Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

sheiter

Membros
  • Total de itens

    292
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Outras informações

  • Próximo Destino
    por ai ....

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Corte A estrada entre Bastia e Corte é excelente . Corte é a capital historica da Córsega , sua citadela no topo de uma colina abriga o museu da Corsega ,mas atenção ele não abre para visitação as segundas , durante a noite a citadela fica iluminada . Uma das visitas imperdíveis é o valée de la restonica , a estrada é sinuosa e estreita , mas muito bonita. Nós fizemos a trilha do lac Du melo e lac Du capitello , chegamos cedo, a temperatura era de 10 graus , mas a sensação era de menos com a umidade. No começo a trilha é fácil mas depois as dificuldades vão aparecendo, escadas metálicas nas rochas, passagens com cabos e escalaminhadas. A parte mais difícil é entre o lac Du melo e o lac Du capitello.
  2. Marine de Giotttani Pequena marina onde paramos para almoçar no único restaurante do local, onde também é possível se hospedar. Um lugar muito tranquilo e o mar com tons que vão do azul ao verde. Aqui eu tive uma surpresa com as estradas do cap corse. O que eu posso dizer é que a surpresa não foi boa, para os que conhecem a Bolivia , as estradas são uma versão europeia das estradas bolivianas. Pura aventura , necessitam urgente de obras , em alguns trechos elas até já começaram , mas parecem obra de igreja , não terminam . bem, isso foi o que eu fiquei sabendo após conversar com alguns moradores. A costa da região do cap corse é repleta de pequenas marinas, uma das marinas que paramos foi a marine de canelle, bom para dar um mergulho e ficar aproveitando a vista. Century-port Este porto me surpreendeu positivamento , pois eu pensei numa pequena aldeia de pescadores e me deparei com muitos hotéis e restaurantes . em frente ao porto uma torre e algumas contruções de cores diferentes dão um charme para este lugar. No caminho para Bastia a segunda maior cidade da Corsega , resolvemos parar na cidade de Erbalunga , uma pequena marina com um restaurante de frente para o mar e uma torre genovesa em ruínas. Em Bastia fomos direto para a Praça Saint Nicolas , onde aos domingos acontece um mercado de pulgas na parte da manhã e também é possível comer , pois ela é repleta de restaurantes com preços bem razoáveis. Seguimos para a citadela de Bastia , ela passa por reformas , pois o estado de conservação não é muito bom , mas tem uma bela vista do porto e muitos restaurantes . Próxima a citadela visitamos o jardim Romeu.
  3. oi Prividal muito bom relato . Você pode me tirar uma dúvida . a van do transfer de uyuni para san Pedro de atacama , é uma van de linha comum ou é uma van de agencia de turismo ? qual é a cidade da fronteira onde vc pegou esta van ? obrigado
  4. NONZA ( e o mistério da bandeira ) Pequena cidade na encosta da montanha de frente para o mar , uma de suas atrações é uma torre Paoline, diferente da maioria das torres por lá, que são torres genovesas, casas com seus telhados em pedra ardósia e a igreja de santa Julia uma verdadeira obra de arte. Mas o mais inesperado vem agora.... Resolvemos beber algo num restaurante próximo a torre e com bela vista da encosta e do mar . Descendo as escadas entre a torre e o restaurante , avistamos algo que não esperavamos ....uma bandeira do Brasil no terraço do retaurante....eu pensei rápido....S O C O R R O tem brasileiro em todos os lugares .... Então por curiosidade perguntamos a garçonete a respeito da bandeira ...a resposta foi sem pé nem cabeça ãã2::'> ...ela disse que era para simbolizar um bar internacional e o ambiente alegre....bem não nos convenceu a resposta ....fica por conta da imaginação decifrar o enigma da bandeira perdida....
  5. Oi Paola Eu passei 17 dias completos na Córsega . Qualquer outra informação, é só perguntar . segue algumas fotos;
  6. fotos ...eu não estou conseguindo carregar as fotos....
  7. PORTO PARA EVISA ( ROTA DOS CALANQUES DE PIANA ) Fomos pela estrada costeira , estreita e sinuosa com uma bela vista dos “CALANQUES DE PIANA” , nos fazia parar a todo instante para fotografar. Numa dessas paradas vimos a trilha D’ORTU ANCIENE e resolvemos fazer , pequena e um tanto íngreme , mas no final uma vista espetacular. Em Evisa fizemos uma das trilhas do GR20(Grande Randonnee ) para o refúgio de Ciottulu no Col de Verghio , uma trilha longa , numa floresta de pinheiros imensos , com troncos de grandes diâmetros como eu nunca tinha visto . Paramos numa bergerie para tomar um café para nos aquecer. CALVI Uma visita rápida por sua citadela e sua pequena igreja. SAINT’ANTONINO Pequeno vilarejo no topo de uma colina. Uma das cidades mais antigas da Córsega , suas casas de pedras e seus becos estreitos nos fizeram viajar no tempo. FLORESTA DE BONIFATU Trilha do GR20 para o refúgio Carozzu . O começo foi fácil , depois seguimos margeando o rio , após subir uma boa parte da trilha nos deparamos um animal