Ir para conteúdo

mariramalho

Membros
  • Total de itens

    11
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre mariramalho

  • Data de Nascimento 03-02-1985

Bio

  • Ocupação
    Analista de sistemas
  1. dia 9 - oaxaca no meu dia extra "forçado" na cidade, me programei para fazer uma aula de culinária, mas dormi demais depois de algumas cervezas e muita salsa na noite anterior dediquei o dia então a conhecer os museus rufino tamayo (muito bom) e casa de la ciudad (interessante, mas não imperdível). tentei ir ao museu têxtil, mas na hora que cheguei eles estavam fechados para a siesta. decidi então subir até o mirador da cidade, cuja vista não compensa as centenas de degraus que você precisa subir. terminei minha tarde vendo um festival de música no zócalo e peguei o ônibus para san cri
  2. dia 6 - oaxaca cheguei de manhã bem cedo e peguei um táxi (que foi bem barato) para o hostal pochon. hostel pequeno, bem limpo e com um clima bacana. vi depois alguns mais próximos ao zócalo, mas estavam cheios de australianos barulhentos de 18 anos (nada contra australianos, tudo contra pessoas barulhentas). nesse dia perdi duas preciosas horas tentando desbloquear o meu cartão de débito, que meu adorado (#not) banco santander bloqueou por um motivo até hoje desconhecido por mim. depois perdi mais um bom tempo tentando descarregar o cartão de memória da câmera, e só então fui pesquisar
  3. dia 3 - cidade do méxico nesse dia estava bem frio e eu e priscila decidimos ir pra xochimilco. olha, é longe. pegamos o metrô (tome baldeação), trem e depois andamos por cerca de 15 min para chegar aos "embarcaderos". levamos em torno de 1h30 do zócalo até lá. é mais legal ir a xochimilco com uma galera ou se juntar a um grupo que esteja alugando uma "trajinera". por dois motivos: é mais barato e com mais gente vai ser mais divertido os jardins flutuantes de xochimilco são um típico programa de domingo na cidade do méxico, então estava bem cheio. passam vários barquinhos com mariachis e
  4. pessoal, depois de muito aproveitar as dicas aqui do fórum, finalmente vou escrever um relato e espero me redimir um pouco esse roteiro começou a ser desenhado com a idéia de conhecer do panamá até o méxico (eu teria 5 semanas de férias), mas depois da ajudinha de murphy encurtei e inverti o percurso, decidindo descer da cidade do méxico até a cidade da guatemala. essa foi minha primeira viagem desacompanhada e, ao contrário do que li em alguns lugares, a américa central é um lugar tranquilo para mochileiras - lógico que tomei as mesmas precauções que tomo no brasil. no geral, as p
  5. oi, rossany. conheço algumas pessoas que viajaram com o WHS. você não fará nenhuma entrevista "formal" no aeroporto, mas com certeza o agente de imigração fará algumas perguntas. é bom ir preparada ao menos para dizer que precisa de um tradutor (que muito provavelmente falará espanhol.) abraços, mariana
  6. se você puder viajar um pouco antes, a Lan está com uma promoção que vale para partidas até outubro: 900 dólares para Auckland, saindo de SP. abs.
×
×
  • Criar Novo...