Ir para conteúdo

Talles Santana

Membros
  • Total de itens

    37
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. Pessoal, acabei de chegar em Bogotá! Vou amanhã cedo para Cartagena. Atualizando cotações... No aeroporto de Guarulhos (Zona de embarque - Banco Safra) a cotação estava de 1 real para cada 643 pesos colombianos e o dólar tava de R$ 3,80. Aqui no aeroporto de Bogotá a melhor cotação que encontrei foi de 1 real para cada 650 pesos (casa de cambio em frente as esteiras das bagagens) e 1 dólar = 2860 pesos. Como tá muito ruim o câmbio com o real, decidi sacar no caixa eletrônico diretamente em pesos colombianos. Nessa modalidade com IOF e tarifa de saque inclusos ficou 1 real para cada 759 pesos
  2. Koy, vou de BA para Mendoza e as passagens estão caríssimas (entre ARS 450 e 860). O agravante é que trata-se de uma viagem que deve durar 14 horas... não dá nem para pensar em viajar numa poltrona que não me permita descansar, ou seja, custo alto e também dobrado!!! De Mendoza irei para Santiago, aí vou prezar pelo menor preço, já que a viagem é mais curta (me parece que nesse caso o importante é sentar nas primeiras poltronas do primeiro andar do ônibus, pois tem de ser um bom local para tirar fotos e dizem que a vista é espetacular! Tô procurando alternativas mais viáveis e, caso encontre
  3. Galera, vou para BA em agosto e de lá pretendo ir para Mendoza.... tava pesquisando os ônibus no site plataforma10.com e existe uma variedade muito grande de empresas que fazem o percurso. Gostei de 3 companhias (CATA, Andesmar e Turismo SENDAS). Alguém sabe me responder, no quesito conforto, qual a melhor dessas 3, ou sugerir uma outra? Pensei em contratar o serviço Cama (o melhor), haja vista tratar-se de uma viagem bem cansativa, que dura cerca de 12 horas. Os preços também estão altíssimos (acima de 750 pesos),se alguém tiver dicas para conseguir desconto, agradecerei! Valeu
  4. Aletucs, Voltei ontem para o Brasil e já estou com saudades do Peru!!! Cara, em Cusco tem várias casas de câmbio lado a lado, não deixem de pesquisar porque tem diferenças entre elas... a melhor cotação que consegui lá foi de 1 dólar= 2,75 soles; em Arequipa consegui 2,79 soles para cada dólar, em Puno 2,76 soles por dólar e em Lima 2,72 soles por dólar! Qualquer coisa é só perguntar! abraço
  5. Isso! A relação está 1 soles = 0,80 centavos de real. Outra dica... Nos Atm's do Scotia Bank consegue sacar até 1.000 soles e não há tarifa deles, somente a do Banco no Brasil, enquanto nos Atm's do Banco La Nación o máximo é de 400 soles. abraço
  6. Babjow, No momento me limitei a sacar dinheiro nos caixas do Banco de La Nación (400 soles por vez) e no BCP (700 soles). O primeiro não tem taxa de saque, o segundo tem. Em ambos casos, o BB te cobrará uma taxa de R$ 12,00 pelo saque, então é melhor sacar o máximo possível... Me parece que os caixas da rede Globalnet possuem um limite maior (vou verificar e posto aqui). Não esqueça que seu limite de saque diário nos caixas automáticos estão correlacionados com o seu limite de saque no Brasil (ou seja, se seu limite no Brasil for de R$ 1.000,00, vc não conseguirá sacar mais que o equivalen
  7. Lico, Da próxima vez tente efetuar o saque no idioma "Inglês" do ATM, talvez os problemas quanto aos saques deixem de existir. No endereço http://www.blogvambora.com.br/vivendo-e-aprendendo-como-sacar-dinheiro-no-exterior/ o pessoal explica o passo-a-passo direitinho para realizar o saque nas máquinas. "OUTRA COISA IMPORTANTE SOBRE SAQUES, independente de ser no crédito ou conta corrente, você precisa ter saldo no cartão. Se não tiver saldo, mesmo tendo dinheiro na conta, não vai conseguir sacar". Será que de fato é assim mesmo? Eu vi algumas pessoas sugerindo que se levasse s
  8. LIco estes R$12,00 costumam ser do saque da conta corrente. No seu cartao de credito cobraram apenas R$12,00 de taxa, nao teve mais nenhum acrescimo alem do iof de 0,38% ? A cotacao foi boa? Alexandre, Se sacar do cartão de crédito pagará, além da taxa de saque, os juros rotativos do cartão que são altíssimos. Não compensa. A cotação costuma ser um pouco melhor do que comprar a moeda no Brasil. Por exemplo: Paguei meu hotel hj em Águas Calientes no débito e a cotação foi de U$ 1= R$2,25. Comprei dia 22/06 dólar a R$2,42 aí no Brasil. Só para vc yet uma ideia da diferença. Abraç
  9. Cara, nunca tive problemas quanto a isso. Algumas vezes meus saques transitaram pelo cartão de crédito mas automaticamente o banco ajustou para débito na conta. É só fazer o processo direito que não dá problema. Acontece que a galera erra muito ao realizar os saques e ficam culpando o cartão múltiplo, etc. Da uma lida aqui que mostra o procedimento para realizar o saque http://blogvambora.com.br/ Qualquer dúvida é só falar. Abraço
  10. Daniel, tem de ser solicitado na agência. Essa documentação que estão solicitando é para atualização do seu cadastro no Banco. Se tiver amizade com o gerente, ele solicitará para vc pelo telefone mesmo. Abraço
  11. Gustavo, o BB cobra uma taxa de R$ 12, 00 por saque. Qual a solução? Sacar o máximo possível de uma só vez para evitar essa taxa. Mesmo com essa tarifa ainda compensa. Os Atm's no exterior costumam cobrar uma tarifa também por saque. O Banco Lá Nacion não conta taxa alguma. A rede de atm's Globalnet cobra uma taxa de 12, 5 soles por saque. Claro que evito sacar nele! Qualquer coisa é só perguntar. Abraço
  12. Detalhe:verifiquem com o seu banco a possibilidade de conseguir sacar nos caixas eletrônicos daqui para não ficarem na mão. O procedimento do BB já expliquei mais acima. Abraço
  13. Ninguém disse que trazer real é melhor Gustavo, foi dito que é melhor sacar diretamente da conta aqui no Peru do que comprar dólar super caro aí no Brasil e depois perder mais ainda aqui qdo for converter. Não aconselho trazer real, mas se sacar diretamente em soles, a cotação está muito boa. Trazer real para cá é furada. Abraço
  14. Lico, caiu o mito. Meu primeiro dia no Peru e já consegui efetuar saques com o meu cartão do Banco do Brasil. Tanto no Banco La Nacion quanto Globalnet. E o melhor, a cotação foi excelente (1.23 soles para cada real). Aqui tão cambiando 1 dólar por 2.5 soles, ou seja, para mim foi muito mais vantajoso sacar diretamente do que cambiar com dólar. O problema então não é dos cartões do BB; há a necessidade de um comando especial para o Peru, como postei anteriormente, que deve ser solicitado pelo gerente, além da ativação da função no exterior. Espero que isso possa ajudar muita gente. Grande abra
  15. Prividal, Dá uma lida nos posts mais antigos que isso já foi respondido.
×
×
  • Criar Novo...