Ir para conteúdo

marlamello

Membros
  • Total de itens

    41
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre marlamello

  • Data de Nascimento 03-02-1992
  1. Opa, que felicidade ver algo mais recente sobre o destino! Você chegou voando por onde e vai sair daí para onde?
  2. Last but not least... Dia 19 - Dubrovnik Antes de sair de Mostar, comprei um souvenir da cidade por €2, um sorvete por €0,50 e paguei albergue, chamado Hostel David (que é ótimo! os donos são simpáticos e tem um café da manhã maravilhoso) por €3 + 50KN. Na rodoviária, peguei um ônibus por 130kn rumo à Dubrovnik, usei o banheiro por 0,50BAM (guardei uma moedinha de lembrança e fui tentando usar o resto aonde podia haha, BAM é a moeda da Bósnia) e paguei o bagageiro com os 0,70BAM que sobrou + 1kn + €0,50. Chegando em Dubrovnik, peguei um outro ônibus por 15kn que deixa na entrada da muralha, aonde fiquei hospedada, apesar de ser bem mais caro, vale MUITO a pena! Tem uma rua principal e várias ladeirinhas de escada pros lados com restaurantes e albergues, pra quem é fã de GOT não é difícil identificar cenários É uma cidade bem cara - não tanto quanto Hvar - mas que vale muito a pena! Fiquei hospedada no Hostel Beta Old Town por €63, 2 noites - a dona é super simpática e fofa mas é um lugar bem apertadinho com 3 andares estreitos e só tem banheiro no primeiro andar (e eu tava hospedada no último hahaha) mas, pelo preço e localização, valeu. Bem na rua principal tem uma sorveteria bem famosinha, eu não lembro o nome mas ela é roxa e mttt boa, tomei um sorvete por €1,60 e fui aproveitar o dia pra ir no teleférico, é fácil de chegar mas tinha uma filinha - ainda mais que fui numa hora estratégica pra pegar o por do sol - custou 180kn e tem uma vista lindíssima da cidade! Jantei por 50KN num lugar de yakisoba, acho que fui mais pelo wifi do que pelo lugar haha mas dá pra montar o seu próprio e tal + uma coca; tem um restaurante vegetariano na cidade mas já tava lotado quando eu fui, dá pra fazer reserva antes mas eu não sabia disso e nem tava lá hehe Troquei €30, tomei sorvete (sim, de novo, não julguem haha) por 10kn e tomei cerveja com a galera do quarto por €33kn Gastos Totais: 397 kn / €100 Dia 20 - Dubrovnik Nesse dia resolvi aproveitar a praia, tem uma ilha que a galera vai perto por ser de nudismo mas achei meio caro e também não ouvi grandes coisas.. na própria praia da cidade a galera já tira a roupa hahaah Tomei café num mercadinho por 18kn, troquei mais €35 e comprei souvenirs por 99kn (tinha bastante coisa haha e o preço não muda muito de uma loja pra outra pra indicar) e, mais tarde, fui pra muralha.. Paguei meia entrada e foi 30KN, ouvi umas histórias de que não tinha meia entrada e que tinha uma entrada certa pra aceitarem blabla mas não me preocupei e deu tudo certo só mostrando a carteirinha Vá com disposição, água e bastante tempo porque é imeensa, um sobe e desce sem fim, tem escada, é cheia mas é o lugar que não da pra ir embora sem ir hahaha na volta tomei sorvete (falei que era bom!) por 10KN e, de noite, fomos num lugar chamado Sky Club, fica logo na saída da muralha e é bem bacaninha, custou 40KN pra entrar, na banca da frente do lado de fora vende cerveja por 20KN e lá dentro um mojito custou 40KN e um chicletinho foi 6kn E essa foi minha despedida dessa cidade lindíssima que é Dubrovnik No dia seguinte eu tinha um voo pra Madrid e foi bem fácil chegar no aero.. Tomei café por 18,50kn, comprei uns imã sde geladeira que minha mãe cismou que queria por 15kn e, do mesmo lugar que sobe pro teleférico tem uns ônibus bem frequentes (não é bem de hora em hora mas tem os horários lá perto, eu já tinha olhado no dia que fui no teleférico e me programei pra pegar um meio cedo, comprei na hora mesmo e foi 40KN, bem mais tranquilo do que pegar taxi porque não é perto... Me sobraram ainda 40KNque eu troquei com uma americana que ia continuar no país por €6 :'> E a melhor coisa do aeroporto de Dubrovnik é que no duty free tinham DUAS GARRAFAS DE JAGER POR €18, e ainda vinha com uma box e copinhos!! Nessa hora deu tristeza de não tá com mala pra comprar umas 10 hahaha Não vou fazer o relato de Madrid porque fiquei com um amigo e não controlei os gastos como fiz na viagem mas, pra quem for fã de Dom Quixote, numa cidade pertinho chamada Alcalá de Henares tem a casa dele em museu Demorou mas saiu tudo hahaha se tiverem alguma dúvida, fiquem à vontade, espero que ajude e que vocês curtam os lugares tanto quanto eu curti ) Gastos Totais: 296kn / €47
  3. Dia 18 - Mostar (!) Nesse dia eu botei um despertador pra umas 7 da manhã que era o horário que o escritório abria e eu fiquei com medo de ficar sem passagem pra barca só de pedestre que saia dali da parte principal (?) de hvar mesmo, custou 60kn por ser um horário específico, que não lembro mais, as outras eram quase 80.. de qualquer forma tem uma tabelinha lá com os valores, fiquem de olho que a diferença de tempo é pouquinho e voltei a dormir com a maior ressaca do mundo haha tomei café e comprei uns negocinhos no mercado por 25kn e fui pra split.. A vontade de conhecer mostar já era bem antiga, desde antes do planejamento dessa viagem existir, mas só resolvi mesmo na hora! Todo mundo falava que Split era bem sem graça e eu não fazia questão de conhecer nada lá, meio que no piloto automático perguntei os horários pra Mostar e comprei por 125kn, comprei um sanduíche pra viagem ali perto por 20kn e paguei 3kn pra ir no banheiro e troquei mais €30; quando a ficha caiu eu já era a única gringa numa van sem ar que foi o caminho quase inteiro com a porta aberta e música da bósnia tocando hahahaha foi uma parada muito louca mas que eu repetiria 100x! Chegar na Bósnia depois da agitação de Hvar foi um baque, eu já tinha lido sobre as marcas de bala ainda nos prédios mas nunca achei que fosse tantas e tão real, a cidade tem um clima diferente, e até pesado, mas eu amei conhecer! O bagageiro pro mochilão foi 8kn, comprei uma água por 6kn e jantei num lugar super bacaninha perto da ponte por 55kn e depois, claro, tinha que rolar uma cerveja local haha um chopp imenso foi 12kn! Apesar da moeda local, eles aceitem kuna tranquilamente MAS te darão o troco na moeda deles, então tomem cuidado pra não dar um valor muito acima
