Ir para conteúdo

Ciça-RJ

Colaboradores
  • Total de itens

    69
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre Ciça-RJ

Outras informações

  • Lugares que já visitei
    capitais do Brasil (exceto as do Norte), chapadas Diamantina/Veadeiros/Guimarães; Pantanal; Lençois Maranhenses, Jalapão, Bonito, Ibitipoca, Pananal, Serra do Cipó, Caparaó, Caraça, Sana, Região dos Lagos/RJ, Fernando de Noronha... Califórnia, Chile, Peru, Bolivia, Argentina, Venezuela; Portugal; Espanha; Inglaterra; França; Alemanha. Panamá, Nicaragua, Costa Rica..
  • Próximo Destino
    Vale do Pati (30/11 a 06/12/14)
  1. Olá, pessoal! Tou começando a pensar uma viagem pro México nos próximos meses. Trocas são bem-vindas!
  2. Cavalcante - Goiás - Perguntas e Respostas

    Olá, Denner! Eu acho até que de moto é melhor. Tive uma experiência dessas pelas trilhas do de boa parte do Jalapão. Na verdade, deslocávamos até onde dava de pick-up 4x2. Onde não dava pra seguir de carro, seguíamos na moto que levávamos na caçamba! ;o) Mais fácil atolar com o carro do que com a moto, não? Abs., Ciça
  3. Cavalcante - Goiás - Perguntas e Respostas

    Pessoal, ando enrolaaaaada pra postar um relato detalhado! Mas, aqui vão alguns toques mais atualizados. Estive em Cavalcante fim do mês de novembro. A região tem muito potencial. Mas, é duro se não houver um carro e, de acordo com a época, de preferência, um 4x4. Os atrativos são distantes uns dos outros e as estradas, com chuva, estão bem ruins. Nós alugamos um Corsa Sedan em Brasília e já no primeiro dia atolamos na subida de volta do Complexo de Cachoeiras Macaquinhos. Haviam máquinas dando um trato na serrinha, mas muitos trechos íngremes estavam ruins e como desabou um temporal assim que voltamos ao carro.... foi meio complicado. Do mesmo jeito, foi delicada a travessia dos vários rios pelos quais passamos até chegar ao povoado Kalunga. A melhor coisa, se o tempo não tá firme, é deixar o carro no povoado e seguir a pé pras cachus. Nós, sob a "orientação" da guia, seguimos a estrada até mais próximo de onde inicia a trilha pra Santa Bárbara e, lá pegamos outro temporal. Na volta, os riachos que atravessáramos estavam muito mais cheios e, ainda sob "orientação" da guia, arriscamos passar de carro. Conclusão: o carro passou, mas o motor pifou em seguida e ficamos na mão! Melhor, no pé. Um dia a menos de passeio, à espera do carro reserva. Optamos por uma hospedagem rural, a http://reservarenascer.wordpress.com/ Simples, mas diferenciada na alimentação saudável e gostosa, e na hospitalidade dos seus propietários. Sem contar que o melhor dia da viagem foi ali mesmo, sem pegar o carro...rs. A Ponte de Pedra me surpreendou pela beleza. Muito mais do que um "monumento natural". Todo o cenário à volta, que não cabe em foto alguma, faz do lugar um spot realmente especial. E a cachoeira Renascer, que também fica na área da reserva da pousada, é de fácil acesso e compensa muito pelo visual e pelo "refrescante" banho. O centro de Cavalcante não tem o astral de São Jorge, é bem menos turística. Mas, ainda assim, alguns lugares como o Espaço Arte Mestre Ninfa, onde servem pizza à lenha, tem ambiente diferenciado. Nos indicaram também o Restaurante da Rosa, pra uma comidinha caseira e em conta. Uma cachaçaria artesanal, propriedade de um casal de chilenos, também é opção! Até mais, bons ventos! Ciça
  4. Oi, Daliana. Obrigada pelos esclarecimentos. Agora, tou tentando ver se consigo alguma passagem aérea mais em conta, o que tá difícil. Quanto a pechinchar com os locais, isso é comigo mesma!
  5. Daliana! Seu relato me empolgou. Parabéns pela solicitude. Destaquei trechos pra imprimir e vou ler com calma depois. No entanto, surgiu uma questão emergente, quanto a vistos. Pretendo fazer Costa Rica, Panamá e, talvez, Nicaragua, com um amigo canadense, em janeiro/2012. O visto de entrada na Nicaragua é tirado no próprio aeoroporto ou perdi essa informação na minha "leitura dinâmica"? Sei que, pra turismo de 30 dias, não precisarei de vistos pros outros países. Obrigada e bons ventos pra ti!
  6. Mochilar e bailarrrr! QUe venha o peru (de novo)... e o ecuador!
  7. David! Essa foto pretensamente séria intelectualóide nem convence! "Cadê" o som da tua risada que quando ecoa contagia??? Ah! E não é "limpeza de tijela com língua", mas degustação da "rapa" com lambidas!
  8. eeeeeeeeeeuuuuuuuuuu? mentira, muita coisa ficou de fora: - pós operatório de 16 de dezembro. - futuro marido em riacho grande, vc sabe pra quem... hehehehe - quem levou quem pro quarto, ou melhor, carregou pro quarto, no primeiro dia. - quem tomou mordida do cachorro da ana. - quem teve que atravessar o sítio pra pegar roupas de baixo esquecidas no quarto alheio. - quem tava com a cueca na mão. afora outras tantas mais.... hehehehehehehehehehehehe é, primária, a ciça com suas habilidades línguais gerou orgasmos grupais! ahahahah! se foi assim, valeu o exercício! só não sei bem porque ainda estou rouca e com a cintura dolorida... a mordida do Piper foi a sequela que primeiro parou de doer!
  9. FOTOS do primeiro encontro de inverno 2011 Fotos

    Nubia! Sou tua fãããããaã! Besito procê!
  10. Bate papo - Arraiá 2011

    Aê, galera! Marcando presença em mais um tópico (quantos são afinal?) sobre o encontro inesquecível! Pra lembrar: Ciça não bebe, mas bagunnnçaaaaaaaaa! eheheh *Marcelo, que eu levei pra naná, desfalcou que equipe mesmo, hein? Beijabraços.
  11. E eu achando que ia ter o maior trabalho pra alcançar a vibe de voces quando cheguei na sexta a noite... pfffff... bando de "queima-largada" kkkkkk E aí, pé-de-valsa?! Vamu botar pra quebrar onde agora???
  12. Carol, sempre docinha...rs No fim da primeira noite, Marcelo tocava lindamente bêbado o seu violão, enquanto euzinha - que nem cantora de chuveiro sou - esganiçava que nem uma garça o repertório que estava à mão. E o pior: com som amplificado! Depois, fui de braço dado com o Marcelo cambaleante até a porta do quarto dele, porque me sentia na dívida!... Duvido que cê lembre disso, Marcelo!
  13. Valeu, Andrezinhoo!!!!! E obrigada pela info do copo. Como a Nat, eu tbm não sabia...rs Adorei te conhecer! Beijos!
  14. Valeu, galera! Adorei estar com vocês! O relato está inspirador, Ogum! Maira: me leva onde você for? Besitos a todos! Ciça
×