Ir para conteúdo

joaoluiz88

Membros
  • Total de itens

    3
  • Registro em

  • Última visita

Conquistas de joaoluiz88

Novo Membro

Novo Membro (1/14)

1

Reputação

  1. joaoluiz88

    Xangai em 6 dias.

    Esse é meu primeiro relato no mochileiros.com, relato sobre a minha viagem para Shanghai. - Visto: O visto de turista é necessário para brasileiros que desejam entrar na China. O valor de visto depende do número de entradas desejadas, começando com R$ 100,00 para uma entrada de 30 dias. Mais informações http://br.china-embassy.org/por/lqfw/t771924.htm - Informações gerais: O povo chinês, normalmente, recebe bem os estrangeiros. Entretanto o maior problema com o povo chinês é que quase ninguém fala inglês nas ruas, se quiseres pedir informação é bem complicado, porém mesmo com a falta de uma língua comum esse povo sempre tentará te ajudar de alguma forma. Se você falar alguma palavra em mandarim fica mais fácil ainda, algo tipo "oi" NI HAO (你好), "obrigado" xie xie (謝謝). Aconselho a levar algum livro português - mandarim do tipo guia de viagens, possuo o "Eu vou para a China", nesse livro tem frases do tipo "quanto custa esse produto?", "onde é o banheiro", "Onde é o metro" etc e tal. Lembre-se que eles são excelentes vendedores, quando eles anunciam o preço de um produto leve em consideração que eles colocam mais de 100% do valor real. Uma boa negociação é tentar comprar o produto com 1/3 do valor inicial. A maioria dos restaurantes possui um cardápio em chinês e com algumas fotos de pratos, tente pegar as comidas das fotos. Todas as placas em Shanghai estão em Mandarim e em PinYin, nada de inglês =p O ticket de metrô em Shanghai é varia entre 4 a 7 RMB, e as estações do metrô também estão escritas nas formas de caracteres e pinyin. O Metrô funciona desde as 6 da manhã até as 11 da noite. A maioria dos pontos turísticos pode ser alcançada por esse meio de transporte. Dia 1 – Chegada a Shanghai Eu moro na China, em Macau, portanto peguei um vôo de Macau para Shanghai que durou cerca de 2 horas. Chegando em Shanghai você tem 4 opções para ir à cidade: trem-bala, metro, taxi ou ônibus. Peguei um trem bala (chega a uns 300KM/h) e paguei em torno de 50 RMB, até a estação de metro LONGYANG Road. O metro custaria em torno de 7 RMB e taxis podem chegar até a 300 RMB. E de lá tive que trocar para um metro para chegar ao hostel. O hostel que fiquei é um pouco afastado do centro da cidade, porém foi o melhor que eu fiquei até agora na China. Shanghai City Central Youth Hostel (Utels): No.300 Wuning Road, Putuo District, Shanghai, China 200063 http://www.hostelbookers.com/property/index.cfm?fuseaction=propertyDynamic.overview&intpropertyID=7514&strArrivalDate=2011-08-05&intNights=2 Depois de fazer o check in fui direto para People Square, porém como já era tarde não tinha nada de interessante pra fazer nesse local. People Square seria o coração de Shanghai, é comparável a Tiananmen Square de Beijing. Então começei a caminhar até “The Bund”, que fica a uns 2KM de People Square. Para chegar ao Bund andei pela Nanjing Road Pedestrian Street, essa rua como o nome implica é soment para pedestres. Tem Bastante shoppings ao redor, a única coisa inconveniente são os vendedores na rua “t-shirt, good quality”, não aceite nada que te oferecerem pois na verdade é tudo falso. Esses vendedores te levam pra algumas lojas ao redor de Nanjng Road, onde tem produtos falsificados. http://maps.google.com.br/maps?saddr=%E5%8D%97%E4%BA%AC%E8%B7%AF%E6%AD%A5%E8%A1%8C%E8%A1%97&daddr=The+Bund,+Shanghai,+China&hl=pt-BR&ie=UTF8&ll=31.236546,121.482933&spn=0.009265,0.021136&sll=31.233903,121.476227&sspn=0.004633,0.010568&geocode=FVGa3AEdTY49Bw%3BFSSn3AEdass9BylHZCUJWHCyNTFM2pzxt3KJXg&mra=dme&mrsp=0&sz=17&dirflg=w&z=16 