  4. Dia 16 - Hvar Um dos destinos mais populares e esperados: Hvar! Fui andando cedinho pra estação e peguei um bus pra Split por 94kn + 7kn do bagageiro pra deixar a mala.. Cheguei em Split e tive que esperar umas 2 horinhas num sol desgraçado e sem lugar nenhum pra ir até o horário da barca pra Hvar, peguei uma que pode ir carro (e acaba demorando mais) porque o horário da outra era beeem depois, custou 47kn pelo menos Comprei umas besteiras no mercado por 29kn e uma pizza por 12kn numas lojinhas perto da rodoviária. Sentei pela calçada lá e fiquei aproveitando o wifi dos onibus que chegavam e iam embora hahaha a embarcação foi bem cheia e não tinha lugar oficial pra sentar, a galera foi sentado pelo chão mesmo mas é confortável.. não aguentei e comprei um sorvete por tristíssimas 25kn lá dentro. A estação ficava longinho de old town e peguei outro bus por 27kn (acho que foi isso, não lembro direito hahahaha mas é o mais provável) e comprei água por 10kn, de cara já deu pra sentir a facada que era hvar comparada às outras cidades! Fiquei hospedada num hostel chamado marinero, é um dos mais conhecidos, custou €70 2 noites mas vale bem a pena, ele é mtmtmtttt bem localizado e a galera é super gente boa e é lotado de brasileiros não só lá como na cidade inteira haha fechei o passeio da blue cave pro dia seguinte por lá mesmo, é bem caro mas é aquele ditado, né.. tá no inferno abraça o capeta haha vale a pena! deixei um deposito de 100kn pra garantir o lugar, dei umas voltas pela cidade, jantei (duvido vcs imaginarem o que hahahah) por 48kn e fechei de ir pra uma balada lá chamada carpe diem com umas inglesas. A gente bebeu muuuuito antes porque a entrada já caríssima, não vale a pena deixar pra beber lá.. É o tipo de coisa que vc paga a experiência, é esse preço só pra entrar (sim! haha) mas ela é super isolada, vc pega um barquinho pra chegar até lá, tem uma praia própria, dá pra nadar lá dentro, pra quem é do rio e conhece o palaphitas é a mesma vibe mas um pouco mais fancy haha eu paguei porque né, já tava lá, mas é o tipo de balada que eu odeio haha música eletronica, homem hetero puxando cabelo pra beijar e coisas assim, uma cerveja lá dentro foi 32kn, o que não é tão ruim considerando que a água era tipo 30kn.. Eu não voltaria lá jamais e não recomendaria, mas não me arrependo de ter ido também hahaha voltei de lá e ainda rolou uma larica que me custou 65kn e eu troquei €70 em algum momento do dia. Gastos totais: 760kn / €140 Dia 17 - Hvar Acordei com uma ressaquinha deli pro passeio de barco, tomei café ali por perto por 10kn e troquei mais €50, paguei o restante de 400kn pro passeio (chora).. As cavernas são lindíssimas e dura quase o dia todo, a gente passou por vários lugares mas a blue cave é algo surreal, tem um lugar que dá pra pular de cima da pedra que vale a pena mas tem que saber pular, uma das meninas que tava com o meu barco ficou com a perna super roxa pela porrada.. eu não sei pular mas sobrevivi sem hematomas hehehe rolou uma parada pra almoçar e eu achei uma feirinha, comi frutinhas e coisas de verdade depois de tanta pizza por 17kn. Voltei a tempo de ver o por do sol num outro lugar famoso chamado hula hula, de fato é um por do sol lindissimo como falam e rola uma after party lá, mas parece bastante o estilo e público do carpe diem. De noite, jantei no restaurante do próprio hostel.. Rola um desconto mas ainda assim saiu por 60kn Comprei uns alcools no mercado e fui pra umas baladas mais locais hahah tem um barzinho do lado do próprio marinero que fica lotadissimo e rola um shot em algum momento (acho que é até algum horário ou em um horário específico, algo assim), fui pra um lugar já na "orla" mesmo mas não vou lembrar o nome, fica bem em frente a umas barriquinhas locais tipo uma feirinha com artesanatos e coisas variadas.. Andando mais em direção ao embarque da balsa só de pessoas tem um lugarzinho de jazz que também é bacana mas não lembro o nome hehe só posso dizer que foi bem mais divertido que a carpe diem, tudo isso deu 53kn Gastos Totais: 540 kn / €50
  5. Dia 15 - Plitvice/Zadar Nesse dia eu já ia ter que pegar o bus super cedinho e, apesar de gostar de andar, eu gosto muito do meu sono também hahaha peguei um taxi pra rodoviária por 30KN e lá comprei um sanduíche (13,40kn), um café (4kn), e um suco (6kn) pra viagem; além disso, ainda tem que pagar pra deixar a mochila no porão do bus, custou 7kn. Não lembro bem quanto tempo de viagem foi, mas eu dormi hahaha a entrada do parque foi 110kn! Lá é lindíssiimo demais, existem vários percursos pra escolher com diferentes níveis de dificuldade.. Eu já tava lá mesmo, peguei o completasso (não lembro a letra, mas é o maior hehe) e foi bem tranquilo! Tem várias subidas e descidas, as vezes passa por lugar molhado mas tem uns onibus internos e uns barquinhos. Eu almocei umas besteiras tipo sanduíche e batata frita com a coisa mais gelada que achei e deu 50kn mas dá pra se programar e levar mais lanchinhos! Eu acabei me perdendo no final e quase perdi o horário mas deu tudo certo haha no mesmo ponto que o bus deixa já tem os horários pra zadar e dá pra comprar na hora mesmo! Eu tava com o mochilão e, pra não ficar andando com ele lá, peguei a chave de uma salinha no lugar de pedir informação, foi de graça e ficam várias mochilas lá, achei tranquilo mas não deixaria nada de valor. O bus pra Zadar 100kn e troquei €20, comprei chocolate e biscoito no mercado por 20kn e fiquei hospedada no three corners hostel por 151kn, lembro que fui andando até lá bem tranquilamente! A cidade de Zadar é outra super simpática, meu interesse maior lá era a história do por do sol com o sea organ e o greetins to the sun, vale MUITO a pena! Eu passei rapidinho pela cidade também mas só isso já valeu! É uma experiência incrível e indescritível. Jantei num lugarzinho simpático pizza e cerveja por 30kn e troquei mais €100 num cabeleireiro (?!) que tava sem taxa pra trocar haha deu 700 kn certinho, me arrependi de não trocar mais haha Gastos Totais: 521 kn / €120
