Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Rose Carlos

Membros
  • Total de itens

    11
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre Rose Carlos

  • Data de Nascimento 24-11-1984

Outras informações

  • Lugares que já visitei
    Brasil:
    - Capitais: São Paulo (SP), Salvador (BA), Brasília (DF), Belo Horizonte (MG), Porto Alegre (RS).
    - Interior: São Carlos (SP), Pirenópolis & Cachoeiras (GO), Goiás Velho (GO), Minaçu (GO), Caldas Novas (GO), Niquelândia (GO), Praia Grande (SP), Santos (SP), ABC (SP) Campos do Jordão (SP), Carmo da Cachoeira (MG), Ribeirão Preto (SP), Americana (SP), Chapada dos Veadeiros & Cachoeiras (GO), São Jorge (GO), Gramado (RS), Canela (RS), Serra Gaúcha - Parque do Caracol (RS), Salto de Corumbá & Cachoeiras (GO).

    Exterior:
    Buenos Aires & Tigre - Argentina. Julho - 2010
    Santiago, Viña Del Mar, Valparaíso & Laguna del Inca/Portillo - Chile. Janeiro - 2011
    Buenos Aires & Colonia del Sacramento - Argentina & Uruguai. Novembro - 2013
    Montevideo, Punta del Este & Colonia del Sacramento - Uruguai. Julho - 2015
    Patagônia Chilena: Trekking (circuito W) em Torres del Paine; Puerto Natales e Punta Arenas - Chile. Novembro 2015.
  • Próximo Destino
    Europa - Tour. Primeiro semestre de 2016.
  • Ocupação
    Estudante, musicista.
  1. Rose Carlos

    Torres del Paine

    A cotacao aqui em Puerto Natales foi a pior, Leo: 150 pesos para 1 real!! No aeroporto de Santiago ficou 173 pesos, pra vc ter uma melhor nocao (pois aeroporto sempre é um cadin mais caro...). Alguns dizem que mais vale cambiar pelo dólar, nao tenho conhecimento consistente pra te indicar isso, MAS, encontramos um casal de brasileiros que cambiaram por 176 em Santiago, na capital mesmo, nao no aeroporto. Como apenas trocamos de aviao, nao havia tempo para descer na cidade - mesmo que houvesse, teria o gasto com o taxi. Sobre El Calafate, eu realmente nao sei te informar porque nao olhamos.
  2. Rose Carlos

    Torres del Paine

    Vitor, estou em Puerto Natales agora. Acabei de voltar do circuito W, Torres del Paine. Uma dica: as coisas por aqui estao muito caras (sorry a falta de acento, nao consegui configurar o teclado para portugues), nao aconselho alugar nem comprar nenhum equipamento, nem mesmo a comida do mochilao - melhor comprar no Brasil, de verdade. Os precos foram reajustados e na minha opiniao, NADA aqui é barato. Quando voltar apareco para falar melhor do nosso trekking. Outra coisa: nao assuma a trilha assim que chegar de El Calafate (acho que vi vc perguntar isso noutro post). Melhor comecar a trilha bem cedo, pelo menos, eu peguei um vento de 60km - te atrasa e mete bastante medo em alguns trechos.
  3. Rose Carlos

    Torres del Paine

    Muito obrigada, Leo! Estou indo pra TDP por agora - ficarei 10 dias no parque. Qualquer informação sobre os acampamentos, quando voltar, repasso aqui. Também estou indo "às cegas" mas confiante de que dará tudo certo.
  4. Rose Carlos

    Despachar mochila, bagagem...

    Thamaracuja, obrigada pela resposta! ^^ Uma colega me deu a idéia de não levar e deixar pra comprar no Chile mesmo - e na volta, desfazer ou vender/doar pra alguém. Acho que é a opção mais segura pra quem não quer despachar.
  5. Rose Carlos

    Despachar mochila, bagagem...

    Aoo! Tomara que dê certo! A GOL é mais de boa que a TAM, companhia pela qual farei meu próximo mochilão no final do ano. So, estou com receio do atendente encrencar. Agora, meu maior medo é de fato, despachar a mochila! Não por causa de furto, mas justo por conta da possibilidade de extraviarem a benedita! Caso algo aconteça, foi-se minha viagem. Por favor, tem como me dizer se você dispunha de objetos como... canivete? Minha mochila é 50L + 10 - praticamente a medida da sua, mas precisarei levar uma faca e/ou canivete. Objetos de uso pessoal, como protetor, já tenho todos com frascos menores que 100ml.
  6. Rose Carlos

    Santiago - Onde Ficar?

