Ir para conteúdo

Netuno

Colaboradores
  • Total de itens

    256
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Depois de uma longa pesquisa, escolhemos o CEL - College of English Language (http://www.englishcollege.com) que tinha boas recomendações, bom preço e, muito importante, turmas pequenas com no máximo 10 alunos. A escola fica no centro de San Diego com ótima localização. Como éramos 5, além de bons descontos, pudemos conhecer vários professores de intermediário e avançado. Todos muito bons! Realmente Professores com formação e didática. Na primeira segunda-feira fizemos o teste e conhecemos a escola. No dia seguinte começamos efetivamente as aulas. Toda semana é feito um teste e você pode muda
  2. Olá Catortelli O visto de estudante é só para quem faz mais de 18 ou 20hs (não lembro bem) de aula semanal. Para poder fazer visto de estudante, alguns fazem aula a tarde uma vez por semana para completar a carga horária necessária para o visto. Nós todos gostamos muito da escola. Turmas pequenas (máximo de 10 alunos), professores bem preparados, ambiente legal. Como éramos 5 em turmas diferentes, pudemos conhecer vários professores e todos realmente p Professores. Boas trips e Bons cursos Abs
  3. Patagonia Atlantica e a volta para casa (22 a 27/1/2014) Saímos de El Chalten de manhã. Estávamos iniciando o retorno para casa, mas ainda tínhamos vários lugares para visitar na Patagônia Atlântica. Sabíamos que o tempo era curto e teríamos que priorizar. Retornamos pela Ruta 40 até Tres Lagos e de lá pela Ruta 288 atravessamos a Argentina até chegar no Atlântico e na Ruta 3, na cidade de Cmte. Luis Piedrabuena onde abastecemos e almoçamos. A Ruta 288 é toda de rípio e sem nenhum movimento. Ainda mais vazia que a ruta 40. A estrada estava em obras e fora isso, entre Tres Lagos e Cmte Lu
  4. Ruta 40 e EL Chaltén (18/1 a 22/1/2014) Na nossa primeira viagem para a Patagônia fomos a El Calafate, mas como o tempo era curto não conhecemos El Chalten. O paraíso dos trekkings merecia um tempo maior para ser conhecido. E dessa vez, como viajamos de carro ainda percorreríamos boa parte da lendária e deserta Ruta 40. Depois de passear rapidamente em Chile Chico, entramos na Argentina em Los Antiguos no meio da tarde. Como ainda era cedo, decidimos rodar até Bajo Caracoles que pelo que tínhamos pesquisado era uma vila com hospedagem na Ruta 40. Depois de passar por Perito Moreno (a cid
  5. Carretera Austral (12/1 a 18/1/2014) A Carretera Austral era a parte mais esperada da viagem. E não decepcionou! Os visuais são fantásticos e não são repetitivos. As pequenas cidades são muito agradáveis e as pessoas da região muito simpáticas. Entramos no Chile por Futaleufu. Este trecho inicial não é a Carretera Austral, mas o visual tem o mesmo padrão de beleza da estrada principal. Subimos a Carretera em direção norte até Chaiten e depois descemos até Caleta Tortel. Voltamos até o lago General Carrera para retornar a Argentina por Chile Chico. Não fomos até a Villa O’higguins. Ficamos
  6. Netuno

