Ir para conteúdo

borboletamá

Membros
  • Total de itens

    57
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que borboletamá postou

  1. Dúvida! Uma amiga quer ir a Itararé de ônibus... mas informaram para ela que sem carro não há meios de chegar às atrações. Isso procede? Como estão as coisas lá?? Bj!
  2. Não só Itararé mas tbmas cidades vizinhas, Jaguariaíva e Sengés, já no PR, tbm têm paisagens lindas, cachoeiras e rios. Em Itararé a coisa é mais organizada, mas Jaguariaíva conta um um belíssimo parque estadual, o Parque Estadual do Cerrado.
  3. E a estrada está muito boa altuamente, para aqueles que vão de carro. Aproveitem, a paisagem pra quem vai de Sampa para Castro é DELUMBRANTE, são os campos rupestres do Paraná. Mas corram, o lugar está virando uma g-i-g-a-n-t-e-s-c-a floresta de pinus financiada pela indústria papeleia...
  4. Olha só galera, tomara que role mesmo. Abraços!! ____________________________________________________________________ RECUPERAÇÃO DE VAGÕES DO TREM TURÍSTICO PODE INICIAR EM DEZEMBRO O projeto da Trem Turístico de Santos - São Paulo, elaborado para levar o público a um passeio de trem pela Serra do Mar, poderá começar a sair do papel a partir de dezembro. A afirmativa é do diretor de Infra-Estrutura do Ministério do Turismo, Esdras do Nascimento, que esteve na Cidade para finalizar o processo de convênio com a Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF) e a Prefeitura. O Trem Turístico tem a intenção resgatar a história dos imigrantes que foram levados para as fazendas de café do interior de São Paulo, e representa um importante componente do processo de revitalização do Centro Histórico. A nova atração tem a intenção resgatar a história dos imigrantes que foram levados para as fazendas de cafés e representa um importante componente do processo de revitalização do Centro Histórico de Santos. Dividido em três fases, o projeto começará pela recuperação de três vagões e um carro-restaurante, provavelmente a partir de dezembro, etapa orçada em R$ 400 mil, cujo valor já está na conta da ABPF. Avaliada em cerca de R$ 200 mil está a segunda etapa, que consiste na construção da estação para turistas. Localizada ao lado direito da linha ferroviária (junto à Estação do Valongo), contará com espaços para embarque/desembarque, cafeteria, bilheteria, setor administrativo e dois sanitários. A última fase será a da recuperação da malha viária de 1km a partir da Estação do Valongo. Segundo Nascimento, trata-se de uma parte em estudos e com o orçamento mais alto: R$ 700 mil. Segundo o representante do Ministério do Turismo, ainda não há previsão para a entrega das obras, embora a intenção do governo federal seja transformar o turismo no principal gerador de divisas para o País. A idéia da Prefeitura de Santos é que o novo atrativo funcione aos sábados e domingos, com saídas da Estação da Luz, em São Paulo, e chegada à Estação do Valongo, em Santos, com aproximadamente duas horas de viagem. Com acompanhamento de uma guia de turismo, o roteiro será feito pela Serra do Mar, permitindo aos passageiros apreciar belas paisagens, como a Estação de Paranapiacaba e as construções inglesas de 1860. Solicitação de fotos ou mais informações para a Imprensa com a jornalista Amélia Fernandez Gonzalez Mtb. 12.512 / M.S. 6.731 / Tel (13) 3219-5310 / 3201-5060 / E-mail: [email protected] / Site: www.santos.sp.gov.br
  5. Poooooxa Sandman que D+!!!! Vou copiar e salvar essa lista. Adoro viagens de trem! Nossa como pude esquecer Campinas? Já fui taaantas vezes!! Ahhh tem o Bondinho Histórico de Santos. Vc pega na antiga estação Santos, da Santos - Jundiaí. Custa só R$ 0,50. Mais uma vez DEMAIS sua listagem! Abração! Marina.