  6. Eu avisei que era bem péssima pra isso antes de começar haha mas agora me formei (yey) e acho que em breve termino Pois bem.. CROÁCIA Dia 13 - Zagreb Chegando em Zagreb, eu peguei um tram pro hostel que se chamava Chillout Hostel Zagreb, é bem bacaninha e super bem localizado! Eu nem entendi muito bem como funciona o pagamento do tram, eu só subi e depois descobri que é bem comum a galera ir sem pagar hehe mas ninguém me explicou como funcionava de verdade e o hostel era bem pertinho da estação, acho que foram uns 2 ou 3 pontos só! O hostel foi €18 e eu queria já ver a passagem pra Plitvice bem cedinho no dia seguinte.. Eles vendiam pacote lá mas achei super caro, a moça da recepção entrou no site da companhia de ônibus e tinham uns horários bem ruins também, aí lá fui eu andando pra rodoviária pra ver direitinho isso hahahah deu uns 30 min andando mas a cidade é hiper agradável e tem wifi livre (!!!!). Foi bom ir até lá porque consegui o horário que eu queria (não vou lembrar agora mas era hiper cedo tipo 6 e pouquinha) e custou 85 kunas. Troquei mais €50 pro dia seguinte já e tomei um café por 4kn numa dessas maquininhas de expresso, voltei andando pro albergue hehehe Uma das coisas que eu mais queria fazer em Zagreb, e uma das razões pelas quais eu não pulei já que todo mundo fala que não vale a pena, é o museum of broken relationships.. É um museu com várias histórias e pertences sobre relacionamentos que acabaram (tem de pai e filho, marido, amantes e coisas mil), é FANTÁSTICO! Eu fiz questão de ler todas as histórias, fiquei louca lá dentro, sorri e chorei haha valeu muitíssimo a pena! A entrada foi 25kn e quase certeza que foi um valor de meia entrada (pra tudo eu usei a minha própria carteirinha da facul brasileira e valeu!). Saindo de lá, não sei bem como, acabei numa rua animadíssima, com vários food trucks, música ao vivo, pisca pisca e uma galera curtindo muito.. Comi um sanduíche sensacional por 20kn e a primeira cerveja local por 15kn. Me arrependi de ter ficado tão pouquinho em Zagreb e recomendo se vc estiver na dúvida entre ir ou não Gastos totais: 150 kn / €135,40
  7. Dia 13 - Bled / Lju Considerando que Eslovênia não tava nos meus planos, os pontos turísticos (que em Bled são poucos) estavam menos ainda, então nem me preparei pra nada pago haha a única coisa que eu fiquei encantada e queria muito era um lugar chamado Vintgar Gorge bem pertinho dali. Eu sabia que existia um bus que saia em alguns horários de manhã, mas não sabia ao certo quais.. Tomei café no albergue mesmo pra ganhar por €3,70 e fui pra rodoviária saber do tal ônibus, mas óbvio que o único saiu 30min antes de eu chegar hahahaha a moça da rodoviária disse que eram 3 km e eu acho que tava tão anestesiada pela delícia que aquele cidade era que só fui andando feliz e contente hahah a trilha de ida (que depois que eu reparei que ela recomendou que eu fizesse essa na volta, mas enfim) é bem tranquila, asfaltada, fui de havaiana e não tive problema algum, tem algumas subidas mas no geral é bem fácil. Da cidade até o começo da trilha já dá 1km, então ficam 4km...... pra ir haha eu sou a pessoa mais sedentária do mundo e fui de boa, então confiem, a paisagem é linda, você nem sente (muito) que tá andando. Muita gente opta por ir de bicicleta mas acho fiquei com medo de perder a bicicleta e sei lá hahaha melhor ir andando e foi até bom porque eu cheguei por um lugar e fui embora por outro. A entrada do Vintgar custou €3 mostrando a minha carteirinha de estudante daqui mesmo e lá é lindissiiiimo demais, eu olhava sem acreditar, as fotos não chegam nem perto do que se vê lá. É um espaço bem estreito pra andar e tem bastante tempo, então não dá pra ficar parando toda hora e não dá pra entrar na água, mas eu recomendo mesmo assim, tomei um sorvete lá dentro por €2 - tem uma vendinha nas duas pontas, mas durante o percurso não tem nada, então leve água. Pra ir embora que foi uma aventura ahahahha a entrada/saída da outra ponta dava no meio de uma floresta que não tinha absolutamente NINGUÉM! Eu via umas direções com setas de Bled escrito nas árvores mas fiquei bem assustada de tá lá no meio do nada sozinha. Teve uma hora que surgiu um casal atrás de mim e eu fiquei de boa.. mas eles desistiram em algum ponto e deram meia volta hahahah eu já tava lá mesmo, acreditei no universo e eventualmente cheguei numa igrejinha com um restaurante do lado, de volta à civilização hahaha comprei um ice tea por €1,80 pra comemorar (e pra me deixarem usar o banheiro heheh). A partir dali, a trilha era novamente no asfalto e eu fiquei tranquila, as vezes passava um carro e eu pensava em pedir carona mas acho que queria me provar capaz de andar aquilo hahahah essas loucuras de viagem que batem na gente, enfim.. Almocei por €8 no mesmo centrinho e fui pra rodoviária pegar um bus pra Ljubljana por €6,80. Não lembro também quanto tempo durou.. Da rodoviária andei uns 30min até o albergue, que era um pouquiiiinho afastado da praça mas tinha uma dona super gente boa, o nome era Hostel Vrba e custou €15. Não ia conhecer nada da cidade de noite mesmo, me inscrevi num pub crawl que rola todo dia, com certeza vai ter um panfleto no albergue que você ficar.. Comi numa padaria do lado do albergue e €2,35 e fui pro pubcrawl que custou €15, eles dão algumas bebidas mas, como acaba numa boate/balada, você acaba gastando mais kkk eu gastei €14 bebendo além do que eles davam.. Foi muito bacana porque conheci mó galera, vários lugares mas é uma graninha, né. Gastos Totais: €70 Dia 13 - Lju / Zag Enfim, fui dormir quase de manhã e acordei super cedo pro free walking tour que rola na cidade, aproveitei que não ia ter muito tempo e queria conhecer um pouco da cidade. Ljubljana é super simpática mas não tem muito o que fazer, acho que ficar lá mais do que 2/3 dias numa viagem já é mais do que o suficiente, mas é só a minha opinião.. Não lembro a ordem das coisas (por que será heheh) mas gastei €14 juntando café da manhã, almoço e um sorvete. Eu queria ir pra Zagreb já nesse dia mas os horários dos onibus eram péssimos (só tinha super cedo ou bem tarde) e de trem parece que era ainda pior, mas a dona do albergue me arranjou uma carona através de um site tipo o blabla mas de lá e foi sucesso! Gastei €5 de taxi até o ponto de encontro e a carona até Zagreb custou €9, eu fiquei meio preocupada com a imigração por eu ser brasileira e atrasar o cara ou sei lá na fronteira mas não demorou nem 30seg! Ele me deixou na rodoviária de lá e eu já troquei €40 pra kuna até pra conseguir já sair dali (continua)
