Ir para conteúdo

Paulo Barreto

Membros
  • Total de itens

    30
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que Paulo Barreto postou

  1. Parabens pelo relato. Ano que vem planejo fazer uma viagem desses para a Europa, você poderia mandar o custo de viagem em excell? Valeu e parabens pelo relato porque ja me serviu de inspiração heheheh.
  2. De nada, precisando pode dá um toq. Pois é... pouquíssimas vezes me senti hostilizado ou vítima de preconceito, mas até esse pouco que percebi achei natural já que passei 34 dias o dia inteiro em contato com diversas pessoas de origens e cultura diferentes ao longos de seis países, e ainda senti que esse preconceito era com os turistas em geral da parte de algumas pessoas. De todas as dicas ao longo de centenas de posts aqui no tópico, email, facebook, a mais importante que tenho é que fui a Europa sem saber falar nada de Inglês, sem muiiito dinheiro mas levei comigo as palavras: thanks, excuse me, sorry and please, sempre acompanhadas de um sorriso, isso vai te abrir 99% das portas e te livrar de 99% de preconceito e/ou hostilidade. Ja é motivo de alivio pra mim, estou vendo passagens do Rio para a Europa por 1400 reais pela Iberia!!! bem mais barato que saindo de BH. Mas o que eu não entendi é que se vc não fala inglês como Passou pela imigração inglesa no aeroporto de Londres? Eles tem tradutores? Obrigado pela resposta e desculpa te encher o saco, mas esse meu sonho de conhecer a Europa esta bem proximo hehehehe abraços.
  3. Valeu pela resposta acima para a minha pergunta. Mas vc na Europa se sentiu hostilizado em algum momento? Em quais cidades vc foi tratado com preconceito?
  4. Muito bacana seu relato. Tambem sou de Minas Gerais hehehe. Uma pergunta será que consigo me virar na Europa apenas com um inglês básico? Estou vendo passagens de BH para Europa a partir de Maio por 1700 reais um preço bacanesimo. Abraços.
  5. Fico pensando por que eu devo deixar de aproveitar minha vida pelo fato de eu não falar inglês? Parabens pelo relato, assim como vc eu não tenho medo de encarar uma trip sozinho mesmo que tenha que fazer um parto para que os outros me entendam hahahaha Se bem que para falar com uma pessoa, o Inglês realmente faz muita falta pq perdemos grandes oportunidades de amizades ou até mesmo a chance de pegar aquela gatinha gringa hehehe. Antes de viajar vc fez algumas aulinhas de inglês de sobrevivencia? Como vc se virou para pedir informação? foram todos simpáticos com vc? Parabens e saudações cruzeirenses das Minas Gerais.
  6. Fala conteraneo? blz? Sou de BH tambem e estou pensando em ir para Uruguay, Argentina e Chile ano que vem. Montevideo é mesmo uma cara? Sempre achei que fosse uma cidade barata, da pra comer com dignidade gastando bem pouco? Me assustei com a foto da aeromoça servindo lanche
  7. Marcio e Perlamundo gracias pela ajuda entendi tudo!!
  8. Perlamundo. Gracias por sua ajuda, pero é muito dificil fazer isso que vc citou? Ah é detalhe quando começa o campeonato uruguaio, sou hincha do Cruzeiro e quero ver um juego do Nacional. Gracias por su ayuda!!.
  9. Olá Pessoal. Como faço para ir de Punta del Leste para Cabo Polonio? Da pra ir de Onibus tipo pegando o mesmo no meio do caminho entre MVD e Cabo Polonio? Um passeio de um dia é possivel para conhecer todo o lugar ou vale uma pernoite?
  10. Cara interessante seu relato. Mas Santiago é uma cidade cara para comer? Aonde pretendo ficar tem café da manha, mas da pra comer fora pagando bem barato?
  11. Olá Cessil: Bacana teu relato, mas gostaria de fazer algumas perguntas visto que posso ir a Europa ano que vem: 1- Esses portugueses estupidos tratam bem os brasileiros em Portugal? Soube que é um país hostil aos brasileiros. 2- Posso viajar a Europa sem falar um A de inglês, lembrando que so tenho inglês básico rs. Obrigado pelas respostas
  12. Estranho né? Mas deixa eu te falar um coisa será que eu consigo sobreviver por lá com meu inglês básico?, inclusive comprei um guia de conversação da Folha para treinar até abril. Obrigado pela ajuda.
  13. Olá pessoal. Estou planejando minha trip pelos EUA e Canada ano que vem provavelmente Abril e Maio, porém tive a ingrata surpresa de ver que as passagens aereas americanas aumentaram de preço por exemplo. Orlando/Los Angeles e Los Angeles/Washington DC que custavam 67 dolares cada trecho a 3 semanas atrás pela AA hoje sai a 167 doletas cada trecho!!!!, isso aumenta em quase 650 reais o custo c/ transporte da minha trip. Será que devo esperar abaixar os preços ou melhor deixar Los Angeles para outra oportunidade? Obrigado.
  14. Poxa pretendo fazer uma viagem tal como a sua, porém não falo muito bem inglês isso vai me atrapalhar? Abraços e da baralho seu relato hehehe, parabens.
  15. Poxa pretendo fazer uma viagem tal como a sua, porém não falo muito bem inglês isso vai me atrapalhar? Abraços e da baralho seu relato hehehe, parabens.
  16. Cara bacana o teu relato, mas ano que vem quero fazer uma viagem pelos EUA porém meu inglês é basico ou melhor dizendo de sobrevivencia. Sera que da pra me virar lá tendo noções básicas do idioma? Semana que vem ja vou providenciar meu passaporte em BH. Agradeço a resposta!!!
  17. Fala velho? blz. Muito bom o seu relato, estou pensando em viajar ao oriente médio no ano que vem, porém meu inglês é basico mesmo, so que isso me preocupa muiito. Você acredita que falando inglês básico eu possa ter problemas com comunicação? Abraços.
  18. Hehehe valeu. Mas muitas pessoas viajam para o Brasil sem falar um A de portugues, na imigração em Israel tem algum falante de português e em Israel so os mais jovens falam inglês?