Depois de uns 20 minutos cheguei ao “The Bund”, onde tem vários prédios históricos de Shanghai desde 1800 e pouquinho. The Bund era a região de Shanghai onde os negócios aconteciam antigamente. No Bund eu andei até o começo dele, e já veio mulheres oferecendo para me acompanhar pra tomar chá, nunca aceitem isso, pois eles te levam para restaurantes onde a conta final chega a 2000 RMB. Aproveitei já para ver o por do sol e as luzes do distrito de Pudong. Após isso voltei pro Hostel. Dia 2 – Pudong District, Oriental Pearl Television Tower, Shanghai World Financial Center Começei o segundo dia de Shaghai bem cedinho. Eram 8 da manhã e já tinha saído do hostel em direção à estação de metro People Square. Cheguei lá e novamente fui andando pela Nanjing Road Pedestrian Street. Dessa vez realmente aproveitei Nanjing Road para ver a construções e a movimentação no período do dia. Chegando ao The Bund, atravessei o rio para chegar em Pudong. Existem várias maneiras de chegar a Pudong através do The Bund: de táxi, ônibus, metro, barco ou de trem. Escolhi ir de trem, a passagem custou 40 RMB. Esse trem passa atravessa o rio por de baixo da água, tens que chegar em Bund Sightseeing Tunnel. http://maps.google.com/?q=Bund%20Sightseeing%20Tunnel%20Shanghai Chegando a Pudong fiz um pequeno passeio nesse distrito. Afinal hoje é a principal área comercial de Shanghai. Prédios modernos e tudo bem limpo e organizado (nem parece China). Na verdade Pudong até uns 20 anos atrás nada mais era que fazendas e mais fazendas, essa área começou a ser desenvolvida como um centro comercial pois Shanghai necessitava de algo assim. Após o passeio fui direto para Oriental Pearl Television Tower ( 东方明珠塔). A torre começou a ser construída em 1990 e foi finalizada em 1994, a torre tem 468 metros de altura. É a segunda maior estrutura da China, perde apenas para Shanghai World Financial Center. Para entrar na torre é necessário pagar 150 RMB e esperar um bom tempo na fila. Como esse mundo é pequeno, na fila da torre encontrei uma brasileira que vive em Shanghai. Subimos a torre juntos, é de se assustar com a altura. Na primeira parte do passeio você sobe até o gomo mais alto, porém o dia não estava dos melhores para tirar fotos, pois havia muita poluição. Do último gomo dá de ter uma noção do tamanho de Shanghai, a cidade parece sem fim! Depois desci para outro andar, o famoso andar do chão de vidro, que animal a vista. Dá muito medo andar pelo chão de vidro, mas a vista e as fotos compensam o frio na barriga. Depois de aproveitar a torre de tv, fui em direção à Shanghai World Financial Center (上海环球金融中心), esse edifício parece um abridor de latinhas. É o maior da China (492 metros e 101 andares), e o terceiro maior do mundo. Portanto não podia perder a oportunidade de subir nele! O ticket de entrada é 120RMB e te leva a uns 320 metros de altura. Ainda no térreo é apresentado um vídeo do edifício desde a construção até a finalização da obra, uma maquete do edifício e um comparativo entre Shanghai, Nova York e Tóquio (comparam número de carros e etc). É melhor para tirar fotos da paisagem do que Oriental Pearl Television Tower, consegues tirar fotos de pudong, the bund e dos prédios ao redor. Na descida do edifício fui à um shopping mall em Pudong chamado IFC. Lá tem estação de metro Lujiazui da linha 2. Praticamente jantei no shopping, e depois voltei ao hostel. Vou continuar escrevendo o relatório da viagem aos poucos, e acrescentando mais informações ao mesmo tempo.
  2. joaoluiz88

    Macau

    Muito bom relato, moro em Macau e as informações batem com a realidade
  3. Boa viagem, espero mais relatos. 6% IOF é impraticável mesmo.
×
×
  • Criar Novo...