Ir para conteúdo

Facos

Membros
  • Total de itens

    236
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que Facos postou

  1. Olá João, Acho questão de preço e dos modelos. Eu pesquisei antes e não encontrei mais em conta. Emobra tenha ocorrido tudo aquilo comigo, acho que no fim eles são organizados. Se puder deixar o veículo em outra localidade, bem melhor, se não me engano, na MC RENT não pode. Quanto ao roteiro, tem certeza que não pode evitar este vai e vem de Portugal e Espanha ? Se for pela mesma via fica cansativo, mas se forem outros caminhos tá legal. Quanto ás perguntas: - Não são no formato brasileiro mas no meu caso o que cabia eram dois pinos mas precisava de um plug para alcançar. Eu levei uma extensão em que tinham 3 entradas que cabiam todos os formatos. Perca seu tempo procurando. Aliás, meu tio que mora lá me deu 2 pequenos plugzinhos extensores que me ajudaram muito, mas infelizmente não tenho foto. Outra forma é utilizar o carregador do painel - era lá que eu carregava tudo durante a viagem pois a eletricidade não estava ligada. Eu comprei algumas geringonças que permitiam conectar o plug do acendedor de cigarros para vários outros plugs e mais um que trasformava aquilo em tomada mesmo. Procure naquelas lojas de importados e bugigangas. - Quanto aos mapas, peguei um cara especialista que baixou tudo ! alias, sei lá como ele fez isso mas meu GPS hoje são 3 x 1. Mapas do Brasil (locais e originais) e outros de todos os países + um tereceiro engraçado. Parece um sistema de computador. - Diesel. Não tem muita variedade não, mas eu preferia pagar mais barato. Todas as bombas tem o Diesel. - Quanto aos travesseiros e afins, eu peguei com minha tia pois achei um absurdo os valores cobrados pelo MH. Eram 50 Euros por pessoa... caraca ! Não cheguei a verificar os valores por lá, mas se você tiver tempo e paciência, acho que valerá mais comprar lá... o problema é trazer de volta. Pode incomodar a hora que quiser ! Abs Stephan... nem tinha notado ! kkkkkkkkkkkkkk
  2. 18/07 Dia de passear em Barcelona ! Bom, lá é que descobrimos os ônibus sightseeing e assemelhados, esses ônibus que fazem o percurso das principais atrações turisticas da cidade e você pode subir e descer quantas vezes for necessário. Compramos mas estava muito difícil de encontrar ônibus com lugares vagos... loucura mesmo. A princípio é ótimo mas em altas temporadas não há ônibus o suficiente e se você vai ficar 1 dia apenas é muito complicado usar o ônibus. Melhor usar o sistema de transporte local. Melhor é fazer um pacote de dois dias e no primeiro dia fazer um tour geral sem descer. Após efetuar a primeira volta você poderá algumas para começar a visitar. No dia seguinte visite outras mais importantes. Eles possuem fones de ouvido com descrição dos locais em português. Como Barcelona é mais conhecida, vou postar somente algumas fotos e comentários, se necessário. Arquitetura da cidade (casa batlló entre elas) Fomos a Sagrada Familia (para mim é o ponto chave de Barcelona) Tiramos muitas fotos mas essas já passam o espírito do local. Fomos visitar também o Camp Nou ( Campo do Barcelona ) Mais algumas fotos... muitos lugares visitados. Panorâmica do Bairro Gótico Finalizamos nas Las Ramblas, uma das ruas mais conhecidas e badaladas de Barcelona, comendo uma paella apimentada !
  3. kkkkkkkkkkkkkkkkkk, pode rir mesmo pois agora é história para ser compartilhada ! Esse negócio da clarabóia foi realmente intenso. Veja que até o momento só havíamos pego dias ensolarados. Foi na noite em que a clarabóia voou que choveu !Quando eu não a encontrei pensei comigo... f.. vou lvear essa m... de carro embora e vamos fazer a viagem de outra forma pois eu ja estava de saco cheio de transtornos, mas acho que foi azar mesmo. A clarabóia simplesmente estourou nas duas travas. Acho que havia muia ventania. Com relação às minhas crianças ? putz, elas adoraram ! elas levam tudo na boa e deram muita risada de mim ! Faço um pouco de drama, xingo demais mas no fim, com a ajuda de minha esposa, não repassso para elas... Foi igual quando furou meu pneu na rota 40 na Argentina...não havia nada porperto, quase anoitecendo e elas correndo pra lá e pra cá me filmando ! kkkkkkkkkkkkk PS - eu até havia esquecido o nome da peça e vou substituir para clarabóia ! kkkkkkkkkkk
  4. 17/07 Bom, depois da noite mal dormida, acordamos cedo, para variar, para conhecer Toledo. Subimos as escadas rolantes que são bem cômodas e começamos a tirar fotos. O lugar é encantador e as vielas são realmente estreitas mas, por incrível que pareça, ainda circulam mini carros, e quando eles passam, as pessoas tem que se encostar nos beirais de portas porque um carro e uma pessoa não passam juntos Não vou ficar contando história pois essa vocês encontram nos livros, desta forma seguem algumas fotos. O que vale mais é a Catedral central e o Alcazar, mas o canal é se perder pelas vielas caminhando sem pressa alguma. Alias, por ser uma cidade neste estilo, ela possui muitas lojas caras. Depois que se cansar, vá à praça mais importante que se chama Plaza de Zocodover para tomar uns drinques e comer algo. Aliás, para fazer comprinhas, vá às lojas acima dessa praça, na