  19. Fala velho blz? Olhá só to P da vida pq uma passagem da Turkish para tel aviv via Istabul ( 3 dias lá) tá agora 2600 reais antes era 2100 com taxas e tudo mais rs. Quero conhecer Israel, Egito e Jordania, porém será que consigo sobreviver nesses lugares apenas manjando um inglês básico de sobrevivencia? kkk E ai vale apena me aventura sem falar ingles com apenas o básico? Abraços.
  20. Olá Valéria. Eu não sou muito baladeiro não, mas havia uma van de um lugar chamado Salvador Pub Craw que levava o pessoal pra lá e o bacana que vão muitos turistas estrangeiros e brasileiros de outros estados. É uma cidade balada.
  21. Fala Shirley !!!!. Fico feliz que tenha gostado do meu relato, entendo sua frustação de ter pegado tanta chuva na cidade de Salvador que por sinal arrebenta qualquer um de tanto calor rs. Olha quanto ao Pelourinho sinceramente eu nem sequer fico ali hospedado o lugar é medonho e intimida muito por causa do assedio em cima dos turistas embora não tenha uma aparencia ruim. Eu fiquei no Che Lagarto na Barra e paguei 75 reais por 4 dias e foi sensacional com café da manha de frente para a praia da Barra e tudo mais. vlw
  22. Resposta: Olá Antonio. Obrigado que tenha gostado do meu relato rs, eu não gosto de frio mas quem sabe realizo o meu sonho de esquiar em Bariloche kkkk. Quanto a hostel é fácil achar sim, recomendo o Che Lagarto que é show de bola e de primeira linha. Não conhecer Salvador é um sacrilégio !!! De uma olhada nesse site e veja bons hosteis aonde eu reservei o meu: http://www.booking.com/index.pt.html
  23. Resposta: Frida valeu pelos elogios ao meu relato, Salvador tem problemas como qualquer cidade brasileira e com certeza quero volta lá porém em um mochilão pelo nordeste e conhecedo a Chapada Diamantina que dizer ser muito legal. So espero que na minha volta a Salvador o tempo esteja quente e com aquele baita sol escaudante hehehe. Abraços.
  24. Olá Pessoal do Mochileiros.com É com um imenso prazer que compartilho minha aventura curta porém inesquecivel em Salvador, graças as dicas de mochileiros experientes e outros sites pude fazer uma viagem maravilhosa e interagir com diversos tipos de pessoas e de várias nacionalidades numa experiência muita divertida mesmo não tendo ficado no meu hostel em Salvador por muito tempo e ficado mais tempo perambulando pela capital baiana. Tenho 20 anos de idade e desde de criança a aventura sempre me fascinou sempre sonhei com a idéia de conhecer um lugar diferente e pessoas diferentes, sou um aspirante a mochileiro que cometeu talvez alguns erros acho que o pior deles foi viajar de mala que arrependimento rs, ter que carregar aquela mala pesada ao invés de ter comprado um mochilão de 60 litros ou coisa do tipo apesar que não levei muita coisa mais me cansei bastante. E outra coisa que dizem é que mochileiro que é mochileiro passa por perrengue mesmo, vixe passei por alguns que me deram um baita susto e fiquei pensando e se isso ocorresse em um país em que não falasse o idioma local? Caramba literalmente estaria fudido kkk. Bom então vamos a narração da minha aventura Planejamento da viagem Começei a planejar a viagem a Salvador com 4 meses de antecedencia para viajar em Agosto de 2011 inicialmente pensei em visitar Curitiba mas confesso que não me senti muito empolgado com isso uma vez que adoro lugares quentes e nessa época o Sul além de estar um gelo tambem chove muito por lá e não tenham dúvidas que quero visitar o Sul do Brasil mas quem sabe outra hora né. Agora uma coisa que assustou minha familia foi o fato de viajar sozinho para a Bahia, obviamente que tive que passar dias aguentando os inúmeros conselhos e criticas por viajar sozinho uma vez que não conhecia nada e nem ninguem lá boa terra rsrsrs. Fechado o planejamento inicial eu deveria ter feito um planejamento secundário melhor uma vez que deixei pra ultima hora todo os trajetos e tudo mais apesar de que valeu a pena para uma viagem bem curta. 10 de agosto inicio da viagem a Salvador Pra ser sincero não fiquei ansioso tanto assim com viagem, estava bem seguro e confiante que tudo daria certo. De manha acordei e fui fazer minha corrida obviamente pra compensar os dias em que não correria e quando cheguei em casa começei a preparar as malas e tudo mais, fui de carro com meus pais para o Aeroporto de Confins na região metropolitana de Belo Horizonte fui para o check in e entrei na sala de embarque que por sinal assim como todo o aeroporto deixa muito a desejar uma vez que é preciso ampliar e melhorar a infraestrutura de Confins principalmente para a copa do mundo de 2014 e talves Olimpiadas de 2016. Fotos do dia: Como sou um entusiasta da aviação fiz de tudo para registrar meu vôo e fiquei encantado com tudo que vi realmente andar de avião é extramente seguro e rápido principalmente tendo em vista que tive uma ótima experiencia voando pela Gol que conta com uma excelente equipe de comissários e pilotos que no vôo CNF - SSA se mostraram muito solicitos e educados. Levei cerca de duas horas para chegar em Salvador sendo que tive que fazer uma escala em Ilhéus de 30 minutos que é uma cidade sensacional e com muitas belezas alias boa parte do vôo ocorreu sobre o litoral baiano e as praias vistas do alto são de tirar o chapeu :'> E durante a viagem a minha câmera descarregou putz uma pena sendo que eu estava louco para registrar a parte final da viagem da ida rs, mas pelo menos os bons momentos ficaram na memoria e a cidade de Salvador é linda demais vista do alto e la embaixo as praias ja davam seu cartão de visitas ainda mais com aquele calorão que fazia por lá, o pouso ocorreu no horário previsto 14:55 no aeroporto Luis Eduardo Magalhães que por sinal me surpreendeu por sua grande e moderna estrutura realmente da um banho na maioria dos aeroportos brasileiros que estão um verdadeiro caco. Apos a chegada fui até o ponto esperar o ônibus que me levaria ate meu destino