Ir para conteúdo

Filho do inverno

Colaboradores
  • Total de itens

    46
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Outras informações

  1. Otávio: Muito obrigado pela colaboração. Vou pesquisar as marcas que você sugeriu, além da Hilleberg. Darei uma olhada no fórum sobre essas barracas TO da Light também. Grato. Abraço. Tiago. Filho do Inverno (No inverno, eu vivo, no verão, SOBREVIVO).
  2. Otávio: Em primeiro lugar, obrigado pela disposição para ajudar. Os meus objetivos são camping e trekking em regiões frias brasileiras (serras gaúcha, catarinense) e estrangeiras (Ushuaia, Andes bolivianos e peruanos). Quanto ao trekking, ainda não fiz em acampamentos base de montanhistas, mas pretendo fazer um dia. Não pretendo escalar cumes. Não sou alpinista. Mas, nas altitudes dos acampamentos-base, o frio já é intenso. Uma barraca para duas pessoas confortavelmente ou três num espaço um tanto justo eu já tenho, é a Manaslu Outland. Foi aprovada com louvor em uma noite muito fria e de
  3. Pessoal: Vou me socorrer com vocês. Preciso de uma barraca para uma ou, no máximo, duas pessoas. Preferencialmente para uma pessoa mesmo, visto que a questão do PESO é importante. Quero uma barraca bem preparada para chuva, vento, FRIO, MUITO FRIO (TEMPERATURAS NEGATIVAS CERTAMENTE) e neve. Eu não acampo no verão. No calor, até faço trilhas, mas não durmo no meio do mato. Somente no inverno mesmo. Preciso conseguir enfrentar bem essas condições adversas. Tenho uma barraca que tem me servido bem, uma MANASLU OUTLAND, mas ela é grande e pesada. É ótima só quando tenho companhia (divisão do p
  4. Pessoal: Vou me socorrer com vocês. Preciso de uma barraca para uma ou, no máximo, duas pessoas, bem preparada para chuva, vento, FRIO, MUITO FRIO (TEMPERATURAS NEGATIVAS CERTAMENTE) e neve. Eu não acampo no verão. Somente no inverno mesmo. Preciso conseguir enfrentar bem essas condições adversas. Tenho uma barraca que tem me servido bem, uma MANASLU OUTLAND, mas ela é grande e pesada. Preciso de uma barraca menor e mais leve, mas muito resistente a esses desafios: chuva, forte frio e até neve. Tenho um amigo que se dispôs a trazer de Londres uma pra mim. O que ele poderia achar lá de ót
  5. Olá, pessoal!!! Comprei pelo ebay e chegou, há poucos dias atrás, o meu Rescue Tool da Victorinox. Também não foi tributado. Os impostos (estadual e federal) de importação, pela minha experiência, têm ficado restrito aos casos de compras de roupas do exterior. Que beleza esse apetrecho para afiar as lâminas. Um bom trabalho do Prof. Pardal, ops, quer dizer, Cabral . Abraços.
  6. Pessoal: Acabei não acampando no feriadão da Páscoa, mas, depois disso, montei a Manaslu Outland, na casa de amigos, para fazer um teste "forte" de chuva. Ela foi aprovada. Bom, como o Western já havia pedido, seguem umas fotos dela.
  7. ATENÇÃO, PESSOAL!!! Revisando o meu post anterior Cuidado na compra de facas e de outros equipamentos via importação. Fiz uma compra de valor inferior a 50 dólares e fui taxado . Somando os impostos de importação (federal e estadual), o preço do produto dobrou. Era uma bermuda. Não sei se esse limite de 50 dólares não se aplica a roupa. Não conheço a legislação a respeito, mas só consegui pegar a bermuda hoje mediante o pagamento desses tributos A minha faca, que ultrapassou os 50 dólares, não foi taxada. É questão de sorte. De qualquer forma, foi a única compra taxada (imposto de im
