Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Roberta.

Membros
  • Total de itens

    11
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Outras informações

  • Próximo Destino
    Leste europeu!
  1. Rodrigo, O relato ficou muito bom!! Parabéns e obrigada por compartilhar!! Abraços, Roberta
  2. Guerra, Estou acompanhando seu relato... que experiência incrível!!! Boa sorte! Abraços, Roberta
  3. Gustavo, As fotos ficaram muuuito boas!! Obrigada por compartilhar sua aventura!! Abraços, Roberta
  4. Em 2007 decidi realizar um programa de intercâmbio. Optei pelo programa de Au Pair e fui para os Estados Unidos em uma cidade próxima de Seattle no estado de Washington. Morei lá por um ano e vou postar algumas dicas sobre cidade!! Um pouquinho sobre a cidade Seattle é a maior cidade do estado de Washington. Está situada na costa oeste dos Estados Unidos e perto da fronteira com o Canadá. É cidade sede da rede Starbucks, do filme Sleepless in Seattle e cidade em que o movimento grunge se destacou. Dica: Se você está viajando para Seattle, se prepare, pois chove muuito por lá! Para se ter uma idéia, a cidade conta com uma média de 226 dias nublados ou chuvosos por ano!!!!!!!!! Hospedagem Green Tortoise Hostel: muito bem localizado, pertíssimo do Pike Place Market e bem no centro da cidade! http://www.greentortoise.net/ Obs: Eu não me hospedei nesse hostel em Seattle (pois morava à 30 minutos de lá!!)... mas já fiquei em no Green Tortoise de São Francisco e foi bacana!! Atrações Ride the Ducks: tour bem humorado para se conhecer os pontos turísticos da cidade. O meio de transporte é um tipo de carro que se transforma em um barco no fim do tour! http://www.ridetheducksofseattle.com/ Underground Tour: tour a pé pelas ruas de Seattle e também por passagens subterrâneas... http://www.undergroundtour.com/ Space Needle: torre de 184 m de altura na qual se tem uma vista panorâmica da cidade. http://www.spaceneedle.com/ Pike Place Market: mercado localizado na região central, com lojas de produtores locais. Lá você irá encontrar vários tipos de comida, flores, artesanatos, etc. http://www.pikeplacemarket.org/ http://www1.folha.uol.com.br/folha/turismo/noticias/ult338u533464.shtml Seattle Art Museum http://www.seattleartmuseum.org/ Seattle Center: centro de conversões onde acontecem diferentes eventos ao longo do ano. http://seattlecenter.com/ Experience Music Project e Science Fiction Museum: museu da música e de ficção científica. A arquitetura do museu é bem inovadora e as exibições são muito interessantes. http://www.empsfm.org/ Freemont troll: é um troll gigante que fica em baixo de uma ponte em Freemont! http://www.roadsideamerica.com/story/2236 Cemitério (calma que eu explico!!) Esse vale a pena... é onde está o túmulo do Jimi Hendrix. http://www.jimihendrixmemorial.com/visit.html Montanhas Mont Rainer National Park: montanha próxima à Seattle. http://www.nps.gov/mora/index.htm Compras ROSS: loja com roupas e acessórios de diversas marcas. Ótimos preços, tanto que o lema da loja é “Dress for less”!! http://www.rossstores.com/ Premium Outlet: diversas lojas com preços muito acessíveis. Fica longe do centro... tem que ir de carro mesmo. http://www.premiumoutlets.com/outlets/attractions.asp?id=71 Bares Crocodile Café: cláaaasico de rock!! http://thecrocodile.com/index.html The Pink Door: barzinho/ restaurante italiano com Cabaret!! http://thepinkdoor.net/ Pub Fado: pub estilo irlandês. http://www.fadoirishpub.com/seattle/ New Orleans: bar que toca jazz e blues. http://www.neworleanscreolerestaurant.com/ Capitol Hill: é um bairro bacana que tem muitos bares e restaurantes legais. Uma vez por ano rola a Block Party lá. Onde Comer? Bom... tem muiita coisa bacana por lá... vou colocar as opções mais básicas... Subway: bom, barato e tem em vários lugares! Trader Joe´s: mercado com muitas opções para vegetarianos!! http://www.traderjoes.com/ Krispy Kreme: donuts!! http://www.krispykreme.com/home Seattle´s Best Coffee: tipo Starbucks mas de Seattle! http://www.seattlesbest.com/ Shows The Gorge Amphitheatre: é um lugar para shows muito grande e mavilhoso! Vale a pena dar uma pesquisada e ver se vai rolar algum show/ festival por lá. Fica a umas 3h (se não me falha a memória) de Seattle. Eu fui no Vans Warped Tour e foi sensacional =) http://www.livenation.com/Gorge-Amphitheatre-tickets-George/venue/122913 Cidades turísticas próximas de Seattle Leavenworth: é uma cidade linda, ainda no estado de Washington. O lema da cidade é “Your bavarian getaway”. http://www.leavenworth.org/modules/pages/index.php?pageid=1 Vancouver (Canadá): se já tiver o visto, basta pegar um ônibus da estação central de trem (é isso mesmo) de Seattle e em algumas horas você chega lá!! http://vancouver.ca/ Segue o link do amtrak (empresa que faz viagens de trem nos EUA e ônibus como nesse caso): http://www.amtrak.com/servlet/ContentServer?pagename=Amtrak/HomePage Rádio Como assim rádio?? É a rádio que eu gostava de escutar lá (pra quem curte rock)!! http://www.1077theend.com/ Jornal The Stranger: jornal mais “descolado”... bom para ficar por dentro dos eventos que estão acontecendo e também tem matérias bacanas e algumas recheadas de gírias. http://www.thestranger.com/ FOTOS: Bom... é isso... dividi com vocês um pouco do que eu descobri em um ano nessa cidade que eu adoooro (apesar da chuva)!! Abraços, Roberta.
