Ir para conteúdo

brunety83

Membros
  • Total de itens

    8
  • Registro em

  • Última visita

Sobre brunety83

  • Data de Nascimento 29-08-1983

Bio

  • Ocupação
    Analista de Investimentos

Conquistas de brunety83

Novo Membro

Novo Membro (1/14)

0

Reputação

  1. Olá! Custo: R$ 1.150,00 com tudo incluso, menos passagem aérea. As passagens vale a pena comprar qdo tiver promoção. Abçs. Bruna
  2. Fala galera! Tb sou do RJ e tb estou querendo conhecer a Chapada em abril. A princípio eu iria dia 17 para voltar dia 20 porque depois partirei para a Ilha do Bananal em TO. Se alguém for para a Chapada dos Veadeiros e ficar de 17 à 20/04, demorou! Pode até me add no msn para combinarmos: [email protected] Bjs.
  3. Obrigada pelas dicas, Lennon!!! Td anotado. Qdo eu retornar deixarei meu depoimento a respeito. Bjs.
  4. Olá, Scorreia!!! Desculpe a demora na resposta, mas eu estava em Teresópolis trabalhando como voluntária. Bem, respondendo agora à sua pergunta, ligue para: (63) 3215-4957 ou (63) 8406-7438. Vc falará com a Dona Telma (mãe do guia Flávio ou com ele próprio). E ó! Quatro dias dá pra aproveitar MUITO. Pede para o Flávio adaptar o roteiro que eu fiz ao seu...ele vai bolar algo bem bacana. Bjão e um ótimo passeio!! Depois conta aqui pra gente como foi. PS: Agora em fevereiro estarei indo com uma amiga para a Chapada das Mesas (MA) com o Flávio tb. Ele é tão gente fina que consegue fidelizar os clientes. Vai na boa que a dica é certa!!!
  5. Oi Ricardo e Ever! Td bem? Em abril estarei indo com 2 amigas conhecer a Chapada, mas teremos apenas 4 dias para curtir. Pergunta: Consigo contratar algum guia com jipe que possa fazer uma espécie de circuito conosco? Sem precisarmos voltar para a mesma base todos os dias. Indicam alguém que faça esse tipo de passeio?
  6. Oi Erika!!! Td jóia? Fico feliz em saber que meu depoimento ajudou em alguma coisa. Confesso que até o momento essa viagem para o Deserto do Jalapão foi a melhor que fiz porque superou totalmente as minhas expectativas. Agora em fevereiro estarei fazendo outro passeio junto com o pessoal da Norte Tur para a Chapada das Mesas (MA). Se tiver interesse em embarcar nessa aventura, bora!! Liga para a Dona Telma e dê seu nome...rs. Irei dia 15/02 e retornarei para o RJ dia 19/02/11. Bjs. Bruna Nascimento.
  7. No início de 2010 eu e Gabi (minha amiga) resolvemos viajar, mas não sabíamos ainda para onde. Começamos então a pesquisar os possíveis destinos. Os pré-requisitos eram: tinha que ser uma viagem dentro do Brasil, barata e além de tudo diferente do que estávamos acostumadas. Então um belo dia eu abro o jornal e vejo uma reportagem falando sobre os 3 lugares mais encantadores do Brasil: Noronha (ainda não conheço, mas é um destino caro), Bonito (já conhecemos), e Deserto do Jalapão. Na mesma hora corri para a internet para pesquisar mais a respeito do lugar e foi aí que me apaixonei. Lancei a idéia para minha amiga que aceitou na mesma hora e então começamos a fase das pesquisas de preços. Para nossa sorte, assim que digitei "Jalapão" aqui no site do Mochileiros, logo vi um depoimento da Mirna que tinha visitado o local e dissera só coisas boas a respeito da agência que contratou (Norte Tur). Não pensei duas vezes e liguei logo para lá. A Dona Telma (mãe do guia Flávio) me atendeu de uma forma muito carinhosa, anotou o recado e disse que o filho dela estaria retornando a ligação para tirar minhas