Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

maritortorella

Membros
  • Total de itens

    119
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre maritortorella

  • Data de Nascimento 13-08-1988

Outras informações

  • Lugares que já visitei
    Argentina, Bolívia, Peru, Uruguay
    Brasil: RS, SC, PR, MS, SP, RJ, ES, MG
  • Meus Relatos de viagem
    [url]http://www.mochileiros.com/primeiro-mochilao-29-dias-sozinha-na-bolivia-e-peru-t86225.html?hilit=sol%20y%20luna[/url]

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. maritortorella

    arquivo Deserto de Atacama

    Oi, gente Alguém sabe me dizer a diferença entre os passeios do Salar de Tara e do Salar de Atacama?
  2. Parabéns pelo relato incrível e cheio de detalhes, está ajudando muito no meu planejamento.
  3. maritortorella

    roteiro uruguai

    Tranquilo de conseguir carona, estrada bem movimentada. Minha dica e que não pegues carona na "estrada" e sim nos trevo de acesso as cidades ou nas saídas delas. Se você tiver uma placa com o nome de seu destino, e ainda mais fácil. Anote esta super dica!!! se voce for para uma cidade que esta longe, coloque o nome da que estiver mais próxima de você , ai mesmo que alguém for para longe ou perto, sempre vai te dar a carona. Ja viajei muito com esta dica kkkk Boa viagem e as ordens pelo Chui, onde termina a Ruta 9. Valeuzão pela dica
  4. maritortorella

    roteiro uruguai

    Oi pessoal, alguém sabe me dizer se é de boa pegar carona pela ruta 9? Abraço
  5. maritortorella