lateral do Alcazar, que são bem completas. Meu filho quis trazer uma espécie de garrucha medieval que eu sabia que ia dar problema no avião Panorâmica A cidade vale mesmo a pena mas tínhamos que partir pois estávamos quase alcançando nosso roteiro original. Infelizmente deixamos duas cidades para trás que gostaríamos de ter ido, desta forma que tiver mais tempo na região, minha sugstão é de que visitem Ávila e Segóvia (este último tem um castelo maravilhoso). Nós decidimos não passar por Madri. Já tínhamos passado da outra vez e não vimos nada de mais. Teatros e Jardins em uma cidade grande (ignorantemente falando ! ). Paramos no mercadinho e compramos uns produtinhos locais como fiambre e queijo e partimos em direção à Barcelona. A tarefa não era fácil não, por volta de 720km para serem percorridos até o fim do dia desta forma fomos de auto pista mesmo com o pé no fundo (120 a 130km/h) Neste ponto faço parênteses para explicar como funcionávamos. Eu sempre verificava a distância e calculava 100km/h além do que eu já tinha isso elaborado previamente. Dai, eu fazia as contas de qual o horário de saída seria o suficiente para chegar ao destino no máximo até as 21:00h (horário de fechamento dos Campings, em geral), o que nem sempre acontecia. No caso em questão, como eram umas 7h30min de viagem, então deveríamos partir no máximo as 13:30h. Quando estávamos quase chegando, faltando mais ou menos 150km para o destino, começávamos a procurar Campings pelo meio do caminho, com a ajuda de nosso GPS. Alguns eram furadas ou estavam fechados mas nós não desitíamos, continuávamos sempre até encontrar um camping aberto. As vezes bate o desespero pois naquela região não é tão facil como na Austria ou Alemanha para se localizar, desta forma, o ideal é planejar bem. Passamos pelo Meridiano de Greenwich e lá fomos nós para Barça ! o empolgado da história era o meu filho que adora futebol... Antes, uma abastecidinha básica, aliás, aqui mais parênteses: Não há ninguem que lhe ajude a limpar um vidro e em alguns postos, não se envergonhe de pegar o rodinho para limpar o pará brisas e lanternas. Outra coisa, ao abastecer utilize as luvinhas e guarde-as para efetuar a limpeza da caixa de dejetos. MAS, no meio do caminho tinha uma pedra... tinha uma pedra no meio do caminho... não, nada de pedra não mas não é que a clarabóia do MH saiu voando no meio da estrada ????? que susto enorme ! Já era quase noite e eu estava pisando fundo na "bagaça" para chegar no Camping e ouvimos um estrondo fortíssimo. Parei o veículo imediatamente e fomos verificar as clarabóia e não é que a que cobre a cama superior não estava lá ! Ai caramba, nem estávamos recompostos do início e mais essa ! Parei a droga do carro no acostamento e saí correndo estrada acima. Fui bem longe mas achei a danada que estava na pista mais rápida. Imagina só eu no escuro sem a porcaria do sinalizador tendo que atravessar a auto pista no escuro, mas enfim to vivo. Paramos num posto adiante e amarrei tudo com barbante mas de nada adiantou... estourou tudo um pouco mais a frente e lá foi o besta correr de novo ! Peguntei antes para minha esposa... tem certeza que não está aí ? amarrei tão bem ! Tenho tenho ! ô teimosia... e lá fui correr para procurar mas desta vez estava muito mais escuro e eu não conseguia enxergar nada ! Minha esposa não me via mais e desesperou.... meteu uma ré no MH para ir me buscar, não é romântico ? enfim, a clarabóia tinha SIM ficado pendurada. Pegamos aquela droga e fomos embora decididos a consertar logo, com medo de alguma chuva. Decidimos que ao parar colocaríamos somente para tapar e ao sair tiraríamos, isso até consertar (perceberam um monte de drogas ? sim, foi o sentimento quando aconteceu... vontade de botar fogo naquilo !). Ligamos para a MC RENT que já foi logo querendo jogar a culpa para nós, dizendo que não tínhamos fechado corretamente... quase dei a louca, mas depois dei o troco ( outra historinha que será contada oportunamente ). Eles nos passaram um endereço próximo a Barcelona. Aliás, em Barcelona conseguimos encontrar um ótimo Camping, que segue abaixo: Camping Estrella de Mar Avinguda Castelldefels, KM. 16'700, 08860 Castelldefels, Espanha +34 936 33 02 50 () ‎ http://maps.google.com.br/maps?q=Camping+Estrella+de+Mar,+Castelldefels,+Spain&hl=pt-BR&ll=41.280645,2.007923&spn=0.142933,0.219383&sll=40.76769,-0.927185&sspn=4.609579,7.020264&vpsrc=6&t=m&z=12&iwloc=A Possui uma ótima infra estrutura, piscina, etc, além do que é fácil para tomar condução para o Centro. Valor: € 7,60 por pessoa por noite + € 23 da Autocaravana. Em duas noites gastei €106. Aliás, não se estranhe de achar muito longe o trajeto, ocorre que nas grandes cidades dificilmente você encontrará Campings próximos ao Centro. O ônibus sai atravessando a pista e retorna quase na boca do camping. Fotinho do Camping (bem arborizado, com piscina grande e total infra): Olha, mas uma coisa ocorreu que foi grave ! Uma chuva de arrepiar ! acabou inundando toda a área de barracas. No MH parecia que estavam caindo pedras, de tão forte que foi. Impressionante de não conseguir dormir. Agora, já imaginaram se eu tivesse perdido a clarabóia do teto ????? Continua !