    Olá Hugo! Não sei se vou ajudar já que cheguei meio tarde para lhe dar a dica; eu fiquei no Andes Apartments. Amei e recomendo pra caramba. Se quiser um relato melhor, escrevi na página 22 e 23. Não sei se apartamento é mais barato que hotel, mas para mim, apartamento é mais prático e o Andes conta com suas requisições aí. Na página anterior teve um parceiro que falou sobre ele também. E noutra página, peguei a dica de outra usuária com relação ao Hostel Bella que me deu até vontade de voltar à Santiago antes da hora, hahahaha, mas deste, só conheço o site: http://www.hostalbella269.com Enfim, boa sorte aí! o/
  7. Rose Carlos

    Santiago - Onde Ficar?

    Olá Gustavo, tudo bem? Então, eu fiz a reserva no www.hostelworld.com É muito mais prático e eficiente, e tem sim, que pagar uma parte à vista: 10% do valor, se não me engano. O restante é no Check-in. No site tem todos os tipos de quarto, informam se estão reservados, se tem datas "quebradas" (exemplo; você ficará do dia 5 ao 15, o quarto que quer está disponível em todos os dias, exceto dia 10), opinião de quem se hospedou, etc. E, o Hostel World está em vários idiomas, o que facilita mais ainda. Mari, também não fiquei muito fâ da comida de lá, mas amei uma tal de empanada que comi na estrada, retornando da Lagoa del Inca. Como também, o almoço que comi em Viña del Mar estava bom, embora nunca melhor que nossa comida, sinceramente. As batatas fritas são de fato boas, mas alguns lugares ficam super encharcadas. =S Agora, um tipo de petisco chamado "ramitas" é uma delícia, para o meu gosto, trouxe 4 pacotes pra comer aqui, rs. As frutas também; o pêssego de lá dá de 10 a 0 no nosso! Quanto ao café da manhã do hostel, eu achei normal. =P Pão, mezzaluna, manjar (doce de leite), sucrilhos, bolo, café, leite, suco de dois sabores, geléia de morango, manteiga e acho que é tudo. Eu gostava. =) Conosco, o povo foi de boa, mas menos receptivos do que no hostel em que ficamos em Buenos Aires. Olá Leandro, tudo bem? Então, lê um pouco acima, as dicas que dei sobre o apartamendo do Andes Hostel. Ele fica perto da maioria dos principais pontos turísticos e não sei se disse, mas tem uma estação de metrô em frente ao hostel também. Pra você que vai com o bebê, vale muito mais a pena, principalmente por ser privado e ter a cozinha equipada, onde você poderá esquentar o leite da mamadeira, papinhas, etc. e até tecido, caso o bebê tenha cólicas e precise colocar algo morno na barriga. O fato de ter suite ajuda demais também, pois criança geralmente toma uns 3 banhos por dia.
  8. Rose Carlos

    Santiago - Onde Ficar?

    Gente, passando só pra indicar um hostel: Fui para Santiago agora, no último mês de janeiro. Pesquisamos bastante sobre os albergues e encontrei o Andes Hostel: www.andeshostel.com Reservamos o Loft Apartment, por 6 noites. Totalizou um valor de U$$ 540,00 e valeu SUPER a pena. Este total foi dividido por 4 pessoas, e conta com café-da-manhã. O hostel/apartamentos é muito bem localizado. Fica no bairro Bellas Artes, há umas 2 quadras da Plaza das Armas e do Cerro Santa Lucia, fora que é de frente à estação de metrô Bellas Artes. Sinceramente, a localização possibilitou-nos andar a pé em quase todos os dias conhecendo vários pontos turísticos, exceto quando fomos ao Shopping Arauco e ao Cerro San Crisbobal. No mais, além dos já citados, pode-se ir na feira em frente ao Cerro Santa Lucia, ao Museo Municipal, ao Parque Forestal, várias igrejas (fomos em umas 5, incluindo a Catedral, que fica na Plaza das Armas), Museo Bellas Artes, Biblioteca Municipal, Palacio de la Moneda, Mercado Central, Estación Mapocho, etc. tudo à pé, é uma maravilha. =P E o Bairro apesar de estar bem próximo ao Centro, tem um estilo muito requintado, à noite tem vários barzinhos/restaurantes para visitar. ^^ Quanto as condições físicas do hostel: o apartamento faz jús às fotos. Fica na Rua Merced atrás da Rua Monjitas, que é a do Andes Hostel. É um flat, lindo e moderno, muito limpo e totalmente equipado; microondas, forno, fogão, geladeira, ar condicionado, etc. Pratos, talheres, copos, panelas, etc. A cozinha é integrada na sala que possui uma varanda, nós ficamos em uma bicama na sala, bem confortável. No andar de cima, fica a cama de casal king, um guarda roupas pequeno, cofre e um banheiro, com uma pequena banheira (para uma pessoa). O apartamento é limpo todos os dias, e você pode utilizar-se da piscina do condomínio, que ficava no 22º andar, se não me engano, toda fechada com paredes de vidro, o que proporciona uma visão panorâmica ótima. =) Aaa, só lembrando; nós achamos o preço dos restaurantes meio salgado por lá, porém, no térreo do prédio em que ficamos, tem um supermercado pertencente à uma rede tipo o Carrefour/Extra para nós. Pensa... eu engordei 3 quilos nesta viagem, hahahaha fora que, nos supermercados, além de algumas coisas típicas, você também encontra ótimos³ vinhos. =P No Hostel, nós encontramos muitos² brasileiros, de todas as idades, inclusive, um grupo de 2 idosas e suas filhas que foram de ônibus para ficar somente 3 dias, fiquei boba com a disposição delas. Enfim, é isso.
  9. Rose Carlos