    Chuy

    Fala galera, estou indo pro Uruguay dia 1/02 via Chuí. Saio de Poa dia 1/02 e chego dia 2/02 pela manhã, de ônibus. Minha dúvida é: quero dar um pulinho nos free shops antes de seguir pra Punta del Diablo. Vocês sabem onde eu consigo deixar o mochilão enquanto isso? Além disso, alguém já viajou de carona por essas bandas? Acho que durante fevereiro tem mais movimento e é mais de boa, certo? Abraço
  6. Oi Léster, tudo bem? Obrigada pelos elogios Respondendo as tuas perguntas: - Sim, me senti super segura na maioria dos momentos. Mas também não dá pra fazer como alguns gringos que andavam na rua com a câmera solta no pescoço, andando por tudo quanto é biboca. Eu carregava sempre no toploader dentro da mochila e sacava quando queria fotografar, numa boa, mas dependendo do lugar até é tranquilo ficar com ela no pescoção. - Eu levei só a lente do kit, acho ela mais versátil. Cara, não te aconselho a levar a 50mm, não vai usar ela pra muita coisa e só vai ser mais peso pra carregar, lá pelo meio da viagem isso faz uma boa diferença. A 70-300 também acho meio dispensável, mas eu teria dado um dedinho por uma grande angular, essa sim vale estar na mala. - Fiz o seguro da câmera com a Kertzmann ([email protected]) e o de saúde foi da GTA, que contratei por uma agência de viagens daqui. Qualquer outra dúvida, só falar.
  7. Ele é o "ingresso" pra visitar as principais atrações (ruínas, Qorikancha, Valle Sagrado, etc...)
  8. Oi Bruno, Muito obrigada Pode ficar à vontade, qualquer dúvida é só me perguntar Abraço
  9. Oi Maria, Que legal, viagem em família! Olha, eu realmente recomendo o caminho que fiz, porque acho Sucre a cidade perfeita pra relaxar depois do mochilão. Tem muuuuita coisa pra aproveitar em Cuzco nesses 5 dias. Por conta própria, eu sugiro vocês visitarem: 1. Plaza San Francisco e Mercado Central (comam o milho com queijo e tomem um suco, os dois são uma delícia) 2. Qorikancha (precisa do boleto turístico), ele fica na Av. El Sol e dá pra ir a pé 3. Caminhar pela Av. El Sol (tem várias feiras de artesanatos) 4. Sentar na Plaza de Armas e aproveitar uma tarde de sol. 5. Visitar a Catedral (em dia de missa, não paga entrada) 6. Almoçar em um dos restaurantes em volta da Plaza de Armas, aqueles com as sacadinhas. 7. Museu da Coca, que fica o lado da Catedral (é bem legal) 8. Visitar o bairro de San Blas, fica pra trás da Catedral 9. Pedra dos 12 ângulos (San Blas, ao lado da Catedral) 10. Tomar café da manhã no Jack's Café (um dos melhores de lá), fica em San Blas, na esquina da calle Choquechaca com a Cuesta San Blas 11. Comer um bife de alpaca no The Muse (no mirador de San Blas) 12. Fazer o City Tour, que é basicamente visitar as ruínas mais próximas (Tambomachay, Pukapukara, Qenko e Sacsayhuaman), tem que ir até a calle Puputi e pegar uma van que vá pra Pisac, aí é só pedir pro motorista deixar vocês em Tambomachay e ir fazendo o caminho de volta a pé. Pukapukara fica bem na frente de Tambomachay, Qenko já é um pouco mais distante, mas é só ir tranquilo e aproveitando a vista, e é tudo descida mesmo. Logo depois tem Sacsayhuaman, e bem perto tem o Cristo Redentor, a partir daí é só desder as escadarias e vocês vão acabar na Plaza de Armas. 13. Centro Qosqo de Arte Nativo (Av El Sol), incluído no boleto turístico. Lá tem apresentações de danças típicas, entre outras coisas. 14. Monumento al Inka Pachacuteq (seguir pela Av El Sol em direção à rodoviária) 15. Passeio do Valle Sagrado. Pegar a van pra Pisac na Calle Puputi, depois de ver as ruínas pegar outra van até Ollantaytambo. As duas ruínas são grandes, então aconselho a irem cedo. O trem pra Aguas Calientes sai de Ollantaytambo, a minha sugestão é ir um dia antes e já passar a noite, a cidade é bonitinha. 16. Eu não fui a Chinchero nem a Moray, também não sei como se chega lá, mas acho que vale a visita. 17. Explorem, se percam, e descubram lugares legais pra depois contar pra gente. Espero ter ajudado.
  10. Que bom que gostou Qualquer dúvida é só falar
  11. Oi Bruno, obrigada 1 - Vai na fé, o espanhol deles é suuuper tranquilo de entender, acho que um dos mais fáceis da América do Sul. Com inglês e portunhol tu vai conseguir te comunicar super bem, fica susse. 2 - A pergunta mais importante é: tu gosta mais de frio ou de calor? Em julho faz bastante frio, mas eu amo frio, então fiquei de boa. Eu fui em julho por causa de Machu Picchu, porque tem menos chuvas, e também por causa do Salar, pra pegar ele sequinho. Mas ainda quero ir no verão pra ver o salar alagado.
  12. Oi Anna, eu consegui, tu consegue também. Mas não vai já pensando nisso, é só descer com calma e prestando atenção que vai dar tudo certo e nada vai te acontecer
  13. Oi Anna, fico feliz que esteja te ajudando. Então, eu faria La Paz antes, porque se tu precisar comprar qualquer coisa pra usar na viagem, tipo roupas de frio, mochila, saco de dormir e etc, lá é muito mais barato que em Sucre (apesar de tu ter que carregar tudo contigo até o resto da viagem). Em La Paz também tem os passeios mais hard, Sucre já é uma cidade mais tranquila, perfeita pra dar uma relaxada em final de viagem.
  14. Oi Felipe, o total de gastos está no meu primeiro post, e bem sinalizado.
  15. Oi Catherine! Obrigada pelos elogios, demorou pra ficar pronto, mas foi escrito com muito carinho. Olha, eu ficaria um mês inteiro em Sucre se fosse possível. Eu amei a cidade, muito! Mas como tu tens pouco tempo, esses dois dias servem sim. Sim, fui à Recoleta, é bem legal e vale a caminhada até lá. Aproveita muito, porque essa é uma viagem inesquecível. Abração!
×