  5. Olá Cecília ! Obrigado mesmo ! os elogios é que nos incentivam a escrever mais e mais ! Eu já estou querendo fazer outra ! Agora mais experiente e curtindo cada trecho da viagem. Aquele céu azul é fantástico e nunca mais me esquecerei das paisagens. Quanto a máquina, se eu contar você nem acredita ! Foi uma máquina dessas mixurucas mesmo, e que estava até com problema no pequeno zoom (Sony powershot de 7Mp). Aquelas paisagens não precisam muita máquina mesmo mas mesmo assim acabei comprando uma muito boa agora que usei para fazer minha outra viagem. As fotos ficam bem melhores mesmo. Qualquer dúvida que tiver estou por aí ! Abs
  6. 16/07 Bom, vamos mais um pouquinho ! Após sair do atoleiro relatado atrás, lá fomos nós, porém, a estrada continuava péssima e decidimos abortar Cadiz, infelizmente. Decidimos ir para Ronda (240km de estradas secundárias com muitos girassóis - um pouco cansativo), uma cidade cuja única atração eu imaginava que era a ponte que ligava uma tremenda de uma erosão que separava a cidade ao meio. Chegamos sem pretensão e começamos a descer e as ruas cada vez mais finas e nada de encontrar um lugar para parar. Os estacionamentos ficam todos no meio das vielas e ainda por cima limitados a veículos com 2 metros de altura. E começa o sobe e desce na cidade e como o início ja não havia sido dos melhores, ja bateu o desespero e a vontade de voltar e deixar aquela merda de carro em Portugal mesmo... Mas insistimos e consegui parar beeeeeeeeeeeeem lá em cima na cidade. E então fomos descendo a pé, mas foi aí que veio a surpresa. Ronda é uma cidade maravilhosa e surpreendente. A cidade fica a beira de um precipício, um vale lindíssimo e as construções são muito legais. Lá visitamos uma Plaza de Toros, aberta a visitação mesmo, com um museu. Não gosto de touradas porém, pela história e pela vontade de meus filhos de conhecerem valeu muito a pena (Cada adulto paga € 6 e criança não paga). Continuamos descendo a ladeira e vendo diversas construções lindas, que valiam a pena ser visitadas, mas o forte mesmo é a Ponte Nova (Puente Nuevo), nome da ponte que citei no início. É uma cidade para se caminhar devagar e aproveitar por um dia inteirinho. Só vendo as fotos mesmo... e visitar ! Olha isso... o trânsito estava parado mesmo... saí logo a frente à esquerda para Ronda. Paisagem pelo caminho. Chegada Iglesia de La Merced Plaza de Toros Centro da cidade e ao fundo fica a ponte. Agora sim a Ponte Nuevo! Panorâmica Casas nas encostas da grande erosão... eu hein ! Vista da Ponte Outras imagens da cidade Fora muitas outras atrações que deixamos de conhecer pois a idéia era dormir em Toledo para entrar no ritmo... mas haja vontade, pois faltavam 530 km ! ãã2::'> Infelizmente meu GPS pouco ajudou pois coloquei caminho "mais curto" e ele me mandou por estradinhas minúsculas e complicadas. Tivemos que passar por cada beco que eu nem imaginava se o veículo passaria...Neste momento troquei a ida por "mais fácil" e "mais rápido" para ver qual me levaria até uma autopista. Se for só pelo GPS você se enrosca. . Nessa cidade por exemplo, nem sabíamos como sair e o risco de entrar num beco como daqueles em Sintra era grande. Bom, por causa e nosso grande GPS acabamos chegando em Toledo de madrugada e não havia um caming próximo. O único que havia eu liguei antes dizendo que chegaria com um pouco de atraso e o cara não quis nem saber. Chegamos e perguntamos se ao menos poderíamos dormir ali fora, no estacionamento, que estava vazio. Ele queria nos cobrar por isso o valor deuma estadia meso não usando nada, nem a eletricidade. Foi terrível e estávamos cansadíssimos. Acabamos parando num descampado enorme que existe no centro da cidade, próximo as muralhas. Foi punk dormir lá pois como somos dessa cidade violenta que é São Paulo, eu nem consegui dormir imaginando que as pessoas estavam aprontando e era um movimento total. Nesse ponto foi neura minha mesmo Vista da cidade medieval Para chegar lá em cima é facil. Chega-se à base do monte e pega uma tremenda escada rolante que vai até lá. Chegando lá em cima, esse é o descampado que deixei o MH (encontrem o Wally!).
  7. Genes, está correto. 2 adultos + 2 crianças + MH. Na média o valor é de € 8 por adulto e existe um descontinho para crianças. Caso eu não coloque o valor no futuro, pode considerar uma média de € 40 por noite para essa turma ! Abs
  8. pessoal, Para quem gostou do meu relato na América do Sul, dpeois acompanhe essa outra viagem que fiz pela Europa de Motorhome que foi fantástica ! Alias, Lais, vc ja foi viajar ?
