Ir para conteúdo

Principe185

Membros de Honra
  • Total de itens

    1.742
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que Principe185 postou

  1. Seja como for, prefira Catedral para aulas de esqui. Isso sem contar que no Winter Park do Cerro Otto, nem sempre vai ter neve. Abraço
  2. Não Eider, eu diz 100 dolares.
  3. Olá Eider Calcula uns US$ 100 por pessoa em média entre passeios e comidas. Se me falas que dia e hora chegas e que dia e hora sai de Bariloche e o tipo de turismo que gostas de fazer te passo algum roteiro tentativo.
  4. Olá Daniela Não são muitos os hotéis que tem piscinas cobertas e climatizadas, e os que tem acostumam ser caros. Eu te recomendo Villa Sofia http://www.villasofiabariloche.com.ar/ que está perto do centro, mas com entorno dos chamados “quilômetros” em Bariloche. Me fala em quais e quantos dias estarás para te ajudar com esse roteiro e dicas. Não tenhas medo de alugar um carro, mas depende do que queiras fazer, pode compensar ou não. Sempre acho que ter um carro naquela região e a melhor opção. Existem muitas lojas para aluguel de roupa para ir na neve, mas primeiro, você já viu que vai precisar? Já leu algo de como se vestir no frio?
  5. Referente a aluguel do carro eu sempre alugo na mesma empresa (Austral Rent a Car www.australcarrental.com.ar/tarifas.html) por que conheço o dono, por questão de seriedade e porque tem um dos melhores preços.
  6. Que triste isso que te aconteceu Aline15. Bom que não aconteceu nada pior, mas sem dúvida isso deixa um péssimo sabor da viagem, e claro que a impressão do lugar não será a melhor para você. Realmente isso não acontece muito em Bariloche, mas sim, como toda cidade hoje em dia, coisas ruins podem acontecer. Novamente sinto muito o acontecido. Abraço!
  7. Olá Coelho, vendo que já fechastes as passagens só me resta dizer que (ao meu parecer) você fez certo, pelo menos na quantidade de dias em Bariloche, tendo em conta que você pretende fazer trilhas e tirar fotos. Até porque você não ficara somente em Bariloche e sim andar apela região. De fato, e dependendo do que você quiser fazer, podem ser até poucos dias. Investigue no site http://www.barilocheturismo.gob.ar/ das coisas que gostaria de fazer e te ajudo. Veja também de turismo em Angostura, El Bolson, e um pouco mais longe, em San Martin de los Andes Abraço
  8. E um dia voltei... Sonia, tudo e questão de gostos, mas tendo em conta que estarás com tua filha adolescente Puerto Blest com Cascada los Cantaros seria a melhor opção. Tem muito para fazer fora do passeio em barco, como a subida na cascada e uma possibilidade de voltar por uma trilha. No barco também se divertirão com as gaivotas que pagam o biscoito da tua mão “em voo”. Se for tomar um dia de aula de esqui não tem como não passar o dia no Catedral. E o maior centro de ski e nele tem de tudo para ficar, mesmo que pares de levar tombos e só queiras descansar. Se for somente a passear a Cerro Bayo podes compartir ele com um passeio na Villa la Angostua. Médio dia para cada coisa. O tempo e muuuuuito frio o inverno todo. Por último, dirigir lá e bem tranquilo. Caso nevar e você tiver medo, e só deixar o carro parado. Mas alugar um carro dependera dos passeios que queiras fazer ou não. Abraço!
