Ir para conteúdo

caduph

Colaboradores
  • Total de itens

    175
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que caduph postou

  1. caduph

    .

    Pessoal, Saiu hoje uma notícia no blog do melhores destinos sobre o visto da Austrália. Vai poder ser tirado online, dá uma olhada lá. www.melhoresdestinos.com.br
  2. Oi Andreia! Que bom que deu tudo certo e ajudou! Que bom que da pra ajudar as pessoas de alguma forma por aqui. hehehe... Abs
  3. Bom, vc perguntou a Deia, mas darei minha opinião msm assim. hehehehe... Eu acrescentaria na Ilha norte White island, eu achei muito legal o passeio e o fato de vc estar em cima de um vulcão ativo. Em waitomo eu preferiria fazer um black water rafting. A aranui é uma caverna com estalactites e estalagmitis, não acho tão legal (até pq já visitei algumas desse tipo na chapada diamantina na Bahia), mas vai do gosto de cada um. Na sul, dizem que o abel tasman park é massa, eu não sei pq não fiz, mas vc poderia pesquisar para ver. E o fox glacier não acho que valha a pena, msm só se for pra conhecer a vila. Na de franz josef já não tem muita coisa, a fox é menor ainda. O glaciar dizem que o franz joseph é muito melhor, não deixe de fazer o tour de dia inteiro. abs
  4. Mi, Vc lembra que horas chegou em copacabana pegando este busu da Nuevo Continente em cusco?
  5. Pessoal, Estarei indo em junho com um grupo fazer um mochilão entre Bolivia, Peru e chile. Estamos com pouco tempo por isso gostaria de otimizar ao máximo o tempo. Andei pesquisando e vi que tem um ônibus "direto" que sai às 22h de cusco para copacabana pela Nuevo Continente. Minha dúvida é a seguinte: - Alguém saberia me dizer que horas chega em Copacabana os ônibus da Nuevo Continente? Daria para pegar o barco de 8:30 para ilha do sol no mesmo dia? - Se for por Puno, daria para pegar o barco para ilha do sol de manhã ainda? Que horas chega em copacabana? Abs
  6. caduph

    .

    Meus amigos tiraram o visto da AU tranquilamente. Só enviar todos os documentos que pedem direitinho que não tem surpresas. É interessante enviar tb um roteiro com as cidades que quer ir e tal, mas sem os dias, pq eles dizem para só comprar a passagem dps do visto emitido. abs
  7. Eu indicaria parar em Byron bay, além desses lugares que vc colocou. Dizem que noosa e magnetic island eh legal...
  8. caduph

