Ir para conteúdo

lucascursino

Colaboradores
  • Total de itens

    126
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que lucascursino postou

  1. Quando desembarcamos em Amã, pegamos um carro que já havia sido alugado pela internet (sempre de preferência desta forma pois é muuuuito mais barato do que alugar no momento da retirada). Fomos para Amã para dormir e começar a seguinte jornada nos próximos dias: - Teatro Romano de Amã - Cidadela de Amã - Pegamos a estrada em direção a Madaba (ela é mais conhecida por seus mosaicos bizantinos e omíadas, especialmente um grande mosaico bizantino do VI século, conhecido como o Mapa de Madaba com o mapa da Terra Santa, este mosaico cobre o piso da igreja ortodoxa de São Jorge. Cente
  2. Bom dia! Eu também conheci Israel a partir de Amã. Eu entrei no país pela Ponte Allemby de ônibus. Existem muitas opções a partir de Amã. Não é necessário visto para brasileiros e realmente eles são muito exigentes na fronteira. Nem perca tempo colocando cadeados no zíper correndo o risco deles arrebentarem e estragar sua mala pois, todas seram revistadas. Eu peguei junto a minha esposa o ônibus com destino a Jerusalem. A partir de lá, pegamos um carro e percorremos o país inteiro em 10 dias, inclusive Tiberíades. Qualquer dúvida pergunte. Grato, Lucas.
  3. Dia 15/01 foi uma correria. Último dia em Istambul e tantas coisas para conhecer. Istambul, a antiga Bizâncio e Constantinopla, é a maior cidade da Turquia, a quinta maior do mundo, rivalizando com Londres como a mais populosa da Europa, com 13 120 596 de habitantes na sua área metropolitana (2010). A grande maioria da população é muçulmana, mas também há um grande número de laicos e uma ínfima minoria de cristãos e judeus. É a capital da área metropolitana e da província de Istambul, a qual faz parte da região de Mármara. No passado foi a capital administrativa da Província de Istambul, na ch
  4. Dia 11/01 tiramos mais para descansar. Fomos dar uma volta em Konya. Konya é uma cidade da Turquia situada na região de Anatólia Central, capital da área metropolitana e da província de Konya, a maior da Turquia em superfície. Em 2009, a população do conjunto dos distritos urbanos era de 1003373. A altitude média da cidade é 1 030 m. Depois da queda do império hitita no século XIII a.C., a cidade esteve sob o domínio de frígios, licónios, capadócios e galatas. Com o domínio romano, ficou localizada no sul da província romana da Galácia. O nome Iconium foi provavelmente estabelecido pelos frígi
  5. E aí Homemboca! Segue o depoimento de Sergio como minhas palavras. Quanto a sua dúvida Paula, eu também não conheci nenhum carro que tenha passado pela fronteira. Eu mesmo vim do Egito para a Jordânia, aluguei um carro para conhecer este pais, devolvi o carro para passar pela fronteira e aluguei outro em Israel. Minha esposa estava com uma programação de conhecer todas as paradas de Jesus em 7 dias. Eu duvidei a principio mas deu direitinho para conhecer os principais pontos de Israel.
  6. Bom dia. Quando estava lá percebi que era difícil entrar em Israel quem vinha da Síria ou do Líbano. Não me lembro mas tem outros lugares que coloca-se o adesivo do visto em papel separado e nunca no passaporte. Pesquise no google que encontrará.