  8. Ai fiquei um tempão sem postar, fiz um post imenso e deu erro, acho que é castigo hahaha mas vou tentar resumir pra não desanimar.. Dia 12 - Bled Eslovênia nem fazia parte do roteiro original, a ideia era ficar uns dias em Novalja mas a viagem foi chegando e eu fui desanimando da vibe tão party rock e, aproveitando que era mais barato voar pra Ljubljana do que pra Zagreb e que Bled era meu sonho desde que bati o olho numa foto, uni o util ao agradável.. Peguei o mesmo bus da Havatas pro aero bem antes do voo por 11TL, tomei café lá por €5 que tava zerada de liras hehe e voei pela Turkish Airlines, achei bem bom e durou menos de 2h.. A imigração na Eslovênia foi super tranquila, ele só perguntou pra onde eu ia e carimbou. Fui direto pra Bled porque era mais fácil ir pra Zagreb por Ljubljana, então fazia mais sentido deixar essa pra depois e diminuir os deslocamentos no mesmo dia. A água na porta do aero foi €2,10. Olhando o mapa no ponto, descobri um caminho mais rápido e barato até Bled.. Peguei um onibus por €1,80 até Kranj e de lá um por €3,80 pra Bled que tava eeeeeentupido de estudantes, geral sentado no chão em fileirinha e eu no meio hahaha pela paisagem já dá pra sentir a vibe da cidade, eu me senti num comercial daquele chocolate milka, um monte de montanha, animaiszinhos, gente simpática, motorista cantando música eslovena, é um clima muito gostoso! Não lembro quanto tempo durou a viagem, mas não demorou muito, da rodoviária fui andando pro albergue que ficava na beira do lago (que é mil vezes maior do que eu imaginava!) e obviamente comecei indo pro lado errado hahahaha mas eu tava me sentindo tão bem e realizada naquele lugar que nem liguei. Fiquei num albergue que é literalmente na beira do lago, e foi um dos melhores que eu fiquei em termos de infra estrutura e localização.. O nome é Hostel Vila Viktorija e custou €18 já com as taxas. Sai pra almoçar no primeiro lugar que encontrei um sanduíche, cerveja e uma torta típica que deu €10 e fui fazer uma trilha pra chegar num mirante e conseguir ver a cidade melhor.. Bled é uma mina de ouro pra quem gosta de trilhas, mas eu peguei a mais simples até porque nem tinha sapato nem nada, mas já valeu muito a pena! Ela é bem tranquila, com bastante pedra no chão mas não tem nenhuma cara de trilha hahaha não das que eu tô acostumada! Tem umas placas no meio do caminho mas por muitas vezes senti que tava indo errado, no final deu tudo certo recomendo demais fazer a trilha, é uma outra visão de tudo e foi aonde a ficha finalmente caiu que eu tava lá de verdade hahaha Voltando da trilha (demorou menos de 2h entre ir, ficar lá apreciando - o que eu fiquei bastante tempo - e voltar, indo bem devagar e o albergue já era uns 20min até o começo dela), resolvi mergulhar no lago. Fica muita gente lá nadando, praticando esportes, acampando em volta, é sensacional.. Conheci um casal que tava tentando pular de uma árvore e obviamente me juntei a eles hahah fiquei pelo lago até o sol se pôr (que não é nada cedo no verão), fui pro albergue tomar banho e jantei ali por perto num shopping/centro comercial pizza e vinho local (que é muito bom!) por €9. Enquanto eu tava esperando, surgiu um senhorzinho na minha mesa, começou a puxar papo, perguntou como eu descobri bled, que que eu tava achando, daonde eu era.. No começo eu fiquei meio noiada, achando que ele ia me roubar ou sei lá haha mas a mulher dele chegou e eu vi que era só pura simpatia mesmo Não vi nada sobre vida noturna mas posso tá enganada, apesar de parecer uma cidade bem diurna mesmo... dormi cedo pra ir pra vintgar gorge no dia seguinte antes de seguir pra Ljubljana. Gastos Totais: €50
  9. Dia 10 - IST De volta em Istanbul, fiquei hospedada agora perto da praça Taksim no BellaVista Hostel & Studios, tive a impressão de que ele tinha acabado de ser aberto e ainda tinha muita coisa a fazer, o quarto compartilhado fica no último andar e não tem ar, só ventilador.. que não estava funcionando ele é bem pertinho da praça mas fica numa ladeira abaixo, então não é super acessível mas valeu pelo preço: €20 por 2 noites e a galera que trabalha lá é bacana, apesar de não saber muitas dicas por ali, é bem legalize, principalmente no terraço (aonde fica o quarto compartilhado). O que me fez escolher ficar nessa area é que - além de variar - eu ia pegar um voo pra eslovênia, e saem ônibus regulares dessa praça pro aero por um preço bem baratinho, aí achei que valia a pena. Tomei café com pão por 5TL na esquina desse albergue (a esquina que dá na rua principal já) e aproveitei pra fazer as coisas turísticas que me faltavam, como era dia de semana, me empolguei pra ir na aya sofia e a fila tava de fato bem menor do que quando eu passava por ela quando fiquei hospedada perto. A entrada custou 30TL e tinham umas partes em construção, mas ainda assim é bem bonita. Saindo de lá fui até o topkapi mas acabei não entrando, não sei dizer bem o porque, na hora só não tive vontade.. é bem bonito por fora mas fiquei peoplewatching no jardim ouvindo minhas músicas, talvez eu quisesse ter uma desculpa pra voltar hahaha mas custa 30TL a entrada + 15TL o acesso ao harem. Depois atravessei o gulhane park (não recomendo andar o parque até o final porque ou eu me perdi e sai num lugar errado ou de fato é preciso dar uma volta imeeeensa na calçada, com um bando de carro buzinando pra você .. não é o melhor caminho hehe). Tava meio sem rumo mas no meio do caminho só queria saber de um tram pra