  9. Olá Debora. Bariloche pelas características do lugar (sito de montanha) não acostuma ser o melhor lugar para alguém com deficiência (seja motriz, visual, etc.), mas Bariloche (e talvez por isso) foi uma das cidades que mais está investindo nisso. A traves de uma resolução (http://www.bariloche.gov.ar/upload/SECRETARIA%20DE%20TURISMO/660_Comision%20Turismo%20Accesible.pdf) foi constituída em Bariloche a Comissão de Turismo Accessível que vem trabalhando na cidade nos últimos anos para cumprir com o cometido. Está claro que ainda são poucos os prestadores de Turismo Accessível, mas se esta avançando. Aqui tem um listado de restaurantes, passeios ou lugares que cumprem com as necessidades, seja para deficiência Motriz, Visual ou Auditiva http://www.bariloche.gov.ar/upload/SECRETARIA%20DE%20TURISMO/660_Listado%20prestadores%20accesibles%202014.pdf E aqui uma de expertos em Turismo Accessível http://www.bariloche.gov.ar/upload/SECRETARIA%20DE%20TURISMO/660_Listado%20de%20Expertos%20Noviembre%202010.pdf O Catedral também oferece (como você falou) a oportunidade de esqui para pessoas com deficiência motriz. Isso pode ser uma bela experiência https://turismoadaptado.wordpress.com/2013/07/03/cerro-catedral-em-bariloche-investe-em-acessibilidade/ Não será o melhor destino em termos de acessibilidade, mas terá muitas coisas para fazer, e algumas (como esta última) que poucos centros de ski oferecem.
  10. Na Ki-mal (rua Mitre) 1USD a $12,40, e 1 Real a $ 3,55 (cambio paralelo). Valores de a dois dias atrais.
  11. De nada Ignus, e vamos sim. A línea 72 tem um serviço cada duas horas que te leva ao Aeroporto. Em San Martin tem traslado até Chapelco por $ 150 por pessoa.
  12. Que bom que ajudei Dérien. Acho melhor curtir tranquilo Angostura, seja fazendo Cerro Bayo, ou o próprio Bosque de Arrayanes que está mais perto desde lá e dá até para fazer por uma trilha, ou somente curtindo a cidade e os seus miradores. Por outro lado, acho melhor para fazer Siete Lagos de manhã e curtir com calma. Também acho muito boa a ideia de Pedrada. Eu coloquei o assunto de Pucon porque você assim o planejo, mas se quiser tem muita coisa para fazer do lado Argentino para esses 12 dias. Além do mencionado por Pedrada (região do Circuito Grande e outros entre Bariloche e San Martin), depois de ir a El Bolson poderias continuar até Esquel. Depende o que gostes de fazer em ambos lugares poderias dedicar até dois dias em cada um. Mínimo um em cada um. Referente a tempo se fechar e a comparação com Chalten, somente ficando muitos dias ou com sorte você pode ver o cume do Fitz Roy. Por estes lados somente no Catedral poderia te acontecer isso, mas é fácil de planejar com o prognostico. Tem transporte público a todos lados dos mencionados, menos a Tronador e Piedras Blancas. Circuito Chico seria recomendado fazer de carro (se não com agencia). Dependendo da data de setembro pode que Piedras Blancas já não esteja funcionando.
  13. De nada Ignus! Sim, moro a 11 anos aqui. Quando quiser podemos marcar esse chopp. Tenho um grupo no face onde poderás ver meus dados também por qualquer coisa. https://www.facebook.com/groups/barilochelagos/
  14. Olá Marcelo, terás boa neve Snowboard e os preços para essa data são $ 645 do Pase Diário e # 285 pelo equipamento completo (não inclui capacete). ________________________________________________________________________________________________ Olá Santiru. Na época que você estará o Pase Diária custa $ 645 e tanto faz alugar um ou outro equipamento; Snowboard $ 285 e Ski $ 275. Agora se for sua primeira vez o que você precisa procurar e por aulas. ________________________________________________________________________________________________ Olá technique, tem inúmeros passeios. Entra neste site para ver tudo o que podes fazer em Bariloche e te ajudo com qualquer dúvida. ________________________________________________________________________________________________ Olá Dérien. Alugar um carro e uma excelente ideia para se mover. Se for e voltar de carro a Chile será mais cômodo. Mas a ideia do cruçe andino não está mal. Não sei em qual época você ira, mas te deixo somente uma ideia do que podes fazer em 12 dias. 1º dia: Circuito Chico / Isla Victoria e Bosque de Arrayanes 2º dia: Piedras Blancas e Cerro Otto 3º dia: Cerro Catedral 4º dia: Villa La Angostura e Cerro Bayo 5º día: San Martin de los Andes por Siete Lagos 6º día: San Martin a Pucon 7º día: Pucon 8º día: Pucon – San Martin - Bariloche 9º día: Puerto Blest y Cascada los Cantaros 10º día: Cerro Tronador 11º día: El Boslon ________________________________________________________________________________________________ Olá Ignus Moreira. Com certeza terás neve, e se continua nevando com estes dias será em boa quantidade; já a qualidade da neve (pó, úmida ou dura) depende das condições climáticas do momento e da sorte como sabes.