    Belém

    Pessoal, Estou indo para Belem semana que vem. Alguém tem dicas de baladas boas por lá? Pode ser de qualquer tipo. Já vi a indicação de Rodrigo da Parilla pra sertanejo! Abs, Cadu
  9. windfuzz, Você pode sacar no débito com conta em praticamente qualquer banco aqui no Brasil. Cada um tem uma taxa específica, aí seria bom vc olhar a melhor. Eu já saquei no débito no Itau e BB e meu amigo no Santander (cliente Van Gogh do Santander foi o que teve a melhor taxa), por tanto, nãoa cho necessário uma conta no HSBC se for apenas para isso. Se seu cartão for vinculado a rede Cirrus e Plus (a maioria dos cartões internacionais são, independente do banco) vc conseguirá isso. Outra forma de levar a grana em débito seria utilizando o Visa Travel Money (VTM), que vc coloca uma quantia pré-definida e pode ir sacando com o tempo. Um cartão de crédito seria interessante apenas para alguma emergência. Quanto a pergunta dos outros eu não sei responder! Abs... Cadu
  10. Realmente o SJ em Campina é muito bom!!!! Quanto a Austrália eu gostei muito. É um país caro, mas muito massa. Sua dúvida são pra 2 lugares completamente diferente o que talvez facilite mais. A AU é um turismo mais de natureza, belezas naturais e a Europa é um turismo mais de história e tal. Aí vai depender do que vc gosta. Eu sem dúvida teria escolhido a AU, que foi o que eu fiz na época (tinha a msm dúvida que vc, hehehehe...) Bjs
  11. Olha, Uma amiga foi pra turistar e conseguiu ficar trabalhando lá. Não sei os procedimentos. Aí acho que só a Mary ou alguém que fez isso pode lhe dizer! hehehehe... Abs...
  12. Pessoal, Estou planejando ir em Junho/2012 fazer um mochilão pelo Peru, Bolivia e Chile. 19 Dias. Gostaria de uma ajuda no roeiro. Montei um preliminar. acham que o tempo em cada cidade dá? Não pretendo ficar entrando em museus! Acham que essa época tem que comprar os ônibus com antecedência? Como é pouco tempo, não quis perder muito tempo com deslocamentos de ônibus, por isso coloquei alguns trajetos de avião. Ainda possuo um dia. Posso voltar no dia 25 ao invés do dia 24. Data Cidade 6/6/2012 Rio de Janeiro 7/6/2012 La Paz 8/6/2012 La Paz 9/6/2012 La Paz 10/6/2012 Copacabana 11/6/2012 Isla del Sol 12/6/2012 Cusco 13/6/2012 Cusco 14/6/2012 Cusco 15/6/2012 Arequipa 16/6/2012 Tacna 17/6/2012 Calama 18/6/2012 S. P. de Atacama 19/6/2012 Salar 20/6/2012 Salar 21/6/2012 Salar 22/6/2012 Sucre 23/6/2012 Santa Cruz 24/6/2012 Rio de Janeiro Obrigado desde já!!!!
  13. Oi! Eu fiquei 14 dias na NZ. Deu tempo pra conhecer a ilha norte e a sul. Foi bem corrido, mas consegui fazer td que queria! Com ctz vale a pena 12 dias. Olha na minha assinatura que tem o relato. Não sei se Christchurch já se reergueu, pq não vale a pena ir lá se ainda estiver com td fechado. Abs...
  14. Bom, não vi o roteiro, maas com 3 meses só viajando acredito que dê para conhecer quase tudo e mais um pouco. hehehe... Cartão de crédito também vale para comprovar o dinheiro. u não precisei apresentar nada disso, mas se vc tiver um extrato do banco com essas informações seria melhor. Não sei a diferença de preços na alta estação. Vc pode entrar em contato com a NZEGA pelo site e e-mail. http://www.nzega.com/ Abs, Cadu
  15. windfuzz, Se vc utilizar o sistema de busca avançada do site vc encontra muita dessas informações sem precisar ler as mais de 300 menssagens. Bom, na NZ não precisa de visto para um período de até 3 meses, mas quando chegar lá é bom vc ter a passagem de volta marcada e um roteiro prévio do que vai fazer para eles não impedirem sua entrada. A baixa temporada fica nos meses de março a maio e setembro a novembro. A NZ é muito visitada tanto no verão como tb no inverno por ter diversas estações de esqui tb. Hostel está em torno de 23 NZD a diária, não sei alugando um quarto quanto sairia. Mas se seu objetivo é ficar viajando acredito que tenha que recorrer a hostel sim. Vc pode sacar dinheiro nos caixas eletronicos de lá direto de sua conta corrente aqui no brasil ou usar um VTM, levar dolares acredito que seria pior pois seria muito dinheiro. Não tenho a menor ideia sobre a ultima pergunta. Talvez a Mary possa ajudar, tentar entrar em contato com a NZEGA que é a agência dela para brasileiros lá. Abs...
  16. Obrigado pelas dicas... Agente gosta de boate, umas baladinhas animadas com gente bonita e bebida. hehehehee... Essa santa fé eu vi, soh não sabia se tava bombando ainda. ehehehe... abs
  17. Iai galera mochileira. Vou postar aqui um relato sobre o São João de Campina Grande. Primeiramente quero dizer que eu como baiano e nordestino sempre fui apaixonado pelo São João e todos os anos ia curtir no interior da Bahia. Depois que mudei para o Rio, 2 anos atrás, fiquei 2 anos sem ir, porque aqui não é feriado no dia 24 de junho. Este ano o feriado de corpus christ caiu exatamente na época do São joão, 23 de junho, quinta-feira. Foi a deixa para eu pegar uma folga no trabalho na sexta e embarcar para o nordeste. Este ano escolhi o São João de Campina Grande por ter diversos amigos lá sempre me falando bem do SJ de lá. Comprei as passagens de milhas pois estava muito caro (R$1200,00, ida e volta), por tanto aconselho a quem for comprar a passagem com antecedência. Campina Grande fica a + ou – 1h30min de João Pessoa e 3h de Recife. Chegamos na madrugada de