Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

victoraas

Membros
  • Total de itens

    31
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. victoraas

    Santiago

    Boa noite amigo Não foi somente o real que desvalorizou . Voltei do Chile em visita a meus familiares e lá como cá a crise está começando a chegar com muita força , a China parou de comprar cobre e um país que depende somente disso e que tem um parque fabril anêmico tende a sofrer muito. Em consequência disso o peso chileno também desvalorizou em relação ao dólar e tal como nosso Brasil os preços dos ítens também subiram. E se andar nos bairros (fora do circuíto turístico, Providencia e Barrio altos ) a pobreza,sujeira e miséria são escancarados sem pudor. Comparando como nosso país , as coisas lá em especial para o turista , supermercado e passeios estão mais mais caros do que aqui. Os fast food em shoppings e nas ruas estão equivalentes ao nosso país. O transporte público lá está igual ou um pouco mais barato que aqui em função das várias baldeações possíveis entre metrô e ônibus. Os passeios oficializados pelo estado como por exemplo o funicular do cerro san cristobal são mais baratos que o do nosso país. Em relação aos shoppings para uma eventual compra desta vez rodei bastante mas achei boas ofertas e promoções mas porque eu estava com carro alugado e digo que andei um monte. Lá no Chile, fevereiro é mês das liquidações, abril dificilmente você vai encontrar liquidações. boa viagem e se divirta
  2. Olá. Até onde sei Entre Rios melhorou bastante em relação há 20 anos, fui em 2013 não tive problemas, mas Corrientes a polícia caminera dessa província continua a mesma tragédia moral. abraços
  3. Voltei agora e estão comprando real entre 190 e 194 pesos. Levar dolar lá neste momento nem pensar. Abraços
  4. Vou todo ano para lá. Os preços lá estão igual ou até mais caro que aqui. O que vale a pena das compras lá são as tendências de moda que são diferentes da nossa. Janeiro tem muita pouca coisa de inverno , mas sempre encontra umas promoções boas mas é em março que começa o abastecimento de roupas para o inverno. Para mim o melhor shopping em termos de custo benefício é o Parque Arauco mas o Mall Costanera está crescendo no gosto dos turistas até pela sua localização. O Mall Las Condes é um Patio Higienopolis da vida , tudo caro. Lá pelo que conheço é tudo em peso chileno inclusive os restaurantes e com a cotação atual só louco para levar dolar para Santiago. O real lá é bem vindo porque muitos mas muitos chilenos vem pro Brasil. P.S.: Voltei de Santiago recentemente , o Parque Arauco está uma bosta , o shopping neste momento que se destaca na minha opinião é o Plaza Vespucio , igualmente gigante, melhores preços e com muito mais gente do que o Parque Arauco. Outro Shopping que está se destacando é o Mall Plaza Oeste que atende toda zona sul de Santiago.
  5. victoraas

