livre, porque iríamos mudar pela última vez de hotel, iríamos para o Krystal onde tínhamos reservado antecipadamente através da decolar e aproveitamos para fechar alguns passeios e fazer compras. 24/03/2012 – Cancun – Tulum - Xel-Há Como queríamos aproveitar ao máximo nossa estadia em Cancun, resolvemos fechar Tulum e Xel-Há no mesmo pacote, pagamos em torno de 100 dólares, com all inclusive em Xel-Há, se soubessemos anteriormente não teria feito isso, porque ficamos muito pouco tempo em Tulum, cerca de 1 hora e meia e não aproveitamos todos os beneficios do Xel-Há. Tulum é de uma beleza inacreditável, as ruinas na beira do mar caribeño vale a visita. O parque de Xel-Há também é muito bonito, é todo natural e a alimentação é ótima. Pena que ficamos pouco no parque e como disse anteriormente, não conseguimos usufruir de tudo. 25/03/2012 – Cancun Outro dia livre, fomos na feira do centro de Cancun, no shopping Plaza das Américas e ficamos curtindo a piscina do hotel. E a noite estávamos mais inteiro para curtir mais uma das baladas de Cancun, neste dia fomos na The City, e foi simplesmente demais. 26/06/2012 – Xcaret Saimos do Brasil com todos falando deste parquet em Cancun, e não tinhamos dúvida que aqui seria um dos destinos certos da viagem, pagamos 115 dólares com traslado. Chegamos no parque logo no horário de abertura, e fiquei impressionado com a estrutura que eles montaram, tudo baseado na cultura maia, até aí, tudo muito bonito, fizemos snorkel e curtimos mais um pouco, mas o dia foi passando e as opções de lazer ficando escassas, acho que é um parque mais familiar, e no fim do dia estava meio decepcionado. Ainda teve o show da cultura maia e Mexicana, este valeu e muito a pena. Mas se perguntarem se um dia eu volto, respondo que não, Cancun tem muitas opções e o Xcaret não vai estar entre elas. 27/06/2012 – Playa del Carmen Mais um dia acordando cedo para aproveitar ao máximo, pegamos o bus na frente do hotel e fomos para o centro de Cancun, de lá saem Vans por um preço muito bom com destino para Playa del Carmen. Uma hora depois e chegamos a mais um paraíso mexicano, e que paraíso. Achei a cidade espetacular, sem a loucura dos prédios de Cancun, e com muitos europeus, a praia de areia branca e a cor d´agua era refresco para os olhos. Fizemos um snorkel próximo a barreira de corais e foi o melhor de toda a viagem, a visibilidade em baixo d´agua chegava a mais de 20 metros. Passamos o dia com várias Coronas e curtindo aquele paraíso. No fim da tarde voltamos para Cancun e iriamos curtir a Cocobongo. Tivemos que ter pique, mas valia a pena. A Cocobongo é um show a parte, vale e muito a visita. É uma mistura de Show com balada e todo mundo louco…rs… 28/06/2012 – Cancun Último dia livre, serviu para curtiu o hotel, e ir as compras, Cancun é muito bom para comprar, não se compara ao Panamá, mas os preços são ótimos. Fomos em 3 shoppings na cidade e a noite fomos curtir a última oportunidade da vida noturna de Cancun. 29/09/2012 – Cancun – São Paulo Saímo de Cancun em um voo as 7hs da manhã, com escala no Panamá, chegamos no Brasil as 20hs da noite. Espero que tenham gostado do meu relato e se algum de vocês estiverem pensando em conhecer a América Central, deixem de pensar e vão, vale e muito a pena.
  12. Muito bom o seu relato !!! Acabei de retornar da minha trip pela América Central e em breve estarei postando aqui !!!! Abraços !!!!
  13. Hindu..... show de bola a viagem e sensacional o relato....estou indo agora no mês de Março....vamos ver no que vai dar....falo portunhol somente....rsrsrs....Espero curtir igual você curtiu..... Abraços !!!!
  14. Daliana !!! Olha eu aqui novamente para tirar mais algumas dúvidas...rs...estou em reta final de planejamento e só vc acho que pode me ajudar...rs...!!! O que vc acha melhor, San Blás ou Ilha Ometepe ???? Vc acha que dois dias inteiro para curtir San Blás e um dia inteiro em Bocas está bom ????? é que toda vez que vejo suas fotos não consigo deixar de imaginar que não vou conhecer San Blás...rs...!!!! O custo é muito alto por lá ???? Posso te add no msn ou no face para eu te encher um pouco mais...rs... Obrigado mais uma vez !!!!
  15. Olá....vou em Março sim...comprei as passagens pela Copa !!!!! Vc vai quando ???? Mando o seu roteiro pra mim, quem sabe não dá certo de a gte ir junto !!!! Abraços !!!!
×