quinta-feira. Fiquei na casa de uma amiga lá, perto da rodoviária, um pouco longe do Parque do Povo (local onde rola a festa), mas estávamos de carro então isto não atrapalhou. Acordamos na quinta as 10h nos arrumamos e fomos no shopping comprar ingressos para a Villa Forró (mais a frente explico o que é) para a sexta e o sábado. De lá partimos para o Bar do Cuscuz que fica na lagoa (acho que eles chamam de açude). O bar é muito legal, rola banda de forró, claro, tocando até a noite, fica um publico jovem bebendo, comendo e curtindo. Comemos uma carne de sol acebolada e na nata que estavam fantásticas, vale a pena experimentar. A cerveja estava gelada e o atendimento foi bom. De lá seguimos para dar uma volta e conhecer um pouco da cidade. Uma cidade do interior, mas com uma estrutura muito boa e muito arrumada, gostei bastante da cidade. A noite fomos para o Parque do Povo, onde realmente rola a festa. O lugar é enorrrme, tem o palco principal onde rola os shows de bandas grandes. Estava rolando o show de Elba Ramalho. Depois do show dela fomos rodar o parque. Tem vários ambientes. Em uma delas os principais restaurantes da cidade “constroem restaurantes” dentro do parque e entre eles tem “ilhas” de forró, com um trio de forró tocando as melhores do forró pé de serra, são alternativas ao palco principal. Toda essa estrutura é destruída no final dos 30 dias de festa e reconstruída no ano seguinte. Tem a pirâmide do forró, onde fica tocando uma banda de forró, o pessoal chama o local de “risca faca”, uma expressão que significa que o lugar é mais baixo astral, e de fato tinha muita gente caída pelo chão bêbada, dormindo, em um espaço de 1 minutos rolou 2 brigas na nossa frente. Não é um local que aconselho a noite. Durante o dia rola apresentação das quadrilhas, aí é tranquilo, apesar de que eu não fui nenhum dia assistir. No dia seguinte acordamos tarde, almoçamos no shopping e seguimos para a Villa Forró. É um lugar que rola uma festa com bandas mais famosas e é pago, pagamos 40 reais cada dia (sexta e sábado) O lugar enche bastante e o engarrafamento é gigantesco, é bom sair muito cedo, umas 14h. A festa começa as 16h. Pegamos um engarrafamento até a rotatória e lá pegamos um caminho alternativo por trás, uma estrada de barro muito ruim e um ladeirão, tava engarrafadinho, mas bem menos que o acesso principal. A festa foi muito boa, terminou por voltas das meia-noite e de lá o pessoal segue pro parque do povo pra curtir mais festa e forró. No dia seguinte foi a mesma coisa. Saimos atrasado de novo e pegamos o engarrafamento de novo (brasileiro nunca aprende, hahahaha...) No domingo fomos rodar um pouco mais a cidade e fomos em um restaurante que fica fora da cidade depois da Villa Forró, eu vou ficar devendo o nome dele, mas é fantástico, é tipo um sitio grande com mesas espalhadas. A comida é muiiito boa e o preço em conta. Vale a pena sem dúvida!!! Vou descobrir o nome e posto aqui. A tarde fomos em uma feira de artesanato. Eu odeio essas coisas e não tenho paciência, mas as meninas que estavam comigo fizeram a festa lá. Hehehehe... Comprei só uma boneca para minha sobrinha de algodão colorido (o algodão tem tonalidades de branco, beje, marrom e verde, não é tingido, é cultivado nessas cores, um projeto da embrapa). Pegamos um vôo noturno de João Pessoa para o Rio, pagamos um taxi que deu 40 reais para cada (éramos 4). Cheguei no rio direto para trabalhar. E assim terminou a viagem. O São João de Campina Grande é bem parecido com o SJ do interior da Bahia, mas em uma proporção um pouco maior. É fantástico e eu gostaria de voltar todos os anos!!!! Recomendo a todos que queiram conhecer essa maravilhosa festa regional!!!
  18. Pessoal, Estou indo a Goiânia com alguns amigos dia 9 de dezembro e voltamos no dia 11. Gostaria de saber dicas de baladas boas, tanto de sertanejo como de boates em Goiânia. E também em qual dia ir, qual a melhor na sexta e qual a melhor no sábado. Gostaria de dicas de restaurantes de carne bons para almoço. Se alguém puder me ajudar. Desde já agradeço!!!! Abraços, Cadu
  19. Oi Glauber! A qantas realmente é cara. Os trechos interns eu fiz com a Jetstar (low coast que pertence a qantas), Virgin blue e Tiger Airways. Conheci muita gente na viagem que estava fazendo a costa leste de ônibus descendo e parando nos lugares interessantes até Sydney, porém eles tinham tempo, tavam viajando a 3 meses, 4 meses, se vc não tem tempo, como eu, o melhor é tirar o escorpião do bolso e ir de avião. hehehehehe... Eu fiz 1 trecho com a Greyhound, bem curto, os ônibus são bons, mas as cadeiras não reclinam como os ônibus aqui do brasil... abraço, Cadu
  20. Que maravilha!!!!!! Quero ir na sua mala rei!!!! Mta vontade de voltar. hehehehe...
  21. Pessoal, Pelo que entendi quando eu fui, a Black Water Rafting Co é a mais tradicional. Eu fiz o Black Abyss com eles e foi um dos melhores passeios que fiz na NZ. Fiquei na mesma dúvida que vcs, mas pelo que fiquei sabendo este Lost world vc sobe um rio subterrâneo até chegar na superficie, eu não achei que valia a diferença e fiquei bastante satisfeito com o passeio da Black water rafting co. Tati, que trabalhava na empresa de Mary na NZ, a NZEGA, me recomendou o pessoal da Black Water Rafting Co. Façam que não irão se arrepender!!! abs
  22. caduph