voltar pra taksim hahah lanchei na entrada do parque por 3TL uma espécie de pretzel que eles tem recheado, é 1TL cada (tem salgado e doce) e 1TL a água. Acho que o espiríto do fim da viagem foi batendo e eu resolvi que ia fazer um banho turco, procurei algum em torno do hostel que fosse confiável e não muito caro e acabei encontrando o Aga Hamam e é sensacional! Paguei 95TL pelo banho com massagem, é uma experiência bem louca mas vale a pena, não vou contar muita coisa pra deixar vocês curiosos o suficiente pra irem fazer também hahah recomendo muito esse lugar, ainda rola um chazinho de maçã pra relaxar enquanto você não é chamado (e entre uma coisa e outra.. e depois.. e basicamente qualquer hora que você quiser hahaha), os funcionários são todos super simpáticos, é tudo com o maior respeito e profissionalismo e ainda tem wifi eu fiquei com medo de como faria com as minhas coisas pra ir (passaporte, dinheiro..) e acabei levando tudo comigo, mas lá tem um quartinho pra você se trocar e deixar as suas coisas e a chave fica com você presa numa pulseira, é bem seguro, e o lugar é lindo também Lanchei por 8TL e nesse dia troquei €55 Gastos Totais: 142TL + €75 DIA 11 - IST Último dia na Turquia Já tinha feito tudo o que queria e meu único objetivo do dia era ir atrás de um narguilé o mais barato possível hehe não acordei tão cedo e tomei café no mesmo lugar, 5TL, meu istanbulkart tava quase zerado, aí recarreguei mais 5TL e fui até o bazar de especiarias (me falaram no albergue que lá era mais barato e local), rodei aquele lugar inteiro, achei um por 25TL mas decidi que ia procurar mais então fui andando até o grand baazar, obviamente me perdi lá dentro mas acabei desenrolando um por 20TL não é daqueles gigantes nem nada, ele tem uns 2 palmos de altura só, mas lá tem de todas as cores e desenhos possíveis, (a maioria dos vendedores não deixa tirar foto se você só passar, mas só bater um papinho que eles mesmo já falam "tira uma foto!" hahaha) e ele é original (não sei se fui enrolada, provavelmente sim mas o dono tava me explicado que existe made in turquia e made in china) e pelo preço eu tava aceitando até um da china mesmo hahaha depois voltei pro bazar de especiarias (!), comprei essência por caminho, numa loja que vendia blusa de futebol e o cara tirou de trás de umas gavetas escondidas, não sei se era proibido mas ele me disse que era uma das melhores da turquia, a embalagem parece até com um maço de cigarro mesmo e de fato foi a melhor que já experimentei, e ainda bem que tô aqui pra contar a história hehehe acho que essa foi 15TL.. sei que comprei essa essência, uma outra "normal" e carvão por 25TL. Entre o grand bazaar e o de especiarias tem uma rua tipo umas ruas do saara no centro do rio e você acaba encontrando algumas coisas mais baratas.. Entrei numa mesquita que tem em frente/do lado (depende do seu caminho hehe) do bazar de especiarias e é linda, de graça e sem fila, vale a pena dar uma passadinha o nome é Yeni Cami Comprei 2 pacotes de chá de maçã (não dá pra resistir, é MUITO bom e todo mundo lá te oferece) por 12TL pra trazer pra casa e comi um pedaço de pizza como almoço por 2,50TL. Eu não queria mais trocar dinheiro e o que eu tinha tava ficando pouco já, considerando que eu tinha reservado 20 pro ônibus do aero, então essa acabou sendo minha última refeição heheh e não queria mais recarregar a toa o cartão pro tram também, então fui andando pro albergue.. atravessei a ponte de galata, comprei um isqueiro por 2TL e um remédio por 10TL e fui andando pela istiklal até o albergue. Essa rua é bem badalada mas tomem cuidado, principalmente mulheres sozinhas.. já tava começando a escurecer e vira e mexe eu percebia algum homem andando atrás de mim, não sei bem o que eles esperam com isso, eu não me senti ameaçada mas tem que ficar ligada.. sempre que eu percebia (não é difícil porque eles são zero discretos hehe) parava em frente a alguma loja, fingia que tava olhando alguma coisa e andava na direção contrária. De qualquer forma, não me senti muito a vontade e fui pro albergue arrumar as coisas porque eu tinha que acordar bem cedinho pra ir pro aero.. Gastos Totais: 80TL
  10. DIA 8 - FET - PAM - SEL Eu achei que esse dia fosse ser super punk de cansativo mas foi bem mais tranquilo do que imaginei.. Como o ônibus era bem cedinho, pedi pro moço do albergue chamar um taxi que saiu por 20TL, e é uma distância ridícula de carro, sério, eu achei um absurdo de caro mas enfim.. O ônibus me levou direto pra pamukkale e a entrada custou 25TL, eu tinha levado um biquini pra trocar lá e - diferente do que me informaram - não tem banheiro na entrada! Só depois de você subir tuuuudo e é um calor infernal, então dei um jeito de trocar num cantinho lá embaixo mesmo. Ah, antes disso, eu deixei meu mochilão no escritório da empresa (não lembro o nome agora, mas acho que era a única que ia até pamukkale direto e todo mundo deixa as coisas lá, não é difícil de achar. Lá mesmo já comprei o ônibus pra Selçuk por 30TL, que saia às 16h se não me engano, tinham outros horários mas eu teria que ir pra outra cidade pra pegar, mas ele deixou o horário flexível caso eu não conseguisse ou não quisesse pegar esse, mas deu tempo de sobra A parte da água foi bem decepcionante, tava tudo bem seco e diferente do que eu via em fotos, só as do começo que eram artificiais e bem cheias, valeu mesmo pela hierápolis (mas eu sou suspeita porque adoro mitologia hehe). A água lá custava 2Tl, mas comprei 2 então 4TL pra conta, acabei almoçando os lanchinhos que levei e só comprei um ice tea por 6TL pra acompanhar e fiquei andando por lá, sem muita pressa, entrei um pouco na água mas todas eram bem cheias.. Ainda me sobrou um tempo antes da viagem, então comprei uma mini pizza pra viagem com coca por 9TL e fiquei esperando no ar dentro do escritório o bus chegar, tava mtmtmt calor mesmo, comprei mais uma água por 1TL lá do lado pra levar também. Chegando em selçuk, fui andando pro Anz Guest House, que tinha o dono do albergue mais simpático que conheci na viagem! Era bem pertinho da estação e