Ir para conteúdo

JOICE SANTOS

Membros
  • Total de itens

    20
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

7 Neutra

Últimos Visitantes

324 visualizações
  1. Aí que legal ... obrigada pelas Dicas vou perguntar na agência a probabilidade de chuva neste período, não queria pedir férias neste período pq gostaria de utilizar a emenda de final de ano para ir , e usar as férias lá em set ou outubro para fazer MachuPichu
  2. @LeleMori Que legal ... nossa tenho uma enorme vontade de conhecer estou me programando de ir na virada do ano será que consigo pegar o salar espelhado? Também gostaria muito de ver as estrelas ... como funciona esse Tour tem ideia de quanto cobram ?
  3. Oi, dá sim .... mas nada se compara em cambiar em santiago... em agosto/18 melhor câmbio foi na rua Ahumada74.
  4. Oi vc conseguiu fazer esse roteiro nesse período? Pegou o efeito espelho d’água? Estou planejando em ir na virada de 2019? Como é o final de ano nessa região da Bolívia?
  5. Olá Pessoal gostaria de compartilhar de um projeto que virou um sonho e graças a Deus foi realizado. Há um tempo atrás não tinha muito interesse em viagens na América Latina , na verdade em outros países, minha meta era desbravar o Brasil que diga se de passagem é bem extenso e com paisagens incríveis. Contudo tinha muita vontade de ter contato com a neve, pesquisa vai e vem , e vi no Chile através do Vale Nevado uma oportunidade mais próxima e econômica. Continuei pesquisando e de repente me deparei com lugares espetaculares no Chile, primeiramente Atacama e depois a Patagônia Chilena, a partir daí encasquetei que tinha que conhecer estes lugares principalmente a Patagônia, e foi virando um projeto de conhecer o País em uma única viagem, do Atacama a Patagônia de uma só vez, mas como seria isso? se são extremos de um país ?! Além de tudo não são lugares baratos principalmente a Patagônia (conforme a maioria dos relatos), quando me dei conta todo projeto virou um sonho. Não sou adepta de viagens por agência por serem mais caras, porém, no caso da Patagônia procurei bisbilhotar por curiosidade, e me estimaram o valor de aproximadamente R$ 8 mil (achei um absurdo), mesmo levando em consideração que se tratava de um cruzeiro , mas sabemos que existem gastos extras com tours. Também o estilo Mochileiro embora admire muito não é o meu perfil , não sou tão desprendida assim. Costumo dizer que minhas viagens são o meio termo nem Turista Total nem "Ripongas" demais, dessa forma venho fazendo meus roteiros cabendo tudo dentro do bolso. Montar o Cronograma foi um desafio, queria pegar o Vale nevado ainda com Neve, para isso teria que ser no Inverno, todavia a Patagônia no Inverno alguns passeios podem ficar inviáveis, no caso do Atacama pensava eu "Ahhh! é deserto então de boas " mas a verdade que no inverno não é tão bem assim, além do mais queria muito fazer o tour Astronômico e para isso deveria fugir da Lua Cheia pois o céu fica mais iluminado impossibilitando a visualização das estrela ou até mesmo extinguindo o passeio. O Período que mais se encaixava era meio de Agosto para frente, sendo assim a jornada se inicia 14/08/2018 e vai até 05/09/2018, não foi solitária, com antecedência consegui casar as férias com amigas que desfrutaram comigo desse momento (as quais agradeço ^^). 