  5. noiscasa, Obrigada por ler o relato =) Espero ter ajudado! Buenos Aires é muito bacana... vale a pena passar alguns dias lá. A cidade tem várias atrações e um ótimo custo-benefício!! Abraços, Roberta
  6. Olá Léo!! A sua planilha foi muito útil para o planejamento da minha viagem! Fiz uma adaptação dela e utilizei várias dicas... Muito obrigada! Abraços, Roberta
  7. Olá Leo, Muito bom o seu relato!! Serviu de inspiração pra minha viagem pela terrinha hermana. Obrigada! Abraços, Roberta
  8. Oi Mi, Muito bom o seu relato!! Mais uma trip que vai entrar pra minha listinha!!! Obrigada por compartilhar mais uma vez.
  9. Olá Adriana, Eu também pesquisei várias escolas... por fim optei pela VOS: Club Cultural del Español en Buenos Aires. Apesar de não ser tão conhecida quanto as outras, achei a proposta da escola interessante (curso aliado a atividades culturais). Valeu muito a pena. Os professores são ótimos e as atividades extras são bem elaboradas. A escola é pequena e fica situada em um casarão antigo no bairro da Recoleta. As classes têm poucos alunos e assim o desenvolvimento da aula flui melhor. O material é elaborado pelos professores e varia de acordo com seu interesse e o seu nível. Quanto as outras escolas, o que sei também está limitado as pesquisas que realizei via internet. Portanto, prefiro deixar aqui o meu parecer apenas da escola que escolhi. Em relação à hospedagem, a minha experiência no Hostel Obelisco foi muito boa. Fiquei no quarto compartido (feminino) e valor da diária foi 55 pesos. O Hostel está muito bem localizado e conta com uma boa estrutura. O café da manhã é excelente. Foi a opção mais econômica e tb divertida! Quanto à casa de estudantes ou casa de família, acredito que a maioria das escolas podem te indicar algumas. Para ter idéia dos preços, você pode dar uma olhada nesse link: http://www.vosbuenosaires.com/pt/escola/hospedagem-em-buenos-aires/ Abraços!
  10. Que bom que gostou do relato! Espero ter ajudado! Respondendo a sua pergunta... gostei muito das duas cidades! Mendoza é pequena mas acho que valeu a pena passar por lá. Em 3 dias da pra conhecer algumas vinículas, fazer o passeio Alta Montaña, conhecer a cidade e a noite sair em algum barzinho. Santiago também é bacana. É bem maior e tem muuita coisa pra fazer! bjs
  11. Esse é meu primeiro post aqui no fórum!! Antes de começar o relato (diário) da viagem gostaria de agradecer a todos que postaram, principalmente: o LeoRJ, leocaetano e a Mi_GR. Seguem os links dos posts que mais me inspiraram... http://www.mochileiros.com/planilha-de-custos-para-viagem-bolivia-peru-chile-argentina-t42832.html#p460380 http://www.mochileiros.com/quinze-dias-na-argentina-buenos-aires-mendoza-patagonia-t24019.html http://www.mochileiros.com/cusco-copacabana-la-paz-uyuni-san-pedro-e-santiago-20-dias-t33414.html Apesar dos roteiros serem diferentes, os relatos foram fundamentais para a realização e planejamento desse mochilão =) A preparação... Bom... antes de definir o roteiro eu li muitos posts do fórum, blogs, guias, escutei o relato do meu professor de espanhol aqui do Brasil sobre a viagem dele p/ Buenos Aires e também conheci na universidade, um argentino, que me deu algumas dicas. Inicialmente pensei em fazer um mochilão tipo o da Mi_GR, mas incluindo a Argentina. Depois percebi que não teria tempo suficiente para isso... Com o passar dos dias percebi também que as minhas férias não iriam coincidir com as férias dos amigos que gostariam de ir junto comigo e nem com as férias do meu namorado!! Por fim teria que fazer o mochilão sozinha. Eu tinha feito algumas viagens nesse estilo com minha melhor amiga, a Val, mas sozinha seria a primeira vez. Fiquei com um pouco de receio pensando que talvez não fosse tão divertido. E também porque sou bem distraída e não sou muito boa com mapas... Mas logo me acostumei com a idéia. Enfim, por estar viajando sozinha e ter somente 20 dias de férias, pensei em fazer um roteiro mais simples e talvez mais seguro, por isso deixei Bolívia e Perú pra próxima viagem. Assim, o roteiro final foi : SP- BA – Mendoza – Santiago – Viña – Valpo – Santiago – SP. Definido o roteiro e sabendo os dias que teria de férias, comecei a procurar as passagens... Comprei pelo decolar.com.br e consegui um preço razoável (R$ 670,00). Depois decidi já comprar as passagens de ônibus de BA para Mendoza e depois de Mendoza para Santiago. Aí usei a dica do Max (argentino que estudou comigo) e utilizei os links abaixo para pesquisa e compra das passagens: http://www.plataforma10.com/ http://www.andesmar.com/shop/default.asp Depois disso, eu comecei a pesquisar escolas de espanhol e achei uma com a proposta de aliar as aulas com atividades culturais. Essa escola é a VOS em Buenos