    Bogotá

    Pessoal estou com umas dúvidas. Estou indo para Santa Marta em fevereiro (sexta dia 17), meu vôo faz conexão em bogotá e vou ficar 7h esperando o vôo para santa marta. Segue as perguntas. - É possível com este tempo ir até o bairro de La Candelária dar uma volta e depois retornar para o aeroporto? - O trânsito aeroporto-La candelária as 13h é muito ruim? E o transito de La Candelaria-aeroporto às 18h? - Estava pensando em pegar um taxi inicialmente. Existe alguma maneira mais rápida para ir do/para o aeroporto? Obrigado pela ajuda!
  23. caduph

    San Andrés

    A rede de albergues El viajero acabou de abrir um albergue na ilha. Pode verificar no hostelworld.com! Vou em fevereiro e ficarei nele! abraços
  24. Pessoal, Estou indo para Santa Marta em fevereiro, terei apenas 2 dias lá. Vê se alguém pode me ajudar. Minhas perguntas são as seguinte: - A partir de que horas saem os ônibus para o Parque Tayrona, qual a frequência deles? - Quanto tempo leva o trajeto? - Vcs acham que é possível ir ao Parque Tayrona um dia, saindo o mais cedo possível e voltar antes das 18h? Tenho um casamento as 20h, então teria que chegar a tempo. hehehe... Obrigado!!
  25. Bom... essa eu não sei. Eu saquei direto da minha conta corrente pq era mais vantajoso que trocar dolar aqui e dps trocar lá de novo...
×
×
  • Criar Novo...