Ir para conteúdo

Jefferson Zanandréa

Colaboradores
  • Total de itens

    63
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    1

Jefferson Zanandréa venceu a última vez em Dezembro 16 2019

Jefferson Zanandréa tinha o conteúdo mais apreciado!

Reputação

7 Neutra

1 Seguidor

Sobre Jefferson Zanandréa

  • Data de Nascimento 15-04-1989

Bio

  • Ocupação
    Assistente de logística

Últimos Visitantes

1.682 visualizações
  1. Pensa num lugar frio! Pois é, assim é Santiago no Chile, ainda mais no inverno. Sabe, esse dia foi bem incrível, foi aquele eclipse total do sol que tivemos recentemente, lembram? 03 de Julho de 2019, que data! Fui sozinho para o Chile desbravar um pouco a nossa querida América do Sul. Fiquei hospedado num Hostel incrível na Vicuña Mackena, importante avenida de Santiago. Não fazia a mínima ideia do que fazer nesse dia, e nem se quer me lembrava do eclipse. Fiz um grande tour pelo centro da cidade, conheci lugares e pessoas até que no final da tarde, já no hostel, me lembraram do eclipse.
  2. O breve relato de hoje é sobre o dia em que eu e uma louca atravessamos da praia de Prumirim até a ilha de Prumirim, Ubatuba. A distância era pouca, uns 500mt. Mas pensa só, eu nunca tinha andado/ navegado/ remado (??) de caiaque, e nem o ser humano que estava comigo. Após a nossa pequena navegação girar umas 709 vezes, sem rumo, ou como se diz nos meios náuticos, à deriva, finalmente chegamos à bendita ilha. Lá na ilha, olhando o continente bem distante ao fundo (mentira, tava pertinho... só quis romantizar a parada), a minha querida amiga resolve me comunicar de que não sabia nadar...
  3. Valeu, irmão! Relato sucinto, pois é apenas um dos trechos do mochilão completo (relato que ainda estou elaborando). Obrigado por ter curtido e pelo comentário. Bons ventos.
  4. O 4X4 acelerava ferozmente por um terreno completamente irregular, o vento batia na cara e bagunçava os poucos fios de cabelo que ainda me restam. O céu numa tonalidade de azul extremamente pura constrastando com aquela cor amarelada do deserto fazia com que meus olhos se perdessem junto à imensidão. A besta indomável, uma caminhonete Subaru, ano qualquer, bancos de couro e com rugido de leão, era guiada por um boliviano primo de Evo Morales (acho que naquele país todos são primos). Eu e mais 4 chilenos, eram eles 3 universitários e um ex fuzileiro naval da tropa de elite chilena (mentira,
  5. Boa noite, amigo. Desculpe pela demora em responder. Faz muito tempo que não aparecia por aqui. Obrigado pelo comentário e por ter curtido o relato. Tentei passar o máximo (mesmo q nem chegue perto), do que sentimos por lá. Quanto as suas perguntas... então: Agora, Jefferson.. Somos de BH, ainda sim vc recomenda a subida pelo lado do ES?? R: ACHO que de BH é mais fácil subir pelo Terreirão. Seria viável ir em Janeiro, pois verão dizem que lá chove muito neh.. ??? R: Negativo. Janeiro é um péssimo mês p/ fazer montanhas. O inverno é sempre o melhor período. Junho/ Julho/ Ag
  6. Heineken, obrigado mesmo!!! Espero que esse dia chegue logo. Estou ansioso para ler o seu. Grande abraço, amigo.
  7. Douglão, boa noite. Vi somente agora que vc que já havia respondido às perguntas no nosso amigo acima. Muito obrigado, brother. Forte abraço e bons ventos.
  8. Amigo, boa noite. Faz um tempão que não entrava no mochileiros. Me desculpe pela demora no retorno. Enfim, fico feliz que tenha gostado do relato. Preciso escrever novos =D Quanto as suas perguntas, vamos lá: -Qual trilha é mais próxima, Terreirão ou Casa Queimada? R: A trilha da Casa Queimada é mais curta, porém mais íngreme. Nunca fiz a do Terreirão, porém, alguns amigos que já tiveram a oportunidade me relataram. -A trilha é bem sinalizada? Dá pra ir tranquilo sem se perder? Muito bem sinalizada. Fomos nos guiando de madrugada por pura orientação. Se vc tem noção de trilh
  9. Valeu Betusso. Espero q não fique apenas na vontade, conheça o Bandeira, a região é linda. Tenho certeza q não se arrependerá em nada. Cozinhar é muito bom, tbm adoro... Mas o melhor mesmo é comer hehe... Grande abraço e bons ventos amigo!
  10. Fala grande João!!!! Marcando presença sempre que possível meu amigo! Precisamos marcar a nossa trip heim? Não vá esquecer! Um forte abraço para vc e para a Sirley. Namastê!
  11. gvogetta, obrigado amigo! Foi a minha primeira travessia, e apenas minha segunda trip. Fomos na raça, com a cara e a coragem e obviamente com a falta de experiência tbm. Não aconselho a ngm fazer essa travessia de primeira, pois, é um lugar remoto e perigoso. Fui irresponsável na época e pouco me atentei aos riscos, não me arrependo. Mas serve de lição, e p/ ser sincero q lição!!! Foi a trip em que mais aprendi sobre o q se levar em uma trip, a como se preparar previamente e etc... O lugar é fantástico e o contraste entre construções antigas e a serra do mar é perfeito. Forte abr
  12. Thiagoeleuterio, muito obrigado amigo! Foi uma conquista prazerosa, é isso que nos anima cada vez mais a fazer montanhas, um lugar único. kdusandes, vá sim e qualquer dúvida, por favor entre em contato imediatamente, estamos aqui para ajudar e para somar. Desejo a ambos, bons ventos. Namastê.
  13. Opáaa, a faça sim. Mas escolha um dia em que o tempo colabore (mesmo q sempre imprevisto), tente ver um dia em que a tendência seja de sol. Fazer esta trip em dias úmidos não vira, além da "possível" dor de cabeça, vcs tbm não aproveitarão o melhor da Fumaça. No mais é isso, caso precise de alguma ajuda é só entrar em contato. Nemastê.
  14. Marcos, levamos tudo sim. Foi um peso lascado, mas no final valeu a pena =D Massa, obrigado meu amigo. Tentei passar justamente o que aconteceu por lá, a sensação é única, a conquista de uma montanha é algo mágico. gvogetta, obrigado! Quando houver oportunidade vá sim. O lúgar é fantástico, vale muito a pena. Sugiro a subida pelo lado capixaba. Forte abraço a todos.
×
×
  • Criar Novo...