Aires. Segue o link para quem se interessar: http://www.vosbuenosaires.com/pt/espanhol-em-buenos-aires/ Eu recomendo!! Os professores são ótimos, as aulas muito interessantes, o pessoal da coordenação é muito prestativo e a localização é muito boa! Feita a escolha, entrei em contato por email e realizei a matrícula em um curso intensivo de 1 semana (20h no total). Eu sei que uma semana é pouco, mas já estava estudando espanhol há 1 ano e meio no Brasil e achei que seria interessante ao menos para me auxiliar com a conversação. Após a escolha da escola, a compra das passagens e também da lista de coisas para se fazer em cada cidade, era hora da escolha do hostel. Em todos optei pelo quarto feminino com o maior número de camas. Em Buenos Aires escolhi o Hostel Obelisco da rede HI que fica na Av. Corrientes. O hostel fica perto do Obelisco, da Florida, metrôs, etc. Muito bem localizado e estruturado. Recomendo! Em Mendoza, segui a recomendação do LeoRJ e fiquei no Hostel Puertas Del Sol. Adorei (apesar da estrutura ser mais simples que a dos outros)!! Os meninos da Staff (Léo e Brian) foram bem atenciosos. A localização dele também é muito boa. Em Santiago reservei o ECOhostel. Também muito bom, engajado com problemas ambientais e bem estruturado (a cama mais confortável da viagem). O dono desse hostel (Enzo) é muito bacana e deu várias dicas para conhecer a cidade. Depois dessa etapa concluída, fiquei na dúvida em relação ao dinheiro... Acabei optando por levar 500 reais para trocar no Banco de la Nación no aeroporto de BA mesmo. Também levei 200 dólares, 2 cartões de crédito e o meu cartão de débito que seria utilizado para sacar dinheiro nos caixas automáticos ao longo da viagem. Alguns dias antes do embarque liguei para os bancos para avisar a minha estadia na Argentina e no Chile. Outra dúvida foi: mala x mochila!! Como já passei muito perrengue com malas despachadas em outras viagens decidi levar uma mochila (Mckinley Black Wolf) pesando 8 kg (limite da bagagem de mão da Lan). Tudo resolvido... comprovantes impressos, caderninho de anotações na mão, alguns mapas no bolso, e muita vontade de curtir minhas férias... Chegou a HORA DA VIAGEM =) DIA 1 (Domingo -12/12/2010)- BUENOS AIRES!!! No aeroporto em BA troquei os reais pelos pesos argentinos e depois peguei um taxi com um canadense que ficaria hospedado perto do Obelisco também. Chegando no HOSTEL OBELISCO, realizei o pagamento, deixei a mochila, e como não eram 14h e não podia pegar as chaves ainda, saí para comer a tal da EMPANADA. Entrei em um restaurante ali perto e comi uma empanada de verdura muito boa por 4 pesos. Depois voltei para o hostel e resolvi fazer um CITY TOUR com o pessoal de lá. Eu sei que é bem turistão, mas achei que seria bom pra ter um panorama da cidade. Passamos pelo centro, pelo bairro La Boca (onde está o estádio La Bombonera), fomos ao caminito, passamos pelo monumento da Flor (esqueci o nome), pelo bairro Puerto Madero, etc. Nesse tour, conheci uma menina de Hong Kong que estava viajando sozinha também e fomos conversando e tirando fotos. Depois voltei para o hostel, peguei as chaves e fui para o quarto colocar minha mochila. O quarto era muito bom. Tinha um armário grande para guardar as mochilas, era limpo e as camas confortáveis. Após deixar minhas coisas no armário, peguei um mapa na recepção e saí caminhando pela cidade. Depois da caminhada, voltei para o hostel para descansar. DIA 2 (Segunda - 13/12/2010) - BUENOS AIRES!!! Acordei as 7:30, tomei um banho e me arrumei para ir pra escola. As 8:00 desci para tomar o café da manhã. Muito bom (tinha cereais, leite, suco, pão, doce de leite, iogurte e frutas) e por coincidência tinha um carioca, chamado Adilson, que trabalhava arrumando as coisas pro café. Conversamos um pouco e ele me deu algumas dicas. Depois de comer, saí em direção à escola. Começava aí meu desafio com os mapas... Foi uma boa caminhada, com as ruas bem movimentadas, várias bancas vendendo alfajores e postais ao longo do percurso e prédios com belas arquiteturas. Em meia hora cheguei à escola que fica em um prédio antigo no bairro da Recoleta. A aula foi bem interessante e logo no primeiro dia já peguei algumas dicas de revistas e jornais para ler e também de coisas para fazer. Terminando a aula fui para o cemitério da Recoleta onde está o túmulo da Evita. Muito bonito o cemitério. Depois, tomei um sorvete de Dulce de leche na FREDDO e voltei para o hostel a pé. No caminho comprei um iogurte de ameixas (ciruelas), uma garrafa de água e também uma empanada. Voltei para o hostel, tomei um banho e fui até o ponto de encontro do FREE WALKING TOUR que começaria às 5 da tarde de acordo com o site. Esse walking tour é bem legal e eu recomendo!! Funciona