  6. Infelizmente não. [] Nem esse, nem o trem de prata para Rio. lamentável. Ainda há passeios de trem em: Curitiba (para Paranaguá), Campos do Jordão, Taubaté, Diamantina (para Tiradentes), Belô - Vitória (esse não é turístico, é de carreira mesmo), e a promessa do trem do Pantanal. Será que esqueci algum? Abraço!
  7. Que massa Thaine, quando ficar pronta põe na net prá gente ver! Que bom que vc aproveitou a viagem! Tbm adoro músicas que falam do Pantanal! []'s a todos!! Marina.
  8. Cebola, Corcovado de Ubatuba, Trilha do Ouro, Cantareira... []
  9. Concordo com o couto, a PeTerê é F***!! É linda, linda, linda. Quase mágica.
  10. Oi Thaine, a cabeceira, pelo que vi nos mapas, não tá dentro do Pantanal, assim como a nascente do Miranda, mas depois ele "entra" no Pantanal. Confuso né? [] Abraço, Marina.
  11. Pô Thi, de nada! Que bom que ajudou! Qualquer coisa tamos "as ordis" hehehe! Abraço! Marina. PS: Thaine, Bela Vista é no MT né? Se for, acredito eu que é Pantanal Norte, mas tbm não tenho certeza.
  12. UEBA! Não se preocupe que eu adoro falar sobre o Pantanal. Vamos lá: - Além da pesca e da observação noturna, os outros passeios "clássicos" do Pantanal são os safaris fotográficos, durante o dia para ver animais, a observação de aves, algumas trilhas, passeio de barco pelos rios, e a magnífica, divina, fantástica CAVALGADA! Segundo o guia Lonly Planet uma das 10 coisa que se tem que fazer na vida é cavalgar no Pantanal. Eu assino em baixo! É de longe o passeio que mais gosto! - Épocas do ano: A cheia vai de Dezembro a Março, Abril, aí começa a vazante e vem a seca, de Junho a Novembro. Na cheia há muitas aves, e a clássica visão do Pantanal alagado, os campos cheios, tudo verdinho e muito mosquito. Na seca se avista mais mamíferos, mas fica tudo esturricado, marrom e desértico. Meu mês favorito lá é Maio, mês em que o Pantanal vaza, passando da cheia prá seca. Dá prá ver MUITAS aves, mamíferos tbm, e o céu é LINDO LINDO LINDO, os mais belos pores de sol pantaneiros. - Existem na verdade 11 pantanais Thiago, cada um variando com a posição geográfica, tipo de solo e rio que o corta. Às vezes um pantanal forma baía, outras salinas, mas a grosso modo o Pantanal Norte é mais "amazônico", com animais e plantas da floresta e Sul mais próximo ao Cerrado do centro oeste. - De Campo Grande são 5 horas para Bonito, de Miranda 3 horas, da Estrada Parque de 5 a 7 horas. Miranda - Corumbá aprox 5 a 6h. Corumbá - Bolíva, um pulo! [] - O melhor é ficar em fazenda, já que as cidades do MS tem pouco a oferecer, tirando, talvez Corumbá. O grande charme da região é a zona rural mesmo. Campo Grande é apenas a base para a chegada e está longe do Pantanal, e sinceramete, não tem muita coisa. - Bom aí entra o jogo duro do Pantanal. 90% das terras pantaneiras são privadas, então a galera cobra o que acha que deve. Os hotéis com pensão completa e passeio estão à partir de R$ 120,00. Isso inclui café, almoço, janta e todos os passeios. Realmente não é barato, mas tá tudo incluso, eu recomendo no mínimo 3 noites. Mas se anda assim for muito caro há a opção de se fazer "Day Use". Vc pode ficar em Miranda por exemplo e por R$ 70,00 a R$ 90,00 faz passeios em fazendas como a Caiman e a San Francisco, com guia e almoço incluso. Hotel na cidade tem à partir de R$30,00 e eles te informam e vendem os passeios. - Vale a pena fazer os passeios