Ir para conteúdo

Rezzende

Colaboradores
  • Total de itens

    408
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    8

Rezzende venceu a última vez em Junho 4

recebeu vários likes pelo conteúdo postado!

Reputação

208 Excelente

Links para Redes Sociais

5 Seguidores

Últimos Visitantes

2.898 visualizações
  1. Programar hoje é uma coisa arriscada, numa grossa comparação é como investir na bolsa Tem muita passagem barata rolando, mas como estará a situação nas datas é bem imprevisível. Vc pode se dar bem, mas pode se dar mal. Veja se tem flexibilidade pra alterar voos e fazer ressarcimentos. As datas depende de sua disponibilidade. Eu, por exemplo, tenho férias na primeira quinzena de novembro e não posso alterá-las, então se eu for viajar vai ser aqui por perto mesmo e algo que não requeira muita programação, se eu não for, não perco nada com isso. Eu não tenho como comprar uma passagem pois não tenho disponibilidade de outras datas para poder alterá-las, então não me arrisco num planejamento hoje. Só fico com um plano em mente de viajar de carro mesmo ou de ônibus, algo que chegando mais perto da data eu vejo se é viável ou não. Uma viagem pro exterior esse ano, pensando nesse momento, só tenho uma palavra pra te dizer: é LOTERIA
  2. Tão difícil escolher um só...Conheço a Laguna de Bacalar, é um lugar realmente paradisíaco, os tons de azul dela são incríveis Engraçado que quando a gente fala a palavra "paradisíaco" vem na nossa mente uma praia tropical. Não sei porque, mas costuma ser assim... uma praia paradisíaca, com coqueiros, redes e tal... Já pra mim, obcecado por montanhas, os ANDES são paradisíacos, tanto que todos os lugares que eu considero paradisíacos estão na área dos Andes: Machu Picchu, Salar de Uyuni e Atacama (tem as lagunas mais lindas do universo), Patagônia (Fitz Roy e Laguna de Los Tres)
  3. Exterior em agosto tá bem complicado, muitas restrições. Com sorte, alguma praia mais próxima do seu estado
  4. Rezzende