a base de gorgetas e os guias são de Buenos Aires mesmo. Eles fazem 2 tours pela cidade e vão contando um pouco da história e política por trás dos monumentos. Nesse dia eu fiz o Aristocratic Buenos Aires, que é uma caminhada pelos bairros da Recoleta e do Retiro. Ao longo do percurso passamos pelos seguintes pontos: • Plaza San Martin • Monumento a Malvinas • Torre Monumental • Av. Alvear • Iglesia Del Pilar • Cemiterio de la Recoleta • Plaza Francia • Av. 9 de Julio • Palacio Duhau O site deles é: http://www.bafreetour.com/ Detalhe: os guias estão como uma camiseta verde para facilitar a identificação e o tour é todo em inglês. Começamos a caminhada na Plaza San Martín e terminamos perto do cemitério da Recoleta. Como já tinha ido ao cemitério de manhã, eu resolvi andar mais um pouco e ir até a faculdade de direito e o tirar umas fotos no monumento da flor. Depois dessas fotos eu já tinha andado tanto, mas tanto que não dava pra dar uma de mulher maravilha e querer voltar a pé pro hostel. Por sorte encontrei um terminal de ônibus ali perto. No quarto do hostel, conheci a Nina, uma israelense muito bacana, que depois de servir o exército, resolveu fazer um mochilão pelo mundo. DIA 3 (Terça - 14/12/2010) - BUENOS AIRES!!! Acordei cedo, tomei café, conversei com o Adilson (carioca do café da manhã) que falou que estava combinando de ir no Palermo a noite com uns brasileiros que estavam no hostel também. Não tinha visto os outros brasileiros ainda, mas topei em ir junto! Saí e fui caminhando até a escola. A aula foi muito boa. Eu estava praticamente tendo aulas particulares, porque na minha turma não havia mais ninguém. Consegui treinar muita conversação e a aula rendeu bastante. No intervalo, eu conheci outros alunos que estavam em turmas diferentes. Conheci um alemão, um americano e uma brasileira que estavam estudando lá também. O alemão chegou com um pacote de MEDIA LUNAS e todos nós comemos. Que delícia =) Nesse dia eu paguei um mico feio. Quando cheguei na aula, falei pro Carlos que estava “Muy caliente”... na minha cabecinha com sono... se hacia calor, logo eu estava caliente. Mas quando ele quase caiu da cadeira, eu comecei a perceber que tinha algo errado. Depois ele me explicou que não era isso o que eu queria dizer. Enfim... Depois da aula, fui comer em um restaurante vegetariano que o Carlos (meu professor) me indicou. O restaurante se chama Sattva e é muito bom. Recomendo! Depois voltei para o hostel, tomei um banho e descansei um pouco. Nesse dia conheci uma brasileira (a Larissa) que estava no meu quarto. Então combinamos de sair a noite. À tarde voltei para a tutoria na escola, que é tipo um plantão de dúvidas. Foi bem útil! A noite fui com os brasileiros até o PALERMO, caminhamos em um parque e depois fomos em um BARZINHO. Depois fomos até PUERTO MADERO e o CASSINO. DIA 4 (Quarta - 15/12/2010) - BUENOS AIRES!!! Acordei cedo, tomei café da manhã (esqueci de comentar que sempre tinha alguém diferente pra conversar nessa hora), banho, e fui pra aula. Nesse dia tinha uma companheira na sala! Era uma inglesa chamada Xanti, que estava em Buenos Aires há alguns meses. A aula foi muito boa. Estudamos alguns tangos e conversamos bastante. Depois da aula almocei de novo no Sattva. Depois do almoço voltei pro hostel, tomei um banho e saí com os brasileiros. Mas dessa vez nosso super guia era o Dani (um brasileiro de SP que estava morando em BA). Então, eu a Larissa (de SP), o Léo (do sul) e o Dani (de SP) fomos no ZOOLÓGICO e no JARDIM BOTÂNICO (no Palermo). As 17:30 eu tinha aula de tango na escola... mas como estava muito longe e também como minhas habilidades com danças não são muito boas.... resolvi continuar o passeio com o pessoal. Mais tarde decidimos ver um show de tango todos juntos pela noite!! Depois da bela caminhada pelo Palermo durante o dia, voltamos para o hostel para nos arrumar para o SHOW DE TANGO no clássico CAFÉ TORTONI (sugerido pelo Fábio, meu professor de espanhol no Brasil e o querido Dani). Como o dia foi bem cheio, não tivemos tempo de comer. Então, ao chegar no Café tortoni, resolvemos pedir uma pizza! E também uma champanhe pra comemorar =) Então eu pedi a pizza pra treinar o espanhol... tirando o fato da pizza vir num pratinho individual e todos estarem mortos de fome, foi tudo ótimo!! Dividimos a pizza nos contentamos com o show, que foi ótimo! Após o show, voltamos para o hostel, encontramos o Adilson, que estava com a Monique (uma americana muito gente boa) e decidimos ir no Pub Craw. Fomos até o Palermo em um bar e depois em uma baladinha chamada KIKA. Eu não gostei muito da balada... tava beeem cheio (apesar de ter 2 ambientes) mas fiquei um pouco por lá curtindo com o pessoal. Depois desse dia agitado, voltei