na Barra (Avenida Oceanica) o S 0002 Aeroporto/Praça da Sé e por falar em linhas de onibus soteropolitanas, Salvador conta um com bom sistema de transporte várias linhas de ônibus interligam vários pontos da cidade e região metropolitana e principalmente é barato os preços vão de 2,50 a 3,00 ( 3,00 reais mas para linhas que saem do aeroporto ). Porém eu quebrei a cabeça para achar as linhas de ônibus que me seriam úteis, sendo que o site da transalvador não ofereçe ao turista alguma simulação de trajetos e as linhas a serem utilizadas. Peguei minha linha pretendida e sai de Lauro de Freitas rumo a Barra na Avenida Oceânica em Salvador, foi um trajeto bem agradável isso PQ o trajeto foi feito a beira do mar e as praias em plena Quarta Feira estavam lotadas de gente debaixo de sol escaudante, e o que eu achei interessante foi a imensa quantidade de turistas estrangeiros aliás reconhece los não é dificil uma vez que são branquelos demais ( nada de racismo alias sou branco de olhos verdes kkkk ) e tambem pelo seu jeito desengoçado dai com certeza são europeus, canadenses ou americanos e tambem havia um grande quantidade de latino americanos visto que muitos deles estavam desesperados se comunicando em Portunhol com os soteropolitanos. Bom continuando com o relato o trajeto entre Aeroporto e Barra é de aproximadamente 27 KM longe pra cacete mas vale a pena pelo visual e sem dúvidas o preço da passagem, após 1 hora de viagem cheguei no meu destino ou melhor um pouco longe do meu destino o que não me impossibilitou de ver um belissimo por do sol próximo ao farol da Barra. Após um pouco de dúvidas resolvi pedi ajuda as pessoas, dai os moradores de Salvador ja me mostraram seu cartão de visitas com os turistas não, não, não, não é nada disso que você esta pensando ok? Quero dizer a imensa receptividade e cordialidade com a qual fui tratado pelo soteropolitanos que se mostram dispostos a ajudar qualquer um parabens aos soteropolitanos gente fina da melhor qualidade !!! :'> . Acho que havia parado cerca de 2 km do meu hostel fui caminhando pela Avenida Oceânica curtindo aquela paisagem maravilhosa da praia da Barra e até que cheguei ao meu hostel o Che Lagarto so que fiquei em dúvida aonde seria a recepção logo fui pedir informação para um estrangeiro que falava espanhol vixe nada como um bom portunhol não resolva não é mesmo?. Me dirigi à recepção e fui atendido por dois funcionários super simpáticos um baiano que me esqueci o nome e uma chilena que é pra lá de legal que tambem me esqueci seu nome, batemos um papo breve ela me dizia que estava no Brasil ha 6 meses fazendo intercâmbio e melhorando o português ou pelo menos tentando né Se forem a Salvador recomendo que fiquem no Che Lagarto Hostel que é EX - CE - LEN -TE alem de contar uma equipe de funcionários competentissima tem um ambiente super agradavel e tranquilo e o melhor café da manha de encher os olhos de frente para o mar e interação de brasileiros e estrangeiros muito legal mesmo. Bom prosseguindo o relato após o Check in fui para meu quarto e lá encontro uma Uruguaia muito gente boa que é a Sandra que coincidentemente havia chegado no mesmo instante que eu porém de um vôo cansativo entre Montevideo/Guarulhos/Salvador, conversamos por um bom tempo em portunhol claro kkkk, e falamos de tudo inclusive futebol ela me dizia que era torcedora do Penharol e eu faleu que era do Cruzeiro e por ai vai, acabei convidando para comermos juntos em alguma lanchonete fomos andando e comemos em uma, aliás parece que ela adorou a mistura de coxinha com Coca Cola, depois papo vai vem fomos até o Farol da Barra ja era noite e um calorão forte de fazer suar mesmo!!! , Sandra e eu conversamos com um simpático vendedor ambulante que fazia um tal de Mercosul, bom acho que vocês entenderam, deixei a sozinha para comprar pilhas para minha camera digital, e voltei ao local e resolvemos dar uma voltinha pelo Farol que é belissimo à noite, depois de um tempo conversando Sandra decidiu ir para o Hostel para se comunicar com a familia no Uruguai uma vez que no noutro dia teria que madrugar para viajar a Morro de São Paulo e preferiu dormir cedo, após isso resolvi caminhar sozinho pela Avenida Oceânica e a noite fiquei meio desconfiado com algumas pessoas me olhando, mas nada aconteceu, para encerrar meu primeiro dia de viagem resolvi caminhar e meditar na Praia da Barra em plena às 22 horas foi maravilhoso e fui para o Hostel dormir e assim se encerra meu primeiro dia de viagem. Fotos do dia: [col]|[/col] [col]|[/col] [col]|[/col] 2 dia Região do Pelourinho/Igreja do Nosso Senhor do Bonfim e Mont Serrat Após uma noite de sono excelente acordei bem cedinho, na verdade na noite anterior havia dormido lá para as 00 ou 1 da manhã e acordei como se tivesse dormido 3 dias seguidos kkkk, todos no quarto estavam dormindo como uma pedra, so que ha "pedras" que roncam demais e parecem verdadeiros motores de fusca fazendo um barulho estridente e de quebra com problemas no escapamento entenda isso no bom sentido em malandrinho? rs. Aproveitando o belo visual do meu quarto que ficava de frente para o mar resolvi tirar algumas fotos e como gostaria de acordar todo dia assim e ter uma visão dos deuses falo não so do mar mas tambem da mulherada top de linha que faz qualquer marmanjo ficar babando e de queixo caido kkk. Depois fui para a cama descansar mais um pouco e nem se quer conseguir dormir apenas fiquei acordado pensando no passeio que eu faria até o Pelourinho e adjancencias, 8 horas da manha fui para o banheiro tomar aquele banho quente, e você acha que fiquei 5 ou 10 minutos no banho? Espero que não tenha nenhum ecologista por aqui pois com certeza me mataria se soubesse que tomei um banho relaxante de 30 minutos !!! hehehe, afinal não é todo dia que tenho o privilégio de tomar um banho demorado não tendo que escutar os gritos de meu pai e seus os tapas na porta do banheiro