  9. Stephan, com certeza vai ser bem loooooongo ! Adoro detalhar a viagem pois aí eu vou curtindo também... me divirto viajando e narrando depois ! Abs
  10. Stephan !!! Sabe que aprendi uma coisa nessa viagem... quando ferrar tudo, tire fotos para rir depois ! Uma pena que não tenha documentado essa atolada do MH e tampouco o arrombamento em Piza !
  11. Enfim, a viagem em si ! 13/07 a 14/07 Começamos conhecendo Sintra, uma cidade bem legal com muitos atrativos, porém, o camping mais próximo fica distante 15 km. Camping Guincho Orbitur E. N. 247-6 Lugar de Areia, 2750-053 Cascais, Portugal +351 214 870 450 Site do local http://feriasemportugal.pt/pent_service/content_detail.php?id=185&pai=&regiao=4&distrito=16&concelho=122&lng=en Valor: € 21,80 por uma noite. O pessoal da MC Rent havia nos dito para dormir no terminal de ônibus, pois há uma espécie de estacionamento e lá fomos nós, porém percebemos que só funcionava de dia e o próprio vigia nos disse que era uma decisão nossa e nada poderia dizer. Não nos sentimos seguros e fomos ao Guincho somente para dormir. Imagine só dormir sem roupa de cama, sem banho (porque o MH era outro e nem estava preparado !)... terrível. Como fomos à noite o prazer de conhecer a praia, somente o vento dela... eram rajadas fortíssimas que balançavam o MH. Dizem que a praia é internacionalmente conhecida pelo wind surf, etc...Chegamos e logo fomos dormir. Foi a primeira experiência com a eletricidade. No carro existe uma extensão de 15 metros, um cabo de conexão ao MH e um Plug de adaptação. Ligue o plug no poste de energia, conecte o cabo da extensão e o puxe até debaixo do veículo virado para dentro ( Se chover não molhará ), daí ligue o cabo ao MH. Dia seguinte acordamos cedo e fomos correndo para Sintra. Aí sim paramos no estacionamento que disse anteriormente. Você para o veículo lá toma um ônibus para subir até a cidade (coisa que o pessoal da MC Rent deveria ter explicado antes !). Para chegar até o Castelo Nacional você toma um ônibus que custa € 1 por pessoa (só ida) depois paga na volta também. Entrada no Castelo Nacional: € 7 por pessoa e criança não paga. A partir do Castelo Nacional, se você quiser conhecer o Castelo da Pena ou o dos Mouros, tem que tomar outro ônibus, que sai por € 4,80 por pessoa (ida e volta). Entrada no Castelo da Pena: € 12 por adulto e € 8 por criança. Lá no castelo, caso você não queira andar, ainda pode pagar por um ônibus interno mais € 2 por adulto (crianças isentas)... Pelo pouco tempo, optamos por conhecer o da Pena mas acabamos tirando boas fotos do Castelo do Mouros. Castelo Nacional de Sintra Castelo da Pena Panorâmica do Castelo dos Mouros Após sairmos de lá, ainda encontramos tempo para comprar lembrancinhas, tomar um belo sorvete e passar no Museu dos Brinquedos, local bem legal para relembrar a infância e babar nos brinquedos milenares ! As crianças aprovaram ! Bom, a noite fomos à Lisboa com um carro convencional para passear no Shopping Vasco da Gama, mas sou paulistano pô ! quero fugir disso além de começar a perceber que não havia nada barato! 15/07 Dia seguinte, já com nosso MH, fomos às compras... é difícil comprar em locais desconhecidos. Tudo é diferente mesmo... e depois fomos direto para Portimão onde meu tio me aguardava com os utensílios. Em Portimão existe um lugar bem legal para MH, que é próximo da Marina. E olha só a vista do ap do meu tio para a praia da Rocha ! pela canseira que havíamos tomado, deu vontade de ficar lá porém, havíamos perdido muito tempo e precisávamos seguir em frente Almoçamos muuuuuuuito bem e fomos embora. A idéia era passar em Cádiz e seguir rumo a Ronda mas foi aí que percebemos outra realidade drástica . Dia 15 era uma sexta feira e as estradas européias pareciam mais com o pessoal de São Paulo saindo em véspera de Ano Novo para passar a virada na praia ! TUDO PARADAÇO MESMO !!!!!!!! Sai da rota principal, tentei pela secundária mas nada de conseguir chegar. O tumulto vinha de Sevilha, cidade que circundamos várias vezes. O camping mais próximo era para trás e não tínhamos opção. Acabamos dormindo em um Camping em Mazagón, no litoral da Espanha. http://www.campingplayamazagon.com/ Valor: € 39 Logo fomos ao local indicado, liguei a eletricidade e fomos dar uma volta na praia... mas a água desses lugares é muito gelada ! O astral do Camping é bem legal e o estranho é a quantidade de pessoas que mora por lá ! Isso mesmo, tem gente que leva o cachorro, o papagaio, as plantas, os vasos, o carro, as lonas e fica lá instalado por longa data !. É um camping bem completo, pena que nosso início de viagem foi bem tumultuado e não nos permitiu curtir certos prazeres. Para ajudar, ja digo agora: não é que o meu MH atolou do nada e tive que chamar uma super equipe do Camping para me ajudar ? Vieram veículos 4x4, gente com cabos de aço, pás, etc, etc... parecia que o inferno astral não ia terminar nunca !!! Fica então essa dica. Não parem os veículos onde não tenha no mínimo grama. O local em que parei era de areia dura mas como o veículo é pesado afundou com apenas uma acelerada. Bom... Por hoje é só ! amanhã continuo com essa beleza de início do dia 16 !
