Ir para conteúdo

Polotto

Membros
  • Total de itens

    14
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre Polotto

  • Data de Nascimento 08-08-1985

Bio

  • Ocupação
    Estudante
  1. Polotto

    Mochilas CURTLO

    Galera, permitam-se deixar um feedback negativo da Curtlo. Comprei há mais de um ano uma Curtlo Gigabyte 30L para uso na cidade, e fiquei decepcionado. (isso que aconteceu foi no exato momento do recebimento. Mas só estou contando agora). Ela chegou em casa na caixa [fechada] com um defeito na alça direita, como se estivesse dobrado no meio o que, em caso de excesso de peso, a sobrecarregaria. (eu não esperaria isso de uma empresa que cobra os olhos da cara numa mochila... talvez numa marca que produza em série, mais barato... mas. Tudo bem... dei uma chance). Entrei em contato com a empresa em São Paulo para envio e verificação (coloquei foto e tudo), esperando que, conforme o Código de Defesa do Consumidor, me enviassem uma novinha em folha, pois veio com defeito de fábrica. Nesse ínterim dei muitas sugestões e dicas por e-mail, o que foi recebido muito bem e fui bem atendido. Mas nem tudo são flores. Pois não é que retornaram a mesma mochila, "meio-consertada", com um pouco de dobrinha ainda? Nem pra enviar uma nova, nem pra consertar direito. Eu até postaria a foto aqui. Além disso, estourou uma pêra num bolsinho que segundo a empresa seria impermeável, mas toda a água passou para o outro lado molhando meus cadernos da facul. Eu até que tentei valorizar empresa brasileira, mas além de tudo isso o que aconteceu, são produtos de valor muito alto - alguns modelos até mais caros que as Deuter. Então, foi essa minha experiência. Curtlo não compro mais! Não me parece que a política da empresa seja em primeiro lugar a satisfação dos clientes, coisa que eu espero duma empresa com equipamentos ditos técnicos e caros. Espero não ter sido ofensivo. Não foi minha intenção. Abraço.
  2. Polotto

    Mochilas CURTLO

    Opa Cadu. Acabei de encomendar minha Curtlo Gigabyte de 30 L (para notebook, uso na cidade) pelo site da Casa dos Pescadores. Fui bem atendido, tirei uma dúvida e, de fato, tenho encontrado excelentes preços nesse site! Pena não morar em Belo Horizonte para conhecer a loja. Quando chegar dou um feedback. Abraço.
  3. Opa Renan, Cara, assisti aqui em Franca/SP, onde inclusive já saiu de cartaz... e olha que aqui os filmes estréiam muito atrasados... Achei bem divertido sim!!! O negócio é ficar entrando nos sites das empresas... como eu sou meio cinéfilo, não perco nada (até porque aqui só temos 4 salas ) Abração.
  4. Salve! Calçados impermeáveis existem, mas só o serão sob certas condições. Para rafting/canoagem/bóia-cross os calçados impermeáveis não manterão sua estanqueidade por muito tempo, por isso não recomendaria seu uso nessas condições. Creio que para estes casos, a melhor solução é a seguinte: - Travessias na água / tempo com os pés imersos / rafting e canoagem = usar papete (sandália) próprio, de preferência com proteção de tornozelo ou tênis próprio para trabalhos na água (imersão), que possuem drenagem apropriada (uso sem meias); - Trekking em geral = usar meias de tecido técnico, tipo coolmax ou similar, que favoreça a transpiração (deixando o pé seco) e tenha atrito reduzido com o calçado, o que reduzirá a incidência de bolhas. Experiências mostram que um pequeno investimento em meias de melhor qualidade trazem como retorno caminhadas menos dolorosas para os pés. Procure marcas tradicionais, como Lorpen. Trocar de meias quando estiverem molhadas ou forem encharcadas (como numa travessia de rio, por exemplo), por isso é essencial levar sempre na mochila um par sobressalente. É isso! Abraço, Muito obrigado, gvogetta! Abraço.
  5. Galera, alguém aí curte explorar cavernas? [picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20110220172832.jpg 337.539432177 500 Sanctum ou Santuário]Tá, meio forçado do começo ao fim... principalmente o final... Mas, baseado em fatos reais. Muito interessante. Link para o IMDb: http://www.imdb.com/title/tt0881320/ Abraços.[/picturethis]
  6. Opa Fábio, blz? Preciso de uma bota para uma finalidade específica: lugares onde há muita água: cavernas, trilhas onde há que se atravessar rios, cachoeiras, etc... Não gosto daqueles tênis feitos de redinha, por mais resistente que seja, pois as pedras podem machucar, por isso procuro uma bota. Nesse caso, a impermeabilidade das botas Nômade seriam um problema... pois se a água não entra, ao entrar seguramente não vai sair (nalgumas cavernas alagadas há que se mergulhar ou, a água chega no pescoço, pra depois seguir viagem). A Nômade fez algo para isso? Teria alguma sugestão? Abraço. Obrigado.
  7. Opa, pessoal beleza? Normalmente para se chegar a um canyoning ou caverna ou qualquer outro lugar com água tem que se fazer uma trilha... e há pedras, às vezes barro, asfalto e/ou grama com espinhos. Nunca comprei um tenis assim, especial somente pra água, mas não seria mais viável uma bota com função múltipla? No caso de caverna, por exemplo, se ela está alagada, não dá pra levar mochila para trocar o calçado antes de entrar... é um problema. Além disso, o piso de uma caverna ou de um canyoning nunca é regular... Essa tela/redinha que há em volta de todo o calçado converte-se num problema ao bater nas pedras, imagino... Alguém tem alguma sugestão, tipo bota "furada", com uma função múltipla? Obrigado, abraço.
  8. Opa, galera! Sou novo aqui, li todo o tópico e fiquei com uma dúvida: Vou ao PETAR em fevereiro/2011 entrar em cavernas (água até o pescoço) e fazer bóia-cross, misturando boas horas de trekking para chegar nesses locais e estou com dúvida em meias. Pelo que lí, é utopia pensar em calçado ou meia impermeáveis. Então, qual seria a solução? Uma liner como segunda pele, uma de lã em cima e seja o que Deus quiser? Obrigadão!
×
×
  • Criar Novo...