Ir para conteúdo

liliansp32

Membros
  • Total de itens

    16
  • Registro em

  • Última visita

Sobre liliansp32

  • Data de Nascimento 14-04-1979

Conquistas de liliansp32

Novo Membro

Novo Membro (1/14)

0

Reputação

  1. Aqui vão algumas dicas sobre Cusco que podem auxiliar na sua viagem: O clima muda rápido da chuva para o sol, do calor para o vento frio. Tenha sempre uma blusa. O sol queima mesmo, use protetor solar. A altitude - aproximadamente 3.400 m - pode causar o mal de altura, cujos sintomas variam de acordo com o organismo. Tome o chá de coca ou masque as folhas. Muitos estabelecimentos como restaurantes e agências de turismo não aceitam cartão de crédito, leve dinheiro. Há restaurantes com todos os tipos de gastronomia e preços espalhados pela cidade. Há opções para vegetarianos. É possível conhecer a cidade à pé mas, se você cansar, os táxis são muito baratos, uma corrida entre o aeroporto e o centro fica em R$ 4,00. Há um bilhete turístico que inclui a entrada em todos os museus e algumas atrações da cidade. Se decidir tirar fotos com as lhamas ou as mulheres em trajes típicos espalhados pela cidade, dê uma contribuição. A Inka Cola, bebida do Peru, é um refrigerante de abacaxi interessante, não deixe de experimentar. A cerveja Cusqueña é muito boa, mas cuidado com os efeitos do álcool, mais danosos na altitude. Há lojas que vendem prata a preços turísticos e há um "mercado negro". Você provavelmente será abordado quando estiver olhando as lojas. Para os clientes do Banco do Brasil: há um limite de 50 soles poe saque e sobre cada saque é cobrada uma taxa de R$ 12,00. http://dolceviaggiare.blogspot.com.br/
  2. Achei uma passagem através do site skyscanner que remete ai site de uma tal de airtickets24hrs, bem mais barata do que a da cia aérea. Alguém sabe se é confiável?
  3. Bom, está acontecendo comigo agora. Li e reli vários relatos sobre Bogotá e fechei una viagem Bogotá/Cartagena. Mesmo todos os relatos tendo falado bem de Bogotá, eu detestei! Passei mal por causa da altura e olha que já estive em locais muito mais altos, fora que parece demais com São Paulo, que eu já não gosto e tolero o ano todo! Minha fica é: nenhuma pesquisa traduz a experiência pessoal no lugar, que pode estar alem ou aquém, por isso é bom ter um plano B ou versatilidade pra mudar a viagem! Ainda bem que agora já estou em Cartagena e estou amando! Outra dica: lugares são como pessoas, alguns nos damos bem, outros nao!
  4. Obrigada pelas dicas, Adriano! Vou seguir seus conselhos!
  5. Pessoal, vou fazer um mochilão na Europa. Vai ser junho/julho. Preciso de ideias sobre meu roteiro e deslocamento entre eles...help! Paris – 5 dias Munique – 3 dias Praga – 5 dias Varsóvia – 3 dias Budapeste – 3 dias Zagreb – 5 dias Viena – 5 dias Os voos de ida e volta seriam SP - Paris / Viena - SP
  6. Peguei o avião de El Calafate para Ushuaia. O valor dos voos sairia o mesmo com ou sem esse voo no meio. Quando estava pousando em Uhuaia, um frio na barriga, dava para ver as montanhas nevadas ao lado do avião, um errinho e...mas deu tudo certo! Chegando lá descobri que a única forma de ir do aeroporto até a cidade era de taxi, paguei 50 pesos e ele me deixou na porta do Hostel Antartica que, por sinal, adorei e recomendo! A temperatura na cidade é em torno de 6 graus durante o dia. Mas leve muita roupa de frio e tudo que tiver direito: luva, cachecol, meias, tênis impermeável, etc...pois nos passeios é bem gelado! Assim que cheguei à cidade, me informei sobre o que tinha pra fazer. Descobri um barco que sairia às 14:00 para a navegação no canal Beagle com avistamento de leões marinhos, e essa foi uma das razões por que fui lá... Chegando no pier, conheci uns brasileiros que fariam o mesmo passeio, mas iam em outro barco. Na verdade, as agências fazem mais ou menos tudo igual. Vale a pena fechar tudo lá. Paguei por volta de R$ 150,00. Foi show! É lindo e muito diferente! No meio do canal o barco para numa pequena ilha, também é lindo! Voltei pro hostel à noite e descobri que todos aqueles brasileiros que encontrei no pier estavam lá também...rsrs, foi bem legal! Comemos macarrão e tomamos um vinho no hostel mesmo. No dia seguinte fui às Pinguineras, lindo demais. Deve ter saído uns R$ 300,00, mas valeu totalmente a pena! Para ir ao Parque há um ônibus que faz ida e volta. É bonito, mas dá pra entender porque as pessoas vão pra lá no verão, que já deve ser frio. Fui em outubro e estava bem frio! O transporte deve ter saído em torno de 100,00. À noite fomos ao único pub da cidade: Dublin, muito legal! No dia seguinte, meu último dia, fomos todos juntos ao Glaciar Martial e depois à tarde ao Parque Nacional. O Glaciar é lindo, mas realmente frio. Começou a nevar e não aguentamos ficar muito tempo. Para subir ao glaciar, o único jeito é de taxi, uns 60 pesos ida + 60 volta. Lá tem uma taxa de entrada e a subida é de teleférico. Lindo! O