desesperado com a conta de luz no fim do mês kkk. Após o banho me arrumei todo e desci com minha fiel escudera minha mochila de mão que me foi extremamente util, chegando à varanda do hotel me deparo com aquela visão de café da manha que todo guloso de carteirinha como eu pediria a Deus de joelhos ou seja aquela mesa repleta de guloseimas e diversos tipos de pratos de perder de vista, sou um cara que pratica atividade fisica faço corrida e caminhada todos os dias, mas pensei poxa não é todo dia que posso comer igual a um louco e pior que eu posso morrer sem ter provado as tentações da Bahia, então vou comer dois ou melhor 5 pães franceses, 3 pedaços de bolo de Fubá? Que isso eu vou comer 6 peçados e só 5 bananas terminando com um cafezim com leite aôôôô que saudade de Minas sô, só faltou pão de queijo kkkk. Acho que eu se eu tivesse ficado uma semana em Salvador teria engordado uns 5 kilos ainda bem que perdi isso tudo depois, mas valeu a pena se deliciar nas tentações da Bahia. Depois tirar a barriga da miséria ops!!! que dizer terminar meu café da manhã, me dirigi até a saida do hostel e de quebra dou de cara com uma mineira que não era aquilo que eu sonhava rs, ela conversava com um dos funcionários na varanda do hostel e mineiro que é mineiro reconhece o outro por duas coisas, primeiro pelo nosso jeito peculiar de falar nossas expressões, certas frases: " Oncovô, proncovô e Oncotô" e claro pelo nossos times, ela me reconheceu pq ela viu que eu estava com uma camisa do maior de Minas ou simplesmente como queiram Cruzeiro Esporte Clube hehehe, batemos um papo breve e depois sai para o ponto de ônibus. Na verdade poderia aguardar o ônibus em frente ao meu hostel, mas pensei pq não passar lá no Farol da Barra que estava a 1 km do meu hostel, e o bacana que valeu a pena alem de render boas fotos, você sente uma imensa paz interior ao se sentar ao lado do farol e ver aquela imensidão azul so tome cuidado com os rochedos quando você menos esperar vem uma onda enorme e te molha e foi engraçado ver isso acontecer com alguns turistas . Caminhando ao lado do Farol resolvi pedir para que duas mulheres belas me fotografassem, pelo jeito que falavam jurei que fossem extrangeiras ou melhor argentinas sendo que ali so se ouvia portunhol, eu cheguei a aborda las e pedi gentilmente em espanhol para que me fotografassem quando penso que não vejo as duas falando em português e logo brinquei com elas e disse: " Uai caramba !! vocês são brasileiras ?" e elas imediatamente retribuiram um sorriso e disseram rindo: " Claro que sim, somos de Curitiba kkk" e dai tivemos uma rápida conversa e gostei delas, pessoas super simpáticas e bem humoradas. Após contornar e curtir o pouco o Farol da Barra me dirigi até o ponto de ônibus aonde aguardaria o S002 ( Aeroporto/Lapa) que me levaria ao Pelourinho, embora o ônibus tenham demorado uns 40 minutos, curti demais o visual que qualquer um que fica 200 anos em um ponto de ônibus gostaria de ter, aquele dia lindo com plano de fundo da Ilha de Itaparica ao lado do Farol da Barra Depois de uma boa espera chegou o ônibus que me levaria ao Pelourinho, fiz um verdadeiro tour pela cidade e dentro do ônibus muitos extrangeiros muitos deles europeus que precisavam realmente tomar muito sol, pois estavam pálidos, mas o que me chamou atenção foi uma Italiana bronzeada dos olhos verdes, caramba que mulherão sentada do meu lado no ônibus e pensei mineiramente comigo:"Aôôôôô trem bão de cum força pra casar sô!!!!" hehehe. Porém se você estiver em dúvidas sobre como chegar em lugar em Salvador, espero que tenha sorte de pegar um cobrador com bom humor pq a maioria nem sempre está assim, pude perceber tambem que muitos não tem nem sequer boa vontade em ajudar o turista extrangeiro nem para ouvir um idioma compreensivel como por exemplo o espanhol ou até mesmo se comunicar em mimica. Perambulei pela cidade durante uns vinte minutos até a região do Pelourinho, estava em dúvida aonde estaria a bendita Rua Vassouras e ninguem no ônibus sabia, desci na região do Pelourinho até que uma alma bondosa me abordou e.... opá, opá, opá espero seu leitor maldoso tá achando que é assalto é? rs, claro que não a pessoa ouviu minha conversa no ônibus e resolveu me ajudar ou melhor dizendo nem precisou pq so foi olhar para o lado e achei a tal Rua Vassouras, dali foi muito fácil chegar as principais atrações. Após chegar no ponto final fui caminhando em direção à Cidade Alta no caminho fui parado por um vendedor que gentilmente me deu duas fitinhas do Senhor do Bonfim uma azul e outra branca futebolisticamente falando precisa falar o motivo? kkkk, ele participava de um projeto em vigor no Pelourinho que ajuda jovens a se livrarem do mundo das drogas muito bacana a iniciativa, porem ele insistiu para que eu comprasse seus produtos, so que atenção !!!! muitos vendedores ambulantes se fazem de simpáticos para agradar o turista e tudo mais, mas quando você não quer comprar muitos falam a você coisas bem grosseiras então prepare se principalmente meus colegas do clube dos pãos duros kkkkk , voltando ao vendedor citado ele até fez uma cara de ..... bom deixa pra lá, mas eu acabei não comprando nada e achei interessante seus conselhos de cuidados com roubos na região e acredite meu caro isso vale muita a pena mesmo ou se vale!!!! [col]|[/col] [col]|[/col] Pelourinho!! cuidado com as armadilhas para os turistas !!! Após passar pelo vendedor me dirigi até a Cidade Alta aonde fica a entrada do Elevador Lacerda, chegando lá você encontra uma praça linda pra dedel, o lugar é super bacana, pois alem de você ter boas fotos de recordação tem a OBRIGAÇÃO de filmar a Bahia de Todos os Santos não é para menos o lugar é um paraiso, imagina aquilo no por do sol como deve ser lindo pra caramba e com relação a alimentação não se preocupe ao lado da entrada do elevador Lacerda tem uma lanchonete que vende um lanche show de bola e sempre