Ir para conteúdo

rsfreitas

Membros
  • Total de itens

    16
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre rsfreitas

  • Data de Nascimento 16-06-1983

Bio

  • Ocupação
    Publicitário

Outras informações

  1. Valeu! Sensacional! 3 semanas vai dar pra se divertir bem! Nao acho que voce conhece tudo em 3 semanas, mas acho que vai cobrir bem. No sul tem muias praias incriveis, e minha viagem mal teve as trilhas nas montanhas, que sao um espetaculo a parte... entao, vai com tudo, e depois deixa as fotos pra gente ver! abs!
  2. Achei um novo paraíso no mundo: Córsega ou Corse como eles dizem, ou ainda, Corsica em inglês. A viagem passou por St Florent, Loto, Saleccia, Ille Rousse, Calvi, Giralata, Porto, Sant'Antonino, e todas as fotos :'> , mapas, GPS tracks e links com mais informacoes estao no meu blog:http://www.tripsetracks.com/2012/07/corsega-st-florent-loto-saleccia-ille.html Paraíso de praias, com águas azuis, transparentes, maravilhosas. Mas também de montanhas rochosas estonteantes, se esticando da costa até as alturas, cortadas por tortuosas estradas que te levam ao mesmo tempo a belezas ind
  3. Valeu Andre! Eh a regiao eh bem bonita mesmo. Espero voltar la esse ano! Abs!!
  4. Me mudei para Londres, e agora minhas trilhas passaram a ser pela regiao! Tambem ficarei sem acentuacao nos posts! A estreia for na regiao Lake District, no norte da Inglaterra. Lugar maravilhoso, com lagos em meio as cadeias de montanhas, formados pela água de degelo, e muitas ovelhas. Quando vim para cá nao sabia como os ingleses amam caminhar! Existem montes de revistas e sites especializados, e as pessoas realmente gostam e fazem muitas e muitas walks. Diferente do Brasil, tambem gostam de ir com mapas em papel e bussola, um conhecimento de navegacao que pouco se ve em nosso pais.
  5. Minha segunda trilha em UK foi pras Highlands of Scotland, um lugar que ja tinha ouvido falar e lido a respeito, e era algo tao improvavel em minhas viagens, que nunca imaginei que em tao breve estaria la. A fama eh merecida! Que lugar maravilhoso! Se vier a Europa e estiver pensando em fazer umas trilhas, considere seriamente as Highlands! Pra chegar lá voei para Glasgow e peguei um ônibus para Glencoe. A região tem muitos, mas muitos lugares pra ir, entao essa é somente uma das tantas opções. Escolhi esse lugar pois ouvi falar bem e vi que poderia fazer trilhas sem precisar me locomove
  6. Obrigado Rafael! Dizem por lá que só os brasileiros gostam de ir até a Proa.. não sei porque.. mas vale a pena. Abs!!
  7. Oi Fábio, Para baixar você precisa se cadastrar no Everytrail.com Aí tem o link: "Export This Trip Please login to download KML and GPX files" Vai lá: http://www.everytrail.com/view_trip.php?trip_id=914493 Abs e boa viagem! Depois poste seu relato e fotos por aqui.. Freitas
  8. Fala pessoal, acabei de voltar do Monte Roraima, e estou postando um relato bem completinho. Para ler o relato com as imagens, videos e GPS Track, entre no blog: http://www.tripsetracks.com/2010/12/monte-roraima.html Eis que para fechar o ano fiz a mais longa caminhada que me aventurei até hoje! Uma viagem que vinha namorando há 6 anos, e por ser longe de SP, relativamente cara, e que precisa de bastante tempo pra ser realizada, veio sendo adiada até 2010. Fui com mais 2 amigos e 1 amiga para a empreitada, que aconteceu entre os dias 5 e 12 de dezembro, época que começa a ser aconselha
  9. Caros, Acabei de retornar do Monte Roraima, e antes de ir li bastaaaante sobre as discussões das vantagens ou não dos bastões. Fui convencido por um estudo médico que encontrei na internet (http://www.theuiaa.org/upload_area/files/1/UIAA_MedCom_Consensual_Vol11_Bastes_de_Caminhada_2008_V1-2_PT.pdf) e comprei um par da Quechua Forclaz 500 light. Meu veredicto: fantástico. Faz uma tremenda diferença nas subidas e descidas. Na reta não vejo utilidade no uso do par. Apenas um resolve, ou mesmo ando sem, mas para subir e descer, não tem nem o que falar. Quem disse que não muda nada, prova
  10. Fui para Delfinópolis no dia 5 de setembro, e apesar de estar tudo normal para fazer as trilhas, realmente havia um foco de incêndio próximo às cachoeiras do Paraíso. O Brasil está em chamas!
  11. Fiz esta viagem já faz algum tempo, em outubro de 2008, mas acabei não postando aqui. O Pico dos Marins é o mais alto que fica inteiramente dentro do Estado de São Paulo. Ele perde para o Pico da Mina, por exemplo, que fica entre SP e Minas Gerais. O Pico tem 2420 metros de altura, e fica no município de Piquete. O acesso até o início da trilha é fácil e pode ser feito por qualquer carro. Para chegar de São Paulo até o Pico dos Marins: Dutra - Saída 51 BR 459 - Passar por Piquete e logo depois (menos de 1km) pegar a estrada José Rodrigues Ferreira à direita, para chegar à Vila do Marins.
  12. Olá pessoal! Muita gente já ficou sabendo que o Parque Nacional de Itatiaia reabriu a Travessia da Serra Negra, certo? Resolvi aproveitar esse retorno para fazer a trilha! Parti com mais 4 amigos rumo à trip no dia 19/11, quinta-feira, véspera do feriado da Consciência Negra, de São Paulo. O percurso SP - Itanhandú, com viação Cometa. - R$39,58 Pernoite em Itanhandú no Hotel Terra Sul - R$30,00 com café da manhã. Ônibus para Itamonte - R$2,50 Taxi para a Pousada Alsene (Uno com 5 + o motorista) - R$50,00 Trilha Pernoite na propriedade do Sr. Anísio - R$70,00 com jantar e café
  13. Fui para a Serra da Canastra no final de Junho, logo que tirei minhas férias. Já havia ido uma vez a Delfinópolis, que fica próximo ao Parque Nacional e tem centenas de cachoeiras, mas não tinha conhecido o parque. Desta vez fui a São Roque de Minas, para conhecer a parte alta do Parque Nacional da Serra da Canastra, onde se encontra a famosa cachoeira Casca D'Anta. Acampei no Camping da Picareta, do Sr. Francisco Chagas, o Seu Chico Chagas, um senhor extremamente simpático, que adora convidar seus hóspedes para tomar um gole de água benta (cachaça com Sassafraia) e comer um queijo Canast
  14. Galera! O esquema é ir sem saber como chegar do outro lado! Imprimam o relato da Amelie e levem no bolso pra ter uma base.. mas o negócio é comprar a passagem de ida pra Sao Luis, a de volta de Fortaleza e se virar pra chegar lá na hora certa! No caminho você vai descobrindo quanto tempo tem pra ficar em cada lugar. Passei por Sao Luis, Barreirinhas e fiquei 2 dias em Caburé (vale MUITO a pena!!! é o lugar mais maravilhoso possível!!) fiquei acampado dentro de uma daquelas cabanas de pescador que ficam no meio da faixa de areia, onde a maré sobe! Tivemos sorte, pois um dia a agua invadiu TO
×
×
  • Criar Novo...