paguei 29TL na noite com café da manhã Tem uns sofás e um terraço bacana pra socializar, o dono deu vinho e mil bebidas do mundo todo que iam dando pra ele pra gente, ele até se ofereceu pra ir me buscar de moto em Ephesus, sério.. ele é um exemplo incrível de hospitalidade turca, é super interessado na cultura das pessoas e conversou até sobre religião com a gente.. nessa noite só fiquei por lá mesmo, selçuk foi um dos céus mais estrelados que vi e tem um visual bacana do terraço. USEM REPELENTE. Gastos Totais: 124TL DIA 9 - SEL Além de Ephesus, eu queria MUITO ir na casa que dizem que foi aonde Maria morreu, mas é bem complicado.. É quase impossível ir andando - é algo em torno de 7km - o que não parece muito e eu considerei seriamente, mas é subindo uma estrada cheia de curva sem espaço nenhum pra pedestre somado ao calor de 45C (foi a cidade que mais passei calor) ou de taxi, que faz preço fechado (acho que era 60TL) SÓ IDA, mas conheci uns brasileiros que estavam de carro e tavam indo de manhã pra lá, aí eles me deram uma carona que serei eternamente grata hahah E indo de carro eu percebi o quão distante é pra ir andando, então não recomendo não hahah A entrada foi 20TL e é um lugar muito interessante, independente de religião, a energia do lugar é bem especial, comprei uns souvenirs que sairam por 14TL e eles me deixaram na entrada de Ephesus na volta A entrada foi 30TL e se preparem pra andar demais haha diferente de istambul, em todas as cidades o assédio por parte dos homens é praticamente nulo (eu não lembro de nenhum, pelo menos..) e é bem mais tranquilo de usar short/vestido curto. Voltei andando sem pressa de Ephesus numa espécie de ciclovia que tinha sombra (importante hahah), é do outro lado da estrada saindo de lá, não tem muito o que ver de paisagem, mas eu não tava com pressa mesmo e acabei vendo um casamento hahah mas se tiver uma galera, talvez compense dividir taxi. A água bem na saída de ephesus é 2TL e almocei já de volta em selçuk por 16TL (acho que todas as refeições que mencionei incluiam bebida também) e comprei um sorvete por 0,75TL. Eu ia voltar pra Istambul de noite, mas quando cheguei na estação, tava tudo lotado, peguei a última vaga no horário que eu queria, então é válido reservar antes O ônibus custou 80TL e gastei 2,50TL num biscoito e água na estação mesmo. Gastos Totais: 165TL
  11. DIA 7 - FET Bom, a maior razão que me fez ir até Fethiye foi pra fazer o paragliding (na verdade é em oludeniz, mas era mais barato ficar em fethiye hehe), é um dos picos mais altos do mundo! A minha ideia inicial era pegar um bus pra Oludeniz e fechar por lá mesmo, mas não tive tempo de ir um dia antes então acabei fechando no próprio albergue.. Eu fiz umas pesquisas online e era a faixa de preço mesmo, provavelmente conseguiria mais barato desenrolando na hora mas preferi não arriscar hehe e acabou sendo bom.. Uma van foi me buscar no albergue cedo (eu queria aproveitar Oludeniz depois) mas acabamos voltando antes de sequer terminar de buscar todo mundo porque o tempo não estava favorável e tentaríamos no próximo horário.. Não era tempo suficiente pra fazer qualquer coisa, então só aproveitei pra dormir mesmo. Cerca de 1:30h depois a van foi buscar de novo e tudo certo pro salto A desvantagem de fechar pelo albergue é que eu sequer sabia a empresa, e acabou sendo uma das mais famosas (e caras..), mas eu estaria de boa se não tivessem me vetado de levar minha própria gopro, me obrigando a comprar as fotos deles não sei dizer se todas as empresas são assim, já vi fotos mais antigas de gente com a própria camera mas nessa me vetaram.. O nome da empresa é Gravity e o pulo custou €80 (uma morte lenta, eu sei.. mas alta temporada é complicado mesmo), mas juro que vale super a pena! É uma sensação incrível e a vista é lindíssima, eu recomendo demais! Eu só fiquei sabendo isso da camera quando chegou a minha vez de pular e me pediram pra deixar as coisas no escritório, não tinha mais volta.. Se eu soubesse antes, provavelmente teria pesquisado mais. Quando pousei que me dei conta que era quase impossível não ter vaga em oludeniz se eu tivesse pra lá direto por conta própria, tem MUITA agência, é uma cidade bem turística, principalmente com britânicos. As fotos/vídeos vinham em um CD - Room mas eu pedi pra salvarem direto no meu memory card da go pro, pra não correr nenhum risco e eu já conseguir passar pro celular hehe As fotos foram outra morte, paguei €20 e dei mais 70TL, mas já tava lá fudida, restava aceitar que doia menos hahaha eu não tinha intenção de fazer muitos passeios caros na viagem (já sai do br contando com o balão na capadócia, esse paragliding e a blue cave em hvar), então não foi tão ruim assim e é uma experiência única, né.. Arranjei um restaurante de massas com wifi (eu não tinha avisado nada pra minha mãe, só que tava indo numa aventura ) e almocei por 25TL, meu corpo ainda tava meio zonzo e comprei uma coquinha por 2,50TL. Outra coisa que não avisam é que mesmo te buscando no albergue e te levando pra pular, a volta pra fethiye fica por sua conta.. Não anotei o preço da van mas é bem baratinha. Troquei €100 (a cotação tava 4, a melhor que eu tinha visto), comprei uns lanches no mercado por 4,50TL, jantei por 4TL e comprei o ônibus direto pra pamukkale no albergue também por 30TL. Eu queria muito passar em kabak valley, o que me pareceu uma praia do sono pra quem conhece a do rio, e saem vans regulares até um certo horário (acho que a última sai as 17h), mas infelizmente fiquei sabendo desse paraíso depois que já tinha programado quantos dias ficaria na turquia, mas fica a dica pra quem ainda vai AH! Se você vai pro paragliding, vá de tênis! Eu fui com uma sandália que era bem presa no pé e ainda assim não deixaram, tive que usar um tênis bem feio e uns números maior que meu pé GASTOS TOTAIS: 135TL + €200