coma fora de hora para não ter que procurar lanches como um louco. Pelourinho!!! bom após curtir o passeio rapido pela região da Cidade Alta me dirigi até o Pelourinho me chamou atenção o fato de que você no Google Maps tem a projeção de que vai caminhar 800 "km" entre os diversos pontos que são muito próximos como por exemplo Elevador Lacerda, Mercado Modelo e Pelourinho sendo possivel conhecer tudo isso em pouco tempo no meu caso levei umas 4 horas para ver tudo e mais um pouco hehehe. No caminho do Pelourinho é muito comum você se deparar com um transito infernal nas suas vielas e ruas caramba ver ônibus, caminhões e carros disputando espaço naquele local traz preocupações com relação à preservação do patrimonio de lá e sabe aquelas baianas que você vê sorridentes e super simpáticas nos cartões postais da Bahia bom vai vendo só, me deparei no caminho com um grupo de baianas para guardar de recordação resolvi tirar algumas fotos delas tanto que pedi para tirar uma foto com elas e uma delas me diz de uma maneira bem "educada" : "Meu filho você tem que pagar 2,00 reais, pq estamos aqui para isso entendeu?" ,putz era so simplesmente não né ? kkkk, não quiz pagar isso queria uma foto mais natural e não tão forçada desse jeito, então não se iluda com cartões postais e tudo mais pq nem sempre eles mostram a realidade e você pode se decepcionar demais. Chãn!! Chãn!!, Chãn!! adivinha aonde eu estou? Isso mesmo numa das maiores maravilhas da Bahia o Pelourinho belissimo e imponente como sempre mais bonito que nas fotos dos livros de história aliás ve lo na sua frente é uma alegria muito grande e sensação de realização, maaaaaaas!!! sabe aqueles desenhos do papá léguas aonde o Coyote espera com garfo e faca para comer o animal veloz?rs, pois é acho que isso seria a relação dos turistas com os picaretas que existem no local, sempre existe um deles esperando a presa dar bobeira para lhe passar a perna e no meu caso...... .Estava eu lá admirando e tirando muitas fotos do Pelourinho quando de repente sou abordado por um guia turistico ou melhor um picareta safado que é era uma bacharel em malandragem e PHD nato em jeitinho brasileiro kkk, e não é à toa que dizem que mineiro é um bicho desconfiado de tudo e de todos, mas nesse dia esse meu instinto mineiro parece que havia ficado no hostel, esse falso guia turistico se mostrou muito simpático assim como a maioria dos soteropolitanos e me convidou para fazer um passeio pelo Pelourinho e disse que cobraria um preço bem baixinho pelo mesmo e de quebra achei bom pq seria interessante conhecer mais a fundo o lugar, o Rodrigo o safado que me levou a esse passeio me mostrou tudo na maior boa vontade inclusive a casa de Jorge Amado e tambem o local aonde Michael Jackson gravou um de seus clipes junto com o Olodum, inclusive não dei sorte de ter chegado no dia do ensaio do grupo e mais dizem que se paga 80 reais !!!! para ver a apresentação deles às terças feiras. Bom eu ao longo do caminho fui tirando excelentes fotos e fiquei maravilhado com o local, porém é muito comum ouvir os soteropolitanos dizerem que o Pelourinho é um local muito ruim e tudo mais, realmente em conversa com eles deu para ouvir criticas pesadas e o desprezo deles doi no coração em relação a um lugar tão importante para o Brasil que para mim está melhorandoem diversos aspectos pelo menos eu acho, bom voltando ao passeio com o safado do Rodrigo antes de finalizar o passeio tirei algumas fotos com uma baiana super gente boa, mas deixei bem claro que não visitaria sua loja ufá ainda bem que ela deu apenas aquela sorriso sem graça e não me xingou, antes do fim do passeio estava eu lá procurando em pensamento a melhor forma de dizer para minha familia como foi maravilhoso aquele passeio quando de repente vira o cara e me diz: " O meu rei!!! negócio é o seguinte pra turista extrangeiro eu cobro 140,150 reais, mas pra você eu cobro apenas 40 reais" !!! o que ? Que absurdo isso, negociei com o cara e nem se quer tentei não pagar isso pq vai saber o que ia acontecer né?. Bom eu tinha apenas duas notas de 20 reais e ele concordou aceitar 30 reais como pagamento e fomos trocar o dinheiro e la no barzinho a picaretagem me impressionou disseram que eu deveria comprar algo antes de trocar o dinheiro eu simplesmente tomei a nota de 10 reais das mãos do safado e sai mandando tudo pra hhehehe, obviamente que fiquei muito chateado com o que aconteceu, mas vivendo e aprendendo e isso não estragou meu passeio e nem minha simpatia por Salvador gente boa e ruim existe em todo lugar, mas no Pelourinho não de na cara que você é turista, pois ai você vira presa fácil para canalhas como o citado acima. Aproveitei e começei a andar em direção à Cidade Alta no caminho me deparei com um grupo de capoeiristas que me convidaram para tirar algumas fotos com eles os caras são até gente boa, mas quando me pediram uma ajudinha me dei conta de que fiz algo desrespeitoso dei apenas 35 centavos para os caras que me olharam com cara de poucos amigos kkkk, me desculpem mas a pão duragem no meu caso vem de familia mesmo e deveria ter dado um valor maior para eles pelo menos 1 real não custava né? kkk. Chegando à Cidade Alta encarei uma fila quiiiiiiiiiiilooooooooomeeeeeeeeeetriiiiiiiiiiiicaaaaaaaaaa!!! para descer no elevador Lacerda e nem queiram saber como estava o sol de 1 da tarde literalmente queimando até a alma rsrsrs e me chamou atenção o preço para utilizar o elevador ou no meu caso Bungee Jump Lacerda, só custou 0,15 centavos e se prepare para tirar gritos pq o elevador desce com uma velocidade enorme !!!!. Lá embaixo resolvi passear pela região do mercado modelo e vale muito à pena pq você pode visitar várias coisas como a Marina, o terminal do ferryboat e o próprio Mercado Modelo, ao entrar nesse mercado não deixe de ver as lembrancinhas super bacanas da Bahia que você pode levar entre outras coisas camisas com o simbolo