  7. Bom dia Renato. As coisas são bem mais simples do que imaginamos. Você pode reparar na minha preocupação nas perguntas acima. Ao chegar lá foi tudo muito simples. Eu só fiz a travessia da Jordânia para Israel pela passagem central que dizem ser a mais exigente que seria pela Ponte Allenby - Rei Hussein. Existem três maneiras de passar de um país a outro: pela fronteira central a Ponte Allenby - Rei Hussein, a 57 km de Amã, pela fronteira norte a Sheikh Hussein, a 90 km de Amã e pela fronteira sul a Araba Crossing situada a 324 km de Amã. Pela central eu sei que você não passa de carro. O mais
  8. Chegamos a Pamukkale a noite e nos impressionamos com a vista. Algo totalmente diferente de tudo que tinha visto até o momento. Pamukkale ("castelo de algodão", em turco) é um conjunto de piscinas termais de origem calcária que com o passar dos séculos formaram bacias gigantescas de água que descem em cascata numa colina, situado próximo a Denizli, na Turquia. A formação do Pamukkale deve-se aos locais térmicos quentes por baixo do monte que provocam o derrame de carbonato de cálcio, que depois solidifica como mármore travertino. Dia 08/01 saímos cedo para passear por Pamukkale. Como era o
  9. Boa tarde Marcus! Mesmo não tendo um inglês fluente, na Espanha vai conseguir se dar bem e na Grécia... vá com um boné do Brasil que brasileiro e chinês tem espalhado pelo mundo inteiro. Quanto a viagem depende do que quer conhecer na Espanha e quanto tempo. Se for passar bastante dias eu lhe indicaria alugar um carro. Seria o meio de transporte mais barato e com liberdade maior quanto aos seus destinos. Se for menos tempo e quiser conhecer lugares distantes como descer em Madri ficar alguns dias e depois ir a Barcelona, Quando fui peguei orçamentos e viajar de avião saia muito mais barato
  10. Kuşadası é uma cidade turística da Turquia situada na costa do Mar Egeu. Fica no centro da área costeira de mesmo nome, na província de Aydın. Kuşadası fica 95 km ao sul do maior centro metropolitano da região de Esmirna e 71 km da sede governamental da província de Aydın, no interior. A sua principal indústria é o turismo. Segundo a tradição, Maria (mãe de Jesus) veio morar na cidade, tanto que ficou conhecida como "Ana". A escolhemos para nos hospedar por estar próximo a Éfeso local que conheceremos no dia posterior. Dia 07/01 já estávamos chegando a Éfeso. Esta antiga cidade é parada ob
  11. Gallipoli ou Galípoli (em turco: Gelibolu) é o nome de uma península e de uma cidade no noroeste da Turquia, na parte europeia. O nome deriva do grego Kallipolis, significando "Cidade bonita". A península de Gallipoli (Gelibolu Yarimadasi) é banhada pelo Mar Egeu a oeste e pelo estreito de Dardanelos e mar de Mármara a leste. Nesta península teve lugar a célebre campanha de Galípoli durante a Primeira Guerra Mundial. Lugar muito visitado pelos turcos, pois foi onde começou a história da criação do Estado Turco Moderno. Na Austrália e Nova Zelândia, Gallipoli é o nome dado à campanha aliad
  12. Ao chegar em Tel Aviv nos hospedamos no Chef Hostel Montefiore a 70 dólares a diária. Local muito bonito. Está no centro da área de White City uma vila tradicional protegida pela UNESCO desde o início do século 20. Fica a apenas 1 quarteirão da Rothschild Boulevard (avenida central) e da vida noturna da cidade. Ao acordar dia 03/01, saímos em direção a cidade de Jaffa. Há não muito tempo, a antiga cidade portuária de Jaffa, ao sul da moderna Tel Aviv, era considerada um local atrasado e dilapidado, particularmente as áreas fora da cidade velha preservada. Alguns judeus israelenses evitavam tot
  13. O dia 01/01 foi bem corrido portanto pegamos o dia 02/01 com mais calma. Saímos de Afula e paramos em Megido. Megido ou Magedo é uma colina em Israel, próxima a um moderno povoado de mesmo nome, célebre por razões teológicas, históricas e geográficas. Nos tempos antigos Megido era uma importante cidade-estado. De acordo com algumas interpretações da Bíblia cristã, será neste lugar onde ocorrerá o Armagedom (no Livro das Revelações da Bíblia, conta-se que antes da batalha final, os exércitos se reúnem na planície abaixo de "Har Meggido" (a colina de Meggido). Entretanto, a tradução foi mal-feit
  14. Me desculpe pela demora. Somente agora 16:52 desta sexta feira que vi sua pergunta. No que puder lhe ajudar estou a disposição. Grato, Lucas