  12. Agora sei porque não tenho blog de viagem haha disciplina zero, mas vou tentar terminar o mais rápido possível DIA 6 - FET A viagem de ônibus foi tranquila, não lembro se já falei mas em todas as paradas o banheiro é pago, 1TL. Cheguei em Fethiye ainda era beeem cedinho, chuto que eram umas 7 da manhã, aproveitei o wifi de algum ônibus na rodoviária e coloquei o endereço do hostel no GPS, acho que levei cerca de 1h (parece muito mas na hora foi tranquilo hahaha), comprei uma água por 2TL (era de 2L) e não me arrependi porque vocês vão ver quanto paguei pra voltar Fiquei no Yildirim Guesthouse, um senhor muito simpático e prestativo, paguei €23 por 2 noites com café da manhã incluso e fui atrás de um novo cartão de memória pra gopro.. No caminho achei um lugar que vendia lanches super baratinho, paguei 6,50TL numa espécie de quesadilla com uma coca, acho que tenho o nome do lugar perdido aqui, se achar eu edito, mas ele é todo vermelho e uma portinha pequena, com vários cartazes de fotos e preços na frente. Enfim, achei o bendito cartão e paguei 18TL e segui pra Saklikent, um cânion lindíssimo que tem lá perto e é um dos maiores do mundo, mas creio que só funcione no verão. Pra chegar lá, foi bem fácil, tem um ponto de van (só perguntar, todo mundo sabe aonde é) que sai a toda hora pra Oludeniz e de vez em quando pra Saklikent, mas não demora muito também, custou 22TL contando a ida e a volta, o caminho dura cerca de 1h mas vale muito a pena! É quase um parque de diversões pra locais haha eu era uma das poucas gringas perdidas por lá, usem biquini/sunga/roupa de banho por baixo porque - se quiser fazer a "trilha" é pelo meio da água e a entrada custou só 3TL (eu paguei meia com a carteirinha da minha faculdade no Brasil mesmo!). Já na entrada, eles algum um sapato pra água, é uma espécie de crocs mas que fica mais colada no pé.. não lembro quanto era, mas não foi caro, mas arrisquei ir com a minha havaiana mesmo e ela sobreviveu hahah Lá tem umas opções de passeio tipo rafting e tal, mas eu preferi só ficar curtindo o lugar, andei até o final e lá tem uma espécie de toboagua, que você pode subir pelas pedras e escorregar depois, tem uns guias lá na frente também que ficam se oferecendo pra ir com você.. Eu li que era perigoso e não era recomendado ir sozinho, mas fui andando pra ver até aonde eu aguentava e cheguei até o final hahah vi crianças e idosos, então não é difícil mas é o caminho inteiro no meio das pedras e/ou água, algumas partes tem subidas (e consequentemente descidas na volta..) então também não diria que QUALQUER pessoa aguentaria de boa. Vi pouca supervisão, tanto que eu só voltei porque vi que tava dando a hora de fechar (18h? 19h?), mas não vi ninguém indo atrás das pessoas que ainda estavam por lá, então fiquem atentos.. Pensem muito bem no que vocês vão levar com você porque é bem provável que tudo molhe! Eu andei com o passaporte e dinheiro (eu levei tudo em dinheiro e cartão pra emergência) a viagem toda, então pra lá coloquei dentro de um ziplock dentro da doleira e dentro de uma mochilinha que eu tava, levei a gopro, meu celular que tinha uma capa a prova d'água pra garantir algumas fotos caso a gopro surtasse de novo haha e acho que foi só, recomendo levar protetor solar também, se puderem, levem do brasil.. lá eu achei bem caro (pra confessar, não sei quanto é aqui hahaha mas chuto que mais barato) então eu fiz a loucura de não comprar a viagem inteira mas tô aqui viva pra contar a história heheh A espera da van na volta deu um medinho, porque o lugar fechou, todo mundo lá com carrinho indo embora e só ficou eu e 2 funcionários do lugar - que não falavam inglês - no lugar aonde seria o ponto e algumas vans passaram direto, já tava pensando em pedir uma carona pra alguém quando eis que surge aquela linda vanzinha escrito FETHIYE e lá fui eu pra 1 horinha de volta, em pé, ouvindo animadas conversas em turco De volta à cidade, jantei (confesso que não lembro o que, mas quase certeza que foi o dia que eu fui no mccdonalds.. eu tiro a carne e coloco batata no meio hahaha) por 12,75TL e comprei um esmalte (!!!! não perguntem) por 1,50TL Vou colocar poucas fotos pra não tirar a magia do lugar Gastos Totais: 66,75TL + €25 (peguei o troco do albergue em lira)
  13. DIA 5 - GOR Sem dúvidas, um dos dias mais esperados desde o planejamento da viagem: o passeio de balão! Nesse dia acordei mais cedo do que gostaria e uma van da empresa me buscou por volta de umas 5h e fomos buscando várias pessoas em outros albergues e hotéis, de lá seguimos pro lugar que decolavam os balões dessa e algumas outras empresas, tem um trailerzinho que serve água, chá e pães, já incluso no preço do balão (tem banheiro também) e você fica lá com o friozinho na barriga só observando enquanto eles enchem os balões do seu lado, feito isso, hora de subir na cesta e decolar. Na minha ideia, o espaço era beem menor mas cabem quase umas 20 pessoas, são 4 ou 5 por cada divisão da cesta e ela é dividida em 4 (não sei dizer se todos são assim, mas o que eu fui era) e o guia (?) fica no meio.. eu sempre sortuda cai numa divisão com um cara e um casal que tinham DUAS crianças, então todo mundo ficou bem esprimidinho, foi quase um tetrix hahah mas o cara era super gente boa e revezou comigo o espaço "aberto" (é que a estrutura do balão ainda, aí é meio difícil de ver/tirar foto, vou tentar colocar fotos que expliquem isso..). O passeio é mágico, eu achei que fosse ser algo como a decolagem de um avião mas não, quando eu percebi já estavámos fora do chão e é lindo demais, se você tem qualquer dúvidas quanto a ir ou não, esqueça-a e só vá, é um momento pra levar pro resto da vida. Voltei pro albergue ainda era bem cedo e aproveitei pra dormir mais umas 2 horinhas até dar a hora do green tour, novamente foram me buscar no albergue e esse passeio dura o dia inteeeiro, acho que ele muda de nome em algumas empresas mas é o que passa pela cidade subterrânea (((não entre se você for claustrofóbico, tem partes que nem dá pra ficar em pé, tem corredores compridos que tem fila pra andar.. é muito interessante mas saiba seus limites))), Ihlara Valley e tal.. Tem o red tour também mas esse ia pro open air museum e não valia nada pra mim e um outro, acho que rose, de caminhada, mas eu tava de boa, prefiro ir caminhando na