  12. Pô Stephan ! que nada ... aquele micro banheiro fazia com que eu tivesse que tomar banho em várias etapas ! me molhava e tinha que ser rapidamente ! depois me ensaboava mas tinha que ser com a portinha aberta, e por fim me enxaguava, tudo com o chuveirinho... aquilo era realmente muito desconfortável.... vai ver que eu não peguei o jeito mesmo ! Quanto a andar no meio do MH, o caminho é muito estreito e só passa uma pessoa por vez, pior ainda quando a televisão está puxada para fora. Não digo que é impossível. Somente que é desconfortável. Mas agora continuo...
  13. Gabriele, Para dormir é tranquilo pois são 3 camas totalmente independentes mas para se locomover internamente é uma loucura ! E para almoçar e jantar provavelmente seja interessante locar as messinhas para fazê-lo fora do veículo. Vai depender do tipo de viagem mesmo. Uma coisa que não havia comentado é que o banheiro é muito estreito e impossibilita o banho para os maiores. Desta forma somente as crianças tomavam banho no MH. Eu sempre tomava fora pois não cabia. Vou tentar todos os dias postar um pouco! e quanto a pegar o veículo na Alemanha, creio que é muito melhor. Abs
  14. Fala Stephan ! Finalmente comecei a redigir minha viagem... vou demorar um pouco para poder curtir a própria historia. Segue o link ! http://www.mochileiros.com/eurotrip-de-motorhome-24-dias-com-criancas-10-000-km-7-paises-t60071.html Abs
  15. Já ia me esquecendo. O GPS atualizado é figura imprescindível na viagem !!! Antes de sair, consegui puxar todos os mapas da Europa. Para ser bem sincero, antes da viagem eu só sabia utilizá-lo parcialmente mas depois virei um expert. Dependendo da forma como vai fazer a viagem é muito importante saber se virar para encontrar um camping ou local para dormir. A minha foi totalmente sem planejamento porém, somente após muito tempo é que percebi que poderia direcionar diretamente para os locais de interesse (POIS) e também localizar os campings diretamente no GPS, dispensando livros desatualizados e telefone celular. Eu fazia da seguinte forma. Quando estava quase dando umas 19:00h eu começava a me preocupar com o local onde dormiria e se não estivesse próximo ao destino, tratava de localizar um camping no caminho (ao longo da rota). Nem sempre dá certo pois dependendo dos locais os campings fecham mais cedo ou mais tarde (vi campings fecharem às 18h e também às 23h). Geralmente percorria mais uns 150 km após escolher o camping mas o problema, além do horário, era dar de cara com algum erro do GPS... Somente para fechar esta primeira parte com chave de papelão é que narro o que aconteceu logo ao iniciar a viagem: Após exlicações, decidimos passar por Sintra para conhecê-la antes de ir à Portimão. Colocamos Centro da cidade no GPS e partimos ! Em menos de 10 minutos já estaríamos numa enrascada sem precedentes ! Para que vejam que a coisa não é tão simples assim, fomos chegando e não encontrávamos local para estacionar... as ruas começando a ficar estreitíssimas e eu preocupado com a situação. Conseguimos chegar no largo do Castelo Nacional de Sintra e perguntamos aos policiais onde poderíamos estacionar. Eles nos apontaram um caminho e por lá fomos. Era uma ladeira muito estreita e logo já tivemos um obstáculo. Um caminhão estava fazendo uma entrega e tivemos que fazer uma manobra quase que riscando a parede para passar... logo após este pequeno drama, o gps apontava que deveríamos descer uma via, porém, havia um carro tão mal estacionado que o MH não passava !!! muitos carros atrás pressionando e eu comecei a tirar fina (do meu lado) do carro parado quando comecei a ouvir um som agudo do veículo raspando na parte de cima em uma canaleta da casa... foi foi foi até que estourou a seta de cima do veículo e pelo barulho parecia que tinha estourado tudo ! Simplesmente não dava para virar pois se o fizesse a traseira estouraria todo o maldito carro que estava parado !!!!!!! Decidimos meio que forçosamente ir adiante e foi o nosso maior erro ! Pior é que nada poderia ter sido feito d forma diversa pela situação em que ocorreu. Começamos a subir uma viela que foi estreitando, estreitando até que havia uma curva de 90° em frente a uma casa ligado a um pequeno beco com outra viela mais estreita ainda com um poste e muita vegetação encobrindo os muros, o que não permitia ver a real largura da via... Imaginem vocês ! eu havia acabado de pegar o MH e estava numa situação absurda ! Comecei a manobrar com a ajuda da minha esposa. Tinha que ir para cima e para baixo porém não tão par abaixo pois rasparia o veículo por baixo. De outro lado, o veículo começou a esfumaçar pois eram muitas as manobras feitas pouco a pouco... Para ajudar, na única casa do beco me apareceu um travesti português que começou a dar xilique gritando para que eu tirasse o veículo logo !!!! no fim até ele estava me ajudando (jogues mais para cá, ó pá !) tamanha a dificuldade Sinceramente ainda não creio que conseguimos sair com o veículo de lá mas o resultado foi péssimo !!! A embreagem super aqueceu e fundiu logo tive que fazer minhas primeiras ligações internacionais para a MC RENT... eles forma pegar o veículo e aí começou outro drama ! eles não repõem simplesmente o veículo. Tem que esperar consertar ! Pior de tudo foi o prejuízo. O representante da MC RENT já chegou nervoso atribuindo toda a culpa a mim, dizendo que havia sido má utilização. Realmente talvez tenha faltado perícia para manobrar o veículo naquela situação mas tudo poderia ter sido evitado se eles tivessem nos avisado simplesmente sobre como conduzir na cidade. Aí que ele foi sacana, ele informou que como tinha sido mau uso, eu teria que pagar por fora da franquia. Fiquei arrasado e paguei € 800 Isso foi um balde de água fria na viagem e demorou um pouco até retomarmos a alegria de viajar. Eles acabaram me emprestando ouro MH para que eu passasse a noite mas em SINTRA não existe camping e tivemos que sair para um camping próximo chamado GUINCHO. Chegamos a noite e só dormimos. Dia seguinte voltamos e fomos para a agência novamente. Não iria ficar pronto no dia. O dono emprestou o carro dele para que pudessemos passear e fomos até o Shopping Vasco da Gama, de Lisboa. No fim, voltamos e acabamos dormindo na própria loja da MC RENT pois nos prometeram que no dia seguinte estaria pronto. Continua...
