Ir para conteúdo

AndréRota

Membros
  • Total de itens

    11
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. Samuel, faço coro com você: A Mora é DEFINITIVAMENTE a faca do mochileiro, do aventureiro, do pescador, do mateiro, do policial... barata, leve e excelente!
  2. Samuel, muito legal sua dica!! vou experimentar cera de carnaúba. Só não concordo com uma coisa: A conservação não é feita com vaselina ou cera de carnaúba. Ela é feita com o que você tiver disponível no momento que precisar, vale WD40, vaselina, cera de carnaúba, e até azeite de oliva se for o único óleo disponível, o importante é o resultado, proteger a faca quando ela precisar de proteção.
  3. André, você deve pensar da seguinte forma: A Mora tem fio Scandi, o que permite entalhar madeira com facilidade, inclusive entalhar curvas com muita facilidade, a Mora Classic devivo à empunhadura ovalada permite entalhar madeira por muito tempo sem fadiga. è uma faca para Camp Whittling e Bushcraft. Já as outras facas que você citou são facas de sobrêvivência, e a Bear Grylls pelo que li é uma Pseudo faca de sobrevivência. As Mora são facas de sobrevivência também, pois são robustas o suficiente para cortar madeira e rachar lenha numa boa.Sem falar que são especialmente competentes na hora de construir ferramentas em madeira úteis no acampamento,como tremp pra fogueira, garfos, colheres, estacas de barraca, etc... As mora são ótimas para cozinha.A Classic tem um vão entre a guarda e a lâmina que permite a entrada de sujeira, então evito usara com comida. Mas as de cabo plástico são muito higiênicas, principalmente as inox.
  4. Cabral, eu gosto da "pega" das minhas Mora, porém não uso muito molhadas, nem uso como skiner, somente com madeira, então não tenho problemas com aderência.
  5. Minhas guerreiras. Mora Classic 2 e Mora Classic Original 2/0. https://picasaweb.google.com/lh/photo/tva2JGSYL1tM5JpBRAXMxQ?feat=directlink https://picasaweb.google.com/lh/photo/sqCCP1OV0y6EZk4FpXwVHQ?feat=directlink
  6. Cara Frida,acredito que destilando a água do mar é possível obter não só o sal que você deseja, como também água potável, num só processo. Faça uma fogueira, ferva a água. Espete quatro varas no chão ao redor da fogueira para em cima delas esticar uma camiseta,logo acima do recipiente,mantendo uma distância segura das chamas.Uma fogueira pequena ajuda a evitar queimar a camiseta Espere a camiseta ficar molhada com o vapor e torça para obter água doce. Esperando a água evaporar completamente, deve restar apenas sal na panela. Valeu.Grande abraço.
  7. Pois é cabraljr, também não entendo porque não há produtos assim sendo vendidos no Brasil. Ambos, a faca e a pederneira são produtos simples e baratos, encontrados facilmente lá fora, mas para conseguir aqui foi uma novela.
  8. Conforme combinado, posto aqui o teste que fiz utilizando a Mora Classic 2 como raspador para pederneira. A pederneira utilizada foi uma Firesteel.com modelo Bunker, e a faca teve parte do dorso e de uma das faces limados para formar um ângulo de noventa graus bem agressivo. O resultado foi muito bom, ela raspa melhor que o raspador Super Striker que vem junto com a pederneira. Produz uma verdadeira chuva de fagulhas incandescentes. Aprovados!!! Tremenda dupla para acender o fogo! Grande abraço a todos.
  9. Pederneira boa é essa aqui: Grande abraço a todos.
  10. Quanto à preservação com vaselina, ela só é necessária quando a faca for permanecer guardada por muito tempo. O mais importante é guardar a faca completamente limpa e SECA.O que provoca a oxidação é a umidade e o contato com ácidos.O ácido presente nas nossas mãos pode ser mais nocivo para a lâmina do que qualquer madeira cortada no mato. O problema são os alimentos ácidos, deixar a faca sobre a tábua por muito tempo suja de laranja ou cebolas ou guardar úmida por exemplo é que danifica a faca, o contato breve com essas substâncias ajuda a formar pátina que protege a lâmina, desde que a faca seja sempre muito bem lavada após o uso e NUNCA seja guardada molhada. Vale lembrar que a oxidação é uma característica e não um defeito do aço carbono, e a formação de pátina é um processo natural, protege a lâmina e vai ocorrer tranquilamente