dúvidas. Gente! Confesso que não levei a sério porque afinal de contas, naquele momento eu estava querendo apenas orçamento. Mas para minha total surpresa, o Flávio me ligou por volta das 19h e ficou uns 30min conversando comigo a respeito do Jalapão. Pronto! Eu nem quis mais saber de qualquer outra agência porque o que ele fez naquele momento foi conquistar 100% a confiança do cliente. Enfim, no dia 10/04/2010 eu e Gabi embarcamos rumo à Palmas, mas fazendo conexão em Brasília. E como não somos bobas, nem nada, as duas horinhas de bobeira que ficaríamos ali, arranjamos um taxista louco que nos levou para conhecer os principais pontos turísticos de lá à noite (quando Brasília fica mais bonita com as luzes acesas). Segue abaixo algumas fotos que deu para tirarmos. Bem, acabou que o nosso vôo de Brasília x Palmas atrasou 1h. Com isso começamos a ficar um pouco aflitas, com medo da pessoa da agência não estar mais nos esperando porque afinal de contas já ia dar 00h. Mas como Deus é bom e a agência que contratamos melhor ainda, a esposa do Flavio (Lívia) estava lá nos esperando firme e forte para nos levar até o Hotel Econômico, no centrinho de Palmas. Já no dia seguinte bem de manhãzinha chega o Flávio em nosso hotel para nos buscar. O cara é super simpático, sabe conversar sobre tudo e o mais importante: ele sabe fazer o roteiro de acordo com o gosto de cada cliente. Para a felicidade ou infelicidade do outro casal que foi conosco, eles teriam acabado de assinar um contrato dizendo que topariam fazer o roteiro mais radical do Jalapão que eu e Gabi (com a ajuda do Flavio) montamos...rs. E como diz nosso querido guia: Jalapão Bruto é para quem come abelha e cospe o ferrão!!! Pé na estrada que começou a aventura, galera!!! 1º dia: 1ª parada: Porto Nacional - cidadezinha típica do interior, com casinhas humildes, porém muito bonitas. Agora indo rumo à nossa primeira base, chegamos na Pousada Águas do Jalapão. Os donos e funcionários são pessoas boníssimas e estão sempre preocupados em agradar aos turistas. Nota 1000 esta pousada!!! Enquanto nosso guia foi dar um pulo no centrinho de lá para abastecer a caminhonete e fazer outras coisitas, nós ficamos aproveitando as veredas da pousada. Ah! Fomos recepcionados com cajú cortadinho e uma dose da cachaça Jalapa, que dá nome à região. E preciso falar também que conheci o Campeão (cachorrinho lindo) e o Fumacinha (gatinho) da pousada. Se alguém for lá, diga para eles que mandei um bj. rs. Segue a foto de nós 4: os agora consagrados Brutos do Jalapão!!! Foto dos meus queridos amigos: Campeão e Fumacinha. Deixaram saudade... Rola piscina na pousada também. Sabe que eu entrei e achei engraçado uma piscina no meio do "deserto"...rs. Não sabe como dei mais valor à piscina estando num cenário assim...rs. Dêem uma olhada na pousada no geral...muito aconchegante e bem cuidada!!! Depois de almoçarmos uma comidinha caseira deliciosa, e tirarmos um cochilo na rede, metemos o pé na estrada para conhecermos os locais ao redor. Primeiro ponto turístico: Pedra Furada. Segundo ponto turístico: Soninho Pequeno. Só dá para tirar fotos. Cachoeira é braba que só!!! Terceiro ponto turístico: Soninho Grande. Aqui já dá para mergulhar, mas mesmo assim com muito cuidado para a cachoeira não arrastar a gente e levar para a Soninho Pequeno. Quarto ponto turístico: Cachoeira da "Fogueira"...rs. Passamos por trás do véu...sensação de estar no lava a jato. Muito louco e perigoso!!! (Do jeito que eu pedi!!) Agora era hora de voltar para a pousada para jantarmos, tomarmos mais cachaça e descansarmos para o dia seguinte. Notem o visual que tínhamos toda noite voltando... 