1º ATACAMA Antes de ir para o Atacama eu e mais uma amiga chegamos na frente das outras porque compramos errado a passagem com um dia de antecedência, por isso ficamos 1 dia em Santiago, foi melhor assim , porque pudemos cambiar em Santiago, onde o peso estava mais barato, bem mais Barato! #ficaadica# Cambiar direto no Atacama ou aeroporto vc vai sair perdendo. Passagens SP - Santiago : R$ 947,58 ida e volta duração aprox 5h Passagens Santiago - Calama : R$ 551,90 ida e volta duração aprox 2h Translado Calama-Atacama : R$ 120,00 duração: aprox 2h – Lincabus no retorno se atrasaram e quase perdemos o voo Passeios: aprox: R$ 1.247 (considerando as entradas) - Valle del Arcoiris/Hiervas Buenas (inclui café da manhã) - Ag: Chile Conectado Andes123 - Valle de la luna/Cordillera de la Sal/Tres Marias/Mirador Valle de - Ag: Chile Conectado Andes123 - Geiser del Tatio/Río Putana/Pueblo de Machuca (inclui café da manhã) - Ag: Chile Conectado Andes123 - Tour Astronômico (inclui snack) - Ag: Chile Conectado Andes123 obs: Eles direcionam para a Ag. Stargazing (não Curti) - Salar de Ascotan (Full day - inclui café da manhã e almoço) - Ag: Chile Conectado Andes123 Ag: Chile Conectado Andes123 - Termas de Puritama - Laguna Cejar/Ojos del Salar/Tebinquinche (inclui snack) -Ag: Chile Conectado Andes123 Ag: Chile Conectado Andes123 Obs: Destaque aos imperdíveis. Dica 1: Contratei os passeios ainda no Brasil pagando 50% por eles e o restante no Atacama; a dica é :Contrate 1 ou 2 passeios ainda no Brasil e os demais deixe para fechar lá. Aconteceu que devido as condições climáticas , isto é, neve no deserto, os passeios programado Salar de Tara e Pedra Rojas estavam cancelados, o Salar de Tara a agência trocou pelo Salar de Ascotan (curti), no Lugar de Pedras Rojas eles ofereceram Lagunas Escondidas mas Financeiramente Falando não compensava, contudo pelo contrato o ressarcimento se dava em um prazo maior , ou seja, se vc fosse substituir um passeio que não fosse com esta agência (que foi o nosso caso) vc terá que desembolsar mais uma grana. Sendo assim compensa bem mais fechar a maioria dos passeios quando já estiver lá pois vc já saberá se ocorrerá o passeio ou não, sem gastar mais por isso. Cabe mencionar que a agência procedeu com a gente corretamente inclusive a meu pedido devolveu o dinheiro do passeio cancelado no tempo menor que o previsto no contrato. Dica 2: Seja Resiliente, Flexível com seus guias no Chile, eles tem um perfil muito acelerado e alguns podem ser mais calado, quebre a barreira do silêncio, converse de boa, demonstre seu descontentamento com Algo de forma educada e assim você vai transformando seu guia. Minha impressão é que os Brasileiros tem uma visão de turismo diferente, esperam ser paparicados etc...não está errado, porém, esse não me pareceu o estilo chileno . Considerações: As agências tem para todos os bolsos e estilo, da top, média, e mais em conta, eu diria que Andes123 seria uma média não é a mais Barata e entregou um serviço satisfatório eu contrataria novamente eles, no começo estranhamos a correria do 1º Guia na verdade ficamos incomodados, porém até o término de nossa estadia e passeios, como ele nos acompanhou na maioria, gostamos dele. O Passeio Do Termas Fizemos por outra Agência, e era aquele tipo de agência que vai misturando todos os turistas da rua Caracoles, não gostei disso, mas ocorreu tudo bem. Em relação as Refeições, Atacama é Caro, diferente de outros lugares que passei no Chile, é o Lugar onde dividindo o prato com alguém, você comerá pouco, se você é do Tipo que come muito, não espere Pratos fartos, Se gasta em Torno de R$ 60 reais por refeição principal. Na Patagônia esses valores são equivalentes, todavia acho que é possível dividir uma refeição para duas pessoa. 