Ir para conteúdo

fhb_fabio

Membros
  • Total de itens

    27
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre fhb_fabio

  • Data de Nascimento 21-04-1970
  1. Rapaziada, Estou indo para a Colômbia (Santa Marta - Barranquilla - Cartagena) para o ano novo, um total de 20 dias. O lance é mochileiro mais na alma do que na realidade (viagem com mulher e filha pequena corrompe qualquer iniciativa muito roots). Já estou pesquisando há bastante tempo e confesso que achei muito caros os passeios para Isla Baru (Cartagena) que dizem ser as praias que mais valem a pena na região. Sei que tem uma possibilidade de ir de carro (via Pasacaballos), mas ninguém fala com muitos detalhes sobre isso (pelo menos, eu não achei). Pelo que pesquisei, pode sair até
  2. Fala, Principe! Também vi agora essa promo da Aerolíneas... Tá valendo muito a pena, sim. Mas a LADE tem seu valor.. hehehehe... Viajei com eles há alguns anos e foi bem divertido. Abraço.
  3. Ana, Pela minha experiência, posso dizer que viajar de avião na Argentina não está barato. Já vi que vc conhece as maravilhas dos "micros" dos hermanos (comida, conforto, etc.), mas concordo com quem disse que tu vais perder muito tempo. A viagem é bem monótona e pode chegar a 24 hs de duração. LAN e Aerolíneas fazem essa linha, mas o preço só é melhorzinho para Argentinos, para quem é de fora, custa mais caro. Existe uma empresa estatal... tipo correio aéreo nacional no Brasil - que vende umas passagens também. O site é precário, a empresa é desconhecida, mas o preço vale a pena... d
  4. fhb_fabio

    Cuba

    Acontece que no atendimento online da taca e na agência de turismo eles me orientaram a entrar em contato com o consulado cubano, então resolvi confirmar Herick, Foi mal o post anterior se pareci agressivo. Na verdade, quis destacar a resposta porque essa era minha maior dúvida tb. Pra falar a verdade, me BORRAVA de medo de chegar lá e não ter o tal "visto". E essa pergunta é a que fica na cabeça de todo mundo. Também não acreditei muito quando me disseram que comprava na porta do avião... Sobre Free-Shop que o PPMV perguntou, não rola não!!! Pelo menos por enquant
  5. Daniele, Já faz um tempinho que fui para Sucre, Potosi, Uyuni, La Paz, etc. Posso até estar meio defasado em relação a custos, mas to achando 45 BOL/dia pouco. Pelos meus cálculos isso dá uns R$ 12,00. A Bolívia é o país mais barato para mochilar na América do Sul, mas ainda assim, sem grandes luxos, eu trabalharia com algo em torno de, pelo menos, 100 BOL/dia. Isso para alimentação e alojamento. Os deslocamentos, desde que feitos em ônibus, são bem baratos também (prepare-se para ver de tudo, de gente dormindo em baixo da sua poltrona, a motoristas que param em casa de amigos na beira
  6. Cara Izannes, Peço licença para meter minha humilde colher na discussão. 1 - Existem voos de Ica, de Paracas e até de Lima para Nasca (para o sobrevoo das linhas), o problema é que são muito mais caros. Não esqueça que a viagem Lima - Ica tem cerca de 320 kms e para Nasca são mais 130 kms. A equação tempo/dinheiro estará sempre presente nesse planejamento. De ônibus, não creio que se consiga viajar de Lima para Nasca em menos do que 7 ou 8 horas. Se o sobrevoo vale ou não a pena, depende do teu gosto. Eu fui a Nasca, fiquei 2 dias e não fiz o sobrevoo (achei que U$ 100,00 por pessoa
  7. fhb_fabio

    Cuba

    Lu, Fico feliz por ter ajudado. Vá sem medo, Cuba é muito mais complicado vista aqui de fora do que para quem está viajando por lá. Muitas coisas são até bem desorganizadas, mas acabam saindo. Nada de muito diferente do que a gente está acostumado a ver no Brasil, né? As pessoas são extrememente generosas e gostam de ajudar. Vi várias meninas viajando sozinhas e não soube de ninguém que teve problemas. O policiamento em Cuba está muito presente, mesmo quando vc não o nota. São policiais a paisana, câmeras de segurança, etc. Os cubanos costumam brincar que a população é de 11 milhõe
  8. fhb_fabio