do Olodum, porém acho o Mercado Central de Belo Horizonte bem mais bonito e interessante do que o Mercado Modelo de Salvador.Depois de algumas fotos subi novamente no Bunkee ops Elevador Lacerda kkk para pegar um ônibus rumo ao Bonfim, porém fiz a burrice ou melhor tive a sorte de tirar outras excelente fotos no caminho para o ponto de ônibus sendo que poderia pegar o ônibus do lado Mercado Modelo , no caminho peguei o ônibus e me dirigi rumo ao Bonfim. [col]|[/col] [col]|[/col] MontSerrat e Igreja do Nosso Senhor do Bonfim Bom depois de uma viagem rapida cheguei ao bairro do Bonfim aonde se localiza a Igreja do Senhor do Bonfim e o Forte de Mont Serrat, aliás achei estranho que não há praticamente turistas que visitam a região que por sinal é de tirar o chápeu linda demais :'> !!!, quando cheguei ao Forte de Mont Serrat resolvi tirar muitas fotos antes do por do sol, se você visitar Salvador não deixei de visitar esse forte ele é demais e tem uma vista privilegiada para o digamos "estacionamento" dos navios no porto da cidade. Antes de o sol se por resolvi fazer uma visita rápida à Igreja do Nosso Senhor do Bonfim que fica uns 1,2 km de Mont Serrat o trajeto passa dentro do bairro que por sinal é agradavel e super tranquilo e cheio de lanchonetes para você fazer aquela boquinha ou se quizer coisa melhor você pode provar pratos tipicos da Bahia, porém prepare o seu bolso kkk, depois de quinze minutos de caminhada cheguei a Igreja de Nosso Senhor do Bonfim lá chovem vendedores ambulantes querendo te vender seus produtos e tenha paciência eles são persistentes e chatos demais, mas a igreja é muito linda sua arquitetura é igual como de qualquer igreja histórica brasileira, mas por dentro está o seu barato, ela é diferente por dentro, claro que a mesma possui ouro e imagens sacras, porém o seu projeto interior lembrou me a Igreja da Boa Viagem em BH e tambem a Igreja do Bom Jesus do Matozinhos em Conceição do Mato Dentro ( Minas Gerais ) me desculpe se não dei a você detalhes importantes é so vendo para admirar sua peculiar beleza. Após gravar a missa de quinta feira ? é isso mesmo em plena Quinta Feira houve uma pequena missa organizada por pessoas da região não deixe de ver é muito bonito, retomando o que dizia após sair da igreja eu me deparei com uma cerca cheia de fitinhas do Senhor do Bonfim e não se esqueça que quando amarram elas na sua mão você três desejos correspondentes ao número de nós e você so pode tirar a fitinha quando ela se desgastar naturalmente, obviamente que não acredito nessas superstições mas cada um com sua crendices rs.Me dirigi até o forte de Mont Serrat para curtir o por do sol, afinal merecia após um dia corrido aonde vi várias atrações, dai foi só ver aquele sol lindo descer atrás da Ilha de Itaparica e uma sensação de paz me tomou realmente muito agradavel hehehe. [col]|[/col] [col]|[/col] Bom na volta para o hostel fui pegar o ônibus 0720 rumo a Avenida Oceânica, porém cuidado com o site da Transalvador que diz lá no Bonfim você pegar esse ônibus na rua Henrique Dias, mas na verdade você pega outro ônibus 0230 que vai até Sabino Silva próximo à Barra, vixe o que dizer então da Peregrinação pela cidade? ao invés de pegar um ônibus peguei dois ônibus desnessariamente até meu destino, bom depois de 3 horas cheguei à Barra e pensei: "Poxa, tenho que sacar dinheiro para ir à Ilha de Itaparica amanhã" e lá próximo do meu hostel vejo um terminal do Banco do Brasil e achei estranho que o mesmo estivesse aberto depois das 20 horas e beleza fui lá sacar dinheiro porém por hoje estava cessado, quando vou sai do terminal.... começa o meu desespero fiquei preso dentro do terminal tentei até mesmo arrobar o vidro e sair, mas não fui tão louco assim kkk, e olhem só começei a bater na porta do terminal para que me ajudassem, acenei para uma mulher e a ordinária olhou e foi embora e depois veio um extrangeiro e depois de tanta peleja o FDP me diz: "Ligar 1-9-0" , mas para minha sorte havia ali no posto de gasolina uma viatura da PM e os policiais me ajudaram e bastou simplesmente eu aperta um botãozinho preto que na verdade são três, cuidado com isso e enfim estava liberto e fui para o hostel tormar aquele banho e ufá dormir depois de um dia inesquecivel hehehe. 3 dia: Ilha de Itaparica Bom depois de um agitado dia, passei a noite dormindo como uma pedra, acordei e não pensei duas vezes, vou abrir a janela para ver aquele sol e um céu azulzinho, mas dizem que alegria de pobre dura pouco isso pq tive uma surpresa desagradavel, o dia estava nublado e cinzento até que a principio não se armou nenhuma chuva , aproveitando isso desci até a recepção e tomei meu café da manhã tranquilamente até que de maneira surpreendente um espanhol que estava lá de maneira bem educada me convidou para tomar café da manhã junto com seus amigos, na hora tive de recusar pq eu tinha que sair para meu passeio e tambem pq o grupo de espanhois eram bem fechado por isso não ficaria à vontade entre eles. Após finalizar meu café da manhâ segui o mesmo trajeto do dia anterior sai do hostel e fui até o ponto de ônibus pròximo ao Farol da Barra, dessa vez tive que pegar o ônibus da linha 1505 ( Pirajá / Barra ) com destino a Àgua de Meninos na Avenida Jequitiaia aonde pegaria o Ferry Boat no terminal de São Joaquim, bom embarquei no busão e por incrivel que pareça havia um cobrador super gente boa e quando homens conversam o assunto é mulher ou então futebol, mas no nosso caso foi futebol hehehe, durante o trajeto falamos sobre o Cruzeiro, Jobson, Vitória e Bahia, ele por sinal é torcedor do Vitória e me dizia que deixou o futebol um pouco de lado, pois era um cara super fanatico e que deixava familia e filhos de lado para ver o time jogar so não gostei dele falar que simpatiza com o Patético Mineiro por causa do timaço dele nos anos 80 e tambem gostei da sua educação ao me mostrar aonde ficaria meu destino :'> . Após 