pro hostel de taxi (que é barato em BA, mas os taxistas são mtoo barbeiros!) e fui dormir. DIA 5 (Quinta -16/12/2010) – BUENOS AIRES!!! Acordei as 7:30, tomei um banho frio pra ver se o sono passava, tomei café da manhã e fui pra aula!! Cheguei na aula uns minutos atrasada (uns 15 só), mas a Xanti com horário britânico já estava lá e a aula já havia começado. O Carlos percebeu que eu estava com sono e deixou a aula bem dinâmica. Depois da aula, fui comer no Sattva (acho que nesse dia comi uma massa de calabaza que é abóbora) e depois voltei pro hostel pra dar uma dormidinha! A tarde, voltei para a escola para aula de Peronismo, que foi bem interessante. Nessa aula tinha um alemão, um casal de suíços e um americano. Depois da aula fui para o CENTRO CULTURAL RECOLETA encontrar com a Nina (a israelense). No caminho passei na Igreja Pilar pra tirar umas fotos. Ela estava com uma russa e um israelense e por sorte conseguimos os últimos ingressos para assistir ao show/teatro/rave. Bom... esse espetáculo se chama FUERZA BRUTA. E eu recomendo!! Foi MUITO bom!! Segue o link: http://www.fuerzabruta.net/ Depois do show/teatro/rave (Não dá pra descrever o que é exatamente... tem ir e ver!) andamos um pouco pela Recoleta e voltei de ônibus para o hostel. Voltei sozinha porque eles tinham mudado para um hostel mais barato (mas estavam arrependidos!!). DIA 6 (Sexta - 17/12/2010) – BUENOS AIRES!!! Acordei cedo, tomei banho, café da manhã e fui caminhando e admirando a beleza daqueles edifícios pela última vez. Era o meu último dia de aula =/ Pois é... pra ficar triste que a aula estava acabando, é porque eu realmente gostei da escola e senti que estava aprendendo algo útil e interessante... estava conseguindo melhorar meu espanhol e aprender mais sobre a cultura Argentina, o tango, a polítca, etc. Bom, a última aula foi bacana, e eu e a Xanti jogamos até STOP em espanhol! A... e ela me deu um livro que não ia caber na mala dela =) Depois da aula, resolvi almoçar em outro restaurante. Tinha visto um restaurante de comida indiana no caminho de volta pro hostel, e resolvi parar lá para comer =) O meu prato preferido (panner tikka masala) eles não tinham, mas o que eu pedi também era muito bom. Depois do almoço, fui pro hostel, tomei banho, descansei uns minutos e comecei a fazer a prova final do curso de espanhol. Fiz a prova e voltei pra escola. Entreguei pra coordenadora, peguei meu certificado e fui para o MALBA (Museu de Arte Latinoamericano de Buenos Aires) Segue o link: http://www.malba.org.ar/web/home.php Peguei um ônibus perto da escola e parei em frente ao museu. Lá dentro tinha até um guia explicando a trajetória das obras da Marta Minujín. Depois do museu, voltei para o hostel de ônibus. Dessa vez pedi informação para alguns porteños que estavam no ponto e eles foram bem prestativos. Peguei o ônibus, mas não prestei muita atenção e deixei o ponto passar!! Parei bem longe do hostel, mas decidi ir andando por que sabia mais ou menos para que direção tinha que ir. Depois disso, descansei um pouco, e comi algumas cerejas (que eu tinha comprado na rua). A noite fui com o pessoal do hostel (Monique, Léo, colombianos e um israelense) em um barzinho no Palermo comer pizza e sushi e depois fomos em uma baladinha chamada ASIA DE CUBA em Puerto Madero. Eu gostei bastante. Na volta, eu, a Monique (americana) e o Léo (brasileiro do Sul) pegamos um taxi, com mais um taxista barbeiro. DIA 7 (Sábado- 18/12/2010) – BUENOS AIRES!!! Mais uma vez, apesar de não ter aula, acordei cedo, tomei um banho e fui tomar o café. Na mesa encontro uma alemã que estava no meu quarto e começamos a conversar. Depois do café fomos até o ponto de encontro do FREE WALKING TOUR, dos portenhos da camiseta verdinha! Dessa vez fomos ao tour chamado Buenos Aires is special. Esse tour também foi bacana e passou pelos seguintes pontos: • Obelisco • Av. de Mayo • Plaza de Mayo • Congresso • Tribunales • Casa Rosada • Av. 9 de julio • Av. Corrientes • Manzana de las Luces • Catedral • Estación Perú • Teatro Colón O Roger, um australiano que também estava tomando café da manhã com a gente foi junto, mas não ficou até o final. Depois do tour, eu e a Maria (a alemã!) voltamos para o hostel, comemos o resto da comida indiana, o resto de uma torta vegetariana que eu tinha, e também o resto das cerejas! Logo depois do nosso almoço, fomos até a Casa Rosada (entramos lá dentro e tudo) e também fomos no Teatro Colón... mas estava fechado =/ Depois disso, andamos um pouco na Florida. Eu comprei uma caixa de alfajores Havana e fiquei procurando o tal do ALFAJOR ABUELA GOYE que o Dani tinha comentado. Segue o link: http://www.abuelagoye.com/ Estava quase desistindo, quando vi uma portinha com uns sorvetes apetitosos