  16. Maiores detalhes vou postando com o tempo, a medida que for relatando e lembrando de tudo. Bom, o local escolhido para retirar o MH foi SINTRA, em Portugal e uma vez que meu tio mora em Portimão, poderíamos pegar as roupas de cama (travesseiros / lencóis /edredons), utensílios e alguns comes que minha tia já havia comprado. Veja que eu achei que o valor embutido para roupa de cama era absurdo, algo como €50 por unidade, então pedi para minha tia reservar !. Esteja certo de levar roupas de frio, mesmo no verão, pois o verão europeu passa longe do nosso. O vento gelado é constante e incomoda e com certeza você não irá em uma praia da mesma forma que vai numa praia no BRasil. Eu compararia o verão de lá como um inverno ameno daqui... aquele sol que engana e aquele vento cortante. Aquelas propagandas mostrando gente na praia no litoral europeu é para gringo mesmo !!! Não pense que vai conseguir sequer entrar na água por mais de 5 minutos (conselho !) Continuando, chegando ao aeroporto de Lisboa, fomos pegar um táxi. Existia uma fila, mas nada grande comparada às de SP. Eram 25km de Lisboa até Sintra mas por ser carro grande (para quem leva mais malas) a brincadeira saiu por €42, uma facada, mas ainda bem mais barata do que a opção da MC RENT buscá-lo no aeroporto (€150). Chegamos ao local que não é tão fácil de ser encontrado e nos apresentamos. A primeira coisa que fizeram foi nos colocar numa salinha para assistir um vídeo sobre explicações gerais dos veículos. Explicações rapidíssimas de difícil assimilação em tão pouco tempo. Logo depois você tem que fazer um depósito que funciona como caução pela tv de plasma (€ 250) e franquia do seguro (€ 1500). Este valor realmente cai na conta do cartão de crédito (VISA ou MASTERCARD somente) e depois de retornar de viagem, eles creditam para você, caso não haja nenhum problema. Depois fomos fazer um check in no veículo para averiguar a situação em que vão lhe entregar o MH. Neste ato, seja bem chato e aponte todas as anomalias do veículo. Não deixe passar nenhum arranhão, nenhuma trinca, nenhum amassado, nada mesmo pois no final eles são rigorosíssimos com a inspeção e para nós acabaram se apegando em pontos que não havíamos apontado por entender ser besteira (falo mais detalhadamente no drop off).
  17. Seguem algumas fotos do veículo: Parado em um dos campings (Próximo a Barcelona) Foto do painel, que é bem simples e operacional. Não se esqueça de levar adaptadores para carregamento de máquinas fotográficas, filmadoras, laptops, ipads, etc... Mesinha. Esta se transforma facilmente em uma cama de casal. Compartimento de gás. Sempre tem que ligar o gás quando estaciona o veículo em local sem eletricidade. Porta mala e porta trecos ! O nosso não tinha iluminação então leve uma lanterna. Aliás, não faça como eu ! não leve tanta roupa mesmo que vá ficar 30 dias ! Todos os campings possuem lavanderia e é facil se virar. Outra coisa, as malas não cabem dentro do veículo, exceto se levarem sacolas ao invés de malas rígidas. Neste ponto, um conselho inverso é o de não deixar NADA dentro do veículo pois o MH foi arrombado na Itália e levaram o que puderam... Geladeira com freezer. Nunca se esquecer de passar o freezer para eletricidade / bateria ou gás. Ele é automático mas acaba falhando em determinadas ocasiões, segundo a MC RENT. Pia e fogão de 4 bocas. Dejetos do toilet ! Muitos falam de que não há contato, mas não é bem verdade. Depois de algum tempo é que aprendi a pegar as luvinhas em postos de combustível para higienizar esta caixa. Sempre ficam restos de urina no tampo, que acabam respingando. Em todo camping existe algum lugar para despejar esta caixa. Após o despejo, coloque um litro de água e adicione o produto que eles dão junto. Trata-se de um líquido azul que liquefaz todo material orgânico e o papel higiênico utilizado especialmente para isso (não serve para todos). No final, quando você vai despejar, aperta-se o botão para sair o gás e flui um líquido esverdeado quase que sem cheiro. Obviamente que a maioria dos locais é fedorento... Verifiquem, antes de sair em viagem, a altura do veículo pois isso vai ser MUITO IMPORTANTE ! Tivemos que voltar várias vezes na rua pois não tínhamos certeza se passava ou não ! o nosso tinha 3,20m e não passava em muitos lugares. Por fim, o veículo possui um compartimento com água potável. Você tem um controle interno no veículo que permite saber quanto você já usou. Esta água usada vai para o compartimento de água suja, mas veja bem, esvazie sempre que possa esses compartimentos pois se não o fizer, o cheiro no interior do veículo começa a ficar insuportável - vale também para a caixa de dejetos . Se não tiver como esvaziar nos campings (por incrível que pareça), em muitos países, os postos oferecem esse serviço. É só usar uma chave e abrir uma alavanca em baixo e aguardar a água suja escorrer. Aproveite para encher o tanque de água sempre que esvaziar o outro e tome cuidado com a magueira fornecida pela MC RENT. A minha não se encaixou em nenhum local e eu sempre tinha que adaptar e ficar segurando com mão para a água não espirrar. Outro ponto, não me arrisquei a ficar tomando essa água "potável". Primeiro porque o gosto não era dos melhores e depois que, na maioria dos campings, a mangueira da água potável ficava junto à descarga do esgoto, o que possibilita facilmente contaminação do bico da mangueira... comprava sempre muitos litros de água nos mercados.