2º SANTIAGO Tansfer Aeroporto – Hotel : em Torno de R$ 125 Divisível até 4 pessoas(caso esteja em grupo). Gostei muito de Santiago, caminhei por ela de ponta a ponta, fiquei hospedada próxima ao centro e foi uma maravilha, pela booking minha estadia foi em apartamento alugado (SWEETSTAY) e com os proprietários fechei os passeios, quanto a isso, achei o serviço de inexperiente, isto é, não é como nas agências, é como se estivéssemos na cia de parentes ou conhecidos sabe?! Mas sem uma afinidade de parentesco, tem os prós e contras , mas não foi nada aterrorizante, e se a pergunta for faria de novo? sim, mas de outra forma. Sei que existe muita informação sobre Santiago, não quero me estender muito, fiz um roteiro querendo conhecer todos os pontos turísticos de que se fala em 7 dias, e nisso errei! Porque Santiago tem muita atratividade são lugares próximos , mas que demanda uma permanência um pouco maior, nisso atropelei no meu roteiro, meu melhor dia turistando Santiago foi o 1º Fiz Vínicola Santa Rita e Concha y Toro e ao entardecer fui ao Costanera, os demais dias foi só correria, sendo assim segue minhas dicas: Obs: Qdo falo Santiago estou considerando tbm cidades próximas Val Paraiso Viña del Mar e Isla Negra e Cajon del Maipo. - Melhor Cambio: Rua ahumada 74 - Conheça as três casas de Neruda. É um modelo de Museu muito interessante pois você recebe a informação em português. - Cerro San Cristobal, ou você reserva um dia inteiro para ele , ou melhor nem ir. Ele é extenso e interessante. Outra dica, não cometa o mesmo erro que eu, não desça ele a pé pelo sentido da entrada do bondinho no cair da tarde. É uma baita caminhada e um breu, deu medo (rs); - Faça as reservas para entrar no La Moneda ainda no Brasil, vale a pena; - Reserve um dia inteiro para Farellones muito, muito divertido, e olha que a neve já tinha derretido bastante; - Melhor lugar para comprar Lembrancinha é em um espaço de feirinha praticamente de frente para o Cerro Santa Lucia; - Quer levar o famoso Chocolate SAHNE – NUSS para o Brasil? Deixe para comprar nas banquinhas do centro de Santiago é muito mais barato que em mercado. Acredite!! No Geral Santiago não é uma cidade perigosa, assim que cheguei antes do Atacama estava com 6 mil para cambiar e estava neurótica, mas ocorreu tudo bem, em nenhum momento me senti ameaçada, lá diferente daqui do Brasil não tem frequência ou nem existe assalto a mão armada. Porém existe furto e principalmente no metrô tem que ficar esperto. (levaram o celular da minha amiga na surdina no metrô). Ahh!! Uma outra coisa, se vai conhecer Cajon del Maipo (a represa) prepare –se , ficar frente aquela linda paisagem para as típicas fotinhos turista, você caminhará muito. 3º PATAGÔNIA Será que de fato as melhores coisas ficam para o final?! Brincadeira... não seria justo com Atacama ou Santiago, mas Patagônia passou a ser tão essencial, que não fazia sentido querer ficar 22 dias em solo Chileno sem conhecer a famosa Patagônia, e que Lugar! Definir roteiro para Patagônia é o mesmo que não definir nada, principalmente quando se está no inverno. Minha única certeza era jogar ela o mais para o final possível, e assim foi feito, realizei no final de agosto a início de setembro, a intenção era quanto mais próximo do fim da estação de inverno melhor. Mesmo assim, ficava olhando a previsão do tempo sempre, de forma que no dia da viagem quase desisti de ir, pensei:” gastar uma grana para ficar presa no Hotel não dá !”, mas a sorte que a Juh (das meninas que foram foi a única que restou para Patagônia) não quis desistir, “Juh muito Obrigada S2 – amigona de perrengues turísticos...kkk”. Por isso caro leitor(a), não desista corra o risco, mesmo sendo inverno, foi possível fazer todos os passeios, não fizemos apenas a navegação lago Grey por questões de logísticas, financeiras e de tempo, pois tínhamos que optar por este passeio ou Perito Moreno, como teríamos a oportunidade de ver o lago Grey através do passeio no Parque desistimos dele. Também não fizemos a trilha que leva nas bases das Torres Del Paine, mas isso já foi uma decisão tomada ainda no Brasil, (Falta de preparo físico falou mais alto), também era um passeio possível na ocasião. No Inverno os passeios são oferecidos por poucas agências, exemplo a Navegação Balmaceda y Serrano só quem estava oferecendo era a agência 21 Mayo. A navegação Lago Grey só o Hotel Grey estava oferecendo e está localizado dentro do Parque (o porquê da questão logística). Tem que ficar muito esperto, o ideal é pesquisar muito no Brasil as agências que estão ofertando estes passeios e ainda assim levar os contatos e perguntar, tentar trocar ideia com os demais turistas, são poucos na cidade, mas você irá encontrar as mesmas pessoas em todos ou quase todos passeios. Outra coisa muito importante, as agências não sabem quais as agências estão oferecendo “o quê “neste período, por isso , não espante se você tiver uma informação por agência de que ninguém está fazendo “x” passeio, a verdade é que eles nem sabe, e as decisões nas agências mudam muito rápido porque acompanham as condições climáticas. Uma família de Italianos quase perdeu o passeio de Perito Moreno, porque no geral a notícia que se tinha é que não estava sendo ofertado, todavia, eu consegui comprar com uma agência menor, eles ouviram mais ou menos minha conversa e mesmo com muita dificuldade de se comunicar com eles, consegui passar o contato e eles conseguiram realizar o passeio, fiquei muito feliz. Antes de Listar os passeios que fiz, a dica que dou é: se você não for fazer nenhum passeio partindo de Punta Arenas, ou tenha algo que queira conhecer muito em Punta Arenas, nem perca uma diária se hospedando por lá. (Fiquei em Punta Arenas no Retorno). CAVALGADA CERRO DOROTEIA – Pessoal este foi o último passeio que fiz ,foi incrível, foi o que mais gostei, uma aventura total, o Cerro estava repleto de neve, a altura da neve estava pouca coisa abaixo do meu joelho, mas tinha pontos que parecia ter mais neve, pois o cavalo dava uma afundadinha maior. No Pico do Cerro ventava pra caramba, quase não dava para ficar em pé, quis fazer um vídeo, mas o vento parecia querer levar meu celular (olha o preju), quando o cavalo passava pela água o bichinho quase que afundava, fiquei com dó, no final os donos da fazenda nos ofereceram um café da tarde simples mas gostoso. Eu faria tudo de novo é imperdível. Agência Turismo Condor 35.000 pesos ou aprox. R$ 220. NAVEGAÇÃO BALMACEDA Y SERRANO – No Ranking o 2º melhor, saí bem cedinho se não me engano às 7am na agência, mas como tudo é muito perto não há dificuldade alguma de chegar na agência de lá partimos em um ônibus até o barco. É oferecido um chocolate quente , incluso um almoço , uma dose de uísque com um pedaço de gelo, tem trechos que é insuportável ficar fora do barco de tanto frio, o passeio é bem legal você tem uma visão muito próxima da geleira Serrano através de uma trilha, a geleira Balmaceda você vê no Barco somente, se você tiver sorte conseguirá ver ao longe as Torres del Paine (só assim pude ver as benditas). Agência 21 Mayo 90.000 pesos ou aprox. R$ 562. FULL DAY TORRES DEL PAINE– 3º o