Ir para conteúdo

Elias D. Teixeira

Membros
  • Total de itens

    29
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre Elias D. Teixeira

  • Data de Nascimento 15-03-1967

Outras informações

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Moniiques, Contando com a passagem de avião eu gastei no total US$1.500,00 e a duração total da viagem foi de 16 dias, mas neste valor estão incluídas várias compras: tênis (vários pares), calças, agasalhos, lembranças, etc. Quando viajei meu objetivo principal era descansar e as compras ficaram em segundo plano, mas até hoje é difícil ter um dia em que não utilizo alguma coisa que comprei lá. Sempre estou com uma coisa ou outra que comprei lá. Isso é bom, porque os produtos são bons (são todos importados mas com um preço bem melhor do que os que existem aqui) e também porque termino m
  2. Eu fui no mês de março e foi muito bom. Choveu muito pouco: 2 dias durante os 15 dias de viagem e praticamente isso não me atrapalhou. Com relação ao Salar de Uyuni as águas estavam relativamente altas e não foi possível visitar uma ilha (que é descrita em outros relatos). Se você procurar por fotos do Salar, verá algumas em que não há água e outras em que há (como as minhas). Lá sempre é frio, mas existem épocas mais frias em que o Salar está seco. Em junho, nos dias 22 ou 23, ocorre uma festa em Tihuanaco que comemora o solstício de inverno (que na verdade comemora o início do ano no hemis
  3. Daniel, Com relação à bagagem na viagem de trem, eu despachei minha mochila maior. Eu sempre viajo com duas, uma menor onde geralmente coloco uma muda de roupas, máquina fotografica, alguma comida, etc, mas a maior eu sempre despacho e não houve problema em nenhum de meus deslocamentos pela Bolívia. A mochila é despachada um pouco antes do embarque e depois você só irá revê-la em uma determinada sala da estação de seu desembarque. Como disse não aconteceu nada, mas sempre ficamos meio ressabiados porque no trem até existe um comprovante (então é melhor) mas em algumas viagens de ônibus isso n
  4. Carol, Minha viagem durou 15 dias. Pedrada, A foto é do Titicaca sim. Um abraço a vocês, Elias
  5. Mendes, Eu só possuo uma bateria, mas na visita ao salar, nos quais fiquei 3 dias sem recarregar a bateria, ela aguentou (porque só a utilizei durante o dia e foi por um triz), mas sempre é bom fazer como você e levar uma de reserva. Com relação à tomadas elétricas eu sempre fico esperto porque já tive problemas em várias viagens, mas no caso da Bolívia não foi necessário me utilizar de "recursos técnicos" (como sou da área de eletrônica, costumo levar fios e isolante para fazer "gambiarras", se necessário). Engraçado que nem me lembro das tomadas (como não deram problema, foram apagadas d
  6. [picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20110722235202.jpg 500 365.53030303 Legenda da Foto]Ops... Cuidado com máquinas penduradas no pescoço, costumam estar desligadas, mas podem não estar.[/picturethis]
  7. Mendes, Eu emburreci porque não lembro direito como carregar uma foto na mensagem, mas segue uma foto da HX1 com o visor na posição "engana povo". Afinal as maquinas costumam estar desligadas, mas nem todas estão e com esta é possível tirar uma foto de uma maneira não convencional. Pensei que havia informado sobre os hotéis em La Paz, mas ao reler meu relato notei que bobeei neste aspecto. O hotel não é tão importante, mas eu considero fundamental estar próximo à calle Sagarnaga e Illampu (é esse o nome correto). Neste local existem diversas lojas, casas de câmbio, locutórios / lan hou
  8. Mendes, Com relação às fotos, eu realmente gosto muito de fotografar e comprei uma Sony HX1 que possui um recurso que qualquer um que goste de fotografar não dispensaria: é que o display dela "vira" e é possível tirar fotos com a máquina bem acima ou bem abaixo do rosto. O que eu fazia era pendurar a máquina no pescoço (como todo mundo faz quando não está utilizando a máquina), mas a minha estava ligada e discretamente eu fazia as fotos. Com relação à hospedagem em La Paz fiquei no Hotel Sagarnaga e no Milton, ambos estão na mesma região que é excelente porque são lotadas de turistas e
  9. André, Como disse a viagem de La Paz a Uyuni não é muito confortável (mas já viajei em condições bem piores no Brasil), mas eu voltaria hoje sem nenhum problema, é muito bonito e interessante. Acredito que com onibus deve ser bem melhor. Com relação à volta de Uyuni para La Paz, compre a passagem antes de fazer o passeio de 3 dias e você estará garantido. A viagem, na verdade, é bem tranquila. Só não é aconselhável para patricinhas e gente desse tipo, para outras pessoas é normal. Um abraço, Elias
  10. Nice, Existe gosto para tudo. Eu (ao contrário de várias pessoas) sempre digo que quando voltar à Argentina, será de ônibus. Hoje em dia não fica muito mais barato do ir de avião, mas ainda gosto da sensação de ir "assistindo a paisagem pela janela". Eu iria mesmo com minha família. Um abraço, Elias
  11. Eu fiz essa viagem em 2006, mas acredito que o mais fácil seja entrar em contato com o guichê da Crucero del Norte aqui na rodoviária do Tiete, deve ser possível comprar passagens para os trechos que estao dentro da Argentina, mas acredito que (talvez) os preços sejam maiores aqui, mas serve pelo menos como um indicador. Quando viajei o preço desta passagem era menos da metade do trecho São Paulo a Buenos Aires (que hoje deve estar em torno de uns R$260). Um abraço, Elias
  12. [picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20110409144044.jpg 500 375 Legenda da Foto]Em frente à entrada da trilha para o Refúgio Frey. Até hoje não sei como fui capaz de passar em frente à essa entrada e não ver as placas de indicação. Realmente o papo com minhas maravilhosas amigas argentinas devia estar muito bom.[/picturethis] [picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20110409144423.jpg 500 375 Legenda da Foto]Esse é o final da trilha, já bem próximo do Refúgio Frey.[/picturethis] [picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/201104091
  13. [picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20110409143448.jpg 500 375 Legenda da Foto]Igreja em Bariloche.[/picturethis] [picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20110409143554.jpg 500 375 Legenda da Foto]Lago Nahuel Huapi visto de um dos teleféricos do circuito Chico.[/picturethis] [picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20110409143830.jpg 500 375 Legenda da Foto]Centro Cívico Bariloche.[/picturethis]
  14. [picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20110409142626.jpg 500 375 Legenda da Foto]No Zoo de Buenos Aires é possível alimentar os animais, com comida apropriada que é vendida nas ruas internas.[/picturethis] [picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20110409142920.jpg 375 500 Legenda da Foto]É uma proximidade muito boa para fotografias.[/picturethis] [picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20110409143132.jpg 375 500 Legenda da Foto]Cada um com suas preferências.[/picturethis]
  15. [picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20110409142236.jpg 500 375 Legenda da Foto]Buenos Aires[/picturethis] [picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20110409142414.jpg 500 375 Legenda da Foto]Flor, no caminho para o Zoo[/picturethis]
×
×
  • Criar Novo...