  15. Olá Dérien pelo contrário, setembro tem um clima lindo. Frio como você falou, e ainda com possibilidades de nevadas, mas é o mês que as chuvas começam a parar. Difícil você achar alguma estrada fechada. Inclusive em pleno inverno. Abraço
  16. De nada Leonardo e desculpa a demora em responder. Referente a preços, as coisas boas são caras em todos lados. Se você compara contra Decathlon (como faz a maioria por aqui) tudo vai sair caro, mas o que não falam e que você está comparando única marca que utiliza a Decathlon (Wed’ze ou Quechua, dependendo o tipo de articulo) contra as marcas que vai a encontrar em Bariloche, que são as típicas do mercado dos centros de ski. Nada contra o que vende Decathlon, mas só deixar claro duas coisas: você aí não terá variedade de modelos, nem de marcas. Entre as marcas mencionadas (que são as mais conhecidas) entre as boas e as mais ou menos tem: Columbia TNF Montange Northland Salomon Ansilta Burton Nexxt Marmot Makalu Helly Hansen Os preços podem ser muito diferentes de uma para outra. Por exemplo Nexxt (que é a marca de segunda línea da Columbia) e bem barato comparado a Helly Hansen. Mas isto depende de cada um, do que procures e do bolso. Tem muitos albergues e a maioria com boas opiniões, mas como não sou usuário prefiro não recomendar nenhum. Aqui tem uma lista bem completa dos que tem http://www.barilocheturismo.gob.ar/busqueda/alojamientos/resultados-de-b%C3%BAsqueda?cats[0]=66 Abraço
  17. Oi Leonardo, mesmo minha praia seja o Ski, vou tentar te ajudar com Snowboard. COMPRAR EM BUENOS AIRES OU BARILOCHE? Não compres nada em Buenos Aires, porque mesmo sendo mais barato (algo que duvido) pode que compres algo totalmente errado para você, e logo que uses será tarde. Mesmo sendo mais simples enquanto a equipamento com o Esqui, o Snowboard também tem diferentes tipos de Pranchas dependendo o que você quiser fazer, entre Freeride, Freestyle, Alpinas e Freecarve, mudando com isso a dureza da tabla, o radio de giro, etc. Cada vez que comprei equipamento, antes testei. A melhor forma. Aproveita a ir lá e alugar equipamento que logo possas comprar. Então aproveita a comprar quando encontres o que gostas. COMPRAR OU ALUGAR? Seja alugando ou comprando, e importante falar a verdade de que quer fazer, e qual é teu nível, assim a pessoa que te atende poderá te ajudar melhor. Não adianta você pegar equipamento de Alta Gama hoje. Vai sofrer muito e avançar pouco. Em Bariloche vai encontrar muita oportunidade de alugar equipamento que logo poderás encontrar no mesmo modelo para comprar depois. Tem lojas que oferecem isso (testar e comprar). Sem falar que lá vai encontrar uma enorme variedade de equipamento. Algo mais que devo comentar e que, seja Esqui ou Snowboard, as pranchas a cada ano precisam de manutenção e isso tem um preço. E outro custo e o transporte. Se eu fosse você ALUGARIA para começar Mas se alguma vez decides comprar tenho opiniões diferentes para Prancha e Botas. No caso da Prancha pode até valer a pena comprar, mas pensa que não será tanto por economia e sim por querer ganhar qualidade, conforto e segurança. Já nas Botas acho uma boa ideia comprar. PRANCHA Porque não faras economia? • Porque deves pensar em pagar excesso de bagagem (além do incomodo do volume) cada vez que viajes para um centro de