Ir para conteúdo

BrunoStein

Membros
  • Total de itens

    7
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. Virei a noite lendo tudo aqui. Ajudou bastante, mas ainda ficou uma dúvida. Eu moro em Brasília, mas todas as certidões são do interior de São Paulo. Em qual tabelionato eu vou reconhecer a firma das certidões? Pode/Tem que ser em Brasília? Pode ser nas cidades onde emitiram as certidões? Valeu! []s BRuno
  2. Valeu pessoal! Eu tava querendo saber mais dessa relação tamanho, peso e graus... Como será? Eu quero um pequeno, leve e para uns -10, -15 de frio. Imagino que vai custar caro, mas vai valer a pena. Alguém conhece os modelos? []s BRuno
  3. Quanto mede o saco de vocês guardado? O meu é um Doite Couple para -1 grau e fica em uns 25 x 35 cm. To achando muito grande! Pesa 2 kg. Vocês conhecem algum menor em volume e que aqueça mais?
  4. Em 2002, quando eu fui, gastei cerca de 600 dólares por mês (fiquei 3 meses e meio), com direito a transporte, hospedagem e comida em restaurante (tudo bem simples). Não conta nesse valor a Costa Rica, porque eu fiquei 5 meses em San José trabalhando e já conhecia bem, então de lá fui direto para a Nicarágua. Não estive no Panamá, mas na Costa Rica e México (Am. Norte) as coisas eram bem mais caras. Na época, o dobro do Brasil. Nicarágua, Honduras e Guatemala eram bem baratos. []s BRuno
  5. Não me lembro do nome das empresas de ônibus. A maioria provavelmente nem site tem. O que eu fazia era chegar em um lugar era ir perguntando como chegar a outro, com antecipação e confirmar. Muitas vezes não tem rodoviária. Muitas vezes para chegar no lugar que eu queria tinha que trocar várias vezes de ônibus e esperar. Para outros lugares tinha que chegar até um certo local de ônibus ou van para depois chegar de carona. É bom perguntar para onde o ônibus/van/camionete/carro vai e não se ele vai para tal lugar, se não eles te enganam e te levam pra outro lugar. Não aconteceu comigo, mas aconteceu com outras pessoas que eu conheci. Também tem algumas cidades/lugares que já têm tudo mais organizado. Depende do que você quer ver/fazer. No Lago Atitlán na Guatemala, a gente pode chegar na cidade de Panahachel e depois ir em barcos pequenos para as cidades que ficam ao redor do lago. Dos países que eu visitei, o que eu mais gostei foi a Guatemala, pelo povo, pelas ruínas maias e por lugares de natureza muito lindos! Principalmente Semuc Champey, próximo a cidade de Lanquín (onde tem uma pousada muito boa pra ficar do lado de um rio!) e Laguna Lachuá, além é claro, do conhecido Lago Atitlán. Não cheguei a ir, mas dizem que Rio Dulce também é muito bonito. IMPORTANTE na América Central: Cuidado com o troco! Inúmeras vezes me devolveram o troco errado, pagando qualquer coisa. Cheguei a ficar puto, pois isso acontecia muito!!! Mas não houve maiores problemas. Eu dizia que estava errado e eles me davam o que deviam na mesma hora. Só que fica aquele clima ruim dos caras sempre querendo fazer a gente de bobo. Acontece de os motoristas de transportes quererem cobrar "preço de estrangeiro" (mais caro), mas isso não existe. Basta falar que você vai pagar o que todos estão pagando que eles aceitam. Eu contei umas coisas pra ter atenção quando for para a América Central. Depois posso contar de coisas legais para fazer! Qualquer coisa deixa mensagem. Tenho prazer em ajudar! Gosto de lembrar dessa viagem, pois foi a primeira que eu fiz sozinho. Conheci, aprendi muitas coisas e principalmente, essa viagem confirmou e solidificou meu espírito viajante. []s BRuno
  6. Em 2002 saí da Costa Rica e fui para Nicarágua, Honduras, Guatemala e México por terra, fazendo a maior parte do caminho de ônibus. Tenho dicas de lugares legais nesses países! É possível, mas não é seguro atravessar por terra a fronteira da Colômbia com o Panamá (Darién), devido a bandidos e guerrilhas. Ouvi dizer que é melhor ir de barco, passando por Cartagena de Indias (Colômbia). []s BRuno
×
×
  • Criar Novo...