    Viñas em Santiago - Perguntas e Respostas

    Passei aqui para agradecer à você, Marcelovisk, por todas as dicas sobre a viña Casas Del Bosque. Obrigada, de verdade! Nós fomos à duas vinhas, como indicado por você mesmo. No sábado, fomos visitar Portillo, perto do caminho para lá, tínhamos a viña Errazuriz ( http://www.errazuriz.com ), linda, e muito conceituada no Chile. Amamos o vinho deles, no dia que fomos, haveria um casamento, ela estava mais bonita do que deve ser de costume. O atendimento foi fantástico, o rapaz que nos ofereceu a degustação de vinhos é ótimo na sua função, fala português e se chama Pedro. O vinho é excelente, e difícil de achar para comprar mesmo no "Mundo Del Vinho". Não vi garrafas Errazuriz por lá e nas demais lojas também não. No domingo, devido à ida para Valparaiso e Viña Del Mar, passamos pela viña Casas Del Bosque. ^^ Não degustamos, apenas visitamos a viña que estava lotada, com 3 ônibus de excursão. Ela também é linda, e totalmente diferente da viña Errazuriz; enquanto esta tem um estilo mais europeu, rústico e aconchegante, Casas Del Bosque lembra o estilo das vinhas americanas, bastante florida e com uma loja bem equipada de coisas com a logomarca deles. Compramos vários vinhos, são maravilhosos e vale a pena a visita. Como nosso tempo era muito curto, não deu mesmo para fazer o tour nem a degustação. Agora, sobre o transporte: nós cogitamos o carro, sabe, mas no final das contas, eu tinha entrado em contato com um senhor chamado Luis Rojas, que nos levaria à Portillo por um bom preço - Portillo eu conheci nas fotos, achei a paisagem fascinante, não poderia deixar de ir lá; e a estrada é perigosa, não dava pra arriscar em alugar um carro. O Luis foi tão atencioso conosco, que perguntamos quanto ele cobraria pela viagem à Valparaiso e Viña Del Mar, ele fez um ótimo preço para nós, e acabamos por fechar o passeio ao pacífico com ele também, e achamos que foi boa pedida. =D O contato dele, para quem se interessar: Luis Rojas Fuentes LARFTOURCHILE http://www.larftourchile.cl [email protected] Tel.: (56 2) 535 99 54 Se entrarem em contato via minha indicação, podem dizer que "a Rose" indicou, ele vai se lembrar, com certeza. ^^ Aaa, ele também fala português, morou por mais de 10 anos no Brasil. Enfim, estou construindo aos poucos o meu relato sobre nossa viagem, meu tempo está muiiito curto, mas se tudo der certo, até metade de março terminei de organizar o post com fotos e tudo, e detalharei mais o que se passou conosco. Uma coisa já deixo de antemão: nós AMAMOS o Chile, pretendemos voltar o quanto antes; ficamos impressionados com a hospitalidade do povo chileno. Vale a pena conferir e visitar suas maravilhosas vinhas! Abraço!
  10. Rose Carlos