via agência, pq lá no Pantanal o turismo é até bem organizado, então a agência tem facilidade de reservar datas e te transportar. Em Bonito, só com agências. Agora quanto ao carro, eu acho uma boa, não é impressindível, mas ajuda muito. Depende do que vc quer fazer, mas galera atenção: para se atingir algumas fazendas é necessário "transfer", esse serviço sai em média R$ 600,00 a R$ 800,00 (de Campo Grande). Para a Caiman dá pra ir de Moto Taxi R$ 20,00 ou taxi R$ 50,00, a partir de Miranda. Acho que pra San Francisco tbm. Em alguns lugares só de barco ou avião. - Sugestão, se puder ir de carro fazer Campo Grande - Miranda - Estada Parque - Corumbá. Só a passagem pea Estrada Parque, que corta o Pantanal, vale a ida! Mas atenção, tem que ser na seca, pois ela é de terra e areia. E ah, em Junho vc se depara com as lendárias comitivas de gado. É MARAVILHOSO! Bom Thiagão acho que é "só" isso, mas não se acanhe e mande ver nas suas dúvidas. Galera se alguma informação estiver equivocada me corrige, mas estive lá esse ano então preços e condições devem estar a mesma coisa. Abraços Pantaneiros! Marina.
  13. É verdade Thiago, felizes os tempos em que o gado reinava! Agente era feliz e não sabia. Mas me fala, o que vc quer saber o Pantanal? Eu morei lá, (no Pantanal Sul), um tempo e talvez possa ajudar. Quanto tempo vc quer passar, até onde quer ir, quanto pretende gastar e talz. Abração, Marina.
  14. Hahahaha! Putz Thiago, só falta né? Tudo no centro oeste virou soja, soja, soja. Vai ver vai ter uma promoção: 50% de desconto se vc levar com vc 5kg de soja! *rs* [] Abraço! Marina.
  15. Demais Naja! Agora galera, pq diabos o ônibus prá Campo Grande é tão frio??? É a viagem mais fria do Brasil! Da vez mais recente que fiz essa trip tive que sacar meu saco de dormir para + 10 graus! Mas conta mais aí! []'s!
  16. Alex, eu de novo. Acabo de receber notícias de um amigo que mora no Pantanal. Tá chovendo muito e a Transpantaneira tá uma piaba! Então sugiro fortemente que quando vc for ligue prá uma das fazendas, ou mesmo para o Passo do Lontra, e veja direitinho as condições. Vale a pena ir pela estrada, mas atolar é a maior roubada né? Tomara que até lá esteja seco, algumas das cenas mais lindas do Pantanal eu vi nessa estrada. Abração, Marina.
  17. Imagina Alex abuso nenhum! Olha só, olhando no mapa vc vê um risco vermelho que é a BR-262, do lado, mais "prá cima", tem um risquinho marrom ou cinza, mais fininho, que passa por Morro do Azeite e faz um "bico", no caminho tem o Passo do Lontra, e depois Porto da Manga. Se vc tá olhando essa, é ela mesmo. O número eu não tô conseguindo lembrar, mas deve ser MS - 184 mesmo. Vc tem acesso à ela por um lugar chamado buraco das piranhas, que fica depis de Miranda, á direita. Tem uma placa imensa. Só de Estrada Parque são 117 km, mas de Miranda até o buraco deve dar mais umas 2h, um pouco mais ou menos dependo do tempo, caminhões etc... Pela Br-262 eu não sei. Mas se chover demais vá pela BR, que tá bem esburacadinha tbm. Tudo depende de como vai ser a cheia desse ano, se chover pouco e em Fevereiro parar dá pra ir pela E Parque sem medo. Ano passado por exemplo foi beleza, já esse ano choveu até maio(!!!). Em Porto da Manga tem uma balsa que funciona das 6h às 18h. Ah uma correção, a Estrada Parque é do fim do Século XIX. Qualquer dúvida é só perguntar! Grande abraço, Marina.