minha e vendo a cidade no meu tempo, então fiquei só com o green que tinham coisas bastantes distantes que eu não conseguiria ver sozinha.. o tour sozinho custa 100TL e, acho que pelo que tá incluso, vale a pena! Nesse preço já tá o transporte, entradas, almoço e vai de 9:30 as 18h, é um dia que você não gasta praticamente nada mais e ainda conhece lugares super bacanas... Voltando do tour, paguei o albergue €10tomei banho, dei mais umas voltas pela cidade gastando 2TL em água, 2TL em sorvete, 8TL num milkshake, 20TL em souvenir e troquei mais €50, depois fui pra rodoviária esperar o bus pra fethyie que atrasou muito, mais de 1h e nessa hora uma história muito triste, mas que teve um final feliz, aconteceu.. Eu tinha encontrado a brasileira na rodoviária e fomos mostrar uma pra outra as fotos dos balões (ela foi com outra empresa) e, quando liguei minha câmera, apareceu que eu tinha 0 fotos tiradas. Bom, o primeiro estágio é a negação.. desliguei e liguei umas mil vezes, troquei meu cartão de memória com o dela, nada, parecia que eu tinha acabado de comprar a camera (é uma gopro 3 hero).. Por sorte, ao final de cada dia eu passava as melhores fotos pro celular e já mandava pra minha mãe ir vendo e tal, então eram """só""" as fotos do balão (e do tour, mas o balão me importava muito mais). Respirei fundo, me senti grata pela experiência da viagem, de ter vivenciado aquilo, as fotos eram só consequência do que eu tinha visto e né, não tinha muito o que fazer além de aceitar hahah mandei msg pra um amigo meu no brasil que é fotógrafo perguntando qual era a chance de eu conseguir recuperar fotos desaparecidas de um cartão de memória.. tô escrevendo isso aqui caso alguém passe pela mesma coisa, não se desespera que dá tudo certo hahaha bom, ele me explicou coisas técnicas que não saberei explicar mas o que importa é: comprem outro cartão de memória! Não fiquem usando o mesmo porque as fotos novas podem substituir as antigas e foi o que eu fiz, chegando no brasil joguei no google programas de recuperar e blabla acabei achando alguns e consegui recuperar todas as minhas fotos não se preocupem com nada que vocês não tenham como ou não precisem consertar na hora e curtam a viagem, se tiver que dá certo vai dar depois e se não tiver, bom.. pelo menos você curtiu o resto da viagem Gastos Totais: €60 + 32TL
  14. DIA 4 - GOR Chegada à tão sonhada Capadócia O ônibus chegou mais cedo do que o marcado e já da janela avistamos os balões subindo enquanto chegávamos na cidade, inesquecível! Tinha reserva no the dorm cave by travellers, um hostel muuito top no estilo caverna por €10 a noite com café da manhã, e ainda é bem localizado (nada é muito longe lá, mas ainda assim..). Diferente do primeiro, todos os quartos (acho que só tem 2 ou 3 quartos, na verdade, com MUITAS beliches) são no térreo, o que facilita caso você esteja de mala. Bom, chegando na rodoviária liguei pra esse albergue e foram me buscar numa vanzinha, ainda eram umas 6:30 da manhã mas, pelo que vi, todos que tinham reserva em algum lugar descolaram uma carona com o próprio albergue.. Chegando lá, o dono me deixou dormir até a hora do check in e aí foi só felicidade apesar das muitas beliches, o quarto tava bem vazio, deviam ter umas 5 pessoas sendo que 3 foram embora no dia que eu cheguei.. Uns meninos que estavam no meu bus foram pra lá sem reserva e conseguiram se hospedar, mas não custa nada garantir, né? O próprio albergue tem parceria com várias empresas de balão que dão desconto pra hóspedes, tem vários folhetos das agências (companhias? não sei o nome que se dá haha) e você escolhe com qual quer voar; o balão foi sem dúvidas a maior facada da viagem mas vale muito a pena, já tá lá, né, aceita o preço que dói menos.. Escolhi a anatolian balloons que tem o preço de €160 normalmente mas saiu por €110 pra mim, fechei junto: o voo do balão + o green tour + passagem de bus pra fethyie por €165 no próprio albergue, só paguei a diária na cidade então coloco esse valor depois. Nesse dia aproveitei pra conhecer o open air museum, mas antes almocei num lugar muito top (que tinha um nome bem engraçado no português, mas esqueci completamente agora) pela cidade mesmo, paguei 20TL num Pottery Kebap de vegetais, que é cozinhado dentro de um pote de barro e o garçom abre com um martelo depois + um suco de lata, o lugar é bem típico, tem umas almofadas no chão pra sentar, varanda, fica do lado de umas lojinhas de souvenir.. enfim, se eu lembrar o nome, eu edito depois Acabei de perceber que esqueci de anotar o preço do museu, mas foi algo entre 20/25TL, fui andando do albergue pra lá mas é uma caminhadinha boa, ainda mais no sol, mas comprei um sorvete por 2TL, 2 águas por 2TL e só fui.. Passei o dia inteiro lá, é lindo e é gigaaaante, tem várias escadarias, toda hora um sobe e desce mas não tava tão cheio quanto eu esperava, o que foi bom, alguns lugares é proibido tirar foto mas tem uma plaquinha na porta e um guarda dentro quando é assim.. Na loja local do museu comprei um imã do são jorge que minha mãe implorou por 6TL e, apesar de mais caro comparado aos souvenirs na rua, recomendo comprar lá caso você esteja procurando também.. Nesse museu tem MUITA coisa de são jorge, estátua, blusa, blusa, imã, e as coisas são bonitas, na rua tive muita dificuldade de encontrar e ainda era bem feio e vagabundo, me arrependi de não ter comprado mais coisa lá mas acontece, tá aqui a dica pra vocês não passarem pelo mesmo hahaah voltei andando também e comprei uma estatuazinha de mini capadócia por 1TL na rua, jantei por 7TL e gastei 12TL em 2 cervejas num restaurante lá e levei pra ficar bebendo no terraço do meu albergue com a galera, mas depois descobri que no próprio albergue vendia e ainda era mais barato, sem contar que foi uma missão quase impossível encontrar lugar que vendesse alcool. Conversamos até mais tarde do que eu deveria ter ficado e dormir que no dia seguinte 4h já tava acordando pro passeio de balão Gastos Totais: €165 + 72 ou 77TL (faltou 2 TL do banheiro na parada no relato pra fechar a conta)
×
×
  • Criar Novo...