Ir para conteúdo

Rezzende

Colaboradores
  • Total de itens

    441
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    15

Tudo que Rezzende postou

  1. Poxa, que tópico filosófico esse hein Que ano pra fazer isso amigo, Lei de Murphy pegou pesado com vcNo dia que vc postou isso eu estava saindo de férias e deveria embarcar pra minha primeira viagem pra Europa, mas deu uma corongada.... Bem, o sonho de viajar o mundo quase todos tem (e eu também, um dia ainda vou). Enquanto isso, fico nas minhas férias mesmo, com 3 semanas dá pra fazer altos mochilões. Divido meus suados 30 dias por ano em 2 períodos, um de 18 dias (3 semanas) pra fazer um mochilão maior e outro de 12 dias (2 semanas) pra uma viagem menor. Hoje em dia o trab
  2. Eu penso o mesmo. Minhas próximas férias serão em novembro e viagem provavelmente vai ser de carro pra um estado vizinho. Esse ano não dá pra se arriscar em passagens aéreas com antecedencia
  3. Programar hoje é uma coisa arriscada, numa grossa comparação é como investir na bolsa Tem muita passagem barata rolando, mas como estará a situação nas datas é bem imprevisível. Vc pode se dar bem, mas pode se dar mal. Veja se tem flexibilidade pra alterar voos e fazer ressarcimentos. As datas depende de sua disponibilidade. Eu, por exemplo, tenho férias na primeira quinzena de novembro e não posso alterá-las, então se eu for viajar vai ser aqui por perto mesmo e algo que não requeira muita programação, se eu não for, não perco nada com isso. Eu não tenho como comprar uma passagem pois nã
  4. Tão difícil escolher um só...Conheço a Laguna de Bacalar, é um lugar realmente paradisíaco, os tons de azul dela são incríveis Engraçado que quando a gente fala a palavra "paradisíaco" vem na nossa mente uma praia tropical. Não sei porque, mas costuma ser assim... uma praia paradisíaca, com coqueiros, redes e tal... Já pra mim, obcecado por montanhas, os ANDES são paradisíacos, tanto que todos os lugares que eu considero paradisíacos estão na área dos Andes: Machu Picchu, Salar de Uyuni e Atacama (tem as lagunas mais lindas do universo), Patagônia (Fitz Roy e Laguna de Los Tres)
  5. Estrada hoje...só indo pra cidade vizinha trabalhar
  6. Eu acho melhor pensar em viagens dentro do Brasil no momento (momento, leia-se, final do ano...) Viagens internacionais estão muito complicadas no momento, por diversos fatores que bem sabemos. Eu mesmo tinha uma viagem marcada pra mês passado pra Europa que foi cancelada pela própria cia. parou de operar os voos. Me deram um voucher com validade de um ano, então eu tenho até maio/21 pra utilizar e nesse momento gostaria até que voucher fosse prorrogado por mais tempo. No momento o que posso fazer é marcar minhas férias do ano que vem pra maio e ficar aqui de stand by... só monitora
  7. O México é demais!! Passei em todos esses lugares do teu roteiro, vou ler teu relato pra relembrar meus passos tb!!
  8. Já vi que vai ser interessante Queria muito ter ido na Guatemala no meu mochilão de 2019 mas não ia dar tempo, acabei ficando só em terras mexicanas mesmo. Vou acompanhar!!
  9. E aee Daniel, blz!! Bem-vindo ao mundo dos mochileiros!! Bem, vários fatores devem ser olhados na hora de planejar um mochilão, principalmente o primeiro rsrsrs Pra começar, a época que serão suas férias. Isso porque o clima conta muito pra sua viagem ser perfeita, ao menos tentar evitar as épocas mais complicadas. Eu no começo não olhava muito essas coisas e peguei dias de chuva em Salvador em maio (sim...só quando voltei e muito tempo depois que eu descobri que eu tinha escolhido ir pra Salvador no mês que mais chove por lá) e também peguei tempo fechado nos lençois maranhenses
  10. E ae grande @rodrigovix Eu tenho seu relato salvo, mas ele tá com 89 MB e não tá carregando pra anexar aqui, talvez consiga mandar por e-mail
  11. Ótimo relato Kamilo! Parabéns!! Vc escreve realmente muito bem, faz parte da "literatura mochileira" que eu tanto gosto de ler e tento fazer nos meus relatos também. Esse estilo "diário de bordo" é o meu preferido, ajuda muito na organização do roteiro dos futuros viajantes, prende a atenção de quem lê, e tem um fator tb interessante pra nós mesmos que escrevemos pois esses relatos ficam aqui como um registro do que fizemos e proporciona que nossas experiências não se percam no tempo. Eu mesmo venho aqui no site pra ler os próprios relatos que eu mesmo escrevi pra lembrar das viagens que eu fi
  12. Completando um pouco mais, a maioria desses nômades digitais que a gente vê no Instagram felizes rodando o mundo costumam ter mais de 25 ou 30 anos, saem no mínimo da classe média, depois de ter juntado uma graninha suficiente e tendo um trabalho virtual que já garanta certa estabilidade pra se jogarem no mundo com mais segurança. Pra quem não é nômade digital o Worldpackers pode ajudar pra encontrar trabalho nos lugares por onde passar. Ainda tem a questão da incerteza econômica e entraves que podem ser desencadeados nesse pós-pandemia...muitos dos lugares que oferecem trabalho aos viajantes