  18. Para começar, precisava primeiro comprar as passagens e assim o fiz. A viagem foi realizada entre os dias 13 de Julho a 9 de Agosto. Primeiros custo da viagem: Viajei de TAP, porém, comprei pela TAM para ganhar a milhagem. Valor: R$ 8.952,00 para 4 pessoas sendo 2 adultos e duas crianças de 6 e 9. Na compra das passagens você pode pesquisar pelo melhor dia da ida ou volta para poder economizar e muito. Outro ponto importante foi partir de Viracopos ao invés de Guarulhos. Economia estimada de R$ 1.000,00 ! Após a compra, já sabíamos a data de chegada e partida com horários e tudo então restava reservar o MH para estas datas, o que não foi muito difícil, tendo em vista que o fiz com certa antecedência. Este foi o carro que escolhi: http://www.motorhomerentals.com/rv_hire/mcrent/vehicle_specifications/family_luxury.shtml Eles oferecem ainda uma série de outros itens que confundem um pouco e vai depender muito do tipo de viagem que vai fazer. Até por conselhos aluguei, por exemplo, as mesas e cadeiras, mas não usei porque não tive tempo ! Aluguei tv mas também não usei, primeiro porque eles haviam alugado a antena parabólica e quando lá cheguei me avisaram que não teriam o equipamento (sem antena parabólica pegam somente canais abertos pouco atraentes). Mesmo assim, depois de cansativas incursões às cidades, queríamos mais é tomar um banho e dormir para acordar cedo e partir. Se eu tivesse alugado bicicletas seria o mesmo, mas repito, depende do tipo de viagem que fará. Se vai ficar mais estacionado, estes itens serão de extrema utilidade. Como tenho crianças também aluguei cadeiras de criança (ninguem nunca viu nada !). Por tudo isso, acabei alugando meu veículo pelo valor de US$ 6.426,63 acrescidos de nosso querido IOF (US$ 410,02)... total de R$ 10.938,00 para 24 dias. Precisa fazer o seguro carta verde internacional. Como comprei minhas passagens com VISA saiu de graça mas existem centenas de outros tópicos tocando no assunto. (NUNCA PEDIRAM NADA, aliás sequer me pararam para isso !). Precisa fazer a PID (permissão internacional de direção). Fiz aqui diretamente pelo Detran e saiu por volta de R$ 120,00 cada uma (x2). (NUNCA PEDIRAM NADA, aliás sequer me pararam para isso !). Ótimo ! agora só faltava viajar de acordo com o planejamento. Elaborei um roteiro gigantesco mas no fim, o que pude visitar foram os pontos que estão abaixo, sendo que o caminho vou passando aos poucos. [googlemap]http://maps.google.com.br/maps/ms?msid=203168681665793866462.0004a62dcc940ebc1c5b3&msa=0&ll=45.490946,3.076172&spn=17.746036,44.824219[/googlemap] Haviam muitos outros lugares para passar mas como verão a frente, tivemos alguns imprevistos.
  19. Vamos começar do início. Vi muitos tópicos no forum que me empolgaram bastante. Verifiquei muitos sites e percebi realmente que a IDEAMERGE era a mais barata e facil. A Ideamerge é um intermediador entre o consumidor e a MC RENT, empresa de locação deste tipo de veículos com sede na Alemanha. Li muito a respeito e resolvi pegar um modelo espaçoso pois passaríamos muito tempo dentro do veículo. Nosso estilo de viagem não é fácil. Temos por base visitar o maior numero de lugares possíveis num menor espaço de tempo. Muita gente fala que isso não é legal pois não se conhece a fundo os lugares mas eu já não aguento ficar 2/3 dias no mesmo lugar descansando. Gosto de ver a essência do lugar e logo pegar estrada. E outra, numa viagem dessas, tem hora que você não aguenta mais ver castelo e quer diversificar, então, tem que programar de forma que não seja cansativo. Pronto ! Comecei... agora vou postar sempre ! Abs
  20. Olá Gente, Meu nome é Fabio e vou tentar passar em detalhes uma viagem deliciosa pela Europa com um motorhome alugado em Portugal. Em resumo, peguei o veículo em Sintra (Portugal), passei pela Espanha, Sul da França, Italia até Roma, Áustria, República Tcheca, Alemanha, França Central e de volta retronando pela Espanha e Portugal. Acabei de fazer uma viagem à Ushuaia que foi magnífica, com meu carro, e gostei da aventura, assim comecei a procurar uma nova aventura, diferente de tudo, novamente longe de pacotes e compromissos, tanto que não agendei sequer um destino... a única coisa que eu sabia era o roteiro principal e os dias em que ficaríamos nas proximidades, o resto foi puro improviso. A idéia era visitar locais inusitados pois eu já havia feito um roteiro parecido, 10 anos atrás, sozinho com minha esposa, porém agora eu trazia uma bagagem especial... meus dois filhos, de 6 e 9 anos, então a tensão era maior.