parque é interessante, mas El Chalten dá de mil a zero. Então eu dispensaria. Outra opção de passeio por lá é um feito em 4x4 o dia todo e dizem que é bem legal, mas bem mais caro (era uns 800 pesos, se não me engano, com almoço). Enfim, uns três dias é o suficiente para conhecer Ushuaia. A comida é cara, mesmo no supermercado, uma pizza pronta sai em torno de uns 30 pesos. Dá pra achar umas boas garrafas de vinho pelo mesmo preço! Sair para comer e gastar menos do que uns R$ 40,00 (uma pessoa) é difícil. As roupas também são caras. Enfim, fazer compras é furada, embora essa seja uma das propagandas de lá, mas as paisagens são fantásticas e, afinal, é por isso que a gente viaja! Pessoal, no blog tem várias fotos: http://dolceviaggiare.blogspot.com.br/2013/12/ushuaia-e-natureza-selvagem.html
  7. Bonito é lindo! "Bonito" não faz jus à beleza do lugar! Devia chamar Lindo!!! É um daqueles lugares que precisam ser vistos, de uma beleza ímpar! Para chegar a Bonito, você deve ir a Campo Grande - MS e de lá pegar um transfer de aproximadamente quatro horas de viagem. O Bonito Hi Hostel reserva as vans e sai por 80,00 por pessoa. Eu, particularmente sempre acho que vale a pena contratar esse tipo de serviço, é uma segurança pela qual vale a pena pagar! Fiquei no Bonito Hi Hostel, o único hostel da cidade, e gostei bastante. Estavam em reforma, mas não tive qualquer problema, o atendimento foi bom. Uma pena é que eu dei uma "sorte": estava muito frio. Era feriado de Corpus Christi e eu nem levei roupa para aquele frio todo. Ainda bem que em Bonito a temperatura da água é sempre a mesma e a beleza do lugar compensa tudo! Lá tem muita coisa para ver! Um feriado é pouco! Dá pra ficar mais tempo e, se estiver com tempo mesmo, dar uma esticada de 4 dias no Pantanal. Existem quatro tipos de passeios em Bonito: os de flutuação, que podem acontecer em diversos rios, como o Rio da Prata; os passeios em parques, com cachoeiras e paisagens naturais *Estância Mimosa e Balneário Municipal) ; os relacionados a grutas e cavernas, um destes, o Abismo Anhumas, envolve rapel e mergulho na caverna, e os relacionados à aventura, como raftings e rapel. O que você não pode deixar de fazer: uma flutuação no Rio da Prata e conhecer a Gruta do Lago Azul. Se puder (e estiver podendo $$$), faça o passeio do Abismo Anhumas (sai por volta de R$ 600,00). Mas vá se estiver realmente disposto a mergulhar em uma caverna. Dizem que é fantástico! A estância Mimosa e o Balneário Municipal são daqueles passeios que enchem os olhos e o estômago, cachoeiras e um belo almoço depois. O que eu fiz: aquário natural (flutuação), Rio da Prata (flutuação), Bote no rio Sucuri (um passeio parecido com rafting), Grutas de São Miguel e Gruta do Lago Azul com Buraco das araras. Me arrependi de não ter ido à Estância Mimosa ao invés do Aquário Natural, já que a flutuação não difere muito e o Rio da Prata é muito mais bonito. Para quem nunca fez uma flutuação, aí vão as dicas: não tem como afundar, a roupa especial utilizada já garante a flutuação mas há coletes disponíveis, se você preferir. O snorkel permite que você enxergue tudo. A água é muito transparente graças à presença do calcário que, aliás, vai ressecar um pouco a pele e o cabelo. Eu aluguei câmeras subaquáticas no próprio Hostel (se não me engano, era R$ 60,00 por todos os dias em que estive hospedada), vale a pena, pois as paisagens embaixo d´água são fantásticas! Bote eu não faria de novo. Primeiro porque acho o rafting bem melhor e isso eu faço aqui em São Paulo todo ano, certamente há coisas melhores para fazer. O Buraco das Araras fica numa RPPN (Reserva Particular do Patrimônio Natural), ou seja, é uma propriedade privada que abriga um buraco (como diz o nome) onde as araras fazem a festa, é muito diferente, muito lindo! Reservei todos os passeios antes de sair de São Paulo, o que eu também não faria mais, se tivesse reservado lá, teria feito opções melhores mas, se essa for sua opção, o Bonito Hi Hostel faz as reservas. Gastei em torno de uns R$ 500,00. Uma atração que também vale a pena é o Projeto Jibóia, onde você vai conhecer "o homem da cobra", aquele que fala pra caramba, em pessoa e, no final, vai poder tirar uma foto com a jibóia que, aliás, é muito linda! Fiz muitas amizades no Hostel e todas as noites íamos no melhor e único bar de Bonito, com música ao vivo e uma comidinha deliciosa: o Taboa. A cidade tem ótimos restaurantes. Para minha tristeza vegetariana, uma das especialidades é a carne de jacaré. Mas há muitas opções vegetarianas, inclusive um hamburguer vege no Taboa. Além disso, os sorvetes de frutas do cerrado são imperdíveis! À noite, depois de um "exaustivo" dia em meio à natureza, você pode jantar e circular pela rua principal em busca de souvenirs e artesanatos. Pessoal, as fotos estão no meu blog: http://dolceviaggiare.blogspot.com.br/2013/02/bonito-e-lindo.html
×
×
  • Criar Novo...