Ir para conteúdo

bonini

Membros
  • Total de itens

    3
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. Olá Dani. A aclimatação é um fator extremamente importante para habituar seu corpo à altitude e cada um reage de uma maneira, independente da condição física (é claro que, quanto melhor seu condicionamento, melhor será sua performance cardio vascular). Antes de realizar esse trekking, é recomendado que já esteja em uma altitude na casa dos 3000 m por uns dias, somado a algum trekking de aclimatação antes do trekking de Ausangate. Vou dar meu exemplo... Fiz esse trekking em 2015 com minha esposa mas antes inclui Cusco, Valle Sagrado e Machu Picchu no itinerário, que acabaram servindo como aclimatação. Foi a primeira experiência da minha esposa com altitude. Ela sentiu no terceiro e quarto dia de trekking, talvez pelo soma de outros fatores também como desgaste fisíco, o que a fez usar um cavalo de emergência em alguns trechos que chegamos a mais de 5000m para poupar ela e evitar que se desgastasse muito. Em outras experiências que ela teve em altitude após Ausangate (por exemplo, Atacama), pude constatar que ela é uma pessoa bem sensível à altitude. Segue o itinerário e as altitudes aproximadas: Dia 01 - Chegada em Cusco (noite: 3400m) Dia 02 - City tour em Cusco (dia: 3800m, noite: 3400m) Dia 03 - Valle Sagrado (dia e noite a 2900m aprox.) Dia 04 - Trekking de aclimatação na região de Urubamba (dia: 4200m, noite: 2900m) Dia 05: Machu Picchu e retorno a Cusco (dia:2500, noite: 3400m) Dia 06 ao dia 11: Trekking Ausangate (acampamentos na casa dos 4400m a 4600m, atingindo 2 pasos de 4800m, 1 paso de 5100m e outro de 5000m) Dia 12: Retorno Caso tenha alguma dúvida e se quiser mais detalhes do trekking, estou à disposição! Ah, se quiser indicação, segue o contato do guia, que é um excelente profissional e pessoa. Caso entre em contato com ele, diga que fui eu (Gabriel Bonini) quem passou o contato. Ele é nativo da região e conhece tudo por lá, tendo várias opções de itinerários e níveis de dificuldade. Importante é que tem certificação UIAGM (Union Internationale des Associations de Guides de Montagnes). Muito experiente e atencioso. Tivemos uma ótima experiência com a equipe dele (cozinheiro e arieros). ADRIÁN CCAHUANA. Adventure Mountain Guide. Mountaineering & Expeditions. Cel. +51- 84 - 993 491259 / 953 553034 Oficina. 276498 [email protected]
  2. Olá Luiz. Recentemente adquiri 2 Garnet, uma para minha esposa e outra para mim. Por enquanto estou bem satisfeito. Vamos ver a durabilidade com o uso. Sobre a impermeabilidade, não posso opinar ainda pois não peguei chuva ou terreno molhado. O importador aqui no Brasil está prometendo trazer os modelos atuais da La Sportiva no segundo semestre de 2015. Mas imagino que o preço virá bem mais alto que os 600,00 praticados pela Garnet. Pelo preço e comparando o que tem disponível nessa faixa, acho a Garnet uma ótima opção. Ah, tinha uma Salomon Quest 4D GTX.
  3. Olá Luiz. Recentemente adquiri 2 Garnet, para minha esposa e para mim. Por enquanto estou bem satisfeito. Vamos ver a durabilidade com o uso. Sobre a impermeabilidade, não posso opinar ainda pois não peguei chuva ou terreno molhado. O importador aqui no Brasil está prometendo trazer os modelos atuais da La Sportiva no segundo semestre de 2015. Mas imagino que o preço virá bem mais alto que os 600,00 praticados pela Garnet. Pelo preço e comparando o que tem disponível nesse preço, acho a Garnet uma ótima opção. Ah, tinha uma Salomon Quest 4D GTX.
×
×
  • Criar Novo...