  8. Cabral e Véio du Mato!!! Ainda não entrei no ZombieSquad, mas quem sabe preencha a minha ficha de inscrição nos próximos dias Bom, vi que fui citado acima pelo Véio. Pessoal, tive muita sorte até agora. Já fiz compras que superaram 100 dólares e, até agora, não me cobraram nenhum centavo de imposto. Lendo os posts do Véio, arrematei, num leilão, a Paracord no ebay (essa saiu bem baratinho, 8 dólares, 12 com o frete). O único problema que enfrentei, até agora, foi a demora na entrega de alguns itens. Três chegaram em trinta dias, mas quatro levaram quase setenta dias. Adorei a faca. A aj
  9. Depois de um segundo e último teste mais forte (água) a ser feito um pouco antes da Páscoa, viajarei para a serra gaúcha (São Francisco de Paula, Gramado e Canela). Ainda não decidi se ficarei no camping de Gramado, ou no de Canela. Na Páscoa, quando estiver no camping, tirarei umas fotos da Manaslu Outland para postar aqui depois.
  10. Caros amigos!! Mais uma vez, agradeço a atenção e as dicas de todos. Abraços.
  11. Cabral: Gostei da idéia das cerâmicas japonesas, mas não estou encontrando uma de dupla face. De qualquer forma, pelo que entendi, a carborundum dupla face é obrigatória, mas não dá para ficar só nela para evitar "dentes" no fio. Bom, devo começar pela carborundum e, depois, usar a cerâmica japonesa? É isso? Pelo que entendi, o couro com o óxido de cromo é dispensável, mas, se eu conseguir montar mais essa parte do kit, o acabamento melhora. Quero começar só com o carborundum e a cerâmica dupla face, se isso for possível: um caminho mais simples para um principiante. Dá pra ser assim, ou o
  12. Pessoal!!! Na semana passada, chegou a minha Manaslu Outland com sobreteto verde e amarelo. Linda, espaçosa, resistente, feita com produtos de qualidade superior. Já comparei com outras barracas. Ela concorre diretamente só com as estrangeiras. Brasileira, sem custos de importação e de ótima qualidade. Fiz um teste curto de água no sobreteto. Não passou nada. Ainda farei um teste mais forte, mas o conjunto, até agora, não falhou nos exames iniciais. Recomendo!!! Abraços.
  13. Cabral e Véio: Agradeço as dicas. Vou tentar sim montar algum kit aqui em casa e praticar, com a caneta para DVD, em facas bem vagabundas de cozinha. Só me arriscarei na outra, que ainda não chegou, quando sentir que já estiver melhor. Vou seguir trocando algumas idéias com vocês, por aqui, de vez em quando. Véio, não fico chateado não. Sei bem que isso requer prática e que a habilidade vem só com o tempo. E estou longe disso. Antes de mais nada, tenho que montar algum kit para afiar as facas. Cabral, vou ficar viciado mesmo. Bem, mãos à obra: próxima parada - formação do kit!!!
  14. Caros amigos mochileiros: Agradeço muito a colaboração de todos vocês. Li os comentários de cada um. Observando, aqui, as boas referências quanto aos produtos da Primus, fui acompanhando o mercado. Tive a chance de encomendar um Fogareiro EtaPower MF da Primus. Ele ainda não chegou, mas aprendi muito com todos vocês. Muito obrigado a todos. Abraços.
  15. Cabral e Véiu du Mato: Adorei as dicas. Pretendo afiar a faca somente em casa mesmo. Não quero levar equipamentos, na mochila, para essa atividade. Então não me preocuparei com o peso. Gostei das idéias da chaira de cerâmica, das cerâmicas japonesas, das lixas e das outras alternativas. Há um porém... como usar esses apetrechos? ãã2::'> A minha ignorância aí é grande. Não quero estragar a faca, tentando afiá-la. Vocês podem dar um passo-a-passo ou indicar algum manual para isso? Abraços.
×
×
  • Criar Novo...