    Santiago

    Nessa época do ano ainda não tem neve na cordilheira e a temperatura é bem agradável , entre 6-7 graus até 24-25 graus durante o dia. E nesse período já começa as chuvas.
  6. Eu também viajo no domingo mas como vou todo ano já tenho meus pesos guardados para esses deslocamentos iniciais. Nos domingos que eu me lembro fica tudo fechado no centro. Cambio em Shopping é menos ruim do que o do aeroporto. Se for trocar no aeroporto, faça nos quiosques do lado de fora ,depois de ter recolhido a bagagem e passado pela porta de saída. Por incrível que pareça a cotação nos quiosques que fica perto dos guichês de táxis e van é bem melhor do que os postos que ficam na região das esteiras de bagagens. A única coisa ruim é que vai ter um monte de taxista de olho gordo em você querendo te oferecer corridas. E outra, que eu saiba , no norte do Chile dificilmente aceitam reais. Abraços
  7. Hugo , eu vou pro Chile todo ano e troco no Cambio Brollano que eh uma das melhores casa para se fazer negócio. Irei pra lá no começo de fevereiro e com ABSOLUTA CERTEZA irei somente com reais , sem pensar 2x. Se eu levar dolar a minha perda será em torno de 15%. Lá no Chile o peso chileno também desvalorizou em relação a divisa americana e atingiu também uma máxima histórica. Sds
  8. O Real está ruim , não vale a pena( pro chileno que quer vir pro Brasil está uma maravilha ). O Euro está levemente melhor do que o dolar. Creio que se continuar nessa toada de queda da cotação da moeda americana ( lembre-que que no Chile a flutuação da moeda segue a mesma tendência do nosso país) pode ser que o dolar vire o jogo e fique mais atraente para o turista brasileiro no Chile. E as dicas são as de sempre , no aeroporto só troque o necessário para se locomover , as melhores cotações estão no entorno do Palácio la Moneda e se for trocar nos shoppings somente em emergência. boa viagem
  9. Boa noite galera Eu sou um macaco velho de ir pro Chile e irei no dia 8 de maio próximo e por incrível que pareça vou levar Euros para trocar lá. Real para trocar lá nem pensar, quase 10 % de prejuízo. Os valores da cotação das casa de câmbio em Curitiba e com os atuais de Santiago obtenho mais pesos chilenos usando Euro. abraços
  10. Bom dia colegas Um conhecido do trabalho chegou neste fim de semana de Rosário e recomendou que neste momento não é aconselhável ir pro interior da Argentina em função da greve de diversas polícias em várias províncias em especial as do centro,norte e nordeste da Argentina. Lá diferente daqui , não existe efetivo mínimo durante a greve e lá greve eles cruzam o braço mesmo. Em função disso , comércio fechado , crianças sem ir para escola e praticamente tudo parado. Que for para Argentina especialmente de carro sugiro se informar com os hotéis , agentes de viagens e conhecidos se vale a pena arriscar ou não. Em Mendoza parece que está tranquilo mas em Corrientes e Entre Rios ( ambos no nordeste da Argentina ) está tudo caótico. http://www.lanacion.com.ar/1646083-tensa-manana-en-santa-fe-en-medio-de-las-negociaciones-con-la-policia http://www.losandes.com.ar/notas/2013/12/9/protesta-policial-sigue-extendiendose-varias-provincias-755282.asp Sds
  11. Pessoal Sou brasileiro e tenho nacionalidade chilena. Em função da Copa do Mundo em nosso país e pela desvalorização do peso chileno em relação ao dólar (mesmos fatores que ocorrem aqui) , neste mês de dezembro está mais atraente levar reais e fazer a troca lá mesmo . A procura por real pelos chilenos em Santiago está absurda em função da prometida invasão de chilenos para acompanhar a sua seleção ano que vem aqui em nosso país, desta forma o custo do real subiu(+10% em 3 meses) mais do que o dólar(+5% em 3 meses) nas casas de câmbio daquele país. Após as eleições chilenas em 14 de dezembro e possível vitória da oposição , já se teme uma fuga de dólares do chile e isso pode encarecer a moeda americana ( daí ser mais atraente pro estrangeiro) . Encima dessas projeções cabe a cada um decidir o que será mais vantajoso. Eu em minha humilde opinião e neste começo de dezembro levaria Real e trocava lá. As melhores casas de cãmbio em cotação e segurança são aquelas próxima do Palácio La Moneda na calle Agustinas no centro. Os do Shopping , do bairro Providência e nos Aeroportos você perderá muito dinheiro. Sds
  12. Em Santiago do Chile , o trânsito é um inferno , não dão pisca, usam buzina direto , não respeita preferência de cruzamentos e não esqueçam dos congestionamentos monstros de manhã e após às 18 h . No litoral do Chile(Valparaíso e Viña del Mar) , não esqueça de parar para dar preferência na FAIXAS DE PEDESTRES, eles enfiam a caneta para te multar sem só.
  13. Primeiro , a hora que sair do Brasil sentirá o "baque", o movimento de motos,carros e caminhões cai abruptamente. Entre Buenos Aires e Mendoza caso o faça, se sair da ruta 7 , não encontra infraestrutura para emergências, na minha opinião. E outras informações é só buscar nos tópicos. Essa viagem já é bem manjada pelos mochileiros de carro, mas cada evento tem sua particularidade. Sds
  14. No Itamaraty seção de Florianópolis a legalização sai na hora. Em Curitiba demora 1 dia útil e somente via agendamento. Cada seção tem seu rito. E agora na Argentina está tendo greve das policias das províncias e alguns distúrbios estão ocorrendo . Pelo que li na província de Buenos Aires não é o problema. Sds
  15. A carta verde em sí é um convênio de várias seguradoras dentro do Mercosul. Com essa obrigatoriedade a carta verde em sí vai incluir seguradoras do Chile . O Soapex é uma opção quando você faz a carta verde sem o Chile na cobertura. Quando você faz a carta verde incluindo o Chile já estará automaticamente incluso uma seguradora que atua no Chile ( também vende Soapex mas não precisará desta).
×
×
  • Criar Novo...