Ir para conteúdo

lordesteves

Membros
  • Total de itens

    19
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Bio

  • Ocupação
    Jornalista e professor universitário

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Nobre Augusto, Obrigado pela dica. Abraços, André.
  2. Obrigado Samuel, Na verdade, eu quero mesmo aproveitar um lugar bem demarcado como o Caparaó para treinar orientação em trilha. A partir dessa quarta, vou seguir o roteiro de percorrer os Parques Nacionais do país. Larguei emprego e tudo no Rio para esse projeto e queria ter segurança para percorrer alguns lugares como a Chapada Diamantina sem guias. Vou dar uma olhada no site. Nobre, grande abraço, André.
  3. Nobres, Viajo para o Caparaó daqui alguns dias. Alguém sabe como posso conseguir cartas topográficas do Parque? Abraços, André.
  4. Nobres, Estou planejando um tour pelos parques nacionais brasileiros. No sul da Bahia temos 3: Parque do Descobrimento, Monte Pascoal e Parque do Pau-Brasil. Alguém poderia dar informações sobre visitação desses parques e redondezas? Abraços, André.
  5. Nobre e bom Marcelo, Valeu mesmo pelas dicas. Como estou sou da Região Sudeste e nesse fim de ano estou me iniciando na lida das coisas da Região Norte, vou desfilar aqui outra lista de dúvidas sobre coisas práticas do dia-a-dia na região. Algumas coisas devem te fazer até rir. Me desculpe mesmo a ignorância: 1 - Como funciona o kit rede para dormir? É a rede e duas cordas? É difícil prendê-las ou fácil de aprender como fazê-lo? Nas viagens de barco para uma pessoa sem frescura está tranquilo pegar um lugar mais barato de rede? Deve ser melhor comprar a rede aí, né! Algum tipo recomend
  6. Nobres e bons companheiros, Em a partir de 15 de Dezembro vou iniciar uma viagem na tentativa de chegar ao Pico da Neblina. Vou sair do rio de ônibus até Belém, daí pegar barca até Manaus e de Barco também chegar à São Gabriel da Cachoeira. Tenho um mês para fazer essa jornada e uma longa lista de dúvidas, que são partilhadas agora no site com o objetivo de que alguma alma mocheleira, mais experiente e sabida, possa me dar algum auxílio: eis as perguntas: 1 - Nesse roteiro Rio-Belém-Manaus-São Gabriel da Cachoeira-Pico da Neblina, que lugares outros podem ser conhecidos sem fazer maior
  7. Repasso a mensagem do Rogério e reforço sua sugestão. Para evitar cair em furada, o melhor contato no Roncador é o Maurinho Caros A migos de Estrada! Regério escreveu: Sempre é importane a dica de alguem da região, mas não menosprezando a boa vontade das pessoas boas de Barra do Garça, é que passei dez dias na cidade e só conheci o Roncador nos três ultimos dias, porque saí para dar umas voltas até Nova Xavantina. As informações adquiridas dentro da cidade foram truncadas demais, é tanto que tiveram pessoas que ficaram como eu, presas na cidade devido as informações de dentro dela. Me
  8. Gente, desculpem-me. Eu fiz confusão. Era o Thiago e não o Willian que pedia informações sobre a região do Roncador. Fica, então, a dica para ti, Thiago. Grande Abraço, André.
  9. Nobres, tudo bom?! Rogério, desculpe não fazer contato contigo antes, mas é que eu tenho entrado pouco no site. Como podemos pensar em algo como auxílio ao Portal do Roncador?! Willian, eu daria a mesma orientação que o Rogério: Faça um contato com Mauro. Samuel, também acho interessante fazer contato com o Maurinho. Para uma semana na Região eu pensaria: 2 dias em Barra do Garça e o resto conhecendo a Serra... por isso é importante a conversa com o Mauro na elaboração de uma agenda de viagem. Um último detalhe tantem acessar o Mauro por telefone... a comunicação com ele por e-
  10. Nobre e bom Samuel, Bom saber que você não desistiu do Roncador. Meus planos de ir agora em julho furaram em função de trabalho e grana. Talvez fique para o ano que vem. Sobre hospedagem no Roncador você encontra lugares baratos em Barra do Garça, que é a entrada da Serra. Mas se você tiver indo de carro o ideal é ficar na propriedade do Mauro, localizada num lugar chamado bico da serra. Ele cobra barato por uns chalezinhos... e você pode inclusive acampar. Aí, sim, você está aos pés do Roncador... e de carro, podes conhecer lugares super-legais. A chácara do Mauro fica a caminho de No
  11. Olá, Mirian, Tudo bom!? É dificil não lembrar do Roncador, né? Estive no Vale dos Sonhos, sim. Mas é tanta coisa para conhecer que prercisam umas 30 idas lá. Abraços, André
  12. Nobre e bom Odílio, Saíndo de São Paulo, o melhor caminho para Barra do Garça é ir para Goiania de ônibus e lá mesmo, da rodoviária, pegar um ônibus para Barra do Garça, que leva uma seis horas para chegar e custa cerca de 35 reais. Para conhecer os lugares interessantes na região, que estão ligados à Serra do Roncador, um carro quebra muito o galho. O Mauro é um proprietário de um sitiozinho no pé da Serra, que leva as pessoas para todos os lugares mais conhecidos e outros que ninguém conhece. Estou planejando passar umas duas semanas lá em julho também. Poderíamos combinar algo em conjun
  13. Olá, Juliana, Não acredito que a região esteja lotada não. Pode procurar o Mauro que é um bom contato. O problema é que ele não tem telefone - ou não tinha até o último contato. Mas saindo da Barra do Garça em direção a Nova Xavantina, passe pelo Vale dos Sonhos e , após uns kilometros você chega no bico da Serra - que é uma formação com duas pontas muito conhecida da Serra. O sítio do Mauro fica ali. Ele é guia e pode levar você para onde quiser ir na região. Abraços, André
  14. Nobres, Só para colcluir esse tópico. Mandei uma mensagem para a snake. Eles me responderam que a tecnologia simpatex não é aplicada no couro, mas no tecido que forra a bota. Logo nenhum produto aplicado no nobuk interfere. Sobre a revitalização do couro, me disseram que existe um produto no mercado chamado Renova que é utilizado para isso. Ivãozim, obrigado pela atenção. Abraços, André
  15. Nobres e bons, Eis algumas informações sobre minha dúvida. Foram encontradas num site de um clube de montanhismo. Mas toda informação adicional é bem vinda. Abraços, André. Cuidado com as botas de couro Botas são feitas de couro porque ele é confortável, resistente, naturalmente à prova d'água e respirável. Quanto menos água for absorvida pelo couro, mais ele dura e por mais tempo você terá sua bota confortável. Uma vez molhado, o couro esgarça e enfraquece, podendo rachar conforme seca. O couro precisa então repelir a água para manter suas propriedades e ter u
×
×
  • Criar Novo...