Ir para conteúdo

Luiz Ricardo Prais

Membros
  • Total de itens

    59
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

7 Neutra

Sobre Luiz Ricardo Prais

  • Data de Nascimento 21-02-1992

Bio

  • Ocupação
    Físico

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Oi, Leonardo. Desculpas pela demora em responder (por alguma razão não havia chegado a notificação de resposta do post. Então, cara, eu cheguei lá com um voo da Polônia, mas tu consegue entrar praticamente de qualquer país da Europa. Se vc planeja entrar por terra, aí já não sei ao certo. Sei que há trens diretos da Rússia, Bielo-Rússia, e provavelmente da Polônia também.
  2. Acho que um dos pontos altos em minha vida foi ter colocado os pés nesse lugar, e com meus próprios olhos ver o que possívelmente será do planeta quando nós, humanos, partirmos dessa para melhor. Chernobyl é mesmo um local único e assustador. A vegetação descontrolada e livre, as paredes caindo, vidros quebrados, portas arrebentadas e objetos pessoais deixados para trás. Não apenas isso, Chernobyl é uma oportunidade única de vivenciar uma era congelada no tempo, a era soviética. Vamos aos fatos: • Chernobyl é o nome de uma pequena cidade (agora fantasma) loc
  3. Quarta-feira, 25 de Dezembro de 2013 Como eu apenas fiquei 1 noite em Helsinki, já de manhã era hora de fazer check-out, explorar um pouco da cidade e pegar o navio para a Suécia as 17h. Pouco antes de sair do hostel conheci um outro brasileiro, chamado Daniel, e exploramos a capital juntos. O problema é que eu nunca mais tive contato com ele. Encontrei hoje (16/02/2016) o endereço de email anotado no meu diário de viagens. Se você conhece este homem, mostre este relato para ele! Amizades mochileiras Pois bem, saindo do hostel pegamos uma espécie de bondinho (tram?) que há em
  4. Terça-feira, 24 de Dezembro de 2013 Olha bem a data! Sério, aqui vai um conselho: EVITE SE DESLOCAR NA VÉSPERA DE GRANDES FERIADOS! (Natal e Ano Novo, por exemplo) O motivo? Os transportes param, os mercados e lugares fecham mais cedo (ou nem abrem), as pessoas param, tudo para. Até nós deveríamos parar! hahaha O dia começou bem, sem nenhum problema. Cheguei ao aeroporto de Copenhagen a partir de um trem que sai da estação central. Na época custava 5 €. Vai direto e rápido. O legal desse dia foi que o meu voo de Copenhagen para Helsinki foi o Flight HEL AY666. Eu estava indo p
  5. Segunda-feira, 23 de Dezembro de 2013 Mais um dia normal de caminhadas pela cidade. Desta vez fui acompanhado do amigo Jeremy, canadense que conheci no hostel e que estava junto na bebedeira da noite anterior. Neste dia eu já estava praticamente ok em relação ao que eu precisava ver na cidade, que era principalmente o porto de Nyhavn, o centro da cidade, etc. Estava um pouco preocupado com o clima, pois estava tudo muito nublado, meio chuvoso, e claro, frio! Isso implicava que eu corria o risco de não ver a aurora boreal, que era o objetivo principal da trip. Ainda assim,
  6. Olá pessoal, o relato deu uma atrasadinha porque eu estava em época de provas aqui na faculdade, mas agora que as férias vieram acho que vou ter tempo de terminar! Logo mais vou continuar. Fico feliz que está sendo útil! Aliás, LuizGatti, no primeiro post ali em cima eu coloquei umas informações sobre os percursos, acomodação nos países, transporte, etc. Foram lembradas de cabeça, mas se precisar de alguma informação específica, é só dizer. Vou procurar algum registro e complemento aqui!
  7. Dia 2: Copenhagen - Dinamarca (Dia de explorar!) Domingo, 22 de Dezembro de 2013 Amanheceu um belo domingo na capital dinamarquesa. Era o primeiro dia para explorar de fato a cidade. No hostel eu consegui um mapa (agora colado em meu diário de viagens) com a sugestão de uma rota a explorar. Como o hostel era localizado bem no centro, fiz todos os trechos à pé. Na verdade, esta é a melhor forma de se conhecer uma cidade. O que me encantou em Copenhagen foi a arquitetura. Em uma parte da cidade, muitos prédios no estilo "tijolinho", e em outras partes, antigas casas coloridas no
  8. Dia 1: Copenhagen - Dinamarca (A chegada!) Sábado, 21 de Dezembro de 2013 Depois de cerca de umas 4 horas de voo, desde Lisboa, cheguei em Copenhagen. Estava cansado, pois precisei dormir no aeroporto, e obviamente foi uma péssima noite. O voo atrasou 1 hora e o pessoal precisou fazer uma manutenção no avião pouca antes de decolar. Nem deu medo! hahaha No dia anterior, sexta-feira, que foi o dia em que fui para Lisboa para dormir no aeroporto, também fiz uma prova. Como consequência, tive que ir de mochila, toda equipada, para a sala de aula. Sem dúvidas, professores e alunos fica
  9. Fala, mochileiros! Fiz uma viagem pela Escandinávia no final de 2013, e agora, espantando a preguiça, gostaria de deixar aqui o meu relato com algumas dicas e fotos daquela terra tão incrível! ---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Escandinávia: terra que desperta um sentimento místico e aventureiro. Terra dos antigos Vikings, pagãos, e claro, gelo e frio! Esta viagem ocorreu no final do ano de 2013, quando eu encerrava meu primeiro semestre vivendo em Portugal. No hemisfério nor
  10. Luiz Ricardo Prais