2º dia: Primeiro ponto turístico: Cânion do Suçuapara. Lugar mágico e encantador. Reza a lenda de que ali já foi o fundo do mar... Segundo ponto turístico: Cachoeira do Lajeado. Mais uma aventura para minha coleção de insanidades: descer a cachoeira pela queda d`água...rs. MUITO SHOW!!! Terceiro ponto turístico: Cachoeira Brejo da Cama. A pior insanidade que já cometi: saltei em um abismo sem saber o que tinha lá embaixo! MUITO PHODA³!!! Fui a primeira mulher a fazer isto. Só os moradores locais que costumam fazer isto. Isso não é pra qualquer um...tomem cuidado!!! Ah! Lá embaixo tem uma cachoeira linda! Caí na água (óbvio)! rs. Quarto ponto turístico: Cachoeira da Velha. Um espetáculo da natureza. Ali você se dá conta de como Deus fez tudo perfeito. Dá vontade de se jogar... Quinto ponto turístico: Rio Novo. Uma praia de água doce. Sexto e último ponto turístico do dia: Camping do Survivor. Gente! O casal de velhinhos mais lindo que já vi na vida moram ali. São os donos do camping. MEGA prestativos. Como lá não tem tel, chegamos umas 22h e eles nos acolheram super bem. Fizeram uma macarronada deliciosa. AMEI, AMEI e AMEI!!! Ah! Lá não pode ter frescura para as coisas. Segue foto de como tomamos banho (no caixote ou rio), comemos (a luz de velas) e dormimos (ouvindo os sapinhos cantarem "ou".."ou")... 3º dia: Primeiro ponto turístico: Acordamos às 02:30h da madrugada, nos alongamos e começamos a subir a Serra do Espírito Santo apenas sendo iluminados pela luz da lua, das estrelas e de nossas lanternas para conseguirmos chegar no topo a tempo de vermos o sol nascer. Na boa? Nessas horas que você dá valor por estar vivo e agradece à natureza por esse espetáculo diário e gratuito que poucos vêem e dão o devido valor. O perrengue para subir no escuro foi grande, mas cada gota de suor foi muito bem recompensada. Confiram só: Segundo ponto turístico: Fervedouro. Troço mais louco que já vi. Uma espécie de lago com areia movediça, mas que quando você mergulha, não afunda. Na verdade ali tem ressurgência, ou seja, água brotando do lençol freático impedindo você de afundar. Confesso que na primeiro vez deu um pouco de medo porque tenho trauma de infância com areia movediça...mas depois que vi que não afundei mesmo, aí foi só alegria...rs. Me senti uma criança num brinquedo novo!!! Terceiro ponto turístico: Comunidade Mumbuca. Uma das coisas que me fez escolher a Norte Tur foi justamente o fato de incentivarem o turismo sustentável. Ao passo em que nos hospedamos em pousadas locais, almoçamos em restaurantes/ pensões e compramos artesanatos do povo dali, estamos ajudando a economia local. Dêem valor a isto quando forem escolher o tipo de turismo que estão procurando. Bom, assim que chegamos no povoado, fomos recebidos pelas artesãs e algumas crianças que se juntaram formando um coral e comaçaram a cantar a música do "Capim Dourado"...e no final uma das artesãs recitou um poema em agradecimento à nossa visita. Foi lindo! Nos pegaram de surpresa...realmente não esperávamos tanto carinho e receptividade. Quarto ponto turístico: Dunas do Jalapão. Quando estávamos na Serra do Espírito Santo já conseguíamos avistar as dunas. Então depois que saimos da comunidade de Mumbuca, nós paramos na