e alí era a tal da loja Abuela!! Os alfajores são muuito bons e eles tem de vários tipos (com nozes, amêndoas, frutas vermelhas, etc). Comprei mais uma caixinha e voltei para o hostel para pegar a minha mochila e ir para o terminal de ônibus Retiro. OBS: Gostaria de ter ido mas não deu tempo... Museu Nacional de Bellas Artes: http://www.mnba.org.ar/index.php Tour pra conhecer um pouco mais sobre grafitti em BA (recomendado pela Chechu): http://graffitimundo.com/en/ Fotos: DIA 8 (Domingo-19/12/2010) – MENDOZA!!! Depois de 14 horas no ônibus... cheguei em Mendoza quase 10h da manhã. Não posso reclamar de nada. Jantei no ônibus no sábado a noite, depois dormi praticamente o caminho todo e no domingo quando acordei ainda serviram um alfajor de café da manhã! Do meu lado sentou uma senhora boliviana. A noite ela até colocou uma coberta em mim =) No terminal rodoviário de Mendoza, tomei um taxi para ir pro HOSTEL PUERTAS DEL SOL. Chegando lá, deixei minhas coisas no quarto, peguei um mapa e saí para caminhar pela cidade. Fiquei um pouco preocupada porque não tinha mais ninguém no quarto... e em BA tinha sido tão divertido... Decidi ir até a avenida Las Heras, uma das principais para tentar encontrar algum lugar aberto! Era domingo e muitas lojas estavam fechadas. Encontrei um restaurante que servia um café da manhã bem farto por um preço ótimo. Parei por ali para comer. Depois, comecei a caminhar pelas praças de Mendoza e conheci o Nikolai, que também estava sozinho e perdido com um mapa na mão! Começamos a caminhar juntos e tirar fotos pela cidade já que estava quase tudo fechado. Mendoza é uma cidade pequena, bonita e com muitas árvores e praças. Mais tarde reservamos pelo hostel Campo Base, o tour Alta Montaña que sairia no dia seguinte as 7 da manhã. A noite voltei para o hostel e fui tomar banho... mas a água estava muito gelada (o aquecedor não estava funcionando!). Então, o Brian (staff do hostel) ligou para outro hostel e para ver se eu poderia tomar um banho lá! Tudo certo e nós fomos até esse outro hostel que era bem perto. Tomei um banho quente e voltei para o Puertas Del Sol. DIA 9 (Segunda - 20/12/2010) – MENDOZA!!! Acordei bem cedo, comi uma media luna e sai para ir até o Hostel Campo Base (de onde sairia o tour ALTA MONTAÑA). O Nacho (um argentino que estava no hostel) foi caminhando comigo até lá. Estava tão cedo e eu estava com tanto sono, que nem percebi que parei no hostel errado... hahah Era da mesma rede HI, mas não o que eu tinha comprado o ticket para o tour! Nem olhei o nome da rua, vi um hostel coloridinho e boa!! De qualquer forma deu tudo certo porque iria mais gente desse hostel na mesma excursão, então peguei o ônibus ali mesmo e depois paramos no Campo Base! O tour durou o dia todo e passou por Porterillos, Uspallata, Centro de esqui penitentes, Mirante do Cerro Aconcagua, etc. Na turma havia um alemão, um porteño, três canadenses, o Nikola e eu. Na minha opinião, valeu a pena. As paisagens são muito bonitas e acho que ficaria difícil fazer esse tour por conta. No almoço paramos em um hostel da rede HI para comer. À noite no Puertas Del Sol, fiquei conversando com os colombianos Léo e Glória e com os argentinos Bruno e Nacho. Mais tarde saímos para comer uma pizza na Rua Aristides Villanueva, que é uma rua cheia de bares. DIA 10 (Terça - 21/12/2010) – MENDOZA!!! Acordei cedo, coloquei a minha roupa suja para lavar, tomei café da manhã com a alemã que estava no meu quarto e também com o Nacho. Em seguida, saí para caminhar pela cidade e conhecer o mercado central, aproveitei e comprei um vinho Malbec para levar de presente. Andando pela rua Las Heras, encontrei uma lojinha que vendia chocolates, experimentei alguns e acabei comprando uma caixa de alfajores. Nesse dia também comprei uma caixinha de chocolates em rama La Cabaña. Muito bom =) A tarde fui visitar 2 BODEGAS e uma fábrica de azeites. A primeira foi a Vistandes, mais comercial e bem bonita e a outra se chama Familia Cecchin, uma bodega familiar e orgânica. Comprei um vinho branco (na Vistandes) para trazer para o Brasil. A visita à fábrica de azeites ocorreu no entre uma bodega e outra. Fizemos a degustação de vários tipos de azeite, e também de tomate seco. Aí eu comprei uma caixinha com 3 mini vidros de azeite para levar de presente pro Al. À noite nós fizemos uma festinha no hostel (eu, a Glória, o Léo e os argentinos que estavam lá). Fiz caipirinha com a ajuda de um argentino que já tinha ido ao Brasil, pedimos empanadas e outros argentinos trouxeram cerveja e vinho. Ficamos conversando até umas 6 da manhã e foi bem divertido. Depois arrumei minhas coisas, peguei um taxi e eu fui para o terminal de ônibus... O Léo e a Glória me convidaram para passar o Natal em