    Cuba

    Olá, Lu! Sobre a viagem por Caracas não tenho sugestões porque não fiz. Esse negócio de avião velho e sem manutenção é meio lugar comum. Tirando Europa e Estados Unidos onde a legislação é mais severa, há boatos sobre isso em todos os lugares. Um bom termômetro são os acidentes e não me constam acidentes recentes com a Cubana, nem com a Conviasa. Sobre o roteiro, depende muito do seu interesse. Vc falou em praia. Se isso é seu objetivo, aumente o tempo nos Cayos e diminua no resto. Se vc quer mais história e convivência com o povo cubano, aumente o tempo em Havana. Acho que dois dias
  9. fhb_fabio

    Lima

    Amigos, Cheguei de Lima nessa semana. Já é minha quarta vez por lá e sempre tenho tido ótimas impressões da cidade e do povo. Dicas de passeios, etc. é meio complicado porque depende muito do gosto de cada um. Mas quero dar algumas dicas bem práticas. DESLOCAMENTO - NÃO ALUGUE CARRO. Apesar de ser mais barato que no Brasil e tentadora a idéia de ter um carro para passear, o trânsito é caótico com engarrafamentos a qualquer hora e em todo o lugar. O táxi é muito barato e te leva sem complicações. Tirando a ida para o aeroporto (que é longe) não pague mais do que 12, no máaaaaaaaaaaxi
  10. fhb_fabio

    Cuba

    Pois bem, Vou ver se consigo passar algumas informações mais práticas pois, na verdade, é disso que quem quer ir a Cuba sente falta. Primeiro, quero dizer que a realidade lá é muito diferente da que a gente conhece por aqui e na maioria absoluta de lugares que nós costumamos visitar. Não me agrada a idéia de agências e intermediários, mas em regra, só se tem acesso às casas particulares através deles. Isso ocorre porque não é permitido o uso de internet particular nas residências (salvo algumas exceções) e, assim, os donos das casas acabam tendo que contar com os "serviços" desses intermed
  11. fhb_fabio

    Cuba

    Rapaziada, Fiz uma viagem muito parecida com a do Petronio. Também passei 12 dias e fui às mesmas cidades, com exceção de Varadero. Fui com o meu pai porque ir a Cuba era o sonho do velho. Meu esquema talvez, por isso, tenha sido um pouco mais mochileirão e etílico.... Vou me concentrar em alguns pontos que me despertavam enormes dúvidas e que nem sempre têm explicações fartas na net. Primeiro, o "visto" não é visto. É sim uma tarjeta de migração igual às que os gringos preenchem para entrar no Brasil. Para arrecadar uma grana, o governo de Cuba cobra U$ 20,00 pelo documento. E
  12. fhb_fabio

    Cuba

    Berna, Várias seguradoras trabalham com esse tipo de seguro saúde. O glaguilar indicou uma aí no post anterior. Como vou chegar em dia útil e a tarde, estou querendo fazer lá mesmo, mas sair daqui com o seguro já feito também é boa opção.
  13. fhb_fabio

    Cuba

    Berna, As informações que eu tenho são as da TACA, mas pelo que sei, essas empresas têm estrutura bem precária no aeroporto de Porto Alegre. Imagino que a TACA venda a "tarjeta turística" em Lima porque lá a empresa está melhor estruturada e creio que o caso da COPA seja o mesmo. Por estar sediada no Panamá, todos os trâmites mais complexos corram por lá. Estive com a passagem da COPA reservada, mas acabei trocando na última hora por causa de uma promoção da TACA. Na época, me informei na COPA e era isso mesmo, me disseram que era só pedir para o pessoal de terra no Panamá que eles me enca
  14. fhb_fabio

    Cuba

    Fábio, comprando o seguro diretamente em Cuba ele sai por 80 dólares, pelo que eu li. Nesse site aqui tem várias opções de seguro, e dentre eles, irei fazer o Basic mesmo. Fica ai como dica para quem vai viajar: http://www.touroperator.com.br/portal/vtc01/ Sobre o visto, irei pela Copa e comprarei no Panamá. Brother, To achando esse seguro de 80 dólares meio caro demais. Nas pesquisas que eu fiz, encontrei um site que é indicado pela própria Embaixada de Cuba no Brasil e que fala da possibilidade de fazer o seguro na chegada à Havana por 2,50 CUCs por dia de estada. O link é ess
×
×
  • Criar Novo...