    Florianópolis

    Sobre o passe rápido para turistas tem mais info aqui http://www.setuf.com.br/passe-rapido/cartoes/turista/ O cartão para turistas custa R$ 3,00. A passagem está custando R$ 3,10 em dinheiro e R$ 2,98 com cartão. Então vale a pena se for andar muito de bus ou vier a Floripa com frequencia. Além disso, pagando com dinheiro a integração de uma linha para outra só pode ser feita no terminal, sem mudar de plataforma (só o TICEN tem + de 1 plataforma). Usando cartão tb dá para trocar de bus fora dos terminais sem pagar outra passagem, mas isso depende da linha e do sentido (uma vez liguei p o Setu
  7. Região dos Lagos Argentinos (07/01 a 11/01/2014) A imigração foi rapidinha e já entramos na Argentina próximo a ruta dos 7 lagos, um pouco depois de Villa La Angostura. Seguimos nossa viagem panorâmica parando nos lagos do caminho até San Martin de Los Andes. A parada que mais gostamos foi no lago Trafful. Ao contrário das estradas pelas quais tínhamos passado de manhã no Chile, por aqui o movimento era intenso e exigia dirigir com atenção. Para o motorista, curtir o visual só nas paradas. Chegamos por volta de 18 ou 19 horas em San Martin. Começamos a procurar hospedagem e...tod
  8. Ola HLira, Eu estive no Atacama, Bolivia e Peru em 2012. Vale muito a pena! Planejo voltar, mas não sei quando. E realmente nossas viagens tem sido bem parecidas. Inclusive, eu também moro em Floripa. Abraços
  9. Região dos Lagos Chilenos (04/01 a 07/01/2014) Saímos de manhã, mas não muito cedo, de Rancágua e seguimos pela ruta 5 para o sul. No caminho fizemos contato com o famoso hostal Érika em Puerto Varas e, para nossa sorte, tinham um cancelamento e vaga para nos acomodar por 2 noites. A intenção era ficar 3 noites por lá, mas isso resolveríamos depois. O hostal Erika é simples, mas muito limpo e por um preço justo. Os destaques são o café da manhã e a simpatia da Dona Érika. Foi lá que comemos a melhor Kuchen (cuca) da viagem. Que delícia! Como já conhecíamos Pucon, optamos por concentrar no
  10. Região do Aconcágua (31/12 a 03/01/2014) Ao chegar em Mendoza fomos direto para um supermercado. Tinha acabado de fechar. Muitos clientes ainda estavam lá dentro. Seguimos para outro e a mesma coisa. Continuamos rodando e vimos do outro lado da rua um super da rede Vea ainda aberto. Ufa, tudo parecia resolvido. Só que não! Tinha um canteiro no meio da pista e para chegar no super foi preciso fazer uma pequena volta. Tempo suficiente para que este mercado também fechasse. Pqp! Ferrou! Numa loja de conveniência de posto compramos os itens que conseguimos para quebrar um galho. Encontramos u
  11. A Viagem de Ida (29 a 31/12/2013) Partimos de Floripa no dia 29 de dezembro. A ideia era sair bem cedo, mas na véspera voltamos do Natal em família no Rio de Janeiro e a sola do meu pé estava inflamadíssima, aparentemente por uma farpa. Tive que esperar 3 horas no pronto atendimento da Unimed e saí de lá tarde da noite tendo que tomar antibiótico e anti-inflamatório. Dormi mal, com medo de complicar a viagem por dificuldade de dirigir por causa do pé, mas os remédios fizeram efeito. Bem, conseguimos sair lá para o meio dia e pé na estrada. De Floripa a Porto Alegre, pegamos trânsito apenas
  12. Esta foi nossa 2ª viagem para a patagônia. Não repetimos nada. Visitamos apenas lugares diferentes. O relato da 1ª viagem pode ser acessado no link na assinatura. Desta vez viajamos de carro. Saímos de Floripa em direção a Mendoza. De lá atravessamos a cordilheira para o Chile, descendo até os lagos chilenos. Cruzamos novamente a fronteira para conhecer o lado argentino da região dos lagos e continuamos para o sul pela Carretera Austral. Retornamos para a Argentina e descemos até El Chalten. De lá iniciamos o retorno pela patagônia atlântica. Partimos no final de dezembro de 2013 e retorna
  13. Netuno

    Praia do Forte

    Obrigado pelo post! Eu estava justamente querendo algo que tenha: 1) sossego, 2) praia boa para banho (mesmo que tenha que caminhar um pouco - 10/15 min - pra chegar), 3) infraestrutura e 4) comida boa. Quero passar 10 dias por lá, minha idéia é alugar um carro. Você recomendaria? O acesso a praias mais próximas é bom? Abraços. Moacir, da pousada para a praia vc faz uma trilha de uns 15 minutos pelas dunas e chega num trecho deserto. Andando um pouco para a esquerda vc chega em um trecho com barracas na praia de Santo Antonio, onde vc pode comer um peixe ou camarao, tomar uma g
  14. Netuno

    Florianópolis

    Os onibus saem do terminal Rita Maria que fica ao lado do TICEN, bem juntinho da ponte para o continente. No aeroporto vc pega bus p o TICEN.
×
×
  • Criar Novo...