  13. Que relato! Tô aproveitando esse tempo sem viagens pra viajar aqui no Mochileiros, relendo meus relatos, relendo relatos antigos que usei pra programar outras viagens...e lendo relatos novos como o de vocês. Atualmente nesse mundo de blogs e youtubers tudo me parece muito superficial e ler relatos como esse, tão bem escrito, cuidadosamente elaborado, é um presente!! Eu já fiz todo esse roteiro que vcs fizeram em períodos diferentes. Machu Picchu em junho de 2015, Santiago em março de 2018 e esse roteiro que vcs descrevem nesse relato eu fiz logo atrás de vcs em outubro de 2018. Não
  14. Que presente navegar despretensioso aqui no site e encontrar esse teu relato! Eu sou um apaixonado por caminhadas, já fiz várias aqui na minha região inclusive participo de um grupo de caminhantes na minha cidade que se reúnem uma vez por mês para uma caminhada de 10 a 15km aqui por perto, já fiz trekkings em El Chalten (ARG), no vale do Colca no Peru, Ilha Grande/RJ e várias outras trilhas e caminhadas que busco fazer em minhas viagens, sempre pesquiso se tem uma caminhada boa por perto. Com certeza o Caminho de Santiago, seja ele qual for, sempre esteve no meu radar e depois de ter lido teu
  15. ADO siempre primera Já tem mais de um ano e isso ainda martela na minha cabeça hahahaha Eu tb fiquei nesse, batia ponto todo dia na caipirinha grátis
  16. Saudaaades de Chalten Sem dúvidas é um lugar que tenho muita vontade de voltar. Fiquei 6 dias, perdi 1 com tempo muito ruim, outro ponto importante de colocar é essa instabilidade climática, sempre bom colocar uns dias de folga no roteiro pra quando o tempo azedar. Belo relato, parabéns!
  17. Eu fiz cambio de real no aeroporto da Cidade do México. Tenha em mente que é só lá que vc vai encontrar cambio de real. Levei uns dólares pois fiquei com medo de ter alguma emergência no interior do México, mas não precisei e voltei com eles pra trás. Mas justamente por isso que é importante levar dólar, não vi NENHUM comércio de real em nenhum outro lugar fora o aeroporto da CDMX. Se tiver cambio de real em Cancun deve ser uma cotação horrível. Tenha isso em mente
  18. A princípio minha viagem seria 16/05, Portugal e Espanha. A cia aérea já deu opção de remarcação sem custo até o fim do ano. Tô considerando remarcar pra novembro quando terei outro período de férias disponível. Acho que daqui a 2 meses, mesmo se a situação já estiver controlada, imagine uma cidade como Madrid que hoje está tão no foco do problema, ainda não estará tão viva e vibrante como o normal, creio que é uma ferida que leva um tempinho pra cicatrizar.
  19. Acho que Madrid vale a pena sim, tem tb Toledo e Segovia que são próximas e vale um bate volta. No meu roteiro estão também Barcelona, Granada e Sevilha. Não vai dar tempo pra eu ir mas também seria interessante conhecer Salamanca, Zaragoza e Valencia. E tem muito mais, a Espanha é muito diversa
  20. @DSantosB, nossas situações são parecidas Eu tenho viagem pra Portugal e Espanha na segunda quinzena de maio. Vou colocar minhas opiniões pessoais: a doença em si não me preocupa. Estou falando por nós, jovens, viajantes e saudáveis. Claro que preocupa pela população idosa, pelas pessoas mais debilitadas, mas não é o caso deste fórum. Então, pensando em nós apenas, é um vírus que comparando a grosso modo é uma gripe um pouco mais forte com taxa de mortalidade baixa. Ou seja (novamente falando por mim) vale o risco. Esse é um ponto, vamos a um segundo ponto. Esse vírus começou a se p
  21. O hostel de Isla Mujeres não sei se vai rolar, o Pocna fechou parece que mudou de direção e deve reabrir, possivelmente com outro nome, mas não sei se já reabriu, o perfil do insta que eu seguia já foi até deletado. Mas escolha outro hostel na Isla e curta muito aquele lugar paradisíaco!!! O caminho ao contrário dá na mesma, a única coisa que acho que vai pegar um pouquinho na logística aí é de Palenque pra San Cristobal já que os passeios vem no outro sentido mas deve ter outras opções com certeza!!
  22. Valeu @cohelio!! Realmente Bacalar foi uma grata surpresa. Eu tb nunca tinha ouvido falar e fui saber da existência dela 2 meses antes de embarcar e já coloquei na lista! Não deixe de ir. Pra quem gosta de lugares que ainda não foram "descobertos" pelo turismo diria até "predatório" Bacalar é perfeito pois ainda mantem um estilo de cidade do interior e tem sim turistas mas longe do que vemos em Tulum, Playa del Carmen e a famigerada Cancun...
  23. La Paz 3600m, Cusco 3400m, então não faz muita diferença. E cada organismo reage de uma forma. Da primeira vez na altitude eu fui direto pra Cusco, não senti nada. Na minha ultima viagem em altitude eu cheguei aos 4900m e não vi nenhuma diferença gritante a não ser que uma caminhada normal parece ser um pouco mais cansativa. Mas vai de cada um, respeite os sinais de seu corpo se sentir algo
  24. oi @AmandaCapellari Meu roteiro tá relatado aqui no site mesmo, vou deixar o link: https://www.mochileiros.com/topic/84728-viva-méxico-22-dias-do-df-a-quintana-roo-por-terra/
  25. Eu comi muito bem e barato em Puebla, Oaxaca, Chiapas...Cidade do México também é barata mas tem que pesquisar um pouco mais. Já em Quintana Roo a situação complica mas achei um self service bacana a 60 pesos em Playa del Carmen bem pertinho da área turistica. No geral achei os preços de comida lá bem semelhantes ao Brasil, até mais barato na maioria dos casos. E a comida mexicana é deliciosa
×
×
  • Criar Novo...