Ir para conteúdo

Priscila Ceolin

Membros
  • Total de itens

    28
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que Priscila Ceolin postou

  1. Não deixe de visitar Verona. e nessa tbm pode incluir o lago di garda numa visita rápida.
  2. Priscila Ceolin

    Milão

    ellencris Procurando pelo google earth, a loja da wind mais próxima que encontrei do centro de Milão fica neste endereço: Wind Negozio - Infostrada Camellia Srl Viale Bligny, 16, 20136 Milano, Itália Mas provavelmente no hostel ou hotel que se hospedar, vão saber te informar melhor a loja de telefonia mais próxima. Existem algumas tbm que vendem multimarcas.
  3. Priscila Ceolin

    Milão

    David_el_Mago Leve um celular desbloqueado, e compre um chip da operadora WIND. É a que tem os melhores custos benefícios, principalmente para se ligar de lá pro Brasil. Normalmente custa uns 10 euros, e já vem carregado com os 10 euros de créditos. Ou seja, o chip é grátis.
  4. Troca de namorada logo!! E concordo com a frase: mulher de mochileiro, mochileira é!
  5. Um lugar que indico na Bolívia é Sucre. Acho q uns 2 dias são suficientes, mas é um lugar lindo, uma cidade histórica em meio a um vale, totalmente branca. E a capital oficial do país. La Paz tem muitas coisas escondidas para se conhecer, e vale a pena passar mais tempo. O salar não pude ir por causa das chuvas na época (fevereiro), então aconselho verificar isso.
  6. Priscila Ceolin

    Milão

    Rodrigogalindo, Assino em baixo, Roma é muito mais interessante, apesar de Milão tbm ter coisas legais. Mas tudo depende do que busca. Roma é uma cidade mais que histórica, é o berço da antiguidade, e passou por muitos tempos históricos, e por isso, um museu a céu aberto. Milão é voltada para as lojas, tudo no lugar se trata de compras e design, lojas luxuosas, e o que as pessoas mais fazem por la, é admirar vitrines. Ainda assim, vc encontra palácios maravilhosos, uma arquitetura muito bonita, A Santa Ceia (que realmente se deve reservar com no mínimo um mês de antecedência), e ainda pode visitar os lagos que estão ali pertinho. Também da para sentir uma diferença nas pessoas das duas cidades, os romanos são mais abertos e intensos (dessa intensidade todo italiano tem um pouco, mas só participando de uma discussão com eles para entender o que quero dizer, e não é difícil de presenciar alguma), e os milaneses um pouco mais frios.
  7. Priscila Ceolin

    Milão

    Rodrigo, Na Itália acontece uma coisa estranha no mês de agosto... o país entra de férias. Muitas lojas, restaurantes e pequenos comércios fecham. Então fugiria desse mês. Em outras cidades como Firenze e Veneza, que vivem quase exclusivamente do turismo, esse problema não é tão grande.
  8. Priscila Ceolin

