Ir para conteúdo

dickson

Membros
  • Total de itens

    34
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Bio

  • Ocupação
    Engenheiro
  1. André, acho 11 dias pouco, vai ser bem corrido. Considere cortar uma das cidades. O deslocamento vais ter que fazer de trem cama para ganhar tempo. Por outro lado nós não dormirmos tão bem nos trens, então o "dia seguinte" não se aproveita tão bem devido ao cansaço. Dependendo do teu orçamento avião pode ser uma boa opção. Para ganhar tempo acho que visitar Cesky na passagem para Viena é mais negócio.
  2. gvcmello, realmente não precisa do visto (estive lá em novembro). Compras não foi o objetivo da nossa viagem mas acabamos encontrando calcados a preços bem interessantes. Compre um bom e atualizado guia de viagem para saber que dia os museus fecham. O complexo do castelo (a catedral, o castelo, etc..) vale a pena visitar. Para quem gosta de música erudita, recomendo também o Museu do Mozart (Bertramka).
  3. Sim, é fácil se locomover, principalmente de metrô e bonde. Normalmente vale a pena comprar passes ao invés de comprar os tickets individualmente. Quem viu os filmes da Sissi e gostou pode comprar o Sissi Ticket (19 euros), que dá direito à visita completa aos aposentos do Schonbrunn e do Hofburg, ao museu da Sissi, à prataria Imperial e ao museu da mobília. Estes dois últimos são um pouco cansativos. Recomendo também o museu das carroagens, junto ao Schonbrunn. Para quem se interessa pelos assuntos e tiver tempo, recomendo também o museu da tecnologia e o museu de história militar, que fogem
  4. Edu, quanto a roupas em geral, como quando é frio a gente não transpira muito, nem precisou lavar nada (foram 18 dias ao todo). Quanto às roupas de baixo, é bom levar o maio número possível e lavar durante o banho mesmo, sempre que dá. Mas vários albergues tem máquinas de lavar (pago à parte).
  5. Edu, a exatamente um mês eu estava em Viena! Dá uma olhada no meu relato em http://www.mochileiros.com/viewtopic.php?t=10097, pois passei por Budapeste, Praga e Viena e tem algumas dicas que podem te ajudar.
  6. Shanti, muito legal ver o teu relato pois fizemos exatamente o mesmo que você de Praga para Ceský Krumlov e depois para Viena, ficando um dia e meio em Krumlov. Só complemento que dá para comprar o ticket direto de Budejovice para Viena, mas, claro, tem que trocar de trem em Gmünd. E cuidado, não são todos os vagões que cruzam a fronteira, no nosso caso foi só um (um junto com a locomotiva). Se vc não estiver no vagão certo, tem que trocar de vagão correndo na estação ainda no lado da Rep. Tcheca!
  7. E tem a opção bem mais barata de ligar para o Brasil dos postos telefônicos, normalmente junto com os pontos de acesso à internet, que se encontra em muitas cidades na Europa. Ligávamos de Viena para o Brasil a 25 centavos de Euro por minuto nestes postos, enquanto a ligação a cobrar via Embratel custaria R$ 2 o minuto.
  8. Alinhares, eles não pedem nota e não fazem pergunta nenhuma na hora de registrar, mesmo que seja uma câmera digital nova. Sugiro registrar tudo para não se incomodar na volta.
  9. Oi Dri, Realmente, Krumlov é fantástica, imperdível. Viste os ursos na entrada do castelo? Li a placa em inglês dizendo "não alimentem os ursos" e fiquei pensando que estava confundindo as palavras, pensei: "como é que vai ter urso lá em baixo??" E tinha mesmo! Não fui em nenhuma daquelas ilhas em Budapeste. A gente sempre acaba comendo mosca em algumas situações. Demos com a "cara na porta" algumas vezes nesta viagem, especialmente por causa dos horários mais limitados das atrações. Sempre acaba-se perdendo alguma coisa importante, mas faz parte. Sim, a coroa do São Estevão original estav
  10. Dri, Achas que os vendedores daí tem conhecimento suficiente para saber o que é e o que não é compatível aqui no Brasil? Pergunto porque os vendedores daqui (a grande maioria) infelizmente têm conhecimentos técnicos muito, mas muito superficiais sobre o que estão vendendo, e realmente não seria aconselhável confiar neles neste tipo de compra.
  11. Ainda sobre a compatibilidade de equipamentos, o principal problema são os sistemas de vídeo, que são diferentes, então a compra de aparelhos de TV, filmadoras e DVDs podem ser um problema. Por exemplo, como o sistema de TV brasileiro é o PAL-M, uma TV comprada na Alemanha, que usa o sistema PAL, não vai funcionar aqui. Praticamente todos os aparelhos de TV que compramos no Braisil de uns 10 anos para cá já aceitam também o NTSC nas suas entradas de vídeo. Porém, um DVD player ou filmadora comprados na Europa, que tenham apenas saída em PAL, por exemplo, não vai funcionar nestas nossas TVs. Po
  12. Pessoal, Chegamos na semana passada da nossa viagem à Budapeste, Cracóvia, Praga, Ceský Krumlov e Viena. A quem possa interessar, fiz um breve relato da viagem e este foi colocado na área Relatos de Viagem: http://www.mochileiros.com/viewtopic.php?t=10097 Abraços,
  13. Thiago, Não fomos até Bratislava porque o tempo infelizmente era limitado. E realmente acho que não teria dado reduzir o tempo em nenhuma das cidades. Pois é, entre Buda e Peste, é realmente difícil dizer qual é mais bonito, pois cada lado tem suas características e a beleza de Budapeste está muito no conjunto das duar margens do Danúbio. Buda tem a parte histórica mais concentrada, no alto da colina. Vou tentar escrever mais um pouco sobre cada cidade quando sobrar mais um tempo.
  14. Pessoal, Hoje faz exatamente uma semana que voltamos da nossa viagem. Fui tudo ótimo, saiu tudo dentro do esperado e valeu muito. Vou tentar colocar aqui algumas dicas sobre cada cidade. Fiquei na dúvida se este era o local adequado para este post, mas como é aqui que as pessas vem buscar dicas para suas viagens vou postar aqui por enquanto. BUDAPESTE (3 dias): Cidade linda, encantadora, com paisagens magníficas formadas às magens do danúbio. Fizemos a visita ao Parlamento (muito bonito) mas não conseguimos visitar a Ópera. A vista da cidade que se tem a partir da Cidadela é fantástica
  15. O Renato perguntou sobre a Espanha. Passei apenas dois dias lá, mas do pouco que vi recomendo Toledo, principalmente a sua Catedral. Foi uma das mais impressionantes que já vi. Também foi legal em Madri a visita ao Palácio Real e ver o Guernica de Picasso. A propósito, aos moradores da Europa, como já está o frio aí? Ouvi falar que já andou nevando um bocado. Na semana que vêm a esta hora estarei na Cracóvia! []s,
×
×
  • Criar Novo...