40 minutos de conversa chego ao meu destino o Terminal Água de Meninos, segui até o guichê para compra das passagens, aliás se você precisa transportar até sua casa para a Ilha de Itaparica não se preocupe você consegue fazer isso na boa , as embarcações são enormes e levam veiculos pesados como caminhões por exemplo. Comprei minha passagem por 3,95 e fique atento a cada uma hora a partidas do terminal para a ilha!!!, depois da compra me dirigi até a sala de espera que embora simples é bem limpa e agradável, tive que esperar isso pq o embarque da próximo Ferryboat atrasaria 30 minutos e olha que ja eram quase 11 da manhã e eu tinha que visitar a Ilha em apenas um dia. Depois de tanto esperar lá chega a embarcação e o nome adivinhem? Michael Jackson? Lula? Barack o Bamba? nada disso cara!! é Maria Betânia e olha que dizem que cada embarcação tem a cara de seu homenageado ja a minha .... será que tem algo haver com a pobre Maria Betânia? , o ferryboat partiu do Terminal São Joaquim lá para as 11:30 e fomos nós rumo a Ilha de Itaparica, o trajeto dura cerca de uma hora que valem a pena, a travessia ocorre na Bahia de Todos os Santos num trajeto de 13 kms e não se preocupe com a segurança, isso é item essencial nas embarcações, caso haja algum problema existem pequenos barcos e coletes salva vidas, bom saber que eu não estava em um Titanic bahiano kkkk.Durante o trajeto resolvi ficar no segundo andar na proa do návio, não para segurar uma gatinha à estilo Leonardo de Caprio tendo aquele momento meloso kkk e sim para ver curtir o visual da Bahia de Todos os Santos e ver os návios de pertinho era um antigo sonho meu rs, e nunca deixe de registrar a travessia, pois é bacana demais e tomarem que encontrei um senhor que carrega consigo uma espécie de rádio de mão não sabem como é divertido ouvir descobridor dos sete mares de Tim Maia num ambiente tão propicio ou quase hehehe [col]|[/col] [col]|[/col] Após 1 hora chego ao terminal de Bom Despacho e mais um vez fiquem atentos, o Ferry Boat não para na cidade de Itaparica que fica mais ou menos 8 km de Bom Despacho e você tem pegar alguma condução até Itaparica é bem barato, após perceber que pararia em um lugar bem diferente do que imaginei resolvi ir até Mar Grande que me chamou atenção na embarcação pelos seus coqueiros ao longe e belezas da praia tambem. Na chegada ao terminal da ilha muitas pessoas oferecem serviços de transporte pra você, mas mineiro que se preze é sempre pão duro, alguns taxistas me ofereceram serviços, porém um deles me ofereceu transporte por 28 reais até Mar Grande !!! um absurdo e olha que havia um kombi que fazia o transporte por 2,00 reais até lá mas que segundo eles so chegaria de uma em uma hora para levar passageiros dos Ferry boats, e o cara percebendo que eu estava praticamente desistindo de ir de taxi, começou a abaixar o preço e depois tanta peleja, nos fechamos por 13 reais, não sei se é impressão minha mas chegue na hora do almoço, pois nessa hora os caras tem que garantir o almoço deles e ficam desesperados em busca de grana quando a coisa aperta hehehe. Seguimos de taxi até Mar Grande um trajeto bem rápido de 20 minutos e conversei bastante com o taxista gente boa demais, tudo correu tranquilo e lhe agradeci pelos seus serviços e com muita boa vontade me orientou até aonde seria a praia de Mar Grande muita próxima por sinal. O lugar estava tranquilo em plena sexta feira apenas alguns gatos pingados na praia e resolvi curtir a praia maravilhosa mas que infelismente é bem suja em alguns pontos, mas não durou muito tempo a chuva no horizonte começou a se armar e vi que o passeio ia ser em parte uma decepção, resolvi ficar dando voltas para conhecer Mar Grande e tirar fotos inclusive ela me lembra muito as praias "mineiras" de Guarapari hehehe. [col]|[/col] [col]|[/col] Realmente o meu dia na Ilha de Itaparica não foi o que pensei em virtude do tempo ter fudido o meu esquema, o jeito então foi descansar nos tranquilos bares da região e encontrei um que não lembro mas conta um pessoal gente boa demais, se você encontrar uma atendente bem safada que passa a mão nos clientes, você estara nessa bar que estou falando e se você encara qualquer parada troque um lero com ela kkkk. Passei a nebulosa tarde nesse bar curtindo sozinho a visão de Salvador e conversei bastante com as pessoas do lugar que de maneira gentil e educada me falaram muito sobre a Ilha de Itaparica e o carinho que sentem pelo lugar e me passaram informações úteis sobre pousadas e transportes e não será surpresa se te oferecerem passeios para conhecer a região de maneira gratuita pq realmente são pessoas extremamente solicitas com os turistas. No final de tarde começou a cair uma garoa fina e começei andar pela praia com aquela sensação de saudade e que tudo passou tão rapido e ja estava pensando no meu próximo mochilão pelo nordeste em 2012 hehehe, até que tive uma brilhante de idéia de comer aquele Arroz com Feijão maravilhoso, fui até o bar e pedi nada mais nada menos do que Arroz, Feijão e Caranguejo, quando disse percebi o mico que paguei kkk todos os atendentes olharam e riram de mim, mas levei na boa, afinal isso é culpa da natureza que não deu mar a Belo Horizonte e faz a gente que não é acostumado com mar a pagar esses micos ou então dos caras que não entenderam o que eu quiz dizer kkkk. Pela primeira vez na minha vida comi Caranguejo e não gostei muito, isso pq o bicho é mais casca do que carne propriamente dito, quem sabe da próxima vez quero comer um Polvo dizem que é muito bom, porém caaaaro demais. Debaixo de uma garoa fina deixo o bar agradecendo pela gentileza do pessoal de lá para comigo, e me dirijo até o Terminal de Mar Grande de onde descobri que sai uma pequena embarcação com destino à região do Elevador mais especialmente a um porto que fica atrás do Mercado Modelo mas que funciona até à 18:00 e por isso tive que pegar uma Kombi até