em algumas semanas ou meses se a faca for utilizada somente para cortar madeira ou couro por exemplo,e for guardada sempre muito limpa e seca após cortar alimentos, não sendo necessário acelerar a pátina com vinagre, o que pode desbotar as gravações na lâmina.Vi isso acontecer com meu canivete Opinel. Para evitar problemas com ferrugem na espiga, na junção com a guarda no modelo Classic( existem pequenos furos e um vão na guarda que permitem a entrada de sujeira e umidade) aconselho secar sempre que possível essa região com secador de cabelos. Os modelos com empunhadura plástica não tem esse problema. Quanto à capacidade de corte, a Classic de aço carbono mantém o fio por muito mais tempo. E isso é só o esperado, afinal ela tem 59HRC, enquanto a inox Sandvik tem 57HRC. Tive o prazer de testar as duas em condições extremas, cortando madeiras de demolição, serradas há mais de 100 anos e nó de pinho, Madeiras muito duras, e tenho a seguinte opinião: Os amigos podem debater científicamente as características de cada aço, mas o que importa em uma faca é a PERFORMANCE. E o que determina isso é o tratamento térmico que a lâmina recebe. O mesmo aço pode ter dureza e granulação diferentes dependendo do tratamento térmico que recebeu, portanto maior ou menor capacidade de corte e manutenção do fio e diferentes graus de flexibilidade, resiliência, etc. Deixando a teoria de lado (os teóricos que me desculpem), a Mora de aço carbono, na PRÁTICA, é muito melhor que a de aço inox Sandvik, mantém o corte por mais tempo, ganha fio com mais facilidade e enfrenta melhor couro e madeiras mais duras. Abraço a todos.
  11. "CUIDADO! corta como navalha, literalmente." Repito essa frase sempre que entrego minha Mora nas mãos de alguém. Para quem se pergunta o que uma faquinha tão simples e barata, com aparência de faca de cozinha tem de tão especial, aqui vai a opinião de quem está usando duas delas há algum tempo. Por dois motivos: 1) Porque corta MUITO! Facas Mora fazem com excelência aquilo que se espera de uma faca: Cortar! 2) Porque respeitam seu bolso, custam pouco(menos do que uma Tramontina, como alguém já citou aqui neste tópico)e oferecem muito por ele. Posso enumerar outros motivos, como leveza, conforto de empunhadura, simplicidade, versatilidade,serve para tudo, das tarefas mais pesadas como rachar lenha, até tarefas de precisão, como entalhar madeira, ou cortar couro ( é especialmente competente para entalhar madeira), facilidade de afiação,ótima retenção de fio,ser recomendada por alguns dos mais conhecidos instrutores de Bushcraft, como Cody Lundin ,Mors Kochanski e Ray Mears. Mas os motivos principais são os dois primeiros. Tenho uma Classic original Mora of Sweden, aço carbono. É minha companheira para todos os momentos outdoor. Minha esposa tem uma Clipper, aço inox Sandivik, muito cortante, boa retenção de fio, ótima faca de cozinha e aceita também trabalho pesado. Uma coisa interessante, não só das Mora, mas de todas as facas escandinavas é o tipo de fio, chamado Scandi Grind, essa é a grande sacada. O fio Scandi consiste de apenas um fio principal, ocupando mais ou menos um terço da largura da lâmina e se estendendo até o Gume, sem fio secundário. Isso torna ela fácil de afiar usando qualquer ferramenta de afiação plana, como uma pedra, tocando todo o fio ao mesmo tempo na pedra, da linha de cintura até o gume. assim o desgaste na lâmina vai ocorrer uniforme, sem mudar o ângulo do fio scandi até o fim da vida útil da faca, por mais gasta que ela esteja. Na faca da minha esposa, de aço inox, eu usei muito a chaira, o que acabou provocando um desgaste grande na lâmina (ela é macia, 57 HRC), criando um indesejável fio secundário e mudando o ângulo de corte, fazendo com que ela perdesse o fio de navalha, que só retornou depois que acertei o fio Scandi na pedra. Gostei tanto delas, que aposentei minha Cold Steel SRK e pedi para um amigo trazer mais uma dos EUA, modelo Classic Original, de aço laminado, e algumas pederneiras de boa qualidade, da marca Firesteel.com. Quando chegarem vou testar elas com com as pederneiras para ver se geram bastante faísca e outro dia posto minha opinião. Grande abraço a todos.
×
×
  • Criar Novo...