    Marrocos

    gabrielzucchi, eu não estive em Zagora, mas passei por Merzouga, onde também fica bem perto da Argélia. Sobre a segurança, foi tudo tranquilo. Mesmo em cidades mais povoadas e caóticas, como Fes, não vi indícios de violência. Foi tudo tranquilo. Porém é sempre bom ficar um pouco esperto. Só tome cuidado de verdade com os métodos que os caras têm para "tirar" dinheiro de você. Cobram por tudo, até mesmo para dar informação. Se alguém se oferecer para te ajudar a chegar em tal lugar (e obviamente vai cobrar), negocie o preço antes! Ah, e nunca pague o primeiro preço, ou seja, se o cara disse
  11. E aí Luccas, tudo certo? Bem vindo, cara! Olha, nesse link (http://www.priceoftravel.com/2100/south-and-central-american-backpacker-index/) tu pode consultar uma lista de destinos na América Latina e seu respectivo custo diário. É claro que os valores são bem indicativos, e dependendo do seu ritmo, pode gastar menos ou mais. Com essa grana que tu tem dá para fazer um mochilão da hora, cara!
  12. Eu recomendaria levar uma barraca, saco de dormir, roupas leves e de secagem rápida, produtos de higiene pessoal (sabonete, creme dental, escova, etc), um pequeno canivete multiuso, garrafa para água, remédios básicos (dor nas costas, sal de frutas), etc..... Tenho uma dica: sente-se e pare para pensar e mentalizar seu caminho. Durante o dia, o que você acha que iria precisar? Imagine uma situação, como por exemplo, hora de cozinhar (ou do banho). E por aí vai Ah, não se esqueça do mais importante: um diário de viagens! Have a nice trip!
  13. Luana, você também pode optar por passes de trem, especificamente o da Eurail (http://pt.eurail.com/eurail-passes) Existem vários tipos de passes, como os globais, que abrangem cerca de 28 países, ou os regionais, individuais, etc.. Quando viajei pela Europa utilizei um global de 1 mês, e a melhor vantagem deles é a flexibilidade. Pode acontecer de você ter todas as passagens compradas para todos os destinos, mas caso perca um trem no meio do caminho (digamos, por atraso), pode desencadear uma reação em cadeia. Nestes casos você teria que comprar tickets na hora direto na estação, e aí
  14. Tem uma banda Australiana bem do estilo surf, que é muito boa também: Hoodoo Gurus Pode procurar que você vai gostar!
  15. Então, Mineirim, resolvi deixar pra comprar lá no Chile mesmo, em Santiago, Punta Arenas, ou mesmo Ushuaia. Tenho disponíveis R$350,00 para uma bota, coisa de 80 000 Pesos Chilenos. Chegando lá vou dar uma boa andada pra encontrar algo bom!
×
×
  • Criar Novo...