pensão da mãe da Julinha para almoçarmos. Comida estava divina!!! E a Julinha é uma criancinha linda e muito inteligente que ficou nos alegrando enquanto a comida estava sendo preparada. Segue fotos das dunas, de onde fomos ver agora o sol se pôr. Acabamos esquecendo da hora e ficamos brincando por lá até tarde, para o desesperdo do Flavio que teve que nos catar por lá com ajuda da lanterna...rs. 4º dia: Primeiro ponto turístico: Cachoeira da Formiga. Pessoal, essa cachoeira tem uma cor surreal!!! Verde esmeralda...linda de morrer e temperatura da água agradabilíssima. O Flavio ainda nos levou para ver a nascente dela...muito show!!! Vou deixar vocês com água na boca...dêem uma olhada nas fotos deste paraíso... Segundo ponto turístico: Fervedouro São Félix. Mesmo esquema do Fervedouro anterior, só que esse parecia ser maior. Muito legal tb!! Terceiro ponto turístico: Pedra da Catedral. Lá é mais para tirar fotos e contemplar as nuvens que parecem de desenho animado. Formato redondinho... Quarto ponto turístico: Morro Vermelho. Gente! Que lugar incrível! Me senti no céu literalmente. No pé do morro tem um barzinho onde o dono trabalha e cuida de seu filho. Ambos muito simpáticos. 5º dia: Neste dia fomos para Palmas, onde fizemos um city tour pela cidade e depois do almoço partimos para Taquaruçu, onde fizemos um rapel na Cachoeira da Roncadeira de 70m de altura. Eu que já não gosto de adrenalina, nem curti, né?! rs. AMEEEEIII!!! Amei tanto que desci DUAS vezes de cabeça pra baixo e ainda deixei o instrutor me levar para o maio da queda d`água!!! A subida até o topo que mata um...mas achei tão legal que quis repetir a dose. 6º dia: Como nosso vôo era de tarde, na parte da manhã o Flavio disponibilizou o Antônio para nos levar até a Praia do Prata para almoçarmos e nos despedirmos do grupo. Galera, não postei todas as fotos aqui até mesmo para não perder a graça para quem for. Minha intenção foi só de deixar vocês com água na boca para sentirem vontade de visitar o lugar porque de coração eu digo que valeu muito à pena. Até o presente momentp, este foi o melhor passeio que fiz. Superou totalmente as minhas expectativas, aumentou meu currículo no quesito aventuras e o fato de ter sido uma espécie de expedição, fez tudo ter um gostinho diferente. E o Flavio por ter gostado também desse roteiro que inventamos, carinhosamente apelidou o roteiro de: O Roteiro das cariocas Bruna e Gabi. Então se um dia um de vocês lerem este depoimento e quiserem fazer as aventuras que fizemos, é só ligar para a Norte Tur e solicitar o nosso roteiro. Ao Flavio, Dona Telma, Lívia e todos que conhecemos no Jalapão, o meu muito obrigado pelo carinho e atenção. Já aos meus companheiros BRUTOS de viagem (gabi, Marco e Claudia), espero viajar mais vezes com vocês!!! Essa viagem só foi perfeita porque graças ao bom Deus, tudo deu certo. Conhecemos as pessoas certas, caímos nas mãos de uma agência de confiança, o tempo ajudou, o guia soube entender nossa necessidade e com isso nos ajudou a montar o roteiro com nossa cara. Enfim, o conjunto todo foi nota 10! Bjão a todos e espero de coração que meu depoimento ajude em alguma coisa