    Viñas em Santiago - Perguntas e Respostas

    Marcelo, valeu demais pelas dicas, li desde a primeira página e foi super válido as opiniões (sua e dos demais usuários) sobre a famosa Concha y Toro (cuja qual não pretendo mais visitar). Estou indo à Santigo dia 26/01 e volto dia 01/02. Seremos 4 pessoas. Cogitei visitar apenas uma vinícula devido ao tempo, que será meio curtinho porém, ao ler o que disse sobre visitar duas vinículas, realmente me levou a pensar numa possibilidade e gostaria , se pudesse, que me informasse se é possível. =P Queremos ir à Valparaíso e Viña del Mar em um dos dias, sair bem cedo e voltar no final da tarde ou à noite. Porém, se ficássemos em uma das cidades, e voltássemos no outro dia pela manhã, passando pela vinícula Casas del Bosque às 10h (é um dos horários que eles dispõem no site) chegaríamos em Santiago, no meio da tarde? Ou, daria para visitar a vinícula na ida, passar o fim de tarde em Valparaíso ou Viña del Mar e voltar no mesmo dia? (dessas cidades, pretendemos conhecer somente a praia mesmo) É que se for o caso, creio que irei visitar a vinícula Santa Carolina também, haha. =) Outra coisa: não informam sobre preços no site. Você pagou quanto, quando foi? Pelo tour completo e/ou se souber o preço somente da entrada, fico grata. Pelos sites, as duas vinículas parecem maravilhosas. Gosto muito do vinho Santa Helena, talvez seja meu preferido vinho chileno (bem, Casillero del Diablo também...), mas infelismente a vinícula fica meio longinha para ser feita nessa pequena viagem. Eu havia pensado em ir somente em uma, depois das dicas, creio que vale a pena conhecer duas, e o fato da Casas del Bosque ficar no caminho de Valparaíso/Viña del Mar, me pareceu muito propícia conhecê-la, além de outra mais perto de Santiago.
  11. Rose Carlos

    Onde ficar em Buenos Aires?

    Fui com meu namorado no final de Julho do ano passado (2010). Ficamos hospedados no hostel Kapake: http://www.kapake.com.ar Nós escolhemos este hostel principalmente pela localização (fica a uma quadra do metrô urbano e do trem que leva à linda cidade de Tigre), também, pelo bairro; Palermo. E nisso, não me arrependo MESMO. O fato de estarmos perto destes dois meios de transporte nos asseguraram andar bastante e chegar em horário "avançado" sem sofrer com falta de segurança. O bairro Palermo também é ótimo, tem ótimos bares e restaurantes e dispõe de um movimento noturno bom. =) Este foi o ponto extremamente positivo deste hostel. No atendimento, foram excelentes. Respondiam os emails quase que simultaneamente. Nos trataram hiper bem, auxiliaram nas rotas, nos deram 2 mapas que foram essenciais. Agora, quanto ao local em si, está decadente em relação às fotos do site. Tipo, velho, sabe? A área externa não mais existe - não tem as cadeiras nem plantas, etc. Eu fiquei num quarto privado com suite. Meu namorado ficou num compartilhado misto. Meu quarto estava bom, com aquecedor, etc. Agora, a descarga deu problemas e eles não consertaram, tive de pedir um balde para enfim, não inundar o quarto com vocês-sabem-o-que, hahahahahaha (exagero, claro, mas, sim, a parte do balde é fato). Já no quarto compartilhado, o que todos aqui creio que conheçam; beliches, horário para acender/apagar a luz, etc. O legal é que me permitiram ceder o banheiro do meu quarto para o namorado tomar banho. Como também, outro dia precisei de um secador de cabelos (porque lá estava bastante frio, não dava pra ficar com cabelos molhados!) e me emprestaram de boa, sem cobrar. O local peca na limpeza, não chega a ser sujo, mas também não posso afirmar que é limpinho. Tirando isso, foi minha primeira experiência em hostel e eu amei! Mesmo com esses detalhes que, na minha opinião, não diminuiram em nada a minha viagem. =D Achei super "livre", sem burocracias e, é maravilhoso traçar o próprio trajeto, pesquisar lugares e tudo. A gente se sente conhecendo de verdade a cidade, é ótimo. Ainda posto o relato da minha viagem pra vocês lerem. Vale SUPER a pena ir assim. =D E, detalhe; não gastamos mais que R$ 1200 reais (sim, eu e ele - indo à Tigre, ainda ^^; fora as passagens, que trocamos devido aos pontos do "Tam Fidelidade"), conhecendo muitos lugares e comendo bem.
×