  21. Então Stephan, Ja estávamos vindo de uma frustrada tentativa de conhecer Monaco, onde todos os campings estavam completos e não havia como parar na cidade quando chegamos em Pisa. Chegamos em uma rua quase que lateral à Pisa, com muitos tursitas, muitos MH e muitas turmas de turismo... nunca eu iria imaginar que lá poderia ocorrer algo. Como de praxe levamos todos os docs, maquina fotografica e camera. Nossas malas ficavam na parte de trás, exceto pela de mão, que deixávamos no armário. Ao retornar de Pisa, logo vimos a janelona da mesa de almoço levantada... ja pensei.. ai tem ! e não deu outra. Vi que a janela tinha sido forçada e pelo excesso de força foi quebrada nas bordas, mas o larápio deve ter insistido até conseguir, tanto que se machucou. Entrou, vasculhou tudo não se importando com PSP nem GPS... devia estar procurando passaportes e acabou levando de brinde nosso notebook. Fomos até a delegacia mas somente para registrar perante à Locadora ( mas eles nem quiseram saber...). Deixou minhas crianças complexadas... todo lugar em que parávamos eles logo perguntavam ao chegar ao veículo se todas as coisas deles estavam lá...
  22. Gabi, Com certeza absoluta tudo o que ocorreu foi devido às fervorosas férias européias de filas intermináveis para acessar qualquer atração e loucura para passar por qualquer cidade grande... exemplo: não conseguimos chegar a Cádiz devido ao transito para sair de Sevilha (tava pior que paulistas saindo de São Paulo para a praia grande em véspera de feriado !!!!! kkkkkkk). Ao viajar nesta época tem que ter muito cuidado ao não trafegar durante 6a feira ou sábado senão é estresse puro !. Vou elaborar um relato bem detalhado que vai ajudar assim como o do stephan. Abs
  23. Fala Stephan, beleza ? Acabei de voltar da minha trip e olha, para mim foi a primeira e ultima viagem com este tipo de veículo. Achei que dava mobilidade mas em muitas cidades pelas quais passei me deu é desespero e cansaço para encontrar lugares para ficar. Pelo que notei, a maior facilidade foi realmente proxima ao teu roteiro mas em lugares como Sul da França, Monaco e cidades grandes como Berlim é praticamente impossível encontrar vagas em campings nessa época do ano ! Além disso o carro foi arrombado em Pisa, no meio de uma multidão que você nem imagina e entramos numa furada absurda ao entrar em Sintra, logo no primeiro dia, entrando numa rua quase que impossívle de se sair... pela falta de prática e desespero acabei fundindo a embreagem !!! A cúpula do carro ainda voou no meio de uma viagem e tive que sair correndo para pegá-la no meio da estrada mais de 0,5 km para trás. A MC Rent ainda tentou me tomar mais dinheiro do que o devido e praticamente deixei minha franquia por lá... Olha só, eu imagino que esse carro seja bom para quem queira fazer uma viagem de campismo, sem se importar muito com conhecer cidades pois a dificuldade é imensa ao chegar numa cidade em pleno turismo. Muitas vezes eu parava para conversar com outros caras e eles falavam que tinham rodado por muito tempo sem encontrar campings. Eu imaginava que me daria mobilidade e me deu dor de cabeça. Tínhamos que parar sempre 30 km distantes da cidade e depois se virar com metro, trem e isso tirava muito de nosso tempo. Para sair do camping também é algo demorado, coloca água, esvazia agua, desliga gás, desliga eletricidade (depois de chamar o pessoal para abrir as caixinhas....), enfim, demorava mais de 1 hora para sair de qualquer camping. A nossa viagem era de exploração e distância, conhecer o maior numero de locias possíveis em um determinado período de tempo, sem compromisso, mas nesta época foi bem compormetida. Ok, sei que pareci o mais negativista de todos e enfim, tirando esses "pequenos detalhes", a viagem foi muito legal, mas aconselho a quem vá usar tomar muito cuidado pois o carro é deveras delicado e quem não possui prática com carros grandes tem que redobrar a atenção. Vou elaborar um relato detalhado e vamos nos falando. abs !
  24. Olá Stephan... acho que vai ser minha ultima pergunta em terra brasilis ! kkkkkkkk Onde vc tirou aquela foto das Dolomitas é dentro do Parque ? É um caminho facil de acertar está na margem do rio di leandri... é isso ? Abraços
×
×
  • Criar Novo...