  8. Olá Pessoal! Eu e uma amiga iremos para a Chapada das Mesas em fevereiro de 2011. Data de ida: 15/02/2011 Data de volta: 19/02/2011 Roteiro: Terça-feira - Dia 15/02/2011: - Transfer-in Aeroporto de Palmas-TO (23:00 PM). - Saida +- 23:30 PM, direto em direção a Chapada ;são 500 quilometros de asfalto na BR 153 (Rodovia - Belém/ Brasilia). Quarta-feira - Dia 16/02/2011 - Chegada +- 7:00 /08:00 AM (Café da Manhã). - Manhã Livre (Cachoeira Itapecuru). - Check-in Pousada 12:00h - Almoço 12:30 – Pousada Itapecuru. - Saida 13:30 Atrativo: Encanto Azul, lugar secreto, totalmente natural. Uma pequena trilha com vegetação agreste e mais cerca de 100 metros de descida em um cânion com mata fechada, nos leva à esse lugar encantador: uma piscina natural de águas transparentes que brotam das rochas, com temperatura agradável. (Visitaremos a Cachoeira de Santa Bárbara????) - Retorno a Pousada +- 16:30. - Chegada a Pousada +- 18:00. - Jantar 19:00 (Tempo Livre). Quinta-feira - Dia 17/02/2011 - Café da Manhã - 07:00 AM. - Saida 07:30 Atrativo: Cachoeira de Santa Bárbara, um dos maiores saltos da Chapada das Mesas com 70 metros de altura e um delicioso poço para banho.(Visitação 01h:00min). - Chegada +- 10:30 ao Atrativo Poço Azul, o reflexo da água explica seu nome. Sua piscina natural formada por águas cristalinas nos convida para curtir mergulhos. (Visitação 01h:00min). - Almoço 12:30 Pousada Itapecuru. - Check –out 13:30 PM. Saida 14:00. - Chegada a Pousada Pedra Caida (Check-in)+- 15:00. - Chegada ao Atrativo Cachoeira da Pedra Furada /Santuario da Pedra Caida +- 16:00. O complexo Pedra Caída é um santuário esculpido em meio ao cerrado maranhense. - Caminharemos por uma trilha suspensa de madeira que separa a estrada até a primeira queda d’água, cujos paredões chegam a atingir 50 metros (Happel /Tirolesa)serviços a combinar com intrutor. Sucessão de paisagens magníficas. A Cachoeira da Pedra Furada se formou devido à força das águas do rio Brejão, que esculpiram um enorme buraco, onde hoje está a cachoeira de 30 metros. Mais alguns metros de caminhada e quando o percurso parece chegar ao fim, surge uma fenda, espécie de porta natural, por onde revela-se parte do Santuário, espécie de templo de formato piramidal formado pela ação da água sob o arenito friável há cerca de 60 milhões de anos, por onde cai a Cachoeira da Pedra Caída de 46 metros de altura. Euforia, calma e emoção são algumas sensações relatadas para definir a magia do lugar. - Retorno a Pousada 18:00. - Jantar 19h:00min Sexta-feira - Dia 18/02/2011. - Café da manhã 07h00min. - Saída às 07h30min Check-out. - Chegada ao Atrativo +- 09:30 min Cachoeiras de São Romão. Uma breve caminhada nos leva à Cachoeira, localizada no rio Farinha, um afluente do rio Tocantins,um grande poço formado por seus 25 metros de queda é ideal para deliciosos banhos,chegaremos até sua cortina, onde jatos d´água massageiam nossas costas. Aqui, tempo para repôr as energias com o Picnique +- 12:00. - Em seguida, vamos conhecer a Cachoeiras da Prata, conjunto de 3 ( três) quedas que caem em uma ampla área, formando mais um delicioso poço para banho. Revoadas de andorinhas tornam o cenário ainda mais encantador. Por volta das 16:00h. - Saida para Palmas – TO 16:30 min. - Parada para Jantar 19:30 min Br 153. - Chegada em Palmas +- 22:30 min. Passeio: com TUDO incluso...guia, transporte em caminhonete Hilux com ar/mp3, lanches para fazer durante o caminho, 02 estadias em pousadas com direito a café da manhã e jantar e ingresso para os atrativos. Tudo isso por R$ 1.000,00 por pessoa. Quem tiver interesse, favor deixar um recado para mim que estarei entrando todos os dias aqui no tópico para olhar. Bjs, Bruna.
×
×
  • Criar Novo...