    Sem rumo

    Estrada hoje...só indo pra cidade vizinha trabalhar🤦‍♂️
  5. Eu acho melhor pensar em viagens dentro do Brasil no momento (momento, leia-se, final do ano...) Viagens internacionais estão muito complicadas no momento, por diversos fatores que bem sabemos. Eu mesmo tinha uma viagem marcada pra mês passado pra Europa que foi cancelada pela própria cia. parou de operar os voos. Me deram um voucher com validade de um ano, então eu tenho até maio/21 pra utilizar e nesse momento gostaria até que voucher fosse prorrogado por mais tempo. No momento o que posso fazer é marcar minhas férias do ano que vem pra maio e ficar aqui de stand by... só monitorando...
  6. O México é demais!! Passei em todos esses lugares do teu roteiro, vou ler teu relato pra relembrar meus passos tb!!
  7. Já vi que vai ser interessante👍 Queria muito ter ido na Guatemala no meu mochilão de 2019 mas não ia dar tempo, acabei ficando só em terras mexicanas mesmo. Vou acompanhar!!
  8. E aee Daniel, blz!! Bem-vindo ao mundo dos mochileiros!! Bem, vários fatores devem ser olhados na hora de planejar um mochilão, principalmente o primeiro rsrsrs Pra começar, a época que serão suas férias. Isso porque o clima conta muito pra sua viagem ser perfeita, ao menos tentar evitar as épocas mais complicadas. Eu no começo não olhava muito essas coisas e peguei dias de chuva em Salvador em maio (sim...só quando voltei e muito tempo depois que eu descobri que eu tinha escolhido ir pra Salvador no mês que mais chove por lá🤦‍♂️) e também peguei tempo fechado nos lençois maranhenses em abril (época chuvosa por lá) o que prejudicou demais aquele lance de fotos bacanas e me fez parecer que os lençois não fossem tão lindos como parecem... Depois dessas mancadas eu já tento programar o destino com o clima. Não dá 100% de sucesso mas já é alguma coisa... Depois ver quantos dias vc terá, pra programar um roteiro bacana sem correr demais e eu sempre gosto de deixar um dia no meio do roteiro pra não fazer nada, primeiro que se algo sair do planejamento eu tenho um dia pra recuperar e se tudo sair conforme o planejado, um dia pra ficar completamente de bobeira, as "férias das férias" Pra preparação, material é o que não falta na net, de blogs a vídeos no Youtube. Eu sou do tipo que comecei a mochilar lendo os relatos desse site então eu sou viciado em relatos de viagens, leio todos aqui, tem alguns aqui que são dignos de best seller😆, escrevo os meus tb(pode ler lá a vontade) e pegando as dicas de quem já foi é que eu monto meus roteiros. Acho que o ideal pra um primeiro mochilão seria uma viagem nacional mesmo (mas isso é decisão sua, é só minha opinião mesmo) ainda mais que nesses tempos de incerteza (espero que ano que vem não, mas no momento é tudo incerto) organizar uma viagem nacional vai te dar menos "dor de cabeça" além de que vc pega experiência de viagem no teu país e depois vai trocando de culturas (eu fiz assim) No mais, pergunte o que precisar aqui pra gente, se quiser falar particularmente tb fique a vontade Abração
  9. E ae grande @rodrigovix Eu tenho seu relato salvo, mas ele tá com 89 MB e não tá carregando pra anexar aqui, talvez consiga mandar por e-mail
  10. Ótimo relato Kamilo! Parabéns!! Vc escreve realmente muito bem, faz parte da "literatura mochileira" que eu tanto gosto de ler e tento fazer nos meus relatos também. Esse estilo "diário de bordo" é o meu preferido, ajuda muito na organização do roteiro dos futuros viajantes, prende a atenção de quem lê, e tem um fator tb interessante pra nós mesmos que escrevemos pois esses relatos ficam aqui como um registro do que fizemos e proporciona que nossas experiências não se percam no tempo. Eu mesmo venho aqui no site pra ler os próprios relatos que eu mesmo escrevi pra lembrar das viagens que eu fiz. E muitas vezes me pego lendo algo que escrevi no relato e pensando "noooh tinha até esquecido desse detalhe que tinha acontecido comigo lá naquele lugar, naquele dia" e é muito bom recordar e reviver nossas próprias viagens ainda mais nessa época que a gente não tá podendo viajar e acabamos ficando tão nostálgicos. Vc mesmo vai voltar aqui nesse relato daqui uns 10 anos e reler toda essa trajetória que vc realizou e relembrar tudo com aquela sensação boa que eu sinto quando releio meus relatos Vou pontuar umas observações desse teu roteiro, sem dúvidas o mais clássico desse site Viajei junto qdo vc falou que estava no Snack Nonis em Uyuni e fechou o passeio ali no Betto Tours, comigo foi a mesma coisa. Só que vc arregou de entrar nas termas, não sabe o que perdeu, que sensação maravilhosa😁 Não acredito que vc passou reto em Arequipa!!! Perdeu uma das cidades mais lindas do Peru. Vc que gosta de trekking, tem o cânion del Colca lá que é imperdível. E a Plaza de Armas de Arequipa é das mais lindas do mundo, pau a pau com Cusco Em compensação vc foi em Huaraz, que eu ainda não conheço mas quero ir um dia, já peguei tuas dicas de lá👍 Cusco é vida né?! Não conheço lugar mais vibrante com uma energia tão sensível igual lá. Quando eu fui não foi do modo mochileiro, preciso voltar pra fazer do meu jeito, fazer uma trilha como a Salkantay, subir Wayna Picchu e sentir de novo toda energia daquilo tudo Copacabana e La Paz também não conheço, estão no meu radar pro futuro e o downhill é algo que eu TENHO que fazer Espero logo poder ler de novo algum relato teu por aqui Kamilo, tudo de bom! Abração
  11. Completando um pouco mais, a maioria desses nômades digitais que a gente vê no Instagram felizes rodando o mundo costumam ter mais de 25 ou 30 anos, saem no mínimo da classe média, depois de ter juntado uma graninha suficiente e tendo um trabalho virtual que já garanta certa estabilidade pra se jogarem no mundo com mais segurança. Pra quem não é nômade digital o Worldpackers pode ajudar pra encontrar trabalho nos lugares por onde passar. Ainda tem a questão da incerteza econômica e entraves que podem ser desencadeados nesse pós-pandemia...muitos dos lugares que oferecem trabalho aos viajantes (restaurantes, hostels...) podem não sobreviver nesse pós-pandemia, reduzindo ainda mais a oferta de trabalho por aí...
  12. Que relato! Tô aproveitando esse tempo sem viagens pra viajar aqui no Mochileiros, relendo meus relatos, relendo relatos antigos que usei pra programar outras viagens...e lendo relatos novos como o de vocês. Atualmente nesse mundo de blogs e youtubers tudo me parece muito superficial e ler relatos como esse, tão bem escrito, cuidadosamente elaborado, é um presente!! Eu já fiz todo esse roteiro que vcs fizeram em períodos diferentes. Machu Picchu em junho de 2015, Santiago em março de 2018 e esse roteiro que vcs descrevem nesse relato eu fiz logo atrás de vcs em outubro de 2018. Não esperava toda essa beleza em Tacna, passei por lá assim de passagem... Sim! Imperdoável!! Vou deixar meu relato aqui caso queiram ler nesses dias de quarentena, tem lá um trechinho do trekking. Sou louco pra voltar em Cusco do modo mochileiro, da primeira vez que eu fui não foi do "meu modo". Quero fazer a Salkantay, ver de novo tudo aquilo que foi até hoje o lugar que mais me impressionou nesse mundo. Aquele lance em Machu Picchu do sol nascer exatamente atrás do pico de cada montanha a cada dia 21 me deixou arrepiado...e tantas outras coisas...se tem um centro energético da Terra, ele se chama Plaza de Armas de Cusco. Não sei vcs mas eu me senti diferente ali...preciso voltar...
  13. Que presente navegar despretensioso aqui no site e encontrar esse teu relato! Eu sou um apaixonado por caminhadas, já fiz várias aqui na minha região inclusive participo de um grupo de caminhantes na minha cidade que se reúnem uma vez por mês para uma caminhada de 10 a 15km aqui por perto, já fiz trekkings em El Chalten (ARG), no vale do Colca no Peru, Ilha Grande/RJ e várias outras trilhas e caminhadas que busco fazer em minhas viagens, sempre pesquiso se tem uma caminhada boa por perto. Com certeza o Caminho de Santiago, seja ele qual for, sempre esteve no meu radar e depois de ter lido teu relato fiquei ainda mais inspirado! Parabéns!!
  14. ADO siempre primera 😅😅 Já tem mais de um ano e isso ainda martela na minha cabeça hahahaha Eu tb fiquei nesse, batia ponto todo dia na caipirinha grátis😁
  15. Saudaaades de Chalten Sem dúvidas é um lugar que tenho muita vontade de voltar. Fiquei 6 dias, perdi 1 com tempo muito ruim, outro ponto importante de colocar é essa instabilidade climática, sempre bom colocar uns dias de folga no roteiro pra quando o tempo azedar. Belo relato, parabéns!
×
×
  • Criar Novo...