    Milão

    Dica de restaurante: Nessa cidade onde tudo é caro, um restaurante econômico é sempre bom. Conheço um que tem um preço muito bom durante a semana. 10 euros o menu completo com o primo (massa), secondo com contorno (prato de carne com acompanhamento), sobremesa, bebida, e o café. É até muita comida pra uma brasileira, mulheres conseguem dividir numa boa... Se chama 'Il Pomodorino' na via Emilio Morosini.. Tram 17 ou 27, parar na piazza Santa Maria Sulfragio... e seguir na rua onde tem uma feirinha. O restaurante é o primeiro a esquerda De quebra, pertinho ainda tem um outlet de livros (Corso 22 de Março).. com oooootimos preços.
  9. Fui de Colonia a Amsterdam.. tinha pesquisado a passagem com antecedência na internet, mas deixei para comprar na estação no dia da viagem.. estava mais barata do que no site, mas acho q foi sorte, algum tipo de promoção. Parece que se comprada antes de 15 dias, eles tbm fazem algum desconto. E menor de 24 anos tbm tem desconto. Amei a Alemanha, Dussedorf tem uma rua de bares muito legal, e Colonia tem cara de cidade pequena, mas moderna.
  10. le_wata Procura a companhia de trem de cada país para pesquisar horários.. Em trecho curtos como Amsterdam - Paris.. é vantagem pegar um trem.. já que os aeroportos (principalmente de low cost) ficam muito distantes das cidades.
  11. Roma: Existem muitos monumentos pela cidade, quase um museu a céu aberto, Fontana di Trevi e muitos outros, procure um mapa, da para ir a tudo caminhando, mas é cansativo, então procure fazer trajetos com paradas pra descando. O mais interessante no vaticano, é também um museu, vc pesquisou se ele abre na segunda? Se quiser fazer a visita guiada completa ao coliseu, foro romano e palatino (compreende todas as ruinas abertas a visitação), vai levar uma tarde inteira, mas vale a pena Além do centro histórico, Roma também conta com um museu de arquitetura contemporânea, mais afastado do centro, não lembro a parada do metro, pergunte ao hotel sobre o MAXXI, se não gostar de arte, vale a visita pelo edifício q é ultra diferente, e também para sair do lugar comum da maioria dos turistas. Firenze: Se em Roma vc já se sente em um museu a céu aberto, Firenze nem se fala, fora que comer bem na Toscana é obrigatório. Um lugar que gostei muito de visitar foi a Piazzale Michelangelo, no alto de um morro, uma escadaria não tão levinha de subir, mas a vista vale a pena, lá em cima tem outra cópia do famoso Davi. Pisa/Lucca: Já que vai a Pisa.. pq não aproveitar a tarde e dar uma paradinha em Lucca, uma cidadezinha medieval encantadora, ainda cercada pelas muralhas, fica entre as duas, facinho e rápido de chegar de trem. Veneza: O melhor é se perder pelas ruelas e canais, e descobrir lugares afastados do centro turístico, para se ter idéia do verdadeiro ar de Veneza. Além de Murano, existem outras ilhas que dizem ser bem interessante (nunca visitei), e ainda vale a visita ao Palazzo Ducale e Duomo (principais pontos turísticos). Sobre a duvida de Paris, Londres ou Amsterdam. É uma ajuda difícil, depende do que você procura nos lugares onde visita, Londres é incrível, cidade cosmopolita, capital do mundo, os musicais são maravilhosos, e é uma cidade bem grande, leva tempo para se conhecer tudo. Amsterdam não me atraiu tanto, se você gosta muito de museus, e principalmente de arte, sim, existem muitos por la, e otimos, mas a cidade em si não tem muito a oferecer, é confusa e suja (opinião minha), se fosse para lá, não gastaria todos esses dias em Amsterdam, mas pelo menos pararia pelo caminho, em cidade da Belgica, ou mesmo da Holanda. Fui a Amsterdam e gostei muito, existe um passeio que se faz no porto da cidade (o maior do mundo, e maior que a própria cidade), muito interessante. Já que te sobram esses dias, esta na França, e tem q ir embora por la, pq não ficar por perto e conhecer mais do país, talvez alugando um carro, ou de trem mesmo, percorrendo as cidades pequenas, a região de Champagne, ou a moderna costa oeste?
  12. Priscila Ceolin