esqui. • Porque a cada ano deveras gastar uma graninha para afiar os cantos (laterais) e reparar a base (enceramento) dela se quiser ter um bom rendimento. • Porque a cada 5 anos (ou menos, dependendo do teu estilo) seria recomendável você trocar de prancha. Porque qualidade, conforto e segurança? • Porque não terás o problema de ter sorte ou não de te sentir cômodo na Prancha alugada (que não sabes como será). BOTAS No caso das botas e diferente porque: • São fáceis de transportar (principalmente as de Snowboard) • Podes usar mais anos até você sentir que precisa de outra coisa. • E são a peça fundamental do conjunto, porque e a que transmite as sensações e a segurança nos pês. Você vai pegar um par de dias de Temporada Alta e o resto de Temporada Media, mas fazendo um mix calcula as tarifas de aluguel diário de Prancha e Botas em $a 300 (uns R$ 85 com cambio de hoje). ALUGAR CASA / DEPARTAMENTO E muito bom e mais econômico (eu utilizo todo ano). O site AirBnb (http://www.airbnb.com.br) e bem recomendado. Com ele tem que ver como e o tipo de fechamento, e como eu não utilizo não sei. Normalmente para alugar uma propriedade nos sites que eu utilizo se acostuma pedir um deposito do 50% do valor, mas isso pode variar para cada caso. O problema para quem mora no Brasil e como fazer esse deposito, mesmo que hoje tem muitos meios para isso, mas aí, essa parte você termina pagando no câmbio oficial. Por isso seria bom sempre brigar pelo menos porcentagem possível. Talvez no AirBnb isso seja melhor (ou pior); não sei. As páginas que eu mais utilizo são: http://tratodirecto.com.ar/index.php http://www.baricasas.com.ar/ http://www.estadiabariloche.com/ http://habitarenpatagonia.com/alquileres/?p=productsList&iCategory=35 Para algo especifico como departamentos no centro também podes usar: http://www.departamentosbariloche.com http://www.barilochehabitat.com Se procuras algo de nível (mas caro) tem algumas opções aqui: http://www.apartmentsbariloche.com/-0/?id_cat=0 http://www.barilochecasagrande.com.ar/index.html http://www.patagoniarentahouse.com.ar/ Outros sites que tem propriedades, mas sempre acho complicados de usar são: http://www.interpatagonia.com/bariloche/casas.html http://www.bariprop.com.ar http://www.bienesraicesbche.com.ar/particulares/ (o que tem de bom este último e que te permite procurar as casas por lugar no mapa). ALUGAR CARRO Para alugar carros tem uma enorme variedade de locadoras. Quanto mais fujas das mais conhecidas (Hertz, Localiza, etc.) mais barato será, e todas são confiáveis. Aqui tem um listado completo das mesmas. http://www.barilocheturismo.gob.ar/servicios/rent-a-car ESTADIA Existem muitos Supermercados, mas primeiro resolva o lugar onde vocês irão ficar para saber quais são os mais próximos.
  18. De nada M Eduarda, e que bom que possa ajudar. Eu não conheço nenhum deles como “turista. Já tenho subido em moto de neve a noite no Catedral (com um amigo) que pode se comparar a “La Cueva”, e já tenho estado perto de “El Refugio Arelauquen”, assim como conheço o Cerro Lopez, mas nada disso me serve para te dizer qual seria melhor. A verdade e que “El Refugio Arelauquen” e o mais badalado pelo que tenho escutado. Esse está $2.600 por pessoa, o que no teu caso daria $ 10.400 (quase R$ 3.000). Eu não sei se vale tanto a pena. Abraço!