Mendoza, os argentinos falaram que não seria a mesma coisa no Chile... enfim... fui embora já com saudade dos novos amigos e pensando que talvez eu deveria parar de tentar planejar tudo e ficar mais um tempo por lá... mas a passagem pra Santiago estava comprada e minha volta para SP também. Fotos: DIA 11 (Quarta - 22/12/2010) – MENDOZA... SANTIAGO! Cheguei ao terminal de Mendoza e já derrubei uma garrafa de vinho que pretendia levar ao Brasil. Pior que o vinho (tinto!!) respingou na minha calça... Entro no ônibus sozinha, com uma cara de sono e com a calça cheia de gotinhas de vinho... Dormi praticamente o caminho todo... só acordava algumas vezes e pra admirar a paisagem. Quando cheguei na borda com o Chile, tive que apresentar o meu visa (aquele papelzinho que a gente recebe quando entra na Argentina), mas claro, que eu não lembrava onde tinha colocado o bendito! Hahah Bom... pra pessoas distraídas como eu... que perdem o visto... temos a que pagar uma multa (100 pesos argentinos). Tinha alguns pesos chilenos, mas não era o suficiente... Por sorte eu tinha alguns dólares na minha carteira, e consegui trocar por pesos argentinos e pagar a tal da multa. Se eu não tivesse essa reserva de dólares ia ficar complicado, porque na divisa não tinha nenhum caixa eletrônico para sacar o dinheiro!! Depois disso a viagem continuou tranqüila e com paisagens maravilhosas. Acho que o ajudante do ônibus se solidarizou comigo... não sei se ele viu minha cara de sono, minha calça manchada e o rolo de ter perdido o tal do visto e ficou com dó. Ele me chamou para tirar foto dos “caracoles”. Também me deu algumas dicas sobre o Chile e até me passou o email dele caso eu precisasse de algo... Chegando no terminal de ônibus em Santiago (umas 14:30), meu plano era sacar dinheiro, mesmo porque eu tinha algo como 5 mil pesos chilenos e só!! Mas não consegui sacar no terminal. Com o dinheiro que tinha resolvi me dar ao luxo de pegar um taxi e ir até o hostel. Para minha sorte de novo... ou praga dos argentinos (que juravam que a Argentina era melhor), o motorista do taxi estava muito mal humorado. Pelo menos quando cheguei no ECO hostel, fui muito bem recebida. Deixei minha mochila, peguei um mapa e sai pela cidade em busca e um caixa automático que colaborasse. A busca foi longa... Depois de 4 horas caminhando por Santiago, achei um caixa que me salvou. Finalmente consegui sacar o dinheiro! Após essa jornada, passei em um mercado para comprar algo para comer (uma salada e um suco) e voltei para o hostel para descansar. DIA 12 (Quinta - 23/12/2010) – SANTIAGO! Depois do perregue do dia anterior, me dei ao luxo de acordar mais tarde! Tomei um café da manhã muito bom no hostel e saí em busca de um locutório para ligar para o Brasil e também utilizar um computador para descarregar algumas fotos. No almoço parei em um restaurante e comi uma salada enorme, com suco e sobremesa por 3 mil pesos chilenos. Voltei ao hostel e conhecia a Susanna. Uma alemã que falava muito bem espanhol e também estava viajando sozinha. Combinamos de caminhar pela cidade na sexta e também de irmos juntas a vinícola Concha y Toro. A noite no hostel foi a despedida de um alemão. Fiquei um pouco na festinha dele, experimentei o Pisco com coca, peguei várias dicas com o Enzo (dono do hostel), e depois fui descansar. DIA 13 (Sexta -24/12/2010) – SANTIAGO! Acordei cedo, tomei café com Susanna e saímos para a vinícola CONCHA Y TORO. Fomos por conta mesmo. Pegamos o metrô na Universidade Católica (linha vermelha) em direção Los Domingos. Paramos em Tobalaba e pegamos a linha azul em direção à Plaza Puente Alto. Paramos em Puente Alto e pegamos um colectivo (tipo um taxi) até a vinícola. O tour custou 7 mil pesos (com a degustação de 2 vinhos) e foi bacana. A vinícola é bem grande e bonita. No final, comprei só um abridor de vinho do Casillero Del Diablo pro Al. Tinha decidido não comprar mais garrafas de vinho depois da que eu derrubei um em Mendoza. Para voltar pegamos um ônibus e metrô e caminhamos algumas quadras até o hostel. À tarde caminhamos pela cidade, foi o nosso CITY TOUR foi baseado nas dicas do Enzo! Fomos até o Palacio de la moneda, Plaza das Armas, até a Calle NY, centro financeiro de Santiago, passamos pelo centro comercial que estava lotado, subimos no Cerro Santa Lucía, depois fomos até o Cerro San Cristóbal, mas estava fechado! No caminho aproveitei para passar na Casa Royal e comprar um adaptador pra tomada pra carregar meu celular! Paguei 500 pesos. À noite fomos a uma ceia de alguns estudantes estrangeiros que estavam morando em Santiago. Foi bem bacana, conhecemos pessoas do mundo todo =) DIA 14 – (Sábado - 25/12/2010) – SANTIAGO! Nesse dia a Susanna foi embora, mas chegaram duas brasileiras