Ir para conteúdo

Nix1982

Membros
  • Total de itens

    18
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Que legal esse tópico, não tinha visto antes! Sorrent colocou no post o que eu tenho sentido ao ler blogs (não os relatos aqui do mochileiros) antes de me preparar para algumas de minhas viagens. A maioria dos posts parecem o "Top 10 things to do in XXX" do TripAdvisor... com a diferença que eu sei que o TripAdvisor tem um claro fundo comercial e muitos locais (principalmente na Ásia) fazem muitas resenhas falsas. Acho que a abundância desse tipo de blog, se deve (além do $$), em parte a: 1. Facilidade na construção de posts desse gênero, afinal basta listar informações, que podem inclusive ter sido meramente copiadas de buscas no google; 2. Dificuldade na construção de posts mais densos, que se propõem a trazer a perspectiva do viajante, suas impressões, anseios, medos, surpresas, perrengues... esse tipo de post/relato vai além de uma mera listagem de lugares. Exige mais profundidade, maturidade, conhecimentos de viagem (que um único mochilão de 30 dias não vai trazer). Também não entendo esse posicionamento como arrogância: a título de exemplo, pensemos em um pedreiro, um cozinheiro, um médico. Essas pessoas não se tornarão experts em seus campos depois de terem construído um casa, feito uma refeição e/ou tratado um paciente, apesar de o eventual relato de suas experiências serem válidos. Viajar é algo muito pessoal e a opinião que você tem sobre certas cidades/atrações/comidas se modifica, adapta, com cada experiência que você vive... Uma cidade/atração/comida que na sua primeira viagem você achou fantástica, pode não ser tão fantástica assim depois de algum tempo... E novamente não falo isso em termos de arrogância... simplesmente no sentido de que vamos mudando, envelhecendo, priorizando mais ou menos certos tipos de experiência... e claro, quanto mais você conhece, mais parâmetros de comparação você tem! E assim, cada um é cada um! Eu acho muitos lugares populares da Tailândia bem ruins, mas tem gente que vai amar esses mesmos lugares. Vai muito do que você gosta, do tempo e da atmosfera do lugar, de quem você conhece, se está sozinha, se está acompanhado... gostar ou não, valer a pena ou não é uma conjunção de fatores que terá sempre um resultado diferente para cada um... e isso se torna mais verdade com cada viagem que você faz. No mais, acho que esses blogs tem todos uma razão de existir e facilitam muito a busca por informações... mas também podem induzir a muitos erros. Vivemos hoje com um excesso de informações e temos que separar o que entendemos ser bom ou ruim em uma determinada ocasião da nossa vida...
  2. Você vai fazer a imigração normalmente, como se estivesse entrando no país, por isso precisa do visto... Podes inclusive sair do aeroporto e tentar aproveitar a cidade em que fará conexão caso tenhas horas suficientes para isso. Se o policial da imigração perguntar, diga apenas que está viajando para a europa e fazendo um stopover.
  3. Olá! Parabéns pelo relato! Você se lembra de quanto gastou ao todo nesses 30 dias? Sofreu algum assédio por parte dos indianos? Achas seguro mulher viajar sozinha?
  4. Olá! Que carro você alugou? Qual agência? Cobraram a mais por você usar o carro em outros países? Foi tranquilo cruzar as fronteiras? Obrigada!
  5. Olá! Foi tranquilo obter o visto via terrestre? É o mesmo valor do tirado no aeroporto (U$ 25)?
  6. Olá! Se vocês fizerem o passeio tradicional na 4x4 vão ficar mais sentados do que andando toda hora por lá... Talvez o ideal seja ir num grupo que não queira muita emoção ou em que a idade esteja mais próxima. Lembro de ter visto várias pessoas de mais idade fazendo o passeio. Mas talvez mais do que a idade você deva se preocupar com as condições de saúde da tua avó (por exemplo, ela tem problemas de pressão?), pois a altitude lá é elevada.... e não se esqueça também que em alguns momentos você não terá as condições mais perfeitas de higiene em virtude da estrutura do local em que vai passar a noite.
  7. Pelo que me recordo, não tem nada no Sawgrass Mills que você não possa encontrar nos outlets de Orlando. Além do mais, o outlet não fica na cidade e sim nas proximidades de Miami... você teria que alugar um carro e meio que perderia o dia. Eu achei os outlets de Orlando mais baratos e fáceis de ir, pois você pode combinar a ida aos parques (durante o dia) com a ida aos outlets (noite)... e em Orlando, você nem precisa alugar carro. Transporte público e os bondinhos dão conta do recado. E Opinião é opinião né... mas eu tiraria o Epcot.
  8. Muito bom o seu relato! Podes dar uma olhada na planilha que vc anexou? Acho que n deve ser a correta!
  9. Ótimo relato e também gostaria de saber a época do ano em que você foi...
×
×
  • Criar Novo...