parque é lindo, durante o passeio passamos por alguns estágios da chuva ao sol, é engraçado como muda rápido, as Torres não deu o ar da graça, quando paramos no ponto para avista-las quem sabe em outra oportunidade elas sejam melhores anfitriãs?! (rs), Vá munido de Lanche , ao final do passeio passamos no Milodon que fica fora do parque . Agência não lembro o nome , mas fica dentro da loja que na frente tem uma replica do Milodon 30.000 pesos ou aprox. R$187. Entrada Parque Torres 11.000 pesos ou aprox R$ 68 a do Milodon não lembro mas acho que era algo em torno de 2.000 pesos. PERITO MORENO, 4º prepare-se para o cansaço a viagem é longa 8h ida mais 8 h volta, leve Lanche , há uma parada em um Posto de gasolina para usar banheiro e dá para comprar algo por lá também, mas isso é depois de muitas horas de viagem. O parque Perito Moreno me lembrou muito Foz do Iguaçu em uma versão congelada e menos radical, fiz o passeio de barco que chega pertinho das barreiras de gelo (não lembro o valor), depois ficamos nas passarelas admirando o gelo, como o tempo era curto não deu para caminhar por ela inteira. Houve um desprendimento de Gelo, que estrondo, mas me pareceu algo comum, devido as condições climáticas a guia falou que o passeio sobre as barreiras de gelo que avistávamos estava indisponível. Esse passeio é: mais horas no ônibus e pouco tempo no parque, mas valeu a pena. Agência Paori 75.000 pesos ou Aprox R$ 468, entradas 600 pesos argentinos , se não me engano o Barco foi mais 600 pesos argentinos. Comentário: Eu e minha amiga acabamos na ida atrasando um pouco o grupo na Alfandega, porque não levamos aquele papel que dão no aeroporto qdo você entra no Chile, e para sair do Chile você tem que apresentar, como íamos para a Argentina “deu ruim”, pois o cara da agência não nos alertou sobre isso, foi a primeira viagem no exterior acabou que nem sabíamos disso. No final o guia conversou com os guardas federais e deu tudo certo, mas demorou. Acho que perdemos 1h lá. Do episódio Alfandega Argentina posso dar mais duas dicas. Mesmo sendo país de Mercosul, leve sempre seu passaporte pq se vc apresentou ele ao entrar no país vai precisar apresentar ele tbm para sair, só o RG não vai bastar. No meu caso eu não tenho passaporte e todas vez na Alfandega era uma enrolação , brasileiros com passaporte não demorava mais que 5 minutos.
  6. Bem legal essa foto da estradinha em meio à Grama verde e flores. Vc citou o vento e me lembrei qdo estive as margens do Lago Grey .... aterrorizante imagina fazendo essa trilha, vc não teve medo de se deparar com algum Puma?
  7. Que Bacana, estou ansiosa para continuar a leitura desta aventura. Parabéns pela coragem, no inicio dos meus planejamentos para Patagônia Chilena ate cogitei fazer a trilha até as Torres mas a falta de preparo físico somado ao período de inverno contribuíram para eu não ir adiante com essa ideia da trilha. Mas graças a Deus conseguir conhecer a Patagônia que é Show de bola!
  8. @renata.rodrigues31 , gostaraia de saber se deu certo sua viagem e como são as coisas neste período , pretendo ir agora em agosto. Na patagonia Chilena, como são as paisagens, se vale a pena fazer o passeio bases de la Torres?
  9. Oi Daniel , gostaria de saber se você conseguiu realizar nesse período de inverno a viagem a Torres e suas impressões e recomendações, também pretendo ir final de agosto só que 2018.
  10. Ahh esqueci de mencionar que a Cida nos levou na Vitinicola Jolimont, lá eles tem plantação de uva, vão explicar tudinho e tem degustação...compensa visitar.