  18. Ah Alex imagina é um prazer ajudar! Olha a Natura Tour ((67) 255-1544 -Rua 29 de maio, 903 - Centro [email protected] www.naturatour.com.br) é fantástica, é de um amigo meu, o Edinho. Ele tá lá há milênios em Bonito e é um cara super honesto. Pode te vender os passeios que vc quiser sem ficar empurrando micos. O Rio da Prata é um passeio de meio período, vc chega, faz a trilha, faz a divina maravilhosa flutuação e se quiser pode almoçar lá. Recomendo, a comida é muito boa, bem pantaneira. Lá tbm tem passeio a cavalo e tal. Mas como tem os tralados para a Fazenda, ele acaba, às vezes, te tomando o dia todo. A Estrada Parque é a rota alternativa que liga Miranda a Corumbá, ela é de barro e areia, e não enche na cheia. Foi aberta no século passado pelo Marechal Rondon e é famosa pelo número de pontes - mais de 100. Só te digo que a condição dela piora na cheia, mas meu amigo, o asfalto que faz o mesmo trajeto tbm tá sofrível... Quanto a Dourados, é só mais uma cidade grande. O grande atrativo do MS é a zona rural mesmo, as fazendas Pantaneiras e os passeios de Bonito, as cidades são só base para as incursões mais a fundo. Bom fica a vontade prá perguntar que prá mim é um prazer falar desse Pantanalzão! Abraços!! Marina.
  19. Oi Alex! Quanto ao tempo em Bonito dependendo dos passeios que vc queira fazer e de quanto possa gastar vale ficar de 2 a 3 noites. Flutuação no Rio da Prata é IMPERDÍVEL, aí ainda tem o buraco das araras, o passeio de bote pelo formoso, as cachoeiras e se puder o Abismo Anhumas (+ ou -R$ 400,00). Bem "bonito" mesmo. Fora a noite bem gostosa no Taboa. A cidade é muito acolhedora. Campo Grande não tem muitos atrativos, é só base mesmo, assim como Aquidauana, mas Aquidauana é uma típica cidade pantaneira e base para alguns lugares no Pantanal. Já que vc vai a Corumbá, sugiro, se estiver de carro que vá pela Estrada Parque. Não sei que carro vc tem, e em Fevereiro pode chover muuuuito. (Esse ano a cheia foi pesadíssima, mas LINDA). Mas é um caminho que corta o Pantanal e te dá opção de fazer Day Use, ou mesmo se hospedar, em várias fazendas. Te digo que é um dos pedaços mais bonitos do Pantanal Sul. Corumbá não conheço (snifff), mas dizem que é bem bonita tbm, está a beira do Rio Paraguai. Tem passeios de barco, culinária típica... e querendo dá prá dar uma esticadinha até a Bolívia. É isso, espero ter ajudado e qualquer coisa tô "as ordis". []'s
  20. Oi Vini! Pelo o que eu estive lendo e ouvi no MS, a malha ferroviária está em processo de recuperação. O Governador prometeu entregar a obra para breve, pois há uma grande pressão de Corumbá, Aquidauana e cidades pröximas para a volta do trem, que alavancaria o turismo na região, já que outros acessos por terra são sofríveis. Da minha parte mal posso esperar, pois o trem atravessa a planície pantaneira, que é de tirar o fôlego! Foi esse trem que inspirou a música Trem do Pantanal do Almir Sater. []'s!
  21. Galera, havia uma imensa vontade e movimentação para reativar o trem do Pantanal, que liga Campo Grande a Cuiabá, a promessa era pra Julho de 2004, mas não sei se tá rolando. []'s
×
×
  • Criar Novo...