  19. Olá Roberta, Na cidade podes andar de jean, mas para não passar frio nas pernas usa uma meia calça grosa por baixo, talvez de fio 80. Para o resto das duvidas, leia o escrito neste Post www.mochileiros.com/post1034010.html?hi ... o#p1034010
  20. Obrigado pelas palavras e desculpa a demora em responder M. Eduarda. Como vocês estão de carro alugado poderão utilizar o mesmo para chegar a Cerro catedral, Cerro Otto, Piedras Blancas, fazer Circuito Chico (parando em Cerro Campanario), e chegar até Puerto Pañuelo para as excursões lacustres. Com isso o transporte está resolvido. Também poderás fazer por conta própria então passeios como Villa la Angostura, San Martin de los Andes por Siete Lagos, El Bolson e Cerro Tronador. Como tudo isso e alguns dias livres calcula uma média de 100 km por dia. Isso entre aluguel e gasolina dará uns R$ 2.300 Ingresso a Parques Nacionais para 3 pessoas (o de 15 não paga), Cerro Campanario, Piedras Blancas (6 descidas), Cerro Otto, e Isla Victoria e Bosque de Arrayanes vai dar uns R$ 1.550. O Refugio Noturno mais em conta e Roca Negra (Fondeu de Chocolate) a partir das 15 hs, e vai dar uns R$ 1.400 para os 4. Já um dia de Ski para os 4 com Pase Diário, equipamento e 2 horas de aulas uns R$ 1.500 A isto deves somar comidas, o que varia muito em gostos, mas podes calcular (para não errar) uns R$ 300 por dia para os 4, o que dá uns R$ 3.600. Então entre tudo e no câmbio do dólar atual da uns US$ 3.300, que em 12 dias seriam menos de US$ 70 por pessoa. Espero ter ajudado.
  21. Olá M Eduarda, US$ 100 e um cálculo certo, mas não sei se nisso pode entrar o valor de aluguel do carro. Faz uma coisa: coloca pelo menos qual é tua ideia de passeios nesses 12 dias e te ajudo com o cálculo de custos mais detalhado. Você está no meu grupo o Face?
  22. Olá Andre, os preços que eu tenho colocado se tiver somente o símbolo “$” são Pesos Argentinos. Em todos compras na hora. Para Cerro Campanário normalmente paras quando estas fazendo o passeio de Circuito Chico. Cerro Otto podes comprar no centro, o que te dá direito a utilizar o transporte incluso. Se não, podes comprar na base do Teleférico no Km 5, desde onde se sobe. Para Catedral depende muito. Se for a passeio compras ingressos para Peaton, se quiser esquiar você deve compra o Pase “Esquiador” e só me referindo ao Pase Diário, você tem duas alternativas: DIÁRIO PPTE BASE e DIÁRIO O primeiro e o Pase Principiante de dia inteiro que dá direito a utilizar os Meios de Arraste da Base (tem dois). Já o Diário faz referência ao Pase dos Esquiadores para utilizar em qualquer meio da montanha (excetuando o Cable Carril). Recomendo contratar 2 horas de aulas semi-exclusiva como mínimo. Por último o aluguel de equipamento e separado, mesmo que algumas escolas de esqui fazem um preço pela contratação de ambos serviços (aula e equipamento). Recomendo chegar cedo 9tipo 8:30 hs) para aproveitar o dia ao máximo, porque você irá demorar em se localizar e na contratação de todos os serviços. Os meios de elevação começam a funcionar as 9:00 hs. Abraço
  23. Olá Ana, Setembro e uma ótima época para passeios, e ao mesmo tempo poder colocar um pé na neve se quiser. Nada ira atrapalhar em nenhum passeio, incluindo Siete Lagos. Em Trelew não neva. Abraço
  24. Olá Koy, e claro que lembro. Que bom que estará voltando a Bariloche. E isso mesmo amigo, os ônibus são confortáveis e com excelentes serviços de abordo, mas não são tão baratos. De fato, eu procurei recém agora e o mais barato que achei para princípio de junho está em $ 1.233 Mas também não e caro se você comprar ao Brasil. Por exemplo, de Buenos Aires a Bariloche tem 1.700 km, então poderíamos tomar um serviço de Rio de Janeiro a Porto Alegre para comparar que tem uns 1.570 km. A empresa que faz esse serviço e Penha e a passagem custa R$ 275, que ao câmbio paralelo vai dar $ 960, e não te de “quase nada abordo”. Resumindo, não e barato, mas acho que é o valor. O problema e que você está aproveitando milhas para ir até Buenos Aires, então aí não tem jeito; avião será mais caro nesse último trecho. Referente ao vulcão está tudo tranquilo. Grande abraço!
  25. É claro que um par de botas sempre e melhor, mas para andar na cidade, ou mesmo em passeios que não vai interagir com neve um par de tênis vai atender o pedido. Não esqueça de um bom par de meias grosas de lã, ou sintéticas. São até mais importantes que o calçado.
×
×
  • Criar Novo...