  11. Olá Galera!! Vou passar aqui minha breve estadia pelo RS, na verdade a ideia era não ficar de bobeira em SP em uma semana de feriados em Novembro 2013, então eu, duas amigas e um amigo embarcamos para Gramado para curtir o Natal Luz. Na minha opinião acho que visitar Gramado e Canela a melhor época é mesmo na festividade de Natal, porque você não deixa de curtir o frio típico da região e durante o dia pode aproveitar os parques com cachoeiras em temperaturas agradáveis, isso é muito importante, pois a região é composta de belas paisagens e parques! no inverno, imagino que a única coisa que difere é o fato da possibilidade de nevar, no entanto será possível colocar os pés na água a beira da cachoeira?? rs LUGARES QUE VISITAMOS: *Circulamos pela cidade de Gramado Obs: A cidade não tem muitos atrativos (exceto as apresentações do Natal Luz), a não ser sua bela arquitetura, claro que existem alguns lugares que postam aqui para se vistar como Museu de Cera, Mini Mundo etc...mas acho que são atrativos mais opcionais dependendo do Tempo e $$$, podem ser dispensáveis. Dica: Aluguem um Carro, foi a melhor ideia que tivemos, realmente é difícil estacionar próximo as principais ruas e avenidas, mas aonde tiver vaga não será tão longe dos lugares que vc irá circular, também é uma cidade tranquila (sem violência). * Café Colonial Bela Vista - Av das Hortensias. Caro!!! Mas muito bom, vale a muito a pena e se come muito, foi a primeira vez que fui num “rodízio café”. Dica: não almoce se a pretensão for visitar este Café. * Lago Negro – Seria o Ibirapuera de SP com pedalinho, é um parque bonito mas achei pequeno, bom para um passeio simples sem muitas expectativas. *Fábrica de Chocolate – Av das Hortensias – Tem um pequeno tour interno que conta a história do chocolate depois tem a loja de chocolates. EM CANELA: Em canela tem paisagens muito legais. Parque do Caracol – Simplesmente Lindo e é um parque grande se o tempo estiver curto se programar bem para não se demorar por lá Dica: se for descer as escadas que dá na cachoeira do Caracol pensar mil vezes se for levar criança porque a subida mata, são 720 degraus. Se não estiver acompanhado de criança não compensa pagar o trenzinho de dentro do parque é um atrativo totalmente infantil. Parque da Ferradura –Parque com uma vista panorâmica linda compensa muito ir. Castelinho Caracol Canela – é uma casa museu que tem os pertences da família Franzen, muito legal. FATO: As coisas em Gramado e Canela São caras, alimentação principalmente Muito frio...mesmo numa época de Novembro, por isso leve mais de uma blusa As pessoas são muito educadas. VALE A PENA: -alugar um Carro. -Contratar um guia - Pessoal isso foi muito 10, contratamos a Cida Batassa e ela não só nos conduziu muito bem, mas deu dicas ótimas, além de tudo ela também aluga o carro dela, mas como já haviamos alugado em Porto Alegre não precisamos. Ela Fez um preço muito bom, de forma que achamos que ela saiu no prejuízo. CONTATO: Ricardo Batassa (54) 9600-3300 [email protected] -Conhecer um Vinícola -Se hospedar nas Cabanas do Tio [email protected] - Detalhe lá (na região) a voltagem é 220, por conta disso perdemos um secador de cabelo e um carregador de pilhas . -As apresentações do Natal Luz que ocorrem dentro da rua coberta da para assistir sem pagar tranquilo...mas as outras o NATIVITATEN comprem os ingressos pq éh lindo é muito mais que folgos...não compramos e foi muito ruim ver da rua...não é a mesma coisa. Enfim para uma viagem rápida até que valeu muito a pena, tudo ficou um pouco mais de R$ 865,00 por pessoa(variou conforme o consumo de cada um) não ficou tão barato...mas a passagem de avião impactou bastante no total por isso comprem antes!
  12. Muito LegaL, seu relato pretendo ir em Janeiro!
  13. Olá Victor_ES...no feriado de 15/11/12 fiquei no hostel el misti em copacabana...muito perto da praia, muito bom o atendimento e melhor o preço!... como foi a primeira vez na vida que me hospedei em um hostel, assim que cheguei pensei ter embarcado numa furada, mas que nada foi muito bom, na verdade minha opinião particular: se vc vai aproveitar o dia todo zanzado na cidade não tem pq pagar caro num hotel, hostel é melhor pedida.
×
×
  • Criar Novo...