    Pisa

    As cidades pequenas: San Gimigniano, Lucca, Sienna.
  13. Para hostels.. pode confiar nas reviews desses sites: www.hostelworld.com www.hostelbookers.com O ultimo site as vezes te da um preço melhor, além de nao cobrar taxa de reserva. Hostels que ja me hospedei: Londres: Clink 78, tem uma cozinha maravilhosa, fiquei no quarto only girls, é meio apertadinho, mas tudo limpinho e organizado. Barcelona: Kabul, hostel queridinho dos brasileiros, vai encontrar muitos por la, é um hostel festa, se quiser curtir a noite esse é o lugar, se estiver afim de dormir cedo e acordar cedo, procure outro. O café da manha é o melhor q ja vi em hostel, e o staff, nao é muito simpático. Bruxelas: 2GO4, muito bom, limpo e orgazado, parece cheio de regras a primeira vista, mas é por causa das regras que tudo esta sempre limpo, tem uma otima área comum para conhecer pessoas. Amsterdam: Cocomama, tbm tem uma cozinha maravilhosa, com macarrão a vontade para usar de graça, sempre limpo, e staff super prestativo, o unico defeito é q nao é muito central. Em Veneza, procure se hospedar na cidade vizinha, Mestre, que é mais barato, e tem transporte fácil entre uma e outra. Veneza é um lugar que se paga ate para respirar. E procure saber sobre as mares na época que for. É horrível conhecer a cidade inundada.
  14. Alguém sabe se existe um onibus ou algum meio de transporte para ir direto de Granada para o aeroporto de Sevilla?
  15. Sou de Linhares. E Regencia é um lugar mágico. Vila de surfistas e pescadores, além do projeto Tamar e da restinga preservada. As épocas de maior movimento são: Carnaval, rola o trio Fubica, é um mini trio-elétrico, nada igual a cidades de carnaval bombástico, muito divertido. Festa do Caboclo Bernardo, é normalmente no primeiro fds de junho, é quando acontece o encontro das bandas de congo de todo o estado, festa típica com musica que não se encontra em outro lugar a não ser o ES. e Reveillon, festa na praia, mas coisa pequena, não tem tumulto, mas tem forró e muita gente se divertindo. Sempre rola um forró nos feriados. E sobre a praia, só um surfista para dizer. Tem camping, quartos para aluguel no preço de 20 reais ou menos por pessoa dependendo da estação, e também pousadinhas com ar-condicionado e tudo o mais, variados locais para a necessidade de cada um. Também se pode alugar casas para temporada. A vila de Povoação, do outro lado do rio Doce, não é tão interessante para se conhecer e fazer turismo, não tem opções de pousadas e locais para a noite, mas para quem surfa, tem muita onda. O projeto Tamar tbm esta por ali. Para chegar até la, vá ate Linhares, a águia Branca faz esse percurso desde o Rio de Janeiro, Vitória, Bahia, Minas, e nem sei mais onde. E para Regencia, o onibus parte de um bar, ao lado da rodoviária, Existem 3 horários: Linhares/ Regência- 9:30; 14:30; 18:00 Regência/ Linhares- 6:30; 11:30; 16:30. http://www.linhares.es.gov.br/Turismo/Transporte.htm - site da prefeitura Não é onibus leito ou nada disso, é um onibus de roça e com gente simples, mas a viagem é curta e vale a pena. Chegando em Linhares, é só perguntar ao guiche da águia branca o local desse ônibus, a cidade é pequena, e a vila mais ainda, não tem erro.
  16. A easyjet não tem limite de peso para a bagagem de mão, apenas dimensões, e a caixinha q te obrigam a colocar dentro, parece maior na pratica. Já a Ryanair, a companhia q costuma ser a mais barata, além de limite de dimensões, tem limite de peso, 10KG. Não são todos os aeroportos que pesam, mas melhor não correr o risco de deixar algo pra trás e estar dentro do limite. Tenho um aparelhinho de pesagem de mala, ele é pequeno e custou aprox. 7 euros na Italia, pra quem vai fazer muitas viagens com esse tipo de companhia, compensa.
  17. Sei que o topico é velho. Mas para quem tem interesse. Acabei de alugar um carro na Itália na Hertz, para viajar para o Leste Europeu, e descobri q os unicos dois países do leste europeu que a seguradora permite que o carro ande são: Slovenia e Croacia. Queria ir a Hungria e Slovaquia, mas depois de ouvir várias estórias de roubos em que o seguro não cobria e a pessoa tinha que arcar com tudo, desisti. Uma dica: Toda autostrada na Itália, se paga pedágio, o que encarece qualquer viagem.
  18. Estou estudando na Europa por 1 ano, e usei minha carteirinha da STB muitas vezes para conseguir os tradicionais descontos de estudante. E ela é mais bem aceita na maioria dos paises, do que a minha carteirinha italiana (da universidade onde eu estudo). Alguns lugares não vai ter solução, pq o desconto é só para estudante europeu, como em Versailles, França. Presta atenção também que a maioria dos museus tem um dia e horário gratuito, mas pra conseguir isso, vc vai enfrentar filas enormes, e nem sempre coincide com o dia e horário que vc esta na cidade.
×
×
  • Criar Novo...