Bom Despacho que custa 2,00 reais. Na chegada a Bom Despacho me dirijo até a bilheteria e compro o bilhete e esperei tranquilamente até às 20:00 horas, horário no qual sairia o Ferry Boat, permitido o embarque fui para a embarcação que se chamava Ivete Sangalo que por sinal era bem mais bonita e confortavel do que Maria Betãnia em todos so sentidos inclusive na vida real kkkkkk , a travessia durou cerca de 45 minutos até o Terminal São Joaquim, e de inicio fiquei no segundo andar do Ivete mas o frio combinado com a garoa me espantaram de lá , então fui para o 1 andar aonde estava bem quentinho e confortavel e tirei uma rápida pestana. Desembarquei ño Terminal São Joaquim e para o meu azar começou a chover forte nem se quer estava com guarda chuva e pensei: "Quem esta na chuva é pra se molha então vamo que vamo!!!" e para minha sorte havia um ponto de de onde pegaria o 0720 até a Barra e encarar aquele frio com aquela chuva estava dificil, por isso trate de levar um guarda chuva sempre que for a Salvador pq o tempo vira inesperadamente, depois de uma rápida espera apareceu o ônibus dai so foi alegria ja que estava um pinto molhado dentro do busão e sonhando com aquele banho quente hehehe. O ônibus foi até rápido e finalmente cheguei no hostel e a Avenida Oceânica que costuma ficar lotada estava totalmente vazia sem nenhuma alma viva pra contar historia, na recepção peguei a chave do quarto e lá estava eu me deliciando com um sonhado banho quente hehehe, até desci na recepção, mas ventava demais que mesmo com blusa de frio não dava pra aguentar e então resolvir ir para o quarto dormir. Ultima dia em Salvador, ué mais ja acabou? Acabou? Sim, infelismente minha aventura em terras bahianas havia acabado, mas para meu consolo eu teria algumas horas para curtir a Praia da Barra antes de sair para o Aeroporto aonde teria o vôo da Web Jet para Belo Horizonte às 17:00 horas, tomei meu café da manhã e fiquei injuriado pq o sol resolveu aparecer logo no ultimo dia, mesmo que timido entre as nuvens, mas apareceu.Então sai para registra algumas fotos e a sensação de saudade era nitida, resolvi subir até o Cristo e curtir aquele marzão azul lindo que infelimente so vejo uma vez por ano rs, no ultimo dia de viagem ficar sozinho ali me deu uma sensação incrivel de paz e tranqulidade, depois segui até o Farol da Barra para curtir a paisagem e claro resolvi dar aquele mergulho caprichado na Praia da Barra sempre de olho na minha mochila que ali estava em uma das cadeiras, conversei com um pessoal na praia gente boa demais e ficaram surpresos quando souberam que vim sozinho até Salvador e que não fariam nada parecido por medo e claro fizeram piadinha com o fato de eu ser mineiro, me perguntaram se Belo Horizonte tinha mar e depois de uma risada respondi que tem bar e mulher bonita hehehe e depois dai surgiu um assunto que é proibido para menores de 18 anos, não insista leitor maldoso não vou contar o que é ok? kkk, gostei desses caras pervetidos como eu rs.Após curtir uma praia fui para o hotel me arrumar para ir embora, passei um por perrengue cadê a chave do cadeado da minha mala pra alguns objetos? e nem precisei me preocupar, vou te falar bastou apenas fazer uma forcinha com a chave de fenda para que o cadeado se rompesse isso que é segurança né não?, fiz o check out atrasado e apenas paguei 1,50 por isso, lá no ponto do busão estava eu com a cara toda queimada e mesmo com o tempo levemente nublado o sol queima sua pele fique esperto e juntamente com alguns extrangeiros peguei o S-002 até o aeroporto e de lá embarco tranquilamente para BH o chato é que não fui na janela queria registrar uma imagem de Salvador do alto apesar de que não foi possivel, mas terminar a viagem tendo aquele super por do sol acima da camada das nuvens foi uma das experiencias mais legais que tive e depois de uma hora e meia chego a Confins e óóóóóó assim se acaba uma aventura inesquecivel mesmo que curta hehehe. [col]|[/col] [col]|[/col] [col]|[/col] Observações sobre Salvador Ponto positivos: É um cidade linda e encantadora com uma gente super simpatica com todos os turistas, fui bem tratado pelos soteropolitanos que foram solicitos e educados comigo. Pontos negativos: É uma cidade que tem problemas como qualquer grande metropole brasileira, porém o assédio dos ambulantes sobre os turistas é muito grande, assim como há também sujeira em algumas praias. Conclusões Medo de viajar sozinho?: Realmente algumas pessoas tem medo de viajar sozinhas em um mochilão ou por segurança ou por solidão, discordo disso, viajar sozinho é super prazeroso do que viajar com um grupo grande , você sente aquela sensação de aventura e aproveita com mais intensidade os seus passeios sem se incomodar com a preocupação dos outros, pretendo fazer mochilões sozinho mas isso não impede que eu faça amizades ou converse com as pessoas do local para que conhecer mais sobre o lugar. Nunca deixe de ser feliz por causa dos outros !!!!. Antes de conhecer o mundo, conheça seu país!!: Muitos jovens tem a ideia de viajar para a Europa logo de cara sem ao menos conhecer seu país, sei que dentro de pouco tempo terei condições financeiras para fazer um mochilão pela Europa, claro que não vou ter dinheiro para luxos e loucuras por lá e muito menos vou estar rico pra isso hehehe, mas conheça o Brasil antes, essa terra maravilhosa ainda é inexplorada pelos brasileiros, quero conhecer diversos recantos do Brasil para depois viajar ao exterior. É simplesmente vergonhoso viajar ao exterior sem ao menos conhecer o seu país. Até a próxima e muito obrigado aos integrantes do site pela ajuda!!!!.
  25. Bom pessoal. Estou viajando para a Europa entre os dias 5 e 25 de outubro, porém farei uma pequena passagem pela Holanda e França nesse periodo, mas ficarei boa parte em Portugal (ida e chegada). Algumas dicas importantes? Sou iniciante nessa modalidade mochileiro!!!.
×
×
  • Criar Novo...