enorme.... socorrOOOOOOOOOOOOOOOO .......não tínhamos mais força para correr...um javali !!! Próximo ao refúgio o desnivel aumenta de forma considerável Compramos um lanche no refúgio e seguimos em direção Asco para ver a PONTE DE SPAZIMATA, passarela suspensa de 31m de distância e 15m de altura . Uma trilha de +/- 20min ....si vc não tiver problemas com exposição a altura....ha..ha há acesso por cabos e escalaminhadas....vale apena ! SAINT FLORENTE Cidade balneária , onde tudo gira ao redor do porto , restaurantes , passeios de barco e etc Praias de águas cristalinas e calmas. Algumas cidades no caminho para o cap corse , no mapa é a região do dedo da Córsega . Farignole pequeno vilarejo na montanha com uma igreja que é uma obra de arte. Patrimonio , essa é para os amantes de vinho.
  8. BONIFÁCIO No topo de falésias no extremo sul da Córsega , onde o vento é constante, esta Bonifácio ,com sua citadela imponente. Entre seus muros, incrustada nas falésias num ângulo aproximado de 45° esta “ les escaliers Du Roy d’aragon” ou a escadaria do rei de Aragão ,um dos passeios imperdíveis e vertiginosos. ILHAS LAVESSI É um dos possíveis passeios de barco que partem de Bonifácio. Ah! Eu esqueci de uma coisa muito importante sobre a Córsega ...a máfia.... Afinal a Córsega já pertenceu a Itália. Desceu todo mundo do barco, vai um pouco para cada lado....caminhamos alguns metros , quando encontramos uma praia tranquila , mar calmo perfeito para nadar. Quando nos aproximamos percebemos que não estávamos sozinhos....um outro grupo já havia descoberto o paraíso na nossa frente e nos colocou para correr.....Perigosas dominavam a pequena praia...
  9. Ajaccio No centro de Ajaccio tem uma feira que acontece todos os dias , onde é possível comprar produtos locais, queijos , embutidos, doces e geleias. Eu sugiro a de figo com nozes para comer com queijo de cabra. Nos arredores várias lojas de souvenirs e restaurantes . Também existem os passeios de barco . Filitosa e o figo da tortura ou figue de barbárie Filitosa é um sitio préhistórico , com pequenas contruções em pedras , monumento religioso e algumas esculturas megalíticas. Caminhando pelo sítio nos deparamos com uma senhora que admirava um belo fruto , nos aproximamos e começamos a conversar ,ela nos disses que o fruto era o figue de barbárie . Bem , o figo estava maduro então resolvemos comer .....docê , saboroso , mas foi aí que descobrimos , que o seu nome não era atoa.....
  10. A Corsega é conhecida na França como a “ A ILHA DA BELEZA “ , mas é ainda um destino pouco conhecido dos brasileiros . É possível ir de avião , mas a nossa escolha foi ir de ferrie da empresa “corsica ferrie “ , para levar o carro ( o carro é necessário na Córsega , principalmente fora da temporada turística ). Ficamos destraidos com a bela vista das ilhas sanguinárias no golfo de Ajaccio e acabamos descendo tarde para pegar o carro e enfrentamos um congestionamento de pessoas na escada . Como de costume ,não olhamos o número do estacionamento , então foi um tal de procurar daqui , procurar dali ....um calor . Foram 7 horas de viagem de Toulon até Ajaccio a maior cidade da Córsega . ( continuo....)
  11. É muito interessante e vale apena visitar . Com o tempo bom e sem neblina , vc vai poder desfrutar mais .
  12. Um passeio de um dia completo por uma trilha leve para mim , mas porem eu penso que ela deve estar classificada como moderada , não foi difícil . Paramos muitas vezes para fotos , um dos guias era uma figura muito engraçada , antes de começarmos ele nos deu as instruções necessarias e durante a trilha passou muitas informações interessantes a respeito da fauna , da flora do local e Tb das formações rochosas . A trilha tem +/- 8 km , é necessário levar tudo o que for consumir , inclusive água . A roupa aconselhável é camisa de manga longa e calça . A trilha é SENSACIONAL e com uma beleza exuberante .
  13. Então veio a resposta ... são os turistas moles , não estão lá para fazer trilhas , só querem sombra e água fresca ..vão para lá pra descansar . Por isso eu tive tanta dificuldade para encontrar pessoas que estivessem dispostas a fazer a Cidade de Pedra e até mesmo o Parque dos Pirineus e olha que não foi por falta de tentativas . No penúltimo dia na cidade , eu enviei uma mensagem para uma das agencias e aguardei uma resposta ate a manhã do dia seguinte , não obtendo uma resposta resolvi ir ate lá . Para minha surpresa , tinha um grupo pronto para fazer o passeio . Eu não entendi porque a agencia não entrou em contato comigo. Vamos ao que importa , no ultimo dia eu consegui realizar a minha meta . A CIDADE DE PEDRA é o maior complexo de formações rochosas de quartzito do Brasil , com vegetação rupestre , esta localizada a +/- 60 km de piri , o final do trajeto é por uma estrada de dificil acesso , com cascalhos e muitas pedras . O dia estava nublado e com momentos de chuva fina , o grupo era grande e diversificado , fotografos , músicos , biólogo e outros . tínhamos 2 guias , ambos competentes .
×