no meu quarto e outra alemã. Como tinha pouco tempo e queria conhecer VIÑA DEL MAR e VALPARAÍSO e resolvi fazer o tour, que iria para as 2 cidades e voltava no mesmo dia. Valeu a pena, conheci uns brasileiros bem simpáticos de Salvador e nos divertimos bastante. No caminho de ida paramos pra tirar fotos na estrada e paramos em um restaurante para comprar água, comer empanadas e experimentar a Chicha (outra bebida típica). Aproveitei e comprei uma geléia pra levar pra casa. Passamos por Valparaíso primeiro e fomos até o mirante para tirar algumas fotos e ver uma feirinha que estava ali. Depois passamos pelo centro da cidade e o porto. Depois paramos para almoçar e seguimos para Viña. O tempo mudava muito rápido, mas por sorte na maior parte do dia fez sol. No fim da tarde voltei para o hostel, depois fui caminhar um pouco para comprar algo para comer. Comprei no posto de gasolina, uma media luna com um café e um suco. À noite saí com o pessoal do hostel. Fomos (eu, um pessoal de SP, 2 italianos e o Nico, um chileno) no BAIRRO BELA VISTA. Fomos a um barzinho, mas estava muito cheio... aí resolvemos sair e entrar num boteco. Pedimos uma porção que parecia ter sido feita de restos... hahah Algumas batatas fritas esmagadas por algumas carnes e em cima ovos fritos e alguns pedaços de pão! Enquanto eu pensava como ia pegar uma batatinha os italianos pegaram os ovos com as mãos e começaram a comer sem cerimônia. hahah Por fim eu acabei comendo as batatas e tomando um Pisco Sour, uma bebida típica do Chile muito boa. Com a barriga cheia, saímos em direção a uma baladinha. O Nico, um chileno que trabalhava no hostel e foi com a gente, resolveu nos levar em uma balada bem underground. Não lembro o nome do lugar, mas eu gostei bastante. Era uma casa antiga, com vários cômodos diferentes e tinha uma banda local tocando em um dos cômodos principais. Explorando a casa, nós acabamos entrando em um cômodo que parecia ser uma festa privada... com DJ e tudo. Muito bacana e diferente!! Essa foi a última noite do meu mochilão!!! DIA 15 (Domingo - 26/12/2010) – SANTIAGO! Tomei café da manhã (muito bom o café do hostel) com as brasileiras, Simone e Fabíola, arrumei minhas coisas e peguei um taxi para ir até o aeroporto. Por sorte (de verdade dessa vez) a taxista era uma chilena muito simpática e adorava falar, assim como eu =) Fomos conversando e cheguei com tempo no aeroporto. Antes de embarcar ainda comi um lanche vegetariano com guacamole e fiz mais algumas anotações no meu diário. Meu vôo saiu as 14:30... Fotos: FIM!! A viagem foi MARAVILHOSA!!! MUITO obrigada pessoal do FÓRUM... e MUITO obrigada AL (por todo apoio as minhas loucuras ao longo desses 6 anos)!!! Estimativa de gastos: Passagem SP- BA – Santiago – SP (via Lan) – R$ 670,00 Passagem BA – Mendoza (via Andesmar) – R$ 130,00 Passagem Mendoza – Santiago(via Andesmar) –R$ 50,00 SubTotal – R$ 850 BA Taxi p/ Hostel – R$ 40,00 Curso Intensivo na VOS em BA – R$ 400,00 Hostel Obelisco (6 noites) – R$ 165,00 Walking Tour (os 2 dias) – R$ 20,00 Locutório (ligações p/ Brasil) – R$ 20,00 Taxis na cidade – R$ 15,00 Zoológico – R$ 10,00 Fuerza Bruta – R$ 30,00 Alfajores Havana – R$ 25,00 Chocolates La Abuela Goye – R$ 35,00 Livro da Mafalda e CD do Gardel – R$15,00 Bar no Palermo – R$ 20,00 Asia de Cuba – R$ 50,00 Show de Tango + mini pizza + bebida – R$ 80,00 Garrafas de água, empanadas e frutas – R$ 30,00 MALBA – R$ 10,00 Almoços em restaurantes vegetarianos (5 dias) – R$ 75,00 Sorvetes na Freddo – R$ 10,00 Transporte Coletivo – R$ 10,00 SubTotal – R$ 1.060,00 Mendoza Taxi para hostel – R$ 10,00 Hostel Puertas Del Sol (3 noites) – R$ 60,00 Cartões telefônicos (2) – R$ 10,00 Café da manhã bom – R$ 10,00 Tour Alta Montanha – R$ 60,00 Parque Aconcagua – R$ 5,00 Almoço no Hostel na Montanha – R$ 20,00 Tour Bodegas e fábrica de azeites– R$ 30,00 Vinho da Vistandes – R$ 15,00 Chocolates – R$ 15,00 Caixa p/ presente com 3 mini azeites – R$ 10,00 Empanadas, água, cerejas e morangos (almoço no resto dos dias)– R$ 20,00 Pizza (com pessoal do hostel) – R$ 10,00 Despedida no hostel (bebidas e empanadas)– R$ 20,00 SubTotal – R$ 295,00 Santiago Multa por esquecer o visto – R$ 50,00 Taxi para o hostel – 4 mil pesos – R$ 15,00 Ecohostel (4 noites) – R$ 100,00 Locutório (chamadas + internet) – R$ 20,00 Yogen Fruz (sorvetes) – R$ 5,00 Concha y Toro – R$ 25,00 Ceia de Natal – R$ 20,00 Salada + suco + sobremesa (3 dias) – R$ 40,00 Água, empanadas, sucos, media luna, saladas, etc – R$ 30,00 Passeio p/ Viña e Valpo + almoço em Viña– R$ 150,00 Geléia p/ presente – R$ 10,00 Boteco + Balada Underground + Pisco Sour – R$ 35,00 Taxi para aeroporto – R$ 40,00 Transporte Coletivo – R$ 10,00 SubTotal – R$ 550,00 TOTAL DE GASTOS ESTIMADO – R$ 2.755,00
×