  15. Escolhemos esta cidade, pois está no centro de muitos locais a visitar. Tiberíades é uma cidade no norte de Israel e conta com cerca de 39.900 habitantes. Está situada às margens do Mar da Galiléia, o qual é conhecido também por Mar ou Lago de Tiberíades. Foi denominado em honra ao imperador romano Tibério. É uma das quatro cidades sagradas no judaísmo, junto com Jerusalém,Hebron e Sefad. Na tradição judaica, está associada ao elemento "água". Durante a época das cruzadas foi sede de um principado homônimo, também chamado de Principado da Galiléia. Acordamos bem cedo e começamos pelo Monte
  16. Bom dia Celio! Realmente o custo em Israel é maior que no Egito. Deve-se levar em conta que devido a posição econômica atual do Egito o custo lá é barato demais! Se comparado com custos na Europa, fazendo passeios com acomodações no mesmo nível de exigências, como você disse, Israel fica igual. Abraços, Lucas
  17. Desculpem-me pelo relaxo. Fiquei de dar continuação há dias e fui deixando. Pois bem. No dia 30/12, antes de irmos a Belém, deixamos acertado o aluguel do carro para passearmos por Israel. Prestem atenção no relato, pois para muitas pessoas acredita-se que seja impossível conhecer tanto em poucos dias (do dia 31/12 ao dia 3/01). São passagens pelos pontos turísticos são rápidas sem muito descanso. O aluguel do carro custou 556,6 shekels para retirada em Jerusalém e devolução em Tel Aviv. Saímos cedinho de Jerusalém em direção ao norte de Israel. Saímos com intuito de percorrer os caminhos
  18. Olá Celio, Bem legal esta correria que estamos fazendo. Ficarei contente em ler sua postagem para também aprender um pouco com suas experiências. Estou meio relaxado e parei com meu outro relato. Hoje a tarde darei continuidade. Abraços, Lucas
  19. Após esta visita a Jerash, retornamos a Amman, devolvemos o carro alugado e deixamos tudo alinhado para no próximo dia de manhã, embarcarmos em direção e Jerusalém. Foi perfeita a localização do Hotel. Ficava a aproximadamente 1 km de distancia do guichê onde se vendia passagens para Israel e outros locais. Era deste mesmo ponto que parte os ônibus. A travessia custou o seguinte: • 6 dinares por pessoa (de Amman até a fronteira Jordânia – Israel te colocando do lado de Israel) • 10 dinares por pessoa (taxa para se entrar em Israel) • Passagem de van a 42 shekels por pessoa da fronteira a
  20. Viagem tranquila Petra-Amman. Aproximadamente 240 km de distância em rodovia muito boa e bem sinalizada. Chegamos a Amman aproximadamente 20h00min do dia 27/12. Hospedamos-nos no Sun Rise Hotel. Barato e com um excelente serviço. Tudo deu certo com este hotel, pois ele se encontra num ponto estratégico para quem quer ir a Israel. Ao lado dele parte o ônibus que cruza a fronteira. No dia seguinte fomos a Jerash. Jerash, também conhecida como Djerach, é uma cidade de mais de três mil anos de história, localizada no norte da Jordânia. A descoberta de seu sítio arqueológico se deu por um acad
  21. Petra é altamente recomendável a todos! Linda, maravilhosa e resumindo, uma das Seta Maravilhas do Mundo!!! Chegamos 26/12 a aproximadamente 20h00min. Petra foi desde o começo da viagem a minha pérola da Jordânia. Estava com enorme vontade de conhecer o lugar dentro da lista das Sete Maravilhas do Mundo. Sempre que assisto aos filmes de Indiana Jones e a Última Cruzada e Transformers 2 e sabendo que foi filmado lá, aumentava ainda mais minha vontade. É incrível quando se vê a capacidade do ser humano em suas obras. São diversos monumentos, palácios, teatros e moradias esculpidos na rocha.
  22. Descemos em Amman 25/12 e ao chegar ao guichê da Policia Federal deles tivemos outra lição. Estava muito preocupado com o visto para a Jordânia e consegui tirá-lo em São Paulo na Av. Paulista no consulado. Tive o custo de ir até São Paulo, o tempo perdido e o próprio visto saiu bem mais caro do que simplesmente comprá-lo no aeroporto como foi feito em Cairo. Sem falar o tempo que levamos para sermos liberados! Dificilmente alguém faz como nós fizemos e eles nem reconheciam o visto concedido no Brasil. Após a liberação, pegamos as malas e retiramos o carro que já havia sido alugado pela interne
  23. Boa tarde Fred! Quando tiver tempo não pense duas vezes. Esta trip já é a segunda que faço com minha esposa. A primeira vai encontrar no seguinte link: amsterda-roma-napoles-pompeia-pisa-florenca-verona-veneza-milao-luzern-dijon-paris-12dias-t67759.html Esta demorando eu lançar esta última viagem, pois tenho que pesquisar os custos ao máximo para as pessoas terem a noção de como de certa forma sai "barato". Digo isso, pois se for fazer uma viagem igual a estas que fizemos por uma agência turística, vai lhe custar no